1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Eleições 2006 votar ou não votar? Eis a questão.

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Thyalex, 24 Set 2006.

  1. Thyalex

    Thyalex Usuário

    A cidadania e as eleições deste ano.
    O voto nulo.

    Pode parecer que não, mas este certame eleitoral e eleitoreiro pelo qual estamos passando precisa ser cuidadosamente analisado por todos.
    Quero defender aqui a importância da anulação maciça dos votos nestas famigeradas eleições de 2006.
    Se você não pretende fazer isso, ao menos termine de ler, dando assim, a chance de que as próximas palavras o convençam...
    Em primeiro lugar, anular o voto nem sempre é a melhor forma de protestar, mas como nossa “democracia” nos tirou o direito de fazer vários outros tipos de protesto nas eleições, me arrisco a dizer que anular seu voto tornou-se uma das únicas formas de dizer basta!
    Votar é uma questão de saber exercer sua cidadania, qual seja, votar é sobretudo, escolher dentre candidatos aquele que realmente representa os seus ideais e principalmente a sua índole. Agora podemos entender a seriedade de um voto. Quando você vota de forma desleixada e coloca no poder alguém que é ou já foi corrupto, que está sofrendo processos por outras administrações, que é mal educado, tosco, ataca seus adversários, não fez nada de importante antes de se eleger e diz que precisa ser eleito para poder ajudar as pessoas, enfim, quando você escolhe alguém, está literalmente afirmando que concorda com tudo o que ele faz, pois agora ele é o seu representante máximo!
    Por isso, se dentre todos os candidatos você encontrou um que realmente lhe representa, ótimo, no primeiro dia de outubro vote nele e depois não se esqueça que seu trabalho como cidadão apenas começou, pois, é seu dever acompanhar cada passo do sujeito que você ajudou a colocar no poder. De certa forma o seu candidato é sua responsabilidade.
    Por outro lado, se dentre os candidatos, e após ter analisado cada um deles você concluir como eu, que nenhum está apto a representar a sua índole, honestidade e anseios, então, como cidadão consciente e responsável, anule seu voto.
    Peço que você não tome a atitude covarde e até corrupta de escolher “o menos ruim”, votando desta forma você admite que está colocando um inapto no poder. Assim, você não corrige a situação, caro eleitor, desta forma você apenas diz que aceita os menos inaptos, os menos corruptos, os menos toscos, enfim...Você não quer extirpar o problema, mas apenas quer amenizar os delitos. Deus meu! Que tipo de país esperamos ao votar assim! Se admitimos um pouquinho de corrupção aqui e ali, como queremos que ela acabe!!!
    Eleitor, seja coerente consigo mesmo, você está votando em nome de gerações que ainda nem vieram, mas vão sofrer as conseqüências dos seus e dos meus erros!
    Avalie este exemplo: se você tem o direito de escolher um anel de ouro e lhe apresentam seis anéis de ouro falso, o que você faz?
    Aceita o anel falsificado menos grosseiro ou briga pelo que você TEM DIREITO!
    Se você aceita a falsificação, cuidado! Certamente muitos políticos lhe amam...
    Outro raciocínio, dizem que votar nulo não é mais uma forma inteligente de protesto pois, os políticos não ficarão temerosos com a anulação . Respondo a isso com algumas perguntas:
    Se votar nulo não é válido como protesto, votar em corruptos vai deixá-los com medo de quê?
    Se votar nulo não é válido como protesto, votar em figurões ou “pára-quedistas” eleitorais vai assustar a quem, senão a nós mesmos?
    Se votar nulo não é válido como protesto, votar em candidatos sem propostas adequadas ou que só atacam os adversários resolve o problema?
    Enfim, sei que até pareço um pouco radical, e devo dizer que ainda acredito que um dia algum dos candidatos poderá merecer meu voto, mas por enquanto esta não é minha realidade e, por isso, anularei meu voto nestas eleições.
    Bem, se você chegou até aqui eu lhe agradeço pelo tempo doado a esta causa e peço que você não apenas “pense e vote” mas, sobretudo, pense, reflita muito, analise, conclua e vote.
    Infelizmente, se você seguir todos estes passos a chance de que seu voto seja nulo nestas eleições será muito grande.
    Se você ainda não se convenceu e possui acesso à internet, visite os endereços a seguir e veja se dá para levar estes políticos a sério.
    End
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    End
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    End
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    End
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    End
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    End
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Muitos não sabem, mas existe um candidato paulista dizendo que vai solucionar os problemas da educação e do crime em seu governo, que recusou a repassar verbas para a Unesp e permitiu que o PCC crescesse e realizasse tantos “espetáculos” ultimamente, enquanto estava no poder...Cuidado!
    Considerações: se você concorda ou discorda do que foi escrito, dê a oportunidade para que outras pessoas leiam este conteúdo tirando e distribuindo pelo menos 3 cópias destas folhas, contribuindo assim para a cidadania deste país.
    A partir do dia 17/09 esta lista estará circulando em algumas cidades do interior de São Paulo e estará exposta em vários fóruns na internet.
    Sabemos que este modesto protesto não vai mudar o mundo, mas pelos menos
    estamos fazendo o que nossos (o seu e o meu) escassos recursos podem para aumentar a qualidade do nosso eleitorado. Ainda que pouco, é tudo o que podemos fazer! E sua colaboração em transmitir isto a outras pessoas é fundamental. Não fique só reclamando, vamos, mesmo que modestamente, tomar uma atitude e dizer basta!!!


    [FONT=&quot]
    [/FONT] A seguir vai uma lista dos deputados mensaleiros:
    Bispo Carlos Rodrigues (PL-RJ)--José Borba (PMDB-PR)--José Dirceu (PT-SP)--José Janene (PP-PR)--José Mentor (PT-SP)--Josias Gomes (PT-BA)--João Magno (PT-MG)--João Paulo Cunha (PT-SP)--Paulo Rocha (PT-PA)--Pedro Correa (PP-PE)--Pedro Henry (PP-MT)--Professor Luizinho (PT-SP)--Roberto Brant (PFL-MG)--Roberto Jefferson (PTB-RJ)--Romeu Queiroz (PTB-MG)--Sandro Mabel (PL-GO)--Vadão Gomes (PP-SP)--Valdemar da Costa Neto (PL-SP)--Wanderval Santos (PL-SP).


    [FONT=&quot]
    [/FONT] [FONT=&quot]
    [/FONT] Lista de suspeitos na máfia dos sanguessugas:
    Candidatos a deputado federal
    Adelor Vieira (PMDB-SC)
    Agnaldo Muniz (PP-RO)
    Alceste Almeida (PTB-RR)
    Almir Moura (PFL-RJ)
    Amauri Gasques (PL-SP)
    Almeida de Jesus (PL-CE)
    Almerinda de Carvalho (PMDB-RJ)
    Arolde de Oliveira (PFL-RJ)
    Aroldo Cedraz (PFL-BA)
    Benedito de Lira (PP-AL)
    Benedito Dias (PP-AP)
    Benjamin Maranhão (PMDB-RJ)
    Cabo Júlio (PMDB-MG)
    Carlos Nader (PL-RJ)
    Celcita Pinheiro (PFL-MT)
    Cleonâncio Fonseca (PP-SE)
    Cleuber Carneiro (PTB-MG)
    Coriolano Sales (PFL-BA)
    Coronel Alves (PL-AP)
    Dr. Heleno (PSC-RJ)
    Edir de Oliveira (PTB-RS)
    Eduardo Gomes (PSDB-TO)
    Eduardo Seabra (PTB-AP)
    Elaine Costa (PTB-RJ)
    Enivaldo Ribeiro (PP-PB)
    Érico Ribeiro (PP-RS)
    Fernando Gonçalves (PTB-RJ)
    Feu Rosa (PP-ES)
    Gilberto Nascimento (PMDB-SP)
    Helenildo Ribeiro (PSDB-AL)
    Heleno Silva (PL-SE)
    Ildeu Araújo (PP-SP)
    Irapuan Teixeira (PP-SP)
    Iris Simões (PTB-PR)
    Itamar Serpa (PSDB-RJ)
    Isaias Silvestre (PSB-MG)
    Jefferson Campos (PTB-SP)
    João Almeida (PSDB-BA)
    João Batista (PP-SP)
    João Caldas (PL-AL)
    João Correia (PMDB-AC)
    João Grandão (PT-MS)
    João Magalhães (PMDB-MG)
    José Militão (PTB-MG)
    Jonival Lucas Junior (PTB-BA)
    Jorge Pinheiro (PL-DF)
    Josias Quintal (PSB-RJ)
    Josué Bengston (PTB-PA)
    Júnior Betão (PL-AC)
    Laura Carneiro (PFL-RJ)
    Lino Rossi (PP-MT)
    Marcelino Fraga (PMDB-ES)
    Márcio Reinaldo Moreira (PP-MG)
    Marcondes Gadelha (PSB-PB)
    Marcos de Jesus (PFL-PE)
    Mario Negromonte (PP-BA)
    Mauríco Rabelo (PL-TO)
    Nélio Dias (PP-RN)
    Neuton Lima (PTB-SP)
    Nilton Baiano (PP-ES)
    Nilton Capixaba (PTB-RO)
    Osmanio Pereira (PTB-MG)
    Pastor Amarildo (PSC-TO)
    Paulo Baltazar (PSB-RJ)
    Paulo Feijó (PSDB-RJ)
    Paulo Gouveia (PL-RS)
    Paulo Magalhães (PFL-BA)
    Pedro Henry (PP-MT)
    Raimundo Santos (PL-PA)
    Reginaldo Germano (PP-BA)
    Reinaldo Betão (PL-RJ)
    Reinaldo Gripp (PL-RJ)
    Ribamar Alves (PSB-MA)
    Ricardo Estima (PPS-SP)
    Ricardo Rique (PL-PB)
    Ricarte de Freitas (PTB-MT)
    Saraiva Felipe (PMDB-MG)
    Teté Bezerra (PMDB-MT)
    Vanderlei Assis (PP-SP)
    Wellignton Fagundes (PL-MT)
    Wellington Roberto (PL-PB)

    Candidatos a deputado estadual
    César Bandeira (PFL-MA)
    Edna Macedo (PTB-SP)
    Marcos Abramo (PP-SP)
    Robério Nunes (PFL-BA)

    Candidata a governadora
    Serys Slhessarenko (PT-MT)

    Candidato a senador
    Ney Suassuna (PMDB-PB)

    Candidato a suplente de senador
    Carlos Dunga (PTB-PB) - na chapa de Cícero Lucena-PB

    Tem mandato até 2011 como senador
    Magno Malta (PL-ES) - Senador até 2011

    Candidaturas vetadas pelo partido
    José Divino (PTB-RR)
    Vieira Reis (PRB-RJ)

    Não serão candidatos
    Bispo Wanderval Santos (PL-SP)
    João Mendes de Jesus (PSB-RJ)
    Zelinda Novaes (PFL-BA)


    Obs: 93% destes “senhores e senhoras” são candidatos à reeleição.



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

Compartilhar