1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

d20 System VOCÊS DECIDEM: 4 Aventuras, escolha a que gostar!

Tópico em 'Play by Forum' iniciado por Chronos_Master of Time, 14 Abr 2012.

  1. Eu estou querendo jogar e como não tem tópico de aventura nova no fórum eu decidi criar um e fiz algo diferente. Bom, primeiramente devo avisar que o sistema é D20, ou seja, estou me utilizando das regras e dos livros de D&D, mas sem indicar qual é a versão(3.0, 3.5, 4.0) e também modificando um pouco o modelo de ficha e algumas regras, por isso que é D20 o sistema!

    Para começar devo explicar o título do tópico: VOCÊS DECIDEM: 4 Aventuras, escolha a que gostar!

    Muito bem, eu postarei 4 aventuras neste tópicos e vocês dirão aquela que vocês querem jogar informando junto como será seu personagem na aventura que escolheu. A aventura que conseguir 5 jogadores e personagens primeiro terá um tópico criado para a mesma. As outras aventuras poderão futuramente serem narradas, mas à princípio narrarei somente uma delas. Tentarei manter um ritmo de postagem entre uma ou duas vezes por semana, mas não garanto esse ritmo sempre.

    Então vamos aos títulos, gêneros, sinopses e nível de cada aventura:

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
    |Aventura 1: Cidade dos mortos|

    Época: atual

    Gênero: Ação/Terror

    Objetivo: sobreviver ao início do caos

    Sinópse: "Em Registro, um município de São Paulo, ocorreu uma estranha epedemia que atingiu mais de 10% da população do município. A estranha doença causa fortes febres nos pacientes que não estão resistindo e morrendo um dia após contrair a doença. O centro de controle de doenças do estado foi acionado para controlar o problema, mas alguma coisa deu errado e a equipe se viu diante de um problema além de sua capacidade e compreensão."

    Experiência: Aventura de 1º nível e ao final da aventura pode chegar ao 3º nível

    Quantidade de players: máx. 5

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
    |Aventura 2: As minas de platina|

    Época: medieval

    Gênero: Aventura/Fantasia

    Objetivo: resgatar um grupo de mineradores presos nos complexos das minas.

    Sinópse: "Uma equipe de mineradores escavavam nas minas de platina, a maior mina do reino de Astez, quando a entrada da mina foi soterrada impedindo a saída dos mineradores. A única saída existente agora para eles é a antiga mina que ficava do lado oposto da montanha, porém um perigo reside nas câmaras da antiga mina e sabendo disto o barão da cidade anunciou que daria uma grande recompensa para os corajosos que forem ao resgate dos mineradores e trouxessem os sobreviventes em segurança."

    Experiência: Aventura de 3º nível e ao final da aventura pode chegar ao 5º nível

    Quantidade de players: máx. 5

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
    |Aventura 3: O berço do mal|

    Época: atual

    Gênero: terror psicológico/Investigação

    Objetivo: investigar uma série de crimes que envolve rituais macabros

    Sinópse: "Numa pacata cidade rural de Minas Gerais, estranhos e macabros acontecimentos abalaram com a tranquilidade da cidade onde um grupo de jovens garotas foram encontradas crucificadas e mutiladas em volta de um círculo de magia negra, vários animais sem cabeça e com seu sangue totalmente drenado, milhares de hectares de plantação totalmente devastadas e milhares de pessoas morrendo por enfermidades desconhecidas. Entretanto, três famílias, as mais ricas e influentes da cidade, pareciam serem imunes a estes acontecimentos recentes e não havia qualquer mobilização por parte da polícia ou da prefeitura local em tentar descobrir o que estava ocorrendo, pelo contrário, pareciam que eles queriam manter aquilo dentro das fronteiras da cidade."

    Experiência: Aventura de 3º nível e ao final da aventura pode chegar ao 5º nível

    Quantidade de players: máx. 5

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
    |Aventura 4: O segredo do Pântano sibilante|

    Época: medieval

    Gênero: Aventura/Fantasia

    Objetivo: descobrir o que se esconde nas entranhas do pântano sibilante

    Sinópse: "Nas estradas que ligam Forten e Gohdar, perto do pântano sibilante, comerciantes e vijantes estão sumindo misteriosamente. O que mais está intrigando é que os pertences dos comerciantes e viajantes ficam intactos no local do desaparecimento. Devido a estes acontecimentos recentes, todos estão tomando uma nova rota para as cidades e uma vila que situa nas proximidades desta estrada prejudicou-se com isso. O vilarejo do Cehla fria dependia das mercadorias negociadas com os comerciantes que paravam em sua vila para negociar e dos viajantes que fazia o comércio local fluir. E ciente dos problemas referentes à crise que a vila estava passando, o líder do vilarejo está à procura de um grupo capaz de investigar e resolver o problema que está arruinando com o comercio em sua vila."

    Experiência: Aventura de 1º nível e ao final da aventura pode chegar ao 3º nível

    Quantidade de players: máx. 5

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
     
    Última edição: 16 Abr 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. anderson-sama

    anderson-sama Usuário

    Jogaria qualquer uma delas, destacando que a primeira parece mais interessante no sistema Terra devastada e a terceira em Ctulhu, apesar de eu não ser um grande conhecedor do sistema.
    Dou preferência a segunda aventura jogaria com um clérigo ou um guerreiro anão... mais para o guerreiro.
     
  3. Jeff Donizetti

    Jeff Donizetti Quid est veritas?

    Eu gostei da ideia da aventura 3 (por que será, né? :mrgreen:), mas conheço pouco do sistema D20. Se aceitar iniciante no sistema, eu quero jogar!
     
  4. Jeffdonizetti, Apesar de informar que o sistema é D20, na verdade ele é um sistema próprio que tem como base o D&D. Ele é simples e de base um pouco mais direto que o D&D, tipo não são exigido muito conhecimento das regras de uso dos atributos e ao mesmo tempo eu acho que fica melhor abrangente que as demais fichas. Segue abaixo um exemplo de ficha que será utilizada em meu sistema:

    PV (pontos de vida) = 10 + [(DV da classe + DV da raça)/2]
    PA (poder de ataque) = BBA + PO da arma + Bônus de habilidade* e/ou item* + Bônus de PF + D20
    DE (defesa / esquiva) = 10 + BD do escudo + BD da Armadura + BE ou BD de habilidade* e/ou item* + Bônus de PD

    PF (pontos de força) = 3d6
    PD (pontos de destreza) = 3d6
    PR (pontos de resistência) = 3d6
    PI (pontos de inteligência) = 3D6
    PH (pontos de habilidades) = 3D6
    PS (pontos de social) = 3D6

    Conhecimentos:

    - Os Personagens dos jogadores ganham "X" quantidade de conhecimentos conhecidos de acordo com sua classe e raça;
    - Ganham "X" conhecimentos adquiridos , onde "X" é igual a média das somas dos bônus de PI e PS;
    - No primeiro nível, os personagens dos jogadores começam com "X" pontos de atributos para distribuir como quiser em seus conhecimentos, sendo "X" a somatória de PS e PI;
    - E nos níveis superiores, ganham "X" pontos de atributos onde "X" será a soma total dos bônus de PI e PS que podem serem gastos na compra de conhecimentos novos ou distribuídos como quiser nos já conhecidos;
    - Conhecimentos adquiridos por classe e raça já são conhecidos pelo personagem e já possuem valores automáticos iguais a 1;
    - O máximo de graduação em conhecimentos que sejam da classe e/ou da raça é igual ao nível do personagem mais 3;
    - O máximo de graduação em conhecimentos que não sejam de classe ou de raça é igual a metade do resultado entre a soma do nível do personagem por 3;

    Habilidades:

    - Os personagens dos jogadores recebem "X" Habilidades de acordo com sua classe e raça;
    - recebem "X" pontos de atributos para distribuir em suas habilidades como quiser, sendo "X" o resultado da soma dos bônus de PH e PI;
    - Habilidades adquiridas por classe e raça já são conhecidas pelo personagem e já possuem valores automáticos iguais a 1;
    - O máximo de graduação em habilidades que sejam da classe e/ou da raça é igual ao nível do personagem mais 3;
    - O máximo de graduação em habilidades que não sejam de classe ou de raça é igual a metade do resultado entre a soma do nível do personagem por 3;

    Equipamentos & Itens:

    - Todos personagens possuem um padrão de slot de equipamento de corpo igual a lista abaixo:

    * até 3 armas(Arma média ou pesada, arma leve e arma de projétil leve ou pesado);
    * apenas 1 escudo(pesado, médio ou leve);
    * apenas uma armadura(completa, apenas peitoral ou pontos vitais);
    * dois acessórios de pescoço(mantos e/ou colares ou gargantilhas);
    * quatro acessórios de corpo(vestes, mochila, algibeira e aljavas ou saco de dormir);
    * três acessórios de cabeça(brincos e/ou coroas ou chapéus ou gorros ou tiaras);
    * um acessório de dedo em cada mão(anel);
    * dois acessórios de mão(luvas e/ou soqueiras ou manoplas)
    * dois acessórios de braço(bracadeiras);
    * dois acessórios de pernas(caneleiras);
    * dois acessórios de pés(botas ou sandálias);

    - Existem slot extras que podem serem acrescentado ao iventário dos personagens logo no início da aventura que são:

    - Mochila => dependendo do modelo e dos itens colocandos dentro da mesma, ela pode variar em 10 à 15 slots;
    - Algibeira => bolsa de cintura que pode armazenar pequenos objetos, varia de 5 à 8 slots;
    - Saco => saco de pano ou couro frequentemente usado para se guarda os pertences financeiros dos aventureiros;
    - Cantil => bolsa que pode armazenar líquidos, capacidade que varia de 1 à 5 litros;
    - Aljava => mochila cone típica para armazenar flechas ou virotes, a capacidade das aljavas de flechas é 20 e dos virotes é 10;
     
  5. Infelizmente, Anderson-sama, não conheço nem o sistema Terra Devastada assim como também não conheço do Ctulhu.
     
  6. EduAC

    EduAC Usuário

    po legal a ideia to dentro. Eu gostei muito da aventura 1 mas to dentro não importa qual das 4 seja.
     
  7. Jeff Donizetti

    Jeff Donizetti Quid est veritas?

    Valeu pelo resmuão, Chronos!

    Eu jogarei e boa se aventura escolhida for a 1 ou a 3, já que tenho predileção por cenários modernos.
     
  8. Tranquilo, Jeffdonizetti, mas, na verdade, o que passei foi apenas o modelo da ficha de personagem para o meu sistema, o resumo eu ainda não passei que dirá o que está diferente em relação ao D&D tradicional. Em suma são pequenas mudanças, mas que podem atrapalhar aqueles que conhecem bem o sistema D&D e D20.

    Os sistemas que o Anderson-sama mencionou e que eu disse que não os conhecia, fiz questão de verificar e gostei do modo como o sistema Call of Cthulhu leva a sério temáticas de terror, muito bom! Mas em terra devastada, achei que ficou faltando informações e regras para compreender o mecanismo do mesmo. Bom... como não posso narrar nestes sistemas por falta de conhecimento no sistema, devo continuar usando o meu sistema, pois já estou acostumado. Espero que outros players estejam interessados em jogar, achei que esse fórum era mais ativo que os demais, mas me parece que PBF tá fadado ao esquecimento mesmo. Quanto conseguir um tempo livre, maior que apenas alguns minutos, postarei um resumo de verdade para ver se a galera se interessa. Esperarei por novos interessados até sexta desta semana, se até lá ninguém tiver se manifistados além de vocês três, iniciarei uma das aventuras com vocês mesmo, ok?
     
  9. Jeff Donizetti

    Jeff Donizetti Quid est veritas?

    Ok, entendi a proposta. De toda forma, obrigado.

    Sobre a falta de atividade de PbF aqui neste fórum, parece que estamos passando por um período de entressafras: vários mestres, por um motivo ou outro, tiveram que abandonar seus jogos, assim como diversos jogadores frequentes. Espero que isso mude em breve. Mas quando entrei aqui (em fins de 2010) a coisa era bem mais movimentada, com várias aventuras rolando ao mesmo tempo. Quem sabe não possamos ter uma retomada daqui a pouco?
     
  10. Zweger

    Zweger Usuário

    Quero participar. Me agradam as aventuras 1 e 3.
     
  11. anderson-sama

    anderson-sama Usuário

    Não gosto de jogar sistema próprio...
     
  12. Eu espero que sim!
    Que bom que está interessado Zweger, nesta sexta tentarei verificar que rumo teremos.
    Ok! É sua escolha pessoal e se quiser desistir de participar da aventura, está tudo bem! Não o forçarei a fazer aquilo de que não gosta.

    ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
    Um resuminho de como funcionará o sistema:

    Todas as regras básicas do D&D estão presentes neste sistema, entretanto, estão adaptadas para a minha ficha que é personalizada. Isso significa que modifiquei algumas regras que tinha como base a ficha padrão do D&D e inseri regras que substituissem as do modelo padrão no intuito de apropriar a minha ficha ao sistema. As mudanças já são visíveis no modelo que apresentei acima, pois os atributos mudaram completamente, mas os métodos de produção de ficha não, pois ainda pode ser usado o sistema de distribuição de pontos igual ao do livro do jogador D&D. Outra coisa que mudou foi que eu eliminei o atributo sabedoria para incluir o atributo habilidade. Fiz isso para exercer uma abrangência um pouco mais sofisticada para testes, por exemplo, como resistência à controle mental e resistência à fogo. Não entrarei em detalhes ainda, mas o que quero informar é que independente do teste, o jogador terá que sempre usar seu bônus de habilidade acrescido do resultado do dado D20 com o bônus da habilidade chave correspondente ao teste. Ex.:

    Resistir ao efeito de um nocaute(desmaio) = 1d20 + bônus de habilidade + bônus de resistência

    Outra coisa que eu mudei do tradicional D&D são os DV´s! O normal é todo personagem ter DV´s iguais aos da classe que são, porém neste modelo de ficha eu optei por incluir DV´s para as raças também. A vantagem disto é que criei uma peculiaridade maior para o quesito DV´s, resultando em um equilíbrio um pouco mais aceitável do que aquele que conhecemos. Por exemplo, agora neste sistema, personagens das classes magos/feiticeiros não serão necessariamente os que terão o menor DV entre o grupo, isso por que agora dependeria de qual raça estes magos e/ou feiticeiros serão. Os DV´s para as classe não foram modificados e são os mesmo contido no livro do jogador e os DV´s de raça serão incluídos assim que iniciarmos a aventura. O detalhe aqui é que no caso da aventura ser uma aventura moderna e que aplique que a maioria são humanos (tecnicamente), neste caso só haverá pequenos casos em particular de tal uso dos DV´s de classe. Explicarei isso melhor se acaso escolhermos uma aventura em ambiente moderno.

    Outra coisa que modifiquei da ficha são como serão distribuídos pontos de perícias ou no caso da minha ficha, conhecimentos e habilidades. Elas serão parecidas em praticamente tudo das perícias da ficha D&D, mas terão diferenças significativas dentro do enredo das aventuras, principalmente as de ambiente moderno.

    Quanto aos equipamentos e itens dos personagens, não modifiquei nada. Todos podem ter as mesmas distribuição de itens e armas que seu personagem comporta, mas limitei a capacidade de itens como a mochila, a algibeira e outros itens que faz o personagem levar extras em suas aventuras. Quando informei que uma mochila permite de 10 a 15 slots, eu propositalmente dimencionei ela informando que ela é uma figura geométrica com as medidas de AlturaxLarguraxComprimento, ou seja, terá limites na quantidade de itens que se pode ser levado dentro dela. O mesmo para os demais itens que tiverem dimensionamento. Eu também aprofundarei melhor isso logo quando for decidido qual aventura jogaremos.

    Espero que tenham conseguido entender um pouco a dinâmica do meu sistema, não acho que será difícil, pois eu o fiz para simplificar algumas coisas da ficha D&D, mas é claro, sem modificá-lo totalmente, pois considero-a bem completa.

    P.S:

    Uma Alternativa Simplificada

    Normalmente, eu narro minhas aventuras apenas usando 1d20 acrecidos de pontos de ataque contra 1d20 acrescido dos pontos de defesa/esquiva e os pontos de vidas, nada mais! Quanto a testes do tipo como habilidades simples serão considerados comuns para todos o que pode ser considerado que todos podem escolher 10 entretanto habilidades que exija um grau de conhecimento específico só poderá ser superado em 1d20. A interação dos personagens são todos julgados pelo bom senso, ou seja, se eu considerar que sua lábia não foi boa o suficiente para convencer um certo alvo, você falha e o mesmo ocorre para o contrário. Se quiserem que eu narre desta maneira o modelo de ficha é bem simples vejam:

    -----------------------------------------------------------
    Nome do Personagem:

    Pontos de Vida: 10 + 2d4 (para os níveis seguintes é 1d8)

    Pontos de Ataque: 2d4
    Pontos de Defesa/esquiva: 2d4

    Habilidades: escolha 3 qualquer

    Conhecimentos: escolha 5 qualquer

    itens/Pertences: qualquer quantidade que puder comprar

    dinheiro:
    -----------------------------------------------------------
    Para quem não gosta de perder tempo montando uma ficha, esse é o modelo de ficha mais simples e prático que criei! Eu uso esse modelo para jogar com meus amigos de mesa, pois não temos tanto tempo disponível assim para jogar e não podemos perdê-lo montando uma fichas padrão D&D e de certo modo é mais divertido, pois nos permite interpretar bem mais nossos personagens sem se ater a um quilo de regras e números. Se quiserem jogar desta meneira eu até prefiro, pois praticamente já coloquei como será a regras e o modelo de ficha deste caso. Se quiserem é só falar, ok?
     
    Última edição: 17 Abr 2012
  13. Jeff Donizetti

    Jeff Donizetti Quid est veritas?

    E aí, este projeto vai pra frente? Tomara que sim, seria bom pra reanimar os play-by-forum daqui, que andam beeeeeeeeeeeem parados. Cadê o povo todo?! Cadê os mestres?!
     
  14. EduAC

    EduAC Usuário

    bem eu to esperando a definição do chronos
     
  15. Desculpem-me o atraso! Estava ocupado ontem à noite e não pude dar início aos preparativos para a aventura, mas farei isso hoje.

    Primeiro vou decidir qual aventura iremos jogar, pelos votos estamos entre a aventura "Cidade dos mortos" e "Berço do Mal". Enquanto uma é ação pura e simples tramas, a outra é totalmente o inverso, ou seja, enquanto "Cidade dos mortos" o foco principal é a sobrevivência do mais apto e por isso a experiência vem do combate a outra tem foco na trama que é a verdadeira base da aventura e consequentemente a experiência provém das atitudes tomadas pelos personagens e não o combate em si.

    Por isso, achei melhor narrar a aventura "Cidade dos mortos" que possui uma trama, apesar de simples, bem elaborada que permitirá que vocês compreendam como funciona a minha dinâmica narrativa que no caso da aventura "Berço do mal" isso seria aprendido de modo um pouco desagradável para alguns(ou todos) e isso pq todos os personagens podem morrer no momento que chegam na cidade. Mas não se preocupem! Apesar de não narrar essa aventura agora, como havia prometido, poderei narrá-la posteriormente. Então não fiquem preocupados se irão ou não jogar essa aventura. Ela será jogada, mas não agora! Quando tiverem se familiarizado com o meu modo de narrativa com a aventura "Cidade dos mortos", vocês poderão ter uma breve noção do que pode ser feito na aventura "O berço do mal".

    Agora chega de conversa e vamos ao que interessa.

    Requisitos para a aventura "Cidade dos Mortos"

    Ficha
    -----------------------------------------------------------
    Nome do Personagem:

    Pontos de Vida: 10 + 2d4 (para os níveis seguintes é 1d8)

    Pontos de Ataque: 2d4
    Pontos de Defesa/esquiva: 2d4

    Habilidades: escolha 3 qualquer

    Conhecimentos: escolha 5 qualquer

    itens/Pertences: qualquer quantidade que puder comprar

    dinheiro:
    -----------------------------------------------------------

    Façam suas fichas de acordo com o modelo simples que postei e incluam o que seus personagens serão dentre as opções que vou relacionar logo abaixo:

    - Médico (pode ser da equipe do CCD ou do hospital da cidade ou até mesmo um que veio de fora, faça um BG que explique o pq ele foi para esta cidade;

    Os médicos tem a capacidade de compreender de imediato o que pode acontecer caso "X" ou "Y" fatos ocorram em determinado momento. Permitindo que eles possam compreender com exatidão e consequentemente evitar tais fatos para que não ocorra com ele ou outros.

    - Policial (pode ser um ex-militar, um policial local ou federal e/ou um mercenário);

    O policial pode evitar ou ao menos conhece maneiras que evitam situações de caos total e isso por si só já é da natureza de sua profissão. Ele tem treinamento focado em tais situações e são colocados sub pressão justamente para tomarem decisões rápidas que o levem para sua sobrevivência e de outros.

    - Bombeiro (idem aos dois primeiros mas relacionados à sua área de atuação);

    A natureza do bombeiro é a mais institiva e racional de todas, porém, como eles são chamados por muitos, são eles os heróis do mundo moderno. Os bombeiros podem trocar sua própria vida para salvar a de outra, não necessariamente para a morte é claro! Mas para trocar de situação com a outra, pois eles se julgam e são melhores preparados para a situação que outros. Eles sabem o que fazer para sobreviver em quase todas as situações e isso é o que lhes fazem tão incríveis ao ponto de terem títulos de heróis.

    - Sobrevivente (deve ser, necessáriamente um habitante da cidade, porém ele não sabe o que está acontecendo até que o próprio acontecimento vem até ele.);

    O sobrevivente não precisa ser, necessariamente, uma pessoa comum e sem habilidade. Mas não pode ser especialista em qualquer função que permita dá-lo alguma vantagem como é o caso do policial, do médico e do bombeiro que permitem tal vantagem.Numa situação de caos total, de certo modo, devo dizer que são, na maioria esmagadora, os sobreviventes que, com seus instintos, conseguem sair vivos e ninguém mais. Tenham em mente o seguinte:

    "Pensar um segundo significa que perdeu um segundo de seu tempo de vida. Em um segundo pode acontecer milhares de coisas com uma bala atingindo sua cabeça ou de outro, um velho tendo um AVC, uma mulher grávida entrando em trabalho de parto e muitas outras coisas, tudo ao mesmo tempo nesse um segundo, entenderam?"

    equipamento:

    - O médico terá uma maleta especial com kit de primeiros socorros, equipamentos padrão de um médico(estetoscópio, alguns vidros de ensaio e outros) e dois itens a escolha do personagem(exceto armas de fogo);

    - O policial terá direito a uma pistola ou revolver entre as abaixo listada, além de uma faca de combate, um cacetete e colete à prova de bala:

    Pistolas:

    Taurus PT 100;
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Calibre .40, 11 balas no pente mais 1 no cão(12 total), peso de 965g.

    Taurus PT 101;
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Calibre .40, 11 balas no pente mais 1 no cão(12 total), peso de 965g.

    Revólveres:

    Taurus RT 889
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Calibre .38, 6 balas no tambor, peso de 1,060 kg ou 1,180 kg, comprimento do cano de 4".

    Taurus RT 88
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Calibre .38, 6 balas no tambor, peso de 995 kg ou 1,060 kg, comprimento do cano de 3".

    Taurus RT 82S
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Calibre .38, 6 balas no tambor, peso de 1,060 kg ou 1,180 kg, comprimento do cano opcional de 3" e 4".

    - O bombeiro possui kit de promeiro socorros, kit de sobrevivência e dois itens quaisquer a escolha do personagem(exceto armas de fogo);

    - O sobrevivente terá direito a dois itens que vão de acordo com sua profissão e mais dois itens qualquer(incluindo arma de fogo, mas apenas uma);
    PS.: Caso o sobrevivente esolha entre seus itens uma arma de fogo, elas devem ser escolhidas entre as opções descritas para os policiais.

    Abrirei o tópico on da Aventura agora, mas começarei assim que todos me passarem suas fichas. Devo dizer que escolhi usar a ficha simples pelo tempo, pois não será preciso explicar muita coisa a não ser como será a dinâmica de rolagem do dado. Espero que gostem.
     
  16. Zweger

    Zweger Usuário

    Vou de policial. Já te envio a ficha.

    Dúvidas:
    - Devo rolar os pvs e os pontos de ataque/defesa/esquiva aqui no forum?
    - O que são habilidades? São os Talentos do D&D?
    - Quanto temos de dinheiro?
     
    Última edição: 21 Abr 2012
  17. EduAC

    EduAC Usuário

    Vou ler as regras, fazer a minha ficha e postar. O pontos acho que rola aqui mesmo no forum.
     
  18. Sim, você deve sim rolar seus pontos de vida/ataques/defesas/esquiva aqui no forum, mais especificamente neste tópico.

    Sim, as habilidades são como os talentos de D&D.

    Nessa aventura o dinheiro não terá tanta importância, mas digamos que vocês tem na carteira algo em torno de 1d6 x 10 reais.
     
    Última edição: 22 Abr 2012
  19. Me parece que ninguém se interessou em jogar a aventura. Bom fazer o quê, né? Vou procurar outro fórum pq esse tá praticamente inativo.
     
  20. EduAC

    EduAC Usuário

    Que isso cara. É que o pessoal daqui é lento mesmo, Fds ninguem posta nada na area de rpg mesmo. Não quer dizer que não tenham se interessado.
     
    Última edição: 23 Abr 2012

Compartilhar