1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Vereadores de Campinas aprovam 'moção' contra Enem e Simone de Beauvoir

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por matheus apc, 8 Nov 2015.

  1. matheus apc

    matheus apc Usuário

    CUIDADO - vídeo abaixo pode causar tontura,náusea e diarreia.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Os vereadores de Campinas, no interior de São Paulo, aprovaram, na última quarta-feira (28), uma moção "contra a inserção de questão de temática de ideologia de gênero,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ". No plenário, vários vereadores fizeram discursos inflamados e com forte carga. O vídeo, com as declarações, chegou a viralizar nas redes sociais.

    Os parlamentares se revoltaram contra uma questão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que trazia a seguinte afirmação da escritora e filósofa feminista Simone de Beauvoir, publicada no livro O Segundo Sexo, de 1949: "A gente não nasce, mas se torna mulher."

    Se para o ministro da Educação, Aloísio Mercadante, a questão tratou de discutir "a condição histórica da mulher, que não votava até os anos 30 e que era tida como um ser ligeiramente acima de crianças e de loucos", para os vereadores campineiros foi uma pergunta doutrinadora que afrontou a família e os bons costumes.

    Para o autor da moção, o vereador Campos Filho (DEM), o governo federal tenta forçar algo que a sociedade repudia.

    "A iniciativa do governo federal é demoníaca. Eles estão querendo empurrar goela abaixo da população o que está no Enem. Nos posicionamos de maneira contrária. A grande maioria é favorável à lei da natureza: homem é homem e mulher é mulher", afirmou.

    Para o vereador Prof. Alberto (PR), é preciso levar a população cristã em consideração. "Isso é uma ideologia. A realidade é que você nasce mulher, sim. Agora, vem com essa história e acha que tem que impor na sociedade brasileira, sabendo que nossa sociedade tem tradição cristã. Foi fundada na insígnia da cruz", disse, em plenário.

    O vereador Jairson Canário (SD) também evocou a religião ao criticar a questão do Enem. "Nosso Deus sabe de tudo, do princípio ao fim. Aqueles que acreditam que Deus existe, deveriam crer que se fosse essa a vontade de Deus, ele teria criado Adão com dois órgãos genitais", bradou aos colegas parlamentares.

    Em entrevista ao UOL Educação, Canário mudou o tom. Segundo ele, a discussão na Câmara tomou outro rumo, influenciada pela ainda recente questão da inclusão da chamada "ideologia de gênero" no Plano Municipal de Educação.

    Em junho, a Câmara de Campinas proibiu o Executivo de incluir o tema das discussões de gênero, de maneira direta ou indireta, no currículo escolar da rede municipal. Em votação com o plenário lotado de ativistas e estudantes, muito bate-boca e confusão, por 25 a 5 votos a emenda foi aprovada.

    "O debate sobre a moção descambou por causa de um processo anterior. Todo mundo largou a moção e correu para o debate da questão de gênero", disse Canário. "Eu fui criado sem pai e dou muito valor à questão da mulher. Eu já até falei que minha mãe é uma heroína. A mulher precisa estar presente sempre", completou.

    Já o vereador Prof. Alberto, também em entrevista ao UOL Educação, se manteve firme à sua posição no plenário da Câmara.

    "Saiu uma questão no Enem que suscita uma questão sobre gênero. A questão afirma que a mulher não nasce mulher. Os partidos de esquerda são favoráveis a favor dessa temática", disse, politizando toda a questão.

    Quando confrontado sobre a questão do feminismo, o vereador afirmou não defendê-lo como ideologia por ser cristão. "Somos contra o aborto, uma bandeira feminista. E outras questões, não aceitamos. Mas, sem dúvidas, estamos de acordo de que a mulher tem de ter os mesmos privilégios."

    Oposição

    Para o vereador Pedro Tourinho (PT), que foi contra a moção, há, antes de tudo, uma intenção de seus pares em mostrar o posicionamento político ao ir contra o Enem. "Há uma maioria na Câmara que mistura sua posição política com a educação. Na moção, havia um desconhecimento. Os votos foram feitos nas crenças e nos preconceitos", afirmou.

    Tourinho considera a questão do Enem importante para se pensar a sociedade. "A pergunta testa o conhecimento básico de história do século 20. A misoginia dos vereadores é tão forte que a simples menção de uma figura forte do feminismo, como Simone de Beauvoir, causa um desejo de fazer um repúdio."

    Opinião parecida tem a advogada campineira Ana Carolina Cavazza. Moradora de Campinas, ela ficou constrangida com o desconhecimento mostrado pelos vereadores da cidade.

    "A questão pediu para que os candidatos fizessem a associação entre o pensamento de uma filósofa com um fato social. Para esses senhores, não se pode perguntar ou debater a ideia de uma filósofa que tem um pensamento diferente do deles", afirmou. "Os vereadores voltaram a protagonizar um papel absurdo associando s questões com uma suposta ideologia de gênero, que é uma coisa que não existe", completou.

    A reportagem do UOL Educação tentou entrar em contato com o vereador Campos Filho por celular, mas não conseguiu resposta do parlamentar.

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Ah. Esses políticos. DEM, PR, Solidariedade. Parabéns aos eleitores.
     
  3. matheus apc

    matheus apc Usuário

    o engraçado é que o texto da beauvoir não tem nada haver com "ideologia de gênero"...

    nenhum desses deputados conseguiu interpretar uma simples questão (tanto que a resposta correta não é sobre "homem com homem e mulher com mulher" e sim sobre movimentos feministas,inspirados nos textos da beauvoir)
     
    Última edição: 8 Nov 2015
    • Gostei! Gostei! x 4
  4. Glitnir

    Glitnir Lorde Supremo do Universo adjunto

    "Você quis dizer: Pedófila?"
    - Google
     
  5. fcm

    fcm Visitante

    The treta has been planted.
     
    • LOL LOL x 2
  6. Ranza

    Ranza Macaco

    Esse aí é o nível de conhecimento e capacidade critica da população.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  7. Glitnir

    Glitnir Lorde Supremo do Universo adjunto

    Exato! tem gente que nem sabe que ela foi proibida de lecionar em 43 por corrupção de menor e pra ajudar começou a manifestar e fazer petições na década de 70 pra liberarem a pedofilia. Pois é, era melhor ter ficado com a propaganda nazista na rádio Vichy.





    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Grimnir

    Grimnir Usuário

    O que dizer desse @Glitnir que mal conheço e já considero pacas? Até o nick é parecido.
     
    • LOL LOL x 1
  9. matheus apc

    matheus apc Usuário

    o que isso tem haver com a noticia?
     
  10. Grimnir

    Grimnir Usuário

    É, só pra constar, apesar de ter gostado da treta plantada pelo Glitnir, eu acho que o argumento dele é a essência do ad hominem: Julga-se o caráter da pessoa, ao invés de suas ideias (ela é pedófila, logo nada do que diz deve ser ouvido ou rebatido).
     
  11. Glitnir

    Glitnir Lorde Supremo do Universo adjunto

    Tem a ver na verdade com a conversa que foi desenvolvida depois do meu primeiro comentário, esse por sua vez muito bem exemplificado pelo @Grimnir do ad hominem , afinal a própria chamada da matéria é "...aprovam 'moção' contra Enem e Simone de Beauvoir", novamente, essa mulher não deve ser mártir pra ninguém.
     
    • Fail Fail x 1
  12. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Na verdade você não entendeu o meu ponto. Quando eu digo que o seu argumento é ad hominem, estou criticando. Acho fraco alguém dizer que uma opinião deve ser ignorada pq quem deu a opinião é racista/pedófilo/nazista/comunista.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. matheus apc

    matheus apc Usuário

    não se deve implicar valores morais de hoje em pessoas de outros tempos e lugares com objetivo de criticar a "glorificação" de sua obra.
    sócrates,platão e aristóteles provavelmente também foram pedófilos,vamos jogar suas obras no lixo? ou parar de lecionar sobre eles nas escolas?
    e isso continua não tendo nada haver com a noticia.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Depende do que falam as obras.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  15. matheus apc

    matheus apc Usuário

    exato,nada sobre sexo com crianças nas obras da beauvoir.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
    • Fail Fail x 1
  16. Glitnir

    Glitnir Lorde Supremo do Universo adjunto

    O quão controverso é isso? Os valores éticos e morais refletem na personalidade de uma pessoa! como se pode botar a frente de um movimento que luta contra igualdade, contra abusos físicos e psicológicos, como desvincular a obra da pessoa? "Ah, o padre Olavo abusa de criancinhas, mas tudo bem, o sermão dele é tão bonito..." Hitler re-ergueu a Alemanha depois de perderem a guerra miseravelmente, chegou a matar algumas pessoas mas acontece..." ou vai me dizer que apoiam por exemplo Marcos Feliciano quando tirou prisoneiros brasileiros no Chile(?) que estavam sendo tratados sub-humanamente e esqueceram seu fanatismo religioso?

    Não! eu acabei de escrever sobre como ela militava a favor da pedofilia, isso faz parte de suas feitorias sim.
     
    Última edição: 2 Dez 2015
    • Fail Fail x 1
  17. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Cite onde ela escreveu a favor do assunto em sua própria obra e como isso se relaciona aos textos de cunho feminista.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Glitnir

    Glitnir Lorde Supremo do Universo adjunto

    Que tal "A lei francesa reconhece em crianças de 13 anos de 12 e uma capacidade de discernimento que ele possa julgar e punir, mas rejeita essa capacidade quando a vida emocional e sexual da criança está em causa. Ela deve reconhecer o direito das crianças e adolescentes a ter relações com quem quiserem" (Petição para abolição da idade de consentimento), e você pode ignorar o fato de ela ter trios amorosos com pequenas meninas também se preferir (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ) mas se feminismo não diz a respeito do abuso de garotas eu tenho até medo de que se trata. Você pode ver as outras fontes que citei mais cedo também.
     
  19. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Qual o problema com o triângulo amoroso? E onde no link é dito que a menina era menor de idade? Estou confuso com a sua argumentação.

    Voltando ao ponto original: Como que o fato dela ser supostamente pedófila justifica a moção dos vereadores?
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  20. matheus apc

    matheus apc Usuário

    você não entendeu o que eu escrevi,na época da beauvoir fazer sexo com adolescentes de 15 era legal (não sei como é hoje) e esse é o problema,isso não era "mau" no meio social em que a beauvoir viveu,então como podemos dizer que a obra dela é uma merda por causa de valores que não existiam?

    charles dickens batia na mulher,seus livros são uma merda?
    shakespeare era antissemita,monteiro lobato racista,kant preconceituoso,aristóteles era pedófilo e etc.
    você pode criticar os valores,mas as pessoas que seguiam esses valores eram más?
    e não,assinar uma petição não é militar, é se posicionar.
    e militar não faz parte da obra de ninguém e sim da biografia.
    continua não tendo nada haver com a noticia.
    foi mal pela demora minha internet ficou caída por uma hora.
     
    • Ótimo Ótimo x 5

Compartilhar