1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Velorio do grande jornalista Armando Nogueira

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Roderick, 30 Mar 2010.

  1. Roderick

    Roderick Banned

    Corpo do jornalista Armando Nogueira é velado no Rio

    Publicidade

    DIANA BRITO
    da Folha Online, no Rio

    O corpo do jornalista e comentarista esportivo Armando Nogueira, que morreu hoje no Rio aos 83 anos, está sendo velado nesta tarde no salão nobre do estádio do Maracanã.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Cerca de 40 pessoas, entre familiares, amigos e antigos colegas de trabalho acompanham as homenagens ao jornalista que, desde 2007, tratava de um câncer no cérebro.
    Divulgação
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    O jornalista Armando Nogueira, que morreu hoje, aos 83 anos, em sua casa no Rio Segundo Armando Augusto Magalhães Nogueira, 55, filho do jornalista, nos últimos três anos ele dividia seu tempo entre a casa e o hospital. Ele estava consciente, mas há cerca de um ano não falava. "Ele não teve dor física, mas teve dor na alma pelo fato de não pode falar e ser uma pessoa que tinha muito o que passar", disse Armando.
    O filho do jornalista explicou ainda o fato de o velório acontecer no estádio do Maracanã. "Isso aqui era o endereço do Armando Nogueira todos os domingos. Ele não era um cronista somente do Botafogo (time para o qual torcia), ele era um cronista de todas as torcidas. E o Maracanã é o lugar que abriga todas essas torcidas."
    Sobre sua relação com o pai, Armando disse que os dois sempre foram muito amigos. "Raramente ele me chamava de filho, eu também não chamava ele de pai... chamava de Armandão, de mestre. Evidentemente que no amigo também estava intrínseco o pai, o grande companheiro, o meu guru. Na verdade meu e de muita gente, arrisco dizer."
    Entre os que já passaram pelo local do velório estão Daniel Filho, o narrador Luís Roberto, a jornalista Alice Maria e o empresário Antônio Carlos de Almeida Braga.
     
  2. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Isso foi realmente uma lastima. Perdemos um jornalista maravilhoso e o o Melhor Cronista brasileiro.
     

Compartilhar