1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Você apóia o Wikileaks?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Finwë, 11 Dez 2010.

?

Você concorda com o proposta do Wikileaks?

  1. Sim

    92,0%
  2. Não

    8,0%
  1. Finwë

    Finwë Alto Oficial de Erebor

    Segundo definições encontradas no próprio site, o Wikileaks é uma organização sem fins lucrativos que publica documentos sobre a atuação de governos visando uma maior transparência.

    Você concorda com essa espécie de atuação? Comente.
     
  2. Hasgath

    Hasgath Usuário

    Esse é o tipo de instituição fundamental em nossos dias. Vasculhar este mundo obscuro e cheio de intrigas não é facil, e precisamos muito ter informações sobre tais atividades, para tal é fundamental que individuos com capacidade para realizar tais tarefas, realizem-nas e tragam-nas ao grande publico. Para podermos monitorar e realizar nossas "manifestações opinativas" de forma democratica e justa.
     
  3. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    Se toda a teoria fosse posta em prática, os governos seriam éticos, honestos, altruístas, e a atitude da wikileaks seria errada pois atenta contra a privacidade e confidencialidade do ambiente de trabalho inerente à proposta.

    MAS

    sabemos que se os governos forem deixados em paz, "muito dificilmente" (com ênfase nas aspas) eles serão éticos. Logo, coisas como a wikileaks são uma necessidade.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  4. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    Eu sou a favor da proposta do site, e de se divulgar ao publico a verdade por tras d instituições, principalmente para as vitimas. mas não sou a favor de atos de terrorismo nem a criação atraves da chantagem de um poder pararalelo, baseado em poder de conhecimento tecnologico. Da mesma maneira que podem entrar em computadores do governo, eles podem muito mais facilmente entrar no computador de qualquer pessoa online.
     
  5. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    Do que se trata?
     
  6. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    Se trata das atividades de hackear computadores de empresas q estão se reguardando em relação ao site. Como operadoras de cartão de credito.

    A parte de convocar os hackers no sentido de quebrar sistemas para mostrar força, é q eu não concordo. Muito perigoso isto.
     
  7. Hasgath

    Hasgath Usuário

    Na verdade a história começa antes, o site divulgou documentos mostrando informações sobre a vigilancia e espionagem a lideres de varios governos e alguns outros podres do governo americano, que negou a autenticidade, mas mandou prender o autor por espionagem (se são falsos, como ele pode ter espionado algo?), desta foema varias empresas ligadas ao governo americano passaram a boicotar o site e seu fundador. O que causou revolta aos em seus leitores, sendo alguns deles integrantes de um grupo hacker, que resolveram contra atacar tais empresas como forma de protesto ao boicote imposto ao wikileaks. Ou seja, as atitudes terroristas dos hackers, não tem ligação comprovada com o fundador do site, cujo objetivo é tentar trazer a tona, varios esquemas obscuros de diversos governos e fundações, o que poderia no maximo ser caracterizado como "justiça com as proprias mãos", ja os atos da organização hacker sim são terroristas, mas como ja foi citado, infelizmente os governos e as industrias, dificilmente serão éticos sem pressão externa. Abraços.
     
  8. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    Não conheço todos os envolvidos, mas se você está falando da Operation PayBack, isso aí nunca aconteceu.

    Nenhum computador foi invadido e nenhum vandalismo foi cometido. O que foi realmente feito foi na verdade exatamente a mesma coisa que os manifestantes de calçada fazem, só que na internet.

    Nos protestos que conhecemos, as pessoas pegam placas e vão a algum lugar incomodar e obstruir o trânsito das pessoas. Tipo se você vai protestar com um banco, você junta 50, 100 pessoas e fica parado na porta, atrapalhando quem entra e sai.

    Foi feito exatamente isso: um imenso grupo de pessoas fez uma quantidade avassaladora de conexões nos sites, obstruindo e causando dificuldade no funcionamento normal, por sobrecarga. Era tanta gente conectada que o firewall do datacenter resolveu tirar o servidor do ar pra ver se as conexões param (uma regra interna de qualquer firewall). É isso que estão chamando de ataque.

    Seria equivalente a ter tanta gente querendo entrar no banco que o gerente decide fechar a porta. Quem fechou foi ele, ninguém quebrou nada nem desligou energia nem nenhum vandalismo.

    Não vejo diferença entre isso e as manifestações normais de rua.


    Além do mais, a Operation PayBack tinha um objetivo coerente. Por exemplo, a wikileaks recebeu doações por paypal, e o paypal se recusou a repassar (reteve o dinheiro). Aí fizeram essa avalanche de conexões congestionando o paypal. Daí eles liberaram o dinheiro do Assange, e imediatamente o ataque cessou. Não foi "vingancinha".

    Um adolescente holandês foi preso por estar participando dessa manifestação, que tecnicamente não é "invasão", daí o grupo mudou a estratégia. A Operation Payback encerrou dia 10 de dezembro e iniciou-se a Operation Leakspin, que consiste em fazer divulgação incisiva em blogs e youtube dos itens menos divulgados da wikileaks. Fazer o que os reporteres fazem: pegar uma notícia e gritar no ouvido de todo mundo. Agora ninguém pode ser preso...
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  9. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    Pois é, so q se tenho de pagar uma conta, e alem de não poder ainda vou pagar multa, porque tem protestantes na frente de uma banco, e se eu estiver de posse de um monster truck, eu passo por cima. direito deles protestarem, direito meu não me ferrar por conta disto.

    alias, se estão obstruindo alguma estrada por protesto e eu fico preso no transito e tenho o mesmo mosnter truck, faço a mesma coisa.

    cada um com seu direito

    pena q este carro é proibido no brasil :(

    se estou num restaurante, e passo pelo constrangimento de não conseguir pagar uma conta porque estes caras estão bloqueando meu cartão de credito, abro um processo contra eles(se compravando a ligação deles com o dono do site, q como falarm, não existe oficialmente :/ )

    Não acho manifestações que prejudicam outras pessoas alem das envolvidas diretamente validas, principalmente daquelas q as pessoas ficam refem.

    Com a proposta em si do site eu concordo e apaludo, os atos de contra ataque ao seu boicote não.

    A operadora de cartão de credito tem total direito de cancelar a conta do serviço.

    claro, é até interessante os atos, mas sou contra "justiça com as propias mãos", qualquer q seja, ainda mais por parte de um grupo q detem um poder(como é o caso dos hackers), ainda mais contra qualquer instituição de direito. Ate a parte da denuncia ainda vai.

    e nenhum computador foi invadido, é impossivel, dada a gama de informações que eles possuem.

    duvido um bocado que não tenham penetrado em nenhum.

    os caras ja fazem isto cotidianamente.
     
    Última edição: 13 Dez 2010
  10. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    No Brasil tem a Transparẽncia Brasil, só não tem o poder do Wikileaks, eles só fazem o trabalho que a imprensa hoje não faz, transparecer informações dos governos. Afinal, o que foi o Watergate?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    Apenas uma empresa foi afetada em cada momento. Não houve uma única hora sequer em que, por exemplo, visa e mastercard fossem atacadas ao mesmo tempo. Muita gente tem dos dois cartões, e eu acho que nem chegaram a encostar no sistema de cartão, só o site mesmo. O paypal eu sei que foi a API. O moneybookers foi o site mesmo.

    Não creio que exista alguma relação entre o Assange e os hackers. Esses caras são do 4chan, uma rede sem nada pra fazer da vida, e muitos são meros voluntários que tavam passando e entraram na manifestação.
     
  12. Urso Sentado

    Urso Sentado Usuário

    Saudações!

    A honesta União das Repúblicas Soviéticas Sentadas apóia o glorioso Wikileaks e sua proposta, pois denuncia o que os governos querem esconder de suas populações, sob o véu da democracia e da liberdade.

    Avante, camaradas! o/
     
  13. Excluído045

    Excluído045 Banned

    É, isso aqui foi bem engraçado...
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Altamente necessário ainda mais no Brasil que tem um dos maiores índices de corrupção e baixíssima ética no mundo.
     
  15. Ivo Basay®

    Ivo Basay® Banned

    apoio Incondicionalmente
     
  16. FURIA Da Rossa

    FURIA Da Rossa Rank Configurável??

