1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Viagens de Gulliver (Jonathan Swift)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Meia Palavra, 29 Jan 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Assim como muitas das grandes publicações literárias, Viagens de Gulliver1, de Jonathan Swift, é uma obra que passou por diferentes trabalhos de tradução e edição, (além de ganhar até mesmo uma versão cinematográfica) e atingiu diferentes tipos de público ao longo da historia. Debates acerca dessas mudanças não faltam, mas o fato aqui é que, seja em uma publicação mais light ou uma mais agressiva, o livro não deixa de ser memorável.

    Se, por um lado, as aventuras do quase-médico-aventureiro e seu contato com diferentes povos desconhecidos da nossa civilização, podem ser vistos de forma infantil e fantasiosa, por outro, a narrativa pode ser tida com uma visão pessimista do universo e do ser humano, uma crítica fortíssima à sociedade, política e religião da época em que o autor o escreveu. O livro transita entre o gêneros das histórias de viagem e da sátira, podendo muito lembrar também, relatos antropológicos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Brianstorm

    Brianstorm Usuário

    Boa resenha!

    Realmente, essas edições da Cia das Letras com a Penguin parecem estar muito boas.

    Eu já li esse livro há algum tempo e gostei muito. Uma das maiores críticas à nossa sociedade que eu já li. É de fazer se sentir mal. O final, então, deixa com vergonha de ser humano...

    Por isso eu fico puto com quem vê o livro "de forma infantil e fantasiosa" e com essa adaptação pro cinema (que eu vou me manter longe).
     
  3. Marcio Scheibler

    Marcio Scheibler Usuário

    Li esse livro duas vezes na minha infância e é um dos que tenho melhores recordações.

    Trata-se de uma sátira ao povo inglês do século XVIII, principalmente em cima da mediocridade da sociedade inglesa diante da "grandeza" dos habitantes e da crítica ao pensamento científico da época...:sim:
     
  4. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Peraí... Eu li direito? Por acaso eu li direito?!

    Análise do George Orwell WITH LASERS???????? o___O
     
  5. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]É o que diz meu bloquinho, que veio junto com o livro da Cia. das Letras: o prefácio é do George Orwell sim.[/align]
     
  6. Brianstorm

    Brianstorm Usuário

    O Swift influenciou o Orwell, é um dos autores favoritos dele. :sim:

    Tem quem considere esse livro a primeira distopia...
     
  7. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Nunca tinha pensado, mas até que faz um certo sentido :think:
     
  8. Clara

    Clara Que bosta... Usuário Premium

    Esse é um daqueles clássicos que praticamente todo mundo já ouviu falar pelo menos uma vez, mas poucos leram.
    Eu nunca li. =(
    Mas acho que não vou perder a oportunidade de comprar (e ler) essa edição da Penguin.

    E que capa liiinda!! :amor:

    Que bacana, adoro essas notas!

    Foi exatamente nisso que pensei enquanto lia a resenha.
    E bem, um livro desses merece uma segunda (e terceira, e quarta) lida. :sim:
     
  9. imported_Kelvin

    imported_Kelvin Usuário

    Li na edição da LPM Pocket. Achei as notas muito boas, pois sem elas seria impossível entender as críticas que Swift fazia às instituições do Reino Unido na época em que escrito o livro. Quanto ao livro ser uma distopia, acho que algumas utopias, dependendo de quem as lê, já contêm em si uma distopia :rofl:
     
  10. Rodolfo Venicius

    Rodolfo Venicius Usuário

    Alguém me ajude por favor, não consigo acessar o blog indicado para ler o artigo!
     
  11. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    • Ótimo Ótimo x 1
  12. Rodolfo Venicius

    Rodolfo Venicius Usuário

    MUITÍSSIMO OBRIGADO!!!
     
  13. Jango

    Jango Branca! Branca! Branca!

    Li esse livro ainda criança quando morava no Paraná.
    De todas as viagens e povos que Gulliver visitou creio que o que mais mexeu comigo foi o povo cavalo. Pois naquele pais os humanoides eram tratados como animais irracionais e essa crítica ficou tão clara e acessível que atém mesmo uma criança pode perceber o quanto o ser humano é mesquinho.
    Interessante notar que um livro de 1700 e qualquer coisa, continua atual e válido para refletirmos sobre nós e as nossas sociedades.
    :squid::squid::squid:
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar