1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

vida de pobre nos EUA é boa?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Lucky heart de leão feito, 22 Fev 2016.

  1. Comparando com o Brasil? E comparando com outros países?

    Sempre duvido das coisas, e esse vídeo me faz ter dúvidas:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Que tal virar garçom nos EUA?
     
  2. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Renda média do pobre nos EUA é superior à renda média da classe média no Brasil.
    Impostos são menores.
    Estado é mais eficiente.
    Mercado é infinitamente superior.
    Oportunidades são infinitamente superiores.
    Criminalidade é muito menor.
     
  3. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Como você define quem é pobre nos EUA, Thor? Bill Gates?

    Se a criminalidade é menor como a população carcerária é maior que aqui? Por que foram presos afinal?

    Talvez queira dados como fonte. O Washington Post é uma boa fonte?

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • LOL LOL x 2
  4. Lobelia SB

    Lobelia SB His name was Robert Paulson

    A criminalidade aqui é maior, a lei aqui raramente funciona. Nos EUA a lei funciona. Pode até ter bandido mas eles não ficam livres por muito tempo.
    Só sei o que vi e vivi, nos EUA qualquer faxineira tem carro, tem sua casinha alugada com seus eletrodomesticos bons , sua tv de tela plana e seu dinheirinho para encher o carrinho de compras no Wallmart.
    A diferença de lá e aqui é que lá a pessoa trabalha horrores mas tem qualidade de vida. Aqui não. Aqui tem que pegar busão lotado, chegar na casa, esquentar comida no fogão velho , descongelar a geladeira pq a porcaria nao é frost free e brigar pro ventilador funcionar. Infelizmente, as coisas são assim...
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Calib

    Calib Visitante

    A lógica do Morfs é implacável. #sqn
     
    • LOL LOL x 1
  6. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Onde no mundo é bom ser pobre? Ta pensando em ir pra lá pra ser pobre? Vai nem tentar ganhar dinheiro? :lol:
     
    • LOL LOL x 9
  7. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Vai pra Miami limpar privada com o Constantino.
     
    • LOL LOL x 1
  8. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Agora, falando sério (e aproveitando a deixa do Sabryno para eu pagar de esperto), é muito melhor ser pobre em qualquer país primeiro mundo desde que você seja nativo de lá. Explico:

    Nos EUA, mesmo com índices gerais de violência menores e com uma economia obviamente mais poderosa que a nossa, ser pobre para um imigrante é complicado. As periferias americanas, onde moram tant os latinos quanto os negros, sofrem na mão de gangues, violência policial, são alvos dos preconceitos de raça, religioso ou mesmo social por parte da população branca norte-americana e não à toa são cenários para muitos filmes de Hollywood quando buscam mostrar as profundas desigualdades dos EUA. Os EUA é, inclusive, o país de primeiro mundo com maior índice de violência. Além disso, dificilmente um imigrante pobre está com sua condição regularizada nos EUA, sendo assim alvo fácil para deportação via denúncia, ou seja: se vc arrumar uma discussão com seu chefe e ele querer te fuder, se prepara que vc vai voltar no primeiro voo pro Brasil.

    Na Europa, apesar de muitos estados oferecerem uma condição de bem estar para todos os seus cidadãos, até mesmo imigrantes, as questões de preconceito e racismo são ainda mais fortes. Tanto que muitos integrantes do Estado Islâmico são provenientes das periferias de países ricos, como Bélgica, França e Alemanha. Apesar das condições materiais melhores do que as encontradas em seus países natais, os problemas de adaptação e principalmente por não se sentirem como parte da sociedade local criam um mal estar até maior do que o material.

    Então, minha opinião é: tente ganhar sua vida no seu país, onde por pior que possa estar a condição no momento, vc pelo menos irá sempre gozar da plena cidadania e de condição de igualdade com a maioria dos cidadãos, e isso para mim vale mais do que se tornar um ser humano de segunda categoria em qualquer nação mais desenvolvida. E eu falo isso como alguém que morou na Europa e tem família fixa (de forma irregular e que limpa privada) na Flórida.
    --- Mensagem Dupla Unificada, 23 Fev 2016, Data da Mensagem Original: 23 Fev 2016 ---
    Esqueci de especificar: esses casos todos que eu falei se tratam de pessoas sem qualificação, que vão morar em outros países para trabalhar de garçons, faxineiros e outras funções similares. Se você for convidado para trabalhar em uma multi-nacional na Suíça a situação é completamente diferente, mas acho que isso é suficientemente óbvio para todos, mas como não custa postar...
     
    • Ótimo Ótimo x 6
    • Gostei! Gostei! x 2
  9. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Aqui é difícil ser faxineira porque os patrões das classes mais altas, mesmo sendo classe média, gostam de explorar e pagar pouco pelo trabalho que eles gostariam de não pagar nada. Se diaristas fossem bem pagos por seu trabalho assim como todo mundo gosta de ser bem pago essa diferença não ocorreria.

    Ora. Se lá a criminalidade é menor por que há tantos criminosos? Eles foram presos pelo quê afinal? O que isso pode indicar é que a polícia é mais eficiente e por isso prendem mais, mas há um crime anterior que fez a polícia funcionar para prender esse criminoso em questão, mas mesmo assim isso só não prova que a justiça e a polícia são muito eficientes. Teríamos que ter noção de todos os crimes que ocorreram, não só dos que chegaram na justiça, pra saber qual a taxa de eficiência da polícia.

    Mas vamos considerar que a polícia atualmente conseguiu prender todos os criminosos dos EUA. Quando pensamos que a razão de 716 presos pra cada 100.000 pessoas é a mais alta do mundo isso significa mesmo que lá a segurança é maior? Ou, como mostrou o Fela, seja maior pra quem é rico ou mora em bons bairros. Pra imigrantes ou pessoas pobres, negros, latinos e demais grupos marginalizados os EUA não é nada seguro. Assim como aqui.

    Em 2014,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , havia 14,8 % de pessoas na faixa de pobreza, 46,7 milhões de pessoas. A do Brasil, no mesmo ano, foi de 7.4%, segundo o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Não sei de onde o Thor tirou esse dado de que ser pobre nos EUA é melhor do que ser classe média aqui.
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O melhor dado para se analisar é ver o número expressivo não apenas de brasileiros, como também o de latino-americanos vivendo permanentemente lá. Você quis colocar para analise também o quesito segurança que concordo ser importante, mas quem planeja mudar de país, além de poder melhorar a vida financeira mesmo trabalhando em profissões menos qualificadas, procura levar em conta também outros dois aspectos que você se esqueceu educação e saúde que no sistema público de lá são melhores.

    Mesmo sabendo também que o custo de vida lá na maioria das vezes é maior, após analisar todos os prós e contras, se o saldo final não fosse vantajoso, não teríamos tanta gente indo atrás do tão sonhado green card.
     
  11. Thor

    Thor ἀλήθεια

    @Morfindel Werwulf Rúnarmo, para de viver no fantástico mundo dos gráficos e dados ilusórios. Todas aquelas afirmações que eu fiz, são apenas constatações que qualquer retardado sabe que são verdadeiras:

    Tentar bater no ponto da criminalidade é ridículo. EUA é um país violento? Pra caralho. Realmente tem muita violência em alguns bairros. Mas não tem nem como comparar com a violência no país que já fugiu de qualquer controle. Que isso, parece que não conhece o país que vive. Criminalidade no Brasil mata por ano mais do que quase qualquer guerra no mundo.

    Há alguns anos mesmo, em uma partida de futebol oficial no Maranhão, o Juiz matou um jogador fincando um canivete no coração dele. A torcida se revoltou, invadiu o campo, matou o Juiz, esquartejou e pregou a cabeça dele em uma estaca. Pode até considerar que não estamos no mesmo mundo, porque não tem nem termo de comparação.


    @Fúria da cidade, não falei de saúde, porque considerei o imigrante ilegal, que só teria opção de saúde clandestina. E a educação eu não considerei, porque o classe média aqui estuda em escola particular, e o pobre lá estuda em escola pública. E como a educação americana é bem inferior à Europeia e Japonesa, aí ficam elas por elas.
     
    Última edição: 24 Fev 2016
    • Ótimo Ótimo x 2
  12. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    @Thor , se for usar de casos pontuais, podemos postar aqui os constantes massacres em escolas e universidades americanas, algo que raramente acontece no Brasil? Pelamor, você e Morfs num debate dá coceirinha.

    BTW, post do @Felagund perfeito. Quando não quer bancar o imbecil, posta muito bem.
     
  13. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Foi só pra ilustrar o tipo de barbaridade que acontece aqui. E não foi um fato isolado que dependeu da ação de só um psicopata. Isso demonstra o tipo de barbaridade que acontece aqui sempre.

    Mas, se preferir:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    não que isso tenha relevância para a discussão, mas qual a fonte para o infográfico? I mean, de onde o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    tirou a informação? porque eu tenho a impressão de que os números são bem maiores dos dois lados.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  15. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Que, na verdade, usou como fonte o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .
     
  16. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    valeuz =]
     
  17. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Arquivos Anexados:

    • Gostei! Gostei! x 4
    • Ótimo Ótimo x 2
  18. Calib

    Calib Visitante

    Acho que isso encerra a questão :lol:
     
  19. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Ok
    De qualquer maneira, mesmo na ilegalidade o sonho de qualquer imigrante é não ficar nessa situação a vida toda e uma vez saindo disso é poder usufruir de acesso pleno a educação e saúde. É claro que no campo da educação é bem discutível analisarmos o conteúdo do ensino básico/fundamental em relação a outros lugares, mas se a pessoa conseguir se estabelecer bem por lá, poder cursar uma boa universidade é sempre algo valioso.
     
  20. Lobelia SB

    Lobelia SB His name was Robert Paulson

    Rafael, aqui em são paulo uma faxineira cobra não menos que R$ 120 , por mês ela pode tirar R$ 2.400,00. Uma amiga minha que é fisioterapeuta recebe um salário mínimo por mês. Me diga, as coitadinhas das faxineiras estão ganhando mal mesmo né???
    #classemédianazista


    E , se fosse no meu caso, eu preferiria ser faxineira nos EUA do que aqui. Lá pode ter gangue , -pode ter assalto mas pelo menos eu não ficaria olhando para trás e segurando a bolsa como nós fazemos aqui
     

Compartilhar