1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Vinicius de Moraes

Tópico em 'Autores Nacionais' iniciado por Finganforn, 28 Nov 2002.

  1. Finganforn

    Finganforn Usuário

    Eu queria abrir esse topico para discutir sobre esse que eu considero o maior genio da musica brasileira. O que voces acham dele? O que voces acham da Bossa Nova?
     
  2. Láthspell

    Láthspell Usuário

    Bueno...

    Vinícius é meu poeta favorito, assim como a Bossa é meu gênero musical favorito.

    Na bossa, Vinícius foi o maior de todos os compositores. Ele, Tom Jobim e João Gilberto formaram uma tríade insuperável...

    Na música, destaco Garota de Ipanema, Minha Namorada, Canto de Ossanha, Tarde em Itapoã (perfeita na voz de Toquinho), Insensatez, Samba da Benção.

    Dentre os sonetos, gosto muito do Soneto a Quatro Mãos, Soneto da Fidelidade, Soneto da Lua, Soneto da Separação, Soneto do Amor Maior e Soneto do Orfeu.

    Pra quem gosta do poetinha, fica a frase: "O whisky é o melhor amigo do homem. É o cachorro em litro."
     
  3. Mila Telcontar

    Mila Telcontar Usuário

    eu amo o Vinicius...
    ele escreve muito bem... seus poemas são lindos...
    o soneto da fidelidade é perfeito!!!!!!

    as musicas também são muito boas... eu ganhei recentemente o Cd Tom canta vinicius... é muito lindo....as prosas também são otimas... orfeu da conceição é muito legal. gostei do filme também, mas o livro é bem melhor!!!!!!!!!
     
  4. Anonymous_theOld

    Anonymous_theOld Usuário

    Vinicius de Moraes...
    Eu li alguns poemas dele, e fiquei 8O :grinlove:
     
  5. Mila Telcontar

    Mila Telcontar Usuário

    mas é pra ficar Black Dragons...
    eu recomendo que vc leia mais poemas dele, ele é muito bom, faz um bem pro coração.... :grinlove: :grinlove: :grinlove:
     
  6. *Dimnarien*

    *Dimnarien* Usuário

    Os poemas do Vinicius são mt bons mesmo, esses sonetos então são divinos....!!! Tão bons qt os d Gregório de Matos.... :lily:
     
  7. Arandelis

    Arandelis If I can dream

    A síntese do q eu axu de vinicius de morais:
    8O :grinlove:
    (Aews, Di, brigada pela ideia :mrgreen: )

    Apesar de eu naum gostar tto assim de bossa nova, os poemas do Vinicius sao... sao.... (sem palavras) :grinlove: .

    Vai aih uma pequena amostra da grande obra desse grande carioca.

    Rosa de Hiroshima

    Pensem nas crianças
    Mudas telepáticas
    Pensem nas meninas
    Cegas inexatas
    Pensem nas mulheres
    Rotas alteradas
    Pensem nas feridas
    Como rosas cálidas
    Mas, oh, não se esqueçam
    Da rosa da rosa
    Da rosa de Hiroshima
    A rosa hereditária
    A rosa radioativa
    Estúpida e inválida
    A rosa com cirrose
    A anti-rosa atômica
    Sem cor sem perfume
    Sem rosa sem nada
     
  8. * Lilyris *

    * Lilyris * Usuário

    Eu já li alguns poemas de Vinicius de Moraes (vide Black Dragon :roll: ) os sonetos e tudo mais... putz, são perfeitos!!!
    As musicas eu só conheço poucas, como Garota de Ipanema e Samba da Benção...
    Só sei que os poemas dele são maravilhosos, só que como minh aamiga disse, é melhor le-los qdo se está em depressão.. triste...
     
  9. Arandelis

    Arandelis If I can dream

    Lily, nem todos os poemas do Vinicius são tristes. Ou pelo menos eu não acho.
     
  10. Pearl

    Pearl Usuário

    Fora as músicas, eu conheço os sonetos... se não me engano, todos estão publicados num livro chamado Sonetos. Muito lindo.... :grinlove:

    Ahhh e eu adoro essas músicas e do Samba da Benção eu sempre lembro de uma parte...

    A vida é a arte do encontro,
    embora haja tanto desencontro pela vida.
     
  11. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Nossa, eu deixei esse tópico passar batido 8O

    Sou completamente apaixonada por Vinícius. Eu tendo muito para o que ele cantava com o Toquinho (é lindo :grinlove: ), mas as poesias são de uma boemia e de uma sensibilidade incríveis.

    Trazem recordações tão boas :grinlove: :grinlove: :grinlove:
     
  12. renanka

    renanka Usuário

    não conheci e nem gostava muito dele até o natal quando ganhei um livro dele da minha vizinha...nossa me apaixonei pelas poesias..é muito bom..perfeito..fico até sem palavras..
     
  13. Heruost

    Heruost Banned

    "Que não dure para sempre
    posto que é chama
    mas que seja infinito enquanto dure..."

    Preciso dizer mais alfguma coisa?

    Ps: A frse certa é: O whisky é o melhor amigo do homem. É o cachorro engarrafado."

    Ps2: Eu tenho um DVD maravilhoso que é um show dele na Tv Italiana acompanhado da Miucha, do Toquinho, do Tom e de um grupo de musicos brasileiros. O nome do DVD é "Musicalmente" visto q o progama na TV era "Musicalmente Vinicius"
     
  14. Oakshield

    Oakshield Usuário

    Do riso fez-se o pranto
    silencioso e branco como a bruma
    e das bocas unidas fez-se espuma
    e das maos espalmadas fez-se o espanto

    de repente, nao mais que de repente
     
  15. Idril

    Idril Usuário

    Vinícius de Moraes é O cara. Adoro não só as suas poesias, mas as músicas também. Ele é uma das minhas inspirações.

    Ele junto com o Baden Powell e Tom Jobim....Deus do Céu, você sim agora deve estar muito feliz em poder contar com esse Power Trio aí em cima!
     
  16. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Eu tenho estudado o trabalho de Vinícius e me surpreendido dia após dia nesses últimos meses. Coisas que eram relativamente simples sob uma primeira vista e que depois mudaram completamente e só confirmaram a genialidade do poeta. Vou comentar sobre dois poemas bem batidos que todo mundo já conhece, só para se ter idéia do que estou falando.

    Em Soneto de Separação, por exemplo. É um trabalho implícito na estrutura que dá força para o que o poeta diz. Nas duas primeiras estrofes ele trabalha com a mesma estrutura sintática:

    Locução Adverbial -> Sentido Positivo -> Sentido Negativo

    Para então de repente, nas últimas estrofes mudar, surge uma relação de inversão.

    Isso acontece também nas rimas, que obedecem um padrão:

    ANTO
    ENTO
    ENTE
    ANTE

    Para, mudar de repente para

    UMA
    AMA

    Isso é poesia. Um trabalho completo com palavras, não apenas a logopéia.

    Outro muito conhecido é o Soneto de Fidelidade. Que fique claro, estou escolhendo esses dois justamente para mostrar como que as repetidas leituras superficiais viciam nossos olhos ao ponto de não conseguirmos observar detalhes geniais em poesias.

    No caso desse soneto, o mais interessante é que ele é todo composto por decassílabos heróicos. E então vem o verdadeiro trabalho do poeta:

    tudo ao meu amor serei atento
    Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
    Que mesmo em face do maior encanto
    Dele se encante mais meu pensamento.


    Ele torna o terceiro verso sáfico, para que, durante a leitura, aquele MAIS que vemos no quarto verso ganhe força, ênfase.

    Vão me dizer que não é um trabalho completo? Um sujeito que se preocupa não só com rimas, mas também com a estruturação. É simplesmente apaixonante!
     
  17. Eli Nerwen

    Eli Nerwen Usuário

    Meu professor de literatura levou outro dia um cd do Vinicius pra gente escutar na hora do recreio. Acho que era só eu que, além de escutar, ainda pedia pra todo mundo fazer silencio...
    Mas só outro dia que eu resolvi pegar um livro dele para ler. Ai que lindo! Além dos poemas que eu já conhecia, encontrei outros maravilindos! :grinlove: (tirando os infantis, que eu cantava no meio da aula... :D )
     
  18. Drizzet

    Drizzet On vacation forever

    A semelhança é que os dois têm a mesma função social: zero. A diferença é que Gregório de Matos é cristão e Vinícius não demonstra isso. (Ufa!)
     
  19. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Na primeira fase da poesia de Vinícius tinha um forte apelo religioso, sim. E se você acha que a função social da poesia de Vinícius é zero, é melhor você ler mais do que os sonetos de fidelidade e separação dele, heim?
     
  20. Vandinha

    Vandinha Usuário

    Eu também gosto dos textos dele, em especial um texto chamado "Separação" (não, não é um soneto). Ele simplesmente me deixa com um nó na garganta.


    Aqui vai :


    "Voltou-se e mirou-a como se fosse pela última vez, como quem repete um gesto imemorialmente irremediável. No íntimo, preferia não tê-lo feito; mas ao chegar à porta sentiu que nada poderia evitar a reincidência daquela cena tantas vezes contada na história do amor, que é história do mundo. Ela o olhava com um olhar intenso, onde existia uma incompreensão e um anelo, como a pedir-lhe, ao mesmo tempo, que não fosse e que não deixasse de ir, por isso que era tudo impossível entre eles.
    Viu-a assim por um lapso, em sua beleza morena, real mas já se distanciando na penumbra ambiente que era para ele como a luz da memória. Quis emprestar tom natural ao olhar que lhe dava, mas em vão, pois sentia todo o seu ser evaporar-se em direção a ela. Mais tarde lembrar-se-ia não recordar nenhuma cor naquele instante de separação, apesar da lâmpada rosa que sabia estar acesa. Lembrar-se-ia haver-se dito que a ausência de cores é completa em todos os instantes de separação.
    Seus olhares fulguraram por um instante um contra o outro, depois se acariciaram ternamente e, finalmente, se disseram que não havia nada a fazer. Disse-lhe adeus com doçura, virou-se e cerrou, de golpe, a porta sobre si mesmo numa tentativa de seccionar aqueles dois mundos que eram ele e ela. Mas o brusco movimento de fechar prendera-lhe entre as folhas de madeira o espesso tecido da vida, e ele ficou retido, sem se poder mover do lugar, sentindo o pranto formar-se muito longe em seu íntimo e subir em busca de espaço, como um rio que nasce.
    Fechou os olhos, tentando adiantar-se à agonia do momento, mas o fato de sabê-la ali ao lado, e dele separada por imperativos categóricos de suas vidas, não lhe dava forças para desprender-se dela. Sabia que era aquela a sua amada, por quem esperara desde sempre e que por muitos anos buscara em cada mulher, na mais terrível e dolorosa busca. Sabia, também, que o primeiro passo que desse colocaria em movimento sua máquina de viver e ele teria, mesmo como um autômato, de sair, andar, fazer coisas, distanciar-se dela cada vez mais, cada vez mais. E no entanto ali estava, a poucos passos, sua forma feminina que não era nenhuma outra forma feminina, mas a dela, a mulher amada, aquela que ele abençoara com os seus beijos e agasalhara nos instantes do amor de seus corpos. Tentou imaginá-la em sua dolorosa mudez, já envolta em seu espaço próprio, perdida em suas cogitações próprias - um ser desligado dele pelo limite existente entre todas as coisas criadas.
    De súbito, sentindo que ia explodir em lágrimas, correu para a rua e pôs-se a andar sem saber para onde..."




    Lindo não? :grinlove:
     

Compartilhar