1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Veneza continua a afundar lentamente, mostram imagens de satélite

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 11 Jun 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Inundação em Veneza​

    Medições mais recentes feitas por meio de imagens de satélite mostram que Veneza continua a afundar, embora a uma lenta velocidade de 2 milímetros por ano.

    A famosa cidade dos canais, localizada no nordeste da Itália, registrou um afundamento significativo no último século devido à constante extração de água subterrânea.

    A prática foi interrompida e estudos realizados na década passada mostraram que a tendência havia sido revertida.

    No entanto, pesquisas recentes conduzidas por uma equipe dos Estados Unidos e da Itália revelaram que a cidade ainda está afundando, e até mesmo se inclinando levemente para o leste.

    Outro fator levado em consideração foi o aumento do nível das águas da Lagoa Veneziana em cerca de 2 milímetros por ano, o que faz com que, no total, o aumento do nível do mar em relação à cidade seja de 4 milímetros por ano.

    Planejamento

    Veneza já é regularmente atingida por inundações. Tais enchentes, no entanto, devem passar a ser controladas com maior eficiência após a instalação de um novo sistema de barreiras cuja construção deve ser finalizada em 2014.

    De acordo com Yehuda Bock, da equipe de cientistas do Instituto de Oceanografia Scripps, da Califórnia, o grande benefício trazido pelas novas informações será o impacto na maneira com a qual o governo poderá se planejar para defender a cidade.

    avalia.

    O cientista atuou na pesquisa em Veneza ao lado de colegas da Universidade de Miami e da empresa italiana Tele-Rilevamento Europa, especializada em medições de movimento sísmico por meio de sensores espaciais.

    Como ferramentas, a equipe utilizou uma combinação de GPS e radares de satélite para mapear como Veneza e a lagoa vêm se movendo ao longo do tempo.

    Receptores de GPS científicos podem mostrar movimento com bastante precisão de detalhes. Tais dados são então usados para 'localizar' as mudanças relativas de altura em diferentes pontos da região descritos por meio de imagens de radar.

    explica Bock.

    Tendência

    A análise indicou que durante a primeira década do século 21 a cidade estava afundando a uma taxa média de 1 a 2 milímetros por ano, e na Lagoa Veneziana alguns pontos chegaram a afundar entre 3 e 4 milímetros por ano.

    Ninguém pode realmente afirmar como esta tendência deve se comportar no futuro, mas se as taxas atuais de afundamento da cidade e de elevação do nível do mar se mantiverem, Veneza poderá afundar até 80 milímetros em relação à altura média da água na lagoa nos próximos 20 anos.

    No entanto, o novo sistema de barreiras deverá conseguir enfrentar esse problema.

    No longo prazo, Veneza sempre estará vulnerável a problemas, segundo a equipe de Bock. Processos geológicos em grande escala estão pressionando o terreno sobre o qual está a cidade.

    disse Bock à BBC.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Veneza sempre conviveu com noticias apocalipticas que já foram bem piores que as atuais.

    Mas eu sempre acreditei que na virada do século XX haveria tecnologia capaz de conter e até começar a reverter isso e assim Veneza continuará sendo um lindo e encantador destino turistico.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Pensando pelo lado bom, a Itália vai poder ter um dos destinos turísticos mais exóticos do mundo no futuro: Veneza, a Atlântida Romana (já que os romanos adoravam copiar os gregos, nada demais fazerem isso em pleno século XXI).
     
    • LOL LOL x 3
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O único grande fator de risco que vejo pra Veneza ter um afundamento grave e rápido são os terremotos, pois a Itália é um país sujeito a isso.
     
  5. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    É o meu pensamento sobre o caso.
     
  6. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    É só enfiar uma bóia salva vida daquelas gigantes que aí a cidade não afunda ou então amarra toda a cidade kkkkkkkkkkkkkkk
     
    • LOL LOL x 1
  7. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Se ela estivesse no Japão, com certeza eu acredito que os Japoneses já teriam inventado um sistema pra Veneza suportar bem abalos sísmicos e manter o nível de inundação permitido o mais estável possivel. Se tem um povo que dedica intensamente tantos estudos nessa área são eles.
     
  8. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Por ser um patrimônio histórico de importância econômica/turística é muito sofrido para o povo que vive na região ver a cidade sumindo. Proteger tudo é uma operação cara e a Itália não anda podendo gastar demais.

    Agora, na região de Veneza eu me interessei quando me indicaram uma vez a conhecer uma área de montanhas aonde é possível ver neve. Imagino que por ser no norte da Itália tenha a ver com o maciço montanhoso dos alpes. Me disseram que é muito bom poder sentir a neve e o silêncio do lugar e isso me despertou a curiosidade de ir algum dia. Curiosamente é justamente a parte não carnavalesca de Veneza que me atraiu. :)
     
    Última edição: 12 Jun 2012

Compartilhar