    Depois de ler um pouco sobre a investida de Assange e ver o recente documentário WIKIREBELS - THE WIKILEAKS DOCUMENTARY, que mostra privilegiadas entrevistas com todos os envolvidos, especialmente Julian, cheguei à conclusão de que não apoio a iniciativa do Wikileaks.

    É uma ideia que teriamos em primeira análise. Eu também pensei exatamente assim há duas semanas. Mas veja, não é porque a situação é adversa que devemos recorrer a meios adversos. Não concordo que os fins justificam os meios. Não se combate ilegalidade e imoralidade com mais ilegalidade e imoralidade, bem como não se combate violência com violência, ou só se gerará mais violência.

    Ainda que seja bom saber de muitas coisas que os governos tramam, a maioria delas realmente não tem relevância direta para nós, brasileiros. Exemplo: saber que os americanos chamavam o Primeiro-Ministro russo Dmitri Medvedev de Robin e Vladimir Putin de Batman. (Será Alexandr Duguin, guru do Putin, o Tio Alfred?)
    Então, por que fazer isso? Saber é bom e até curioso, mas qual a via utilizada? Primeiramente, podemos pensar: "Ah, o WL é na verdade uma organização jornalística, e não é dever do jornalista manter segredo, mas sim da fonte, dependendo de seu posto.". Isso é como consagrar o "caiu na área é penalty."

    Isso é alimentar a prática afrontosa da legalidade que é a quebra de segredos de Estado por parte de oficiais 'descontentes', assumindo que eles são a única fonte. Incrível é que alguns hackers, como mostra o documentário, se apressaram em "dedicar tempo à organização". O que teriam hackers feito? Espero que não tenham se voluntariado para formatar documentos no Word. E agora vejam: certeza que não houve um único caso de extorsão praticado contra autoridades ou membros de alta hierarquia de empresas por hackers de posse de material sensível roubado?


    Agora vejam isso:

    Mas como é que você pode ter TANTA certeza de que nenhum computador foi invadido? Aqui temos que partir é para a razoabilidade. Como foi que 1 milhão de documentos privativos foram a conhecimento de quem não devia? Pode haver alguns whistleblowers (informantes), mas acho arriscado dizer que todos foram obtidos por meio de oficiais descontentes com acontecimentos internos. Até porque os órgãos governamentais e as Forças Armadas americanas não são os únicos alvos. Empresas privadas também o são. E segurança é uma coisa complicada hoje em dia... invasão de sistemas, tecnicamente, é uma coisa fácil de se realizar pois as possibilidades de falhas são milhares.

    O que na verdade é ilícito, diga-se de passagem. Além de imoral. Greves, como as de bancários, deveriam ter por destinatário o empregador, e não os correntistas e os transeuntes. Imagine só quando eles trazem as caixas de som, se instalam aqui na frente da Matriz da Caixa Econômica e botam músicas repetitivíssimas como "Índia, seus cabelos (23x)"...

    E, em termos de finalidade, o que isso tem de diferente de um DDoS? O fato de o orquestrador estar "bem intencionado" ou ter "motivações nobres" não legitima a prática. Isso, pelo contrário, faz é reduzir a moral; é molecagem.

    ...exceto pela parada provocada nas operações do banco, o que vai diretamente contra o patrimônio e o direito do proprietário. Melhor seria um vidro quebrado do que um sistema parado por uma hora. Imagine o volume de transações que deixaram de ser realizadas!

    Aquilo posto, concordo com você nesse particular. Ambos são movimentos arruaceiros.

    Pelo mesmo motivo de antes: qual seria a forma correta, democrática, ordeira, legítima, republicana, civilizada de resolver a questão? Interpelando o Paypal (sim, o PP já protagonizou algumas histórias de terror, mas isso é uma outra discussão) judicialmente. E aí sim as teses seriam corretamente colocadas para debate no campo de batalha certo, que é uma sala de audiências.

    ...
    Sem querer baixar o nível, pois não é minha intenção, mas 'tecnicamente' introduzir um pênis numa vagina é um ato legal, gostoso, prazeroso, em outras palavras, dá muita satisfação para quem o faz. Mas não é só o aspecto técnico que tem que ser levado em conta. Há de se saber também se houve consentimento dos dois parceiros sexuais, para não caracterizar estupro, se a menina tinha pelo menos 14 anos de idade, pois com menos que isso nem o consentimento tem validade, e, principalmente, qual era a INTENÇÃO do sujeito que penetra.

    Agora pense nos manifestantes? Qual era a intenção? Causar indisponibilidade e ponto final!! Não importa a motivação, isso não justifica. Os fins, como eu disse antes, não justificam os meios.
     
    Última edição: 29 Dez 2010
  17. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Darrosa onde passou esse documentário? Gostaria de vê-lo e assim poder entender com mais profundidade a real intenção dessa entidade.
     
  18. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    A idéia de transparência, divulgação, etc., parece justa, o dilema justamente é: os fins justificam os meios?

    Acho que depende de como tudo foi feito realmente e quais eram as verdadeiras intenções do Wikileaks.

    Tudo isso é uma questão delicada. O governo tem que ser 100% transparente? Ele pode ter segredos? Até que ponto o povo precisa ser informado?

    Eu realmente não sei. É muito mais complicado que parece.

    Ainda que as intenções, sejam boas, será que as conseqüências geradas valeriam a pena? Ela pode causar um grande bem, mas e se causasse um grande mal?


    Outro ponto delicado, as manifestações. Eu não chamaria de exatamente de "arruaceiros", ainda que algumas sejam exageradas.

    Entretanto, eu tenho que admitir que, as vezes, a situação não muda se não houver fizer muito barulho. Diversos vezes na história houve momentos em que somente uma grande revolta, protesto, etc., pode mudar a situação de um país. Talvez não houvesse outro meio viável para a França se não a revolução de 1789.

    Existem momentos onde se justamente os "arruaceiros" causam uma grande mudança, seja para pior ou para melhor.


    Os fins justificam os meios? Pode ser que não, mas, para bem ou para mal, foi através de muitos meios "sujos", "radicais", etc, que chegamos aqui. Talvez, se não fosse por esses meios, muitas de nossas "conquistas" poderiam jamais ter existido. Talvez, sem esses meios, ainda estaríamos presos a antigas tradições.


    Por isso, tomo cuidado em julgar esses protestos.


    A idéia do Wikileaks é interessante, e, até onde vi, sou inclinado a apoiar, agora, que frutos iremos colher de sua prática, não sei. Se ele vai mesmo causar bem, mal, ou mesmo nada, só o tempo dirá.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  19. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    Você fez uma pequena confusão aqui. Eu estava falando sobre a Operação PayBack, não sobre a obtenção dos documentos. Sobre os documentos é ingenuidade achar que todo mundo foi bonzinho.


    Tecnicamente, É um DDoS, já que os requests enviados eram DoS's mesmo. mas o que é um DoS? Dentro da analogia do banco, seria como vc entrar na fila do caixa, e quando chegar a sua vez, vc dizer "hm... nada não." e sair da fila. Não há destruição de dados, apenas congestionamento.

    Não estou dizendo que seja "bonito" congestionar intencionalmente, mas às vezes, uma atitude dessas é necessária. Já que gosto tanto de analogias, vai mais uma: não é bonito ser grosso com alguém e mandar tomar naquele lugar, mas temos que reconhecer que às vezes... necessário.
     
  20. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    O mundo está entalado num modelo que é incoerente (informação e decisões secretas convivendo com um ideal de democracia onde "todo poder emana do povo"), mas que é estável - afinal, o interesse médio por política, aqui, nos States ou no Japão, é irrisório - embora haja diferenças significativas entre os próprios países.

    O WikiLeaks vem ameaçar este equilíbrio, através do vazamento massivo de informações classificadas e do estardalhaço midíaco provocado, chamando atenção da população global para o problema da falta de transparência de certas instituições públicas, a diplomacia em especial.

    Vocês se perguntam se os fins justificariam os meios "sujos" utilizados por este site. Mas não consigo sequer ver os meios afrontando a ética. Nem tudo que é ilegal é antiético - que é um conceito muito relativo também, na minha opinião sem um certo absoluto. A percepção da lei como antiética foi o que ajudou a catalisar enormes mudanças na humanidade, o fim do poder hereditário, a abolição da escravidão.

    Quem faz os vazamentos acreditando no ideal da liberdade de informação e controle popular dos Poderes o faz num ideal bem específico, numa proposta social, e um ato político jamais pode ser igualado a um comum.
     
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar