1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Visões do Paraíso Celeste - Tolkien, Lewis, Dante e outros

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Neoghoster Akira, 19 Jun 2018.

  1. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Estive olhando algumas análises sobre o conto Leaf By Niggle e encontrei alguns pontos de vista interessantes sobre a construção que esses autores usaram em seus textos. Vale conferir abaixo.:

    Segundo o artigo
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A visão de trabalho descrita, que reverbera no futuro do personagem Niggle, se parece um bocado com o que se lê de uma artista escultora que criou obras de trechos do Novo Testamento nos EUA para uma exposição chamada "The Light of The World" (A Luz do Mundo, em referência a Jesus). Nas palavras dela ela procurava representar ao mesmo tempo "determinação e dignidade", que ao contrário de sair para se extraviar ela buscava se encontrar.

    Em um trabalho de visão com tamanha envergadura, não é fácil de se alcançar a fidelidade quando se fala em "imaginar o Paraíso" e Tolkien e Lewis escolhem ferramentas que tornam a experiência da leitura de paraíso um tanto quanto diferente da de Dante em A Divina Comédia. Apesar disso a sensação do leitor é a de entrar em uma obra de arte sacra, com envolvimento pessoal da luta do artista.


    O alcance pretendido passa por uma problematização comentada por Lewis no artigo "‘Further Up and Further In’; Representations of Heaven in Tolkien and Lewis" (Subindo Mais, Entrando Mais: Representações do Paraíso em Tolkien e Lewis:

    O homem tende a fraquejar na força do desejo e não consegue alcançar com a imaginação uma grande altura de bem aventurança. Para a tarefa se torna necessário atravessar alguns estágios. Como representar a infinitude e a satisfação sem mácula? Como responder a quem tem medo da eternidade?

    A resposta encontrada por Tolkien e Lewis se apresenta na referência em Cristo, na encarnação de um princípio de bem tão infinito que se sobrepõe toda consideração, para além da razão humana:

    O intuito passa por vencer ou pelo menos mitigar o efeito da limitação das palavras e da linguagem humana, da fugitiva experiência do mundo.

    De fato, o desejo de Niggle, de Narnia e de outros autores nas mesmas condições é se superar na luta entre as leis naturais e humanas mantendo-se em dia com as obrigações de ambos os mundos, como nesse trecho de "A Dog of Flanders" de como Nello sofria ao se inspirar num artista sacro de primeira ao mesmo tempo em que buscava sobreviver na pobreza.

    Todavia, se o talento podia mesmo lhe vir também os momentos de visão que lhe chegavam não lhe eram fáceis.


    A imagem acima é "A Agonia no Jardim".
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  2. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    Leaf By Niggle é uma história maravilhosa. Em relação à influência do cristianismo, tanto Tolkien quanto Lewis eram cristãos devotos (assim como Dante), e essa influência pode ser percebida em toda a obra deles, explicitamente no caso de Lewis e Dante e implicitamente no caso de Tolkien. Aliás, lembrei de uma entrevista em que Tolkien diz que O Senhor dos Anéis é uma obra católica, inconscientemente ao escrever o livro mas conscientemente ao fazer a revisão.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar