• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Notícias Viajante e adora games? Veja os pontos turísticos que aparecem em jogos

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ


Assassins Creed Unity viaja no tempo e reproduz Paris do período da Revolução Francesa - Divulgação

"Assassin's Creed Unity" viaja no tempo e reproduz Paris do período da Revolução Francesa Imagem: Divulgação

Se você não consegue ficar sem uma mochila nas costas e um console na mão, os universos de turismo e games estão pouco distantes. Isso porque muitos jogos de sucesso retratam cidades reais, famosas e destinos obrigatórios para viajantes.

Com visuais cada vez mais realistas e possibilidade de resoluções 4K a 120 frames por segundo, os games conseguem transportar seus entusiastas para qualquer lugar do mundo — escape mais do que desejado em tempos de isolamento, pandemia e viagens controladas. Confira alguns títulos com representações fiéis de locais turísticos e históricos.


"Marvel's Spider-Man"

Marvel's Spider-Man  - Divulgação/PlayStation - Divulgação/PlayStation

"Marvel's Spider-Man" Imagem: Divulgação/PlayStation

e Nova York (EUA)

East River e Manhattan, em Nova York - Getty Images - Getty Images

East River e Manhattan, em Nova York
Imagem: Getty Images

Sonho de muitos viajantes, a Grande Maçã aparece fielmente retratada no game disponível para PlayStation 4 e PS5. O jogo comtempla toda a ilha de Manhattan, que está repleta de pontos turísticos bastante conhecidos.

Lançando teias pelos prédios da megalópole, o jogador poderá visitar a icônica Times Square, o Empire State Building, a ponte do Brooklyn e o Central Park, além de outros cenários fictícios que marcaram presença em inúmeros filmes da Marvel, como a Torre dos Vingadores e a Embaixada de Wakanda.

Série "Uncharted"

Uncharted 4: A Thief's End - Divulgação/Playstation - Divulgação/Playstation

"Uncharted 4: A Thief's End"
Imagem: Divulgação/Playstation

e diversos países

Antongil Bay, em Madagascar - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto

Antongil Bay, em Madagascar
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Em cada título da saga o protagonista visita um país diferente com paisagens urbanas e bucólicas.
No primeiro jogo da série, "Drake's Fortune", podemos caminhar na densa floresta amazônica enquanto buscamos o tesouro de El Dorado.

Em "Uncharted 2: Among Thieves", podemos conhecer as montanhas geladas do Tibete.
Um dos maiores desertos do mundo, o Rub 'Al Khali, é reproduzido em "Uncharted 3: Drake's Deception".
Já o quarto capítulo da série, "Uncharted 4: A Thief's End", mostra cenários exuberantes em Madagascar, Escócia e Itália.

"Assassin's Creed Unity"

Assassin's Creed Unity - Divulgação/PlayStation - Divulgação/PlayStation

"Assassin's Creed Unity" Imagem: Divulgação/PlayStation

e Paris (França)

Catedral de Notre Dame em reconstrução - Chesnot/Getty Images - Chesnot/Getty Images

Catedral de Notre Dame em reconstrução Imagem: Chesnot/Getty Images

Em uma viagem pela história, o enredo do game se passa na Paris do século 18, durante a Revolução Francesa. Esse é mais um exemplo de game que reproduz com detalhes pontos turísticos de um local real, recriando até construções que não existem nos tempos atuais, como a prisão da Bastilha, que hoje é uma praça.

A fidelidade reproduzida no game é tanta que, quando um incêndio destruiu parte da Catedral de Notre-Dame em 2019, foi cogitado o uso dos modelos 3D do título na reconstrução do edifício. Enquanto o ponto turístico não é restaurado ao estado original, que tal conhecê-lo digitalmente por meio dos videogames?

"Ghost of Tsushima"

Ghost of Tsushima - Divulgação/PlayStation - Divulgação/PlayStation

"Ghost of Tsushima" Imagem: Divulgação/PlayStation

e Ilha Tsushima

Ilha Tsushima - Getty Images/500px - Getty Images/500px

Ilha Tsushima Imagem: Getty Images/500px

O jogo se passa em 1274, durante o período Kamakura, o primeiro regime militar feudal japonês. O enredo conta a história do samurai Jin Sakai, que luta contra a invasão Mongol na ilha japonesa de Tsushima.

Além de ressaltar a beleza natural do arquipélago que permanece até os dias de hoje, o jogo representou de forma detalhista a cultura da época com vestimentas, costumes e crenças.

Segundo a PlayStation, o game foi sucesso no Japão e foi responsável também pela popularização de Tsushima entre turistas. Lançado em 2020, "Ghost of Tsushima" animou uma campanha de financiamento coletivo para restaurar um templo xintoísta da ilha, arrecadando mais de US$ 200 mil.

"Watch Dogs 2"

Watch Dogs 2 - Divulgação/PlayStation - Divulgação/PlayStation

"Watch Dogs 2" Imagem: Divulgação/PlayStation

e São Francisco

Golden Gate Bridge  - Getty Images/EyeEm - Getty Images/EyeEm

Golden Gate Bridge Imagem: Getty Images/EyeEm

A cidade californiana foi o cenário escolhido para a história. Nela, o protagonista é um habilidoso hacker que foi acusado por um crime que não cometeu. Para provar sua inocência, o jogador deverá buscar respostas visitando diversos pontos históricos da cidade, como a ponte Golden Gate, AT&T Park, Píer 39 e o Ferry Building.

"Infamous: Second Son"

Infamous: Second Son - Divulgação/PlayStation - Divulgação/PlayStation

"Infamous: Second Son" Imagem: Divulgação/PlayStation

e Seattle

Skyline de Seattle - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto

Skyline de Seattle Imagem: Getty Images/iStockphoto

Neste game, não há uma versão superfiel da cidade, mas destaca diversos locais icônicos, como a Space Needle — famosa por ter uma vista incrível e um restaurante rotativo que fica a 184 metros de altura.

Outros pontos interessantes como o muro de chiclete de Post Alley, a Sonic Boom Records e a Elephant Car Wash também marcam presença no game.

"Far Cry 4"

Far Cry 4 - Divulgação/PlayStation - Divulgação/PlayStation

"Far Cry 4" Imagem: Divulgação/PlayStation

e Nepal

Manang, Nepal - Getty Images/EyeEm - Getty Images/EyeEm

Manang, Nepal Imagem: Getty Images/EyeEm

Apesar do jogo se situar no país fictício de Kyrat, toda a ambientação é inspirada no Nepal e em outras localizações do Himalaia, com névoa densa nas montanhas, estradas sinuosas, animais selvagens e templos.

 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Teve uma época que se a pessoa visitasse a Califórnia e Nova Iorque ela já pegaria as locações de trocentos games japoneses e americanos de luta. As cenas dos jogos sempre incluíam imagens, fotos e vídeos da ponte Golden Gate, da Estátua da Liberdade e outros pontos mais (jogos estilo Streets of Rage, TNMT, etc...)

Mas essas cidades mudaram demais, e pra pior, e hoje eu não teria mais interesse em visitar algo com visual desfigurado que tinha influência dos anos 50s nos EUA na época do game mas que foi sumindo. Por exemplo, o jogo de mistério para PC (em 8 CD-ROms com horas e horas de filme gravado com o Dennis Hopper) Black Dahlia é baseada em crime em Los Angeles dos anos 40. Porém a cidade ficou irreconhecível, é uma massa global(ista) arquiteturalmente desfigurada comparado com aquela época (pra não falar de ter ficado mais perigosa).

Games de terror japoneses tem lugares curiosos, mas também amaldiçoados, o que é broxante. Alguns lugares não existem mais como Kowloon City do anime do game "Street Fighter" (se bem que seria basicamente como visitar uma favela do Rio de Janeiro).

Alguns lugares estão na lista como ruínas de civilizações pré-descoberta que aparecem em games de exploração como Pitfall, templos japoneses (normalmente representados em games um contra um).
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Gosto muito de jogos com paisagens montanhosas naturais e ambientação no período medieval que proporciona cenários bem interessantes.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$250,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo