1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Vou tirar você desse lugar - Tributo a Odair José.

Tópico em 'Música' iniciado por Cantona, 4 Out 2011.

  1. Cantona

    Cantona Tudo é História

    A culpa é do meu pai, que, enquanto corrigia as provas dos alunos, deixava Odair José na vitrola. Cresci ouvindo. Depois me deram um violão com a cifra de "Vou tirar você desse lugar". Pronto, não teve jeito.

    Andando pelo centro de São Paulo, achei no sebo o CD - Vou tirar você desse lugar - Tributo a Odair José. Uma regravação de seus maiores sucessos por diversas bandas e cantores, dentre os quais Pato Fu, Paulo Miklos e Zeca Baleiro.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    02 - Vida Que Não Pára – Suzana Flag
    03 - Uma Lágrima – Pato Fu
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    05 - Ela Voltou Diferente – Mombojó
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    07 - Deixe Essa Vergonha De Lado – Mundo Livre S/A
    08 - Foi Tudo Culpa Do Amor – Suite Super Luxo
    09 - Nunca Mais – Shakemakers
    10 - E Ninguém Liga Pra Mim – Leela
    11 - Cadê Você – Sufrágio
    12 - Esta Noite Você Vai Ter Que Ser Minha – Picassos Falsos
    13 - A Maçã E a Serpente – Poléxia
    14 - A Noite Mais Linda Do Mundo – Jumbo Elektro
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    16 - Que Saudade De Você – Terminal Guadalupe
    17 - Vou Contar De Um a Três – Volver
    18 - Cotidiano Nº 3 – Los Pirata

    Trama

    Tudo bem que não conheço a maioria das bandas, embora algumas sejam boas surpresas. Tudo bem que "Vou tirar você desse lugar" seja mais bonita com o Rodrigo Amarante, do Los Hermanos. Mas o CD vale.

    Viva Odair José!
     
  2. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Um clássico. Odair José, das antigas!!!
    Pare de tomar a pilula me fez pensar muito, o que era aquele papo de que não deixa "nosso filho"? (era isso mesmo né?) crescer. Depois de algunm temo vim saber o que era essa pilula, parece brincadeira, mas me fez pensar mesmo.
     
  3. lavoura

    lavoura Usuário

    Eu conheci essa música pelo Los hermanos, mas nunca quis descobrir de quem eles tinham regravado.

    Uma vez bebado, cantei essa música em uma roda de amigos e espalhou a roda instantâneamente =|
    Mas acharam hilária a letra.

    Vou procurar outras músicas para conhecer melhor o Odair José
     
  4. Cantona

    Cantona Tudo é História

    E o Odair José teve lá suas músicas censuradas pela ditadura militar. Uma delas foi Na minha opinião, que tem como tema o casamento. O censor avaliou que a letra desprezava tradição familiar, além de fazer apologia ao amor livre, difundindo a promiscuidade.

    A letra é esta:

    Na minha opinião, pra gente ser feliz,
    pra que fique tudo bem, o importante é se querer.
    É preciso ter coragem e acabar com esta besteira,
    fazer festa na esperança que o amor dure a vida inteira.
    Na minha opinião
    o importante é se querer,
    assinar papel pra que,
    isso não vai prender ninguém,
    eu conheço tanta gente,
    que pelas leis estão casados,
    na verdade nem se falam, dormem em camas separadas,
    Olha eu te quero, eu te adoro eu te gosto,
    você vai ser minha eu aposto,
    não adianta você se esquivar,
    olha, você vai ser a mãe dos meus filhos,
    você vai aturar os meus grilos
    até a morte chegar, até a morte chegar.
    Quero que o mundo se dane se você me quiser,
    quero que você não me engane sendo minha mulher

    O censor mandou:

    " Isso que Vossa Senhoria acaba de ler é a letra da música intitulada "Na minha opinião", de Odair José (...) peço venia para destacar que esta letra tem como tema o amor, mas sua mensagem é a de que o casamento, como instituição legal, é inútil e prega a união livre, sem vínculo matrimonial. Essa idéia está subjacente a todo o texto, do início ao fim, mas é flagrante nos versos:

    "......... esta besteira:
    Fazer festa (=casamento) na esperança
    Que o amor dure a vida inteira."


    e

    "Assinar papel pra quê?"

    Além disso, observe-se o estribilho:

    "Quero que o mundo se dane, se você me quiser.
    Quero que você não me engane, sendo minha mulher."


    O primeiro verso desse estribilho manda, sem dúvida, às favas as leis e convenções sociais; o segundo, que, à primeira vista, nos parece expressar um desejo comum a todos os homens, a fidelidade conjugal, na verdade coloca dúvida a sinceridade amorosa da mulher, quando esta pretende o casamento.
    Ora, a instituição do casamento - isto é ocioso dizê-lo - está consagrada como um dos mais altos valores éticos e culturais de nosso povo e, principalmente, do povo de nosso estado (RS), cuja tradição familiar de ver suas filhas casadas perante Deus e perante os homens ainda se conserva praticamente intacta."

    Fonte: Arquivo Nacional.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A melhor definição que li, daquele período, veio do Stanislaw Ponte Preta: " É muita gente querendo salvar o Brasil. E ao mesmo tempo".

     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  5. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Já ouvi algumas versões desse tributo.

    Queria ser john lennon.. mt bom.

    Grande Odair!
     
  6. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    E a letra é muito Cantona, bem feita, simples e direta, pode se falar que o cara estava a frente do tempo dele, pois tal situação é bem mais vivida hoje.
     
  7. Cantona

    Cantona Tudo é História

    Odair José sempre tocou em casa. Eu sou até suspeito pra falar.

    Tem um livro muito bom, "Eu não sou cachorro, não", de Paulo César de Araújo. Ele tenta desconstruir essa ideia alienante que rondou (e ainda ronda) a música brega durante o Regime Militar. Aliás, o próprio adjetivo brega, cafona, já é usado no pejorativo.
     

Compartilhar