1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Vila dos hobbits é atração turística na Nova Zelândia

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Elessar Hyarmen, 14 Dez 2012.

  1. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Locação usada para o Senhor dos Anéis se tornou hotelaria e tem atrações que incluem as famosas tocas dos personagens, além do mesmo pub onde eles costumavam se encontrar


    Joana Gontijo - Lugar Certo
    Publicação: 14/12/2012 11:34
    Atualização: 14/12/2012 12:02


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Uma localidade na Nova Zelândia conta com uma atração diferente que vai agradar muito aos fãs do cinema. Uma comunidade perto de Matamata, pequena cidade na região de Waikato, no norte do país, distante cerca de 150 quilômetros ao sul de Auckland, que foi usada como locação para a famosa trilogia do Senhor dos Anéis, está aberta ao público. Uma aldeia idílica, de paisagem incrível, com colinas verdes atravessadas pelo rio Waikato, que ganhou fama por ser escolhida como o local das filmagens. Há opção de hotelaria, incluindo o mesmo e icônico pub onde os personagens costumavam se reunir. Em Hobbiton, os visitantes podem encontrar a verdadeira atmosfera da aldeia que fez tanto sucesso nas telas, e os fanáticos pela trilogia podem sentir de perto como é viver no condado dos hobbits.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Com poucos habitantes, a cidade é a versão real da vila dos hobbits, criada por Peter Jackson. Agora, o local tornou-se atração turística para pessoas de todo o mundo, ansiosas para se aventurar em um cenário cinematográfico. As casas do condado mantêm as mesmas características mostradas nos filmes, com as célebres portas circulares, e agora podem ser alugadas por quem quer passar algum tempo por ali. Turistas e moradores das proximidades podem, por exemplo, desfrutar de uma boa bebida no pub The Green Dragon, conhecido pelos populares encontros entre Frodo, Sam, Merry e Pippin.
    Em setembro de 1998, o diretor Peter Jackson e a New Line Cinema descobriram a fazenda da família Alexander durante uma busca aérea para escolher uma locação adequada para as filmagens do Senhor dos Anéis. A paisagem fantástica da fazenda, praticamente intocada, lembrava os cenários descritos pelo autor, JRR Tolkien. A construção da aldeia começou em março de 1999, e durou nove meses. As primeiras filmagens começaram em dezembro do mesmo ano e seguiram por três meses. Desde 2002, a comunidade pode ser visitada. Depois de ter sido desativado no intervalo entre os filmes, o conjunto foi reconstruído em 2011 para o novo longa-metragem da trilogia. Agora, o local, que manteve o nome original da série, conta com jardins, pontes, moinho, o pub e até as tocas dos hobbits, as entradas no chão onde eles moravam.
    O coordenador do condado, Russel Alexander, estimava que o lançamento do último filme ajudaria a levar cerca de 100 mil pessoas nos 12 meses seguintes, e o local, que recentemente comemorou seu décimo aniversário, foi visitado por aproximadamente 300 mil turistas na última década, como conta Alexander em reportagem do site do jornal britânico Daily Mail, Mail Online.

    O The Green Dragon foi inaugurado oficialmente em 29 de novembro pelo primeiro-ministro da Nova Zelândia. O pub oferece bebidas exclusivas tiradas na torneira, incluindo cervejas, cidra e uma cerveja de gengibre, além de manter as portas circulares celebrizadas nos filmes os traços originais na decoração do interior. De acordo com sua página no Facebook, o pub é “um lugar para beber, um local de encontro, um lugar para descansar seus pés peludos”.
    Conhecida por ruas largas e pelo clima calmo, o maior tesouro da região é natureza que a rodeia, fazendo com que os visitantes mergulhem em um mundo mágico. Claro que, em vez de encontrar hobbits, eles verão pastoreio de ovinos, cavalos e vacas. Além de visitar as casas de Frodo e seus amigos, os curiosos também podem assistir a demonstrações de tosquia de ovelhas, mamadeira para os cordeiros e animais de estimação, e alimentação dos ovinos domesticados. Mas, para percorrer os cenários do filme, é essencial ir com um guia, já que eles estão em uma propriedade privada de difícil acesso.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 4

Compartilhar