1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Vida ou ética?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Eönwë, 30 Mai 2003.

  1. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Suponha que um cientista descobriu uma substância que cura o câncer, ou a AIDS. Para comprovar os efeitos e conhecer as contra-indicações, ele precisa testar a substâncias em cobaias, como ratos ou macacos. Isso é considerado antiético por muitas pessoas. Mas se ele não testar a descoberta em cobaias, o remédio nunca será utilizado em humanos. Centenas de milhões de pessoas vão morrer de câncer ou AIDS porque considerou-se antiético testar substâncias em cobaias.

    Ou então, suponha que certa pessoa sofreu uma lesão na medula que pode ser reparada usando-se as famosas células-tronco. Mas suponha também que nesse caso o único meio de obter essas células é tirando-as de um embrião humano de, por exemplo, quinze dias de vida. O embrião irá morrer. Muitas pessoas consideram isso antiético. Mas, se não for feito isso, a pessoas vei ficar tetraplégica para sempre, ou até morrer.

    Então eu pergunto: O que é mais importante: ser "ético" ou salvar vidas? Ser "ético" ou melhorar a qualidade de vida das pessoas?
     
  2. eored

    eored Usuário

    Primeiro eu acho que o Eönwë não tem apenas 15 anos.

    Segundo que se ele realmente tem 15, espero ler artigos dele no jonal ou revistas daqui 10 anos.
    8-)
     
  3. Anigel

    Anigel Eu atropelo duendes!

    Não é anti-ético fazer testes com animais. Todas as pesquisas sérias têm comissões de ética que impedem abusos. Cientistas não são seres sádicos empenhados em torturar animais indefesos e antes de qualquer substância ser testada em animais é testada in vitro. Logo acho que não existe isso de uma importante descoberta ser perdida por não se poder usar animais como cobaias.


    :eek: Essa discussão de novo não!!! Bom isso já foi discutido em outro tópico e eu estou com preguiça de escrever tudo de novo, então:

     
  4. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Para responder a pergunta, deve se pensar primeiro em outra pergunta: O que é ser ético? Ética ganhou uma conotação muito específica na sociedade moderna, e foi confundida com moral, mas o sentido da palavra ethos remete ao parâmetro do que deve ser aceito e aprovado pelo grupo social.

    A partir dessa prerrogativa, podemos supor que a discussão aí não é ética, pois a ética é um conceito relativo, e sim remete a uma moral, a idéia de honesto e virtuoso segundo a consciência individual e coletiva da nossa sociedade capitalista judaico-cristã ocidental, subentendendo-se os "princípios de humanidade" (de racionalidade).

    A questão é essa. O aborto era tolerável pela Igreja na Idade Média, porque não se sabia que os fetos viviam antes do parto, o casamento de sacerdotes já foi um dia moralmente aceitável...

    Retirar células zígóticas para experiências é tão moralmente condenável quanto a masturbação, talvez menos.

    Em relação a questão dos animais, bom, de fato deve haver uma certa pressão sobre a indústria farmacêutica, que abusa de determinados animais para experiências que não estão nem tão engajadas no sentido autruístico da palavra. Aí recai na discussão ética, pois é sabido que a indústria farmacêutica produz conhecimento amparada pelo retorno financeiro possível dos medicamentos pesquisados. Doenças em países pobres são negligenciadas, enquanto outras, que atingem populações mais abastadas, são pesquisadas a exaustão. O conhecimento não é compartilhado, amparado em royalties, o que estagna e alerda o desenvolvimento de medicamentos, o patrimônio genético não é compartilhado. Enfim, aí, nesses casos, há uma discussão ética a se pensar.

    Eu sei que fugi um pouco do assunto, mas é que acho que a questão pode ganhar um espectro maior...
     
  5. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Valeu! 8-) (E eu tenho só 15 anos mesmo.)

    Eu concordo com você. Mas tem muita gente que não; que acham que todo e qualquer uso de animais como cobaias (mesmo que não haja abuso) são uma coisa deplorável-horrível-imoral-antiética-sadista, e até se recusam a usar produtos que foram desenvolvidos usando-se animais para testes. (Quero ver se um dia o filho deles precisar de um desses remédios pra sobreviver...)
     
  6. Anigel

    Anigel Eu atropelo duendes!

    :? Não são apenas os medicamentos para doenças com cancer e AIDS que devem ser primeiro testados em animais para depois serem testados em seres humanos. Essa é uma regra que vale para todos os medicamentos, assim é meio hipócrita por parte dessas pessoas dier que são contra esse tipo de pesquisa porque claro que elas já usaram esses mediamentos.
     
  7. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Eu sei que não são só remédios pra essas doenças que são testados em animais. Era só um exemplo. :wink:
     
  8. Penso que primeiro vem o bem estar do homem, depois o do animal. Não é anti-ético fazer mal animais se for para bem do homem, só se for só por barbaridade.
     
  9. Hal

    Hal Usuário

    Concordo.
    Pesquisas com seres humanos eu acho que devem ser sim mais limitadas do que com animais. E todas elas devem ser vistoriadas para evitar abusos com qualquer animal
     
  10. Ética: 1.Estudo dos juizos de apreciação referentes à conduta humana, do ponto de vista do bem e do mal. 2. Conjuto de normas e princípios que norteiam a boa conduta do ser humano

    Bom, eu acho q as vezes podemos achar q salvar vidas é mais importante. Eu não vou dizer q não é, mas devemos olhar por todos os lados. As vezes (não no caso dos animais de laborátorio ou do feto) as pessoas acham q podem ultrapassar os limites dos outros seres humanos ou da sociedade por acharem q é necessário para um bem maior!!
    Eu não concordo com isso, mas acho q tb tem valores q devem ser revistos...
    Por exemplo: doação de orgãos.
    Eu acho q doar orgãos é importante... entaõ acho q não deveria existir "uma autorização da familia", mas seria anti-ético tirar orgãos sem a permição da familia e com isso morrem muuuitas pessoas sem necessidade!!
    Mas eu acho q a ética é muitas vezes uma cortina da sociedade.
    Bom, mas eu acho q discutir ética é rever muitas coisa já batidas
     
  11. Ithildwyn

    Ithildwyn ...

    Dependendo do q for feito com as cobaias, eu até acho q tudo bem. E sobre o embrião, enqnto ainda não tiver sistema nervoso pra sentir alguma coisa tá tranquilo

    E a cobaia, qndo q consentiu?

    Os ratinhos brancos tb são...

    no meu caso isso não vai acontecer... duvido muito q eu aceite ter uma criança particular pra me encher o saco...

    Pra mim é justamente o contrário... Sou meio antropofóbica e tenho uma tendencia a não gostar mto d pessoas mesmo.


    Acho até que não se deve encontrar cura pra todos os problemas (desse tipo, os sociais até q eram uma boa). Já tem gente demais nesse mundo, e ainda proíbem a eutanásia d quem não quer mais ficar por aqui!!!
     
  12. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    concordo com vc en genero grau e numero........ tem muita gente nesse mundo....... etá q um virus como o ebola cairia muito bem ........




    bjs Dwarf
     
  13. Se o virus do ebola eliminasse aqueles que acham que há gente a mais no mundo não seria mau, assim ficavam só os que queriam salvar todas as pessoas porque acreditam no valor da vida humana que é superior a dos animais.
    Já agora, embrião humano é vida humana. Tá vivo (isso é ingavel). Não pertence ao corpo da mãe (a mãe do rapaz não ganha cromossomas masculinos) e, genéticamente, pertence à sub-especie homo sapiens sapiena, por isso tem o valor que qualquer vida humana tem.
     
  14. Avenger

    Avenger Usuário

    Pela primeira vez acho q concordo com vc!! :obiggraz:
    Viva a seleção natural!
     
  15. Hal

    Hal Usuário

    A seleção natural é muito bruta para nós que somos seres quase civilizados, apesar de ela ser meio que incontrolável, acho que deveríamos evitá-la.
    No futuro, acredito que a seleção natural será sustituída por uma artificial. Isso sim vai ser bom, se for com um bom objetivo.
     
  16. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Acho que vocês vão gostar disso:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  17. Hal

    Hal Usuário

    :lol:
    Já ouvi falar desse movimento. Extinguir a própria espécie? :eek:
     
  18. Existem coisas necessárias.... q fogem a ética
     
  19. Hal

    Hal Usuário

    Mas eu acho que temos que deixar esse necessário pra depois que estiver mais aperfeiçoado em animais por exemplo. A ética tem que ser o limite, apesar dela mudar às vezes.
     
  20. Ithildwyn

    Ithildwyn ...

    Pode me explicar PORQUE a nossa espécie é superior às outras? Sim, pq animais tb somos. Compostos por células que possuem mitocôndria e outras coisas características dos animais.

    Sobre o embrião, a minha opinião é a mesma pra qq espécie. Pelo menos pra qq uma q esteja superpopulosa (e isso inclui os meus gatos de estimação: várias fêmeas aqui foram esterilizadas depois de terem emprenhado).



    Mas até lá, os miseráveis ficam se reproduzindo sem ter condições de sustentar nem a sim mesmo, qnto mais aos filhos. Isso sem contar as mulheres q são naturalmente inférteis e ficam dando um jeito de engravidar, ou aqule médico q põe embrião em mulheres velhas demais pra essas coisas.....

    Eu não tinha ouvido falar desse site não. Mas já sou voluntária a muito tempo! O motivo de eu não querer ter filhos é muito mais "filosófico" do q pura vontade d não os ter (quer dizer, geralmente eu não tenho vontade mesmo, mas minha aversão é pq vai contra o meu código de ética)

    E os lemingues (um roedor) praticam algo tipo extinção voluntária tb. Qndo a população tá mto grande, a maioria (não todos) se joga do penhasco onde vivem.
     

Compartilhar