1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

*Velho Salgueiro Homem I*

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por *Arwen*, 26 Fev 2005.

  1. *Arwen*

    *Arwen* Usuário

    De onde vinham os poderes do Velho Salgueiro Homem e como ele os havia conseguido?
    Porque no Capítulo VI do Senhor dos Anéis (A Floresta Velha), pág. 123 está escrito bem assim

    Sam sentou-se e coçou a cabeça, a boca se abrindo num bocejo como uma caverna. Estava
    preocupado. A tarde avançava e essa sonolência não parecia normal. - Existe mais por trás
    disto do que apenas o sol e ar quente - murmurou ele para si mesmo. - .....Ainda por cima
    cantando coisas sobre sono...

    O Velho Salgueiro, conseguia ter uma forte influencia muita grande em tudo a sua volta.
    Porque afinal de contas, ele lançava feitiços (como o de sonolencia) e desmaiava as suas vitimas?
    Por que motivo ele fazia tais coisas e com quem ele havia aprendido tais feitiços?
    Ou, se ele apenas cantava, como os hobbits conseguiram ouvi-lo?
     
  2. Denethor II

    Denethor II Pontífice Inquisidor de Gondor

    Ummm... se considerarmos que existem sim plantas com perfumes (e esporos) que sejam toxicos ou algo do tipo, presumimos que a força do sonolismo se baseie nisso.

    pra conhecer a força e a criação dos salgueiros voce precisa conhecer yavanna e o silmarillion. voce conhece menina?
     
  3. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Eu gosto de acreditar que o Salgueiro homem fosse um Ent, pois existiam Ents por aqueles lados, sendo assim ele poderia ter alguns poderes "arvorescos naturais" como os esporos, ou simplesmente ter um pouco de poder sub-criativo.
     
  4. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    O Salgueiro não era um ent... nem um huorn. Isso é dito em algum lugar. Era uma arvore dotada de um mal espirito se não me engano.
     
  5. leoff

    leoff They will bend the knee or I will destroy them.

    Quando li SDA, me parecia óbvio que o Salgueiro Homem era um huorn que escapara ao controle dos Ents.

    Porém Tolkien desmente isso numa de suas cartas (do "Letters of J.R.R. Tolkien" que vai ser enfim publicado no Brasil :grinlove: ). O Salgueiro Homem era um espírito poderoso e muito rancoroso que se apossou do Salqueiro e exerceu influência sobre todas as árvores da região.
     
  6. *Arwen*

    *Arwen* Usuário

    Eu li o Silma uma vez sim, mas não lembro de falar nos salgueiros lá não.

    Um espírito? De quem? E que tipo de espírito? E pq ele se apoderou do Salgueiro?
    Pq ele era poderoso e rancoroso? Quais foram os motivos para que ele se tornasse "malvado"?

    :o?:
     
  7. leoff

    leoff They will bend the knee or I will destroy them.

    Um espírito-espírito, nunca foi encarnado. O resto nem Tolkien sabia, só podemos especular.
     
  8. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    "...duendes, fadas, pixies, leprechuans, e o que mais que não era nomeado, pois seu número era muito grande... eles nasceram antes do mundo e eram mais antigos que seu mais antigo, e não faziam parte dele, mas riam-se muito disso..."

    Existiam vários espíritos que nasceram "antes do mundo", como relatado acima. Ungoliant e Bombadil deveriam ser alguns deles (este último um dos mais poderosos deles), e esse espírito rancoroso que possuiu o salgueiro também.
     
  9. Dagdá

    Dagdá Usuário

    Galera, até Bárbarvore fala sobre os velhos salgueiros... Ele diz algo assim q ar perto deles ñ é bom...
    Tom Bombadil tbém fala sobre...
     
  10. Denethor II

    Denethor II Pontífice Inquisidor de Gondor

    então o velho tom bom tem poder de controlar até os espiritos maus... Então pode ser por isso que os cavaleiros negros não se amostraram perto de tom bom! Mas sem desviar do assunto! O que o salgueiro faria? iria comer o frodo?
     
  11. Asca

    Asca Usuário

    Pra mim que a água do Rio era mágica... por isso toda Floresta Velha era viva, mas isso não descarta a possibilidade do Salgueiro Homem ser um espírito.

    E Denenthor II, acho que o Salgueiro não comeria Frodo, apenas mataria por matar, pois, em diversos trechos das Aventuras de Tom Bombadil o próprio Tom fica preso nele, o salgueiro resmunga dizendo que não aceitava que alguém repousasse nele. (não com essas palavras).
     
  12. Laninha

    Laninha Usuário

    Cada arvore devia ser dotada de algum "espirito" porem parece que ficavam adormecidos, não foram os elfos que acordaram as arvores e começaram a conversar com elas? Barbarvore diz que as vezes quando um arvore acordava percebiam que ela tinha um coração negro, não seria mais ou menos assim com o Salgueiro homem? Alguem saberia responder?
     
  13. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Laninha, do que eu lembro da fala de Barbárvore, ele não diz que foram os elfos quem os despertaram, mas que os ensinaram a fala. Os ents estão no mundo há mais tempo, e, se já foram árvores, lhes foi dado vida por Yavanna.
     
  14. Capitão Nemo

    Capitão Nemo Cientista Maluco

    observação: não foi dada vida, e sim alma :D

    e parece que os elfos despertaram e os ensinaram a falar, sim...
    Sem flar nos ent aborescos e nas arvores entescas.
     
  15. Asca

    Asca Usuário

    Eu me esqueci... mas o Salgueiro Homem falava?
     
  16. Laninha

    Laninha Usuário

    Não eu estava pensando nas arvores mesmo, Legolas não fala as arvores estão falando umas com as outras. As arvores podia despertar de alguma forma. Não tem como os ents terem sido arvores, penso que eles só estavam dormindo como os filhos e que despertaram na epoca correta:think:.
    O Salgueiro homem falava Sam pensa" isso não esta certo(...) essa velha arvore cantando canções sobre sono." É algo assim.
     
  17. ALF

    ALF The Proudest Monkey!!

    Pesquisando em alguns sites eu percebi que a maioria chega a um concenso: o Velho Salgueiro Homem é apenas uma árvore (no tocante à sua origem), nada de ter sido possuída por espíritos ou coisas do gênero. Encontrei duas descrições interessantes:

    "According to Tom Bombadil, long ago at the dawn of time in Middle-earth, long before even Awakening of the Elves, trees were the only inhabitants of vast stretches of the world. Because the Elves awoke far in the East, it was still a considerable time before any other beings spread into the vast primeval forests of western Middle-earth. A handful of trees survived from this time until the present day, who are angered at the encroachment of Elves and Men and their dominion over the earth; trees who bitterly remember a time long ago when they were as Lords of vast regions of the world. Bombadil relates that of the corrupted trees of the Old Forest, "none were more dangerous than the Great Willow; his heart was rotten, but his strength was green; and he was cunning, and a master of winds, and his song and thought ran through the woods on both sides of the river. His grey thirsty spirit drew power out of the earth and spread like fine root-threads in the ground, and invisible twig-fingers in the air, till it had under its dominion nearly all the trees of the Forest from the Hedge to the Downs."

    This description and its context make it clear that the Great Willow was originally a tree, despite its evident malicious sentience and power.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    De acordo com Tom Bombadil, há muito tempo atrás no começo dos tempos na Terra-média, muito antes do Despertar dos Elfos, as árvores eram os únicos habitantes das vastas áreas do mundo. Pelo fato de os Elfos terem despertado no extremo Oriente, houve ainda um tempo considerável antes de quaisquer outros seres se espalharem pelas vastas matas virgens do oeste da Terra-média. Um punhado de árvores sobreviveram desde essa ápoca até os dias atuais, que se enfureceram pela invasão dos Elfos e Homens e seu domínio sobre a terra; árvores que amargamente se lembram de um tempo muito distante quando elas eram como Senhores das vastas regiões do mundo. Tom Bombadil relata que dentre as árvores corrompidas da Velha Floresta, "nenhuma era mais perigosa do que o Grande Salgueiro; seu coração havia apodrecido, porém sua força era ainda jovem; e ele era esperto, e um mestre dos ventos, e sua canção e pensamento corriam pelas florestas em ambos os lados do rio; seu espírito cinza sedento sugava poder da terra e se espalhava como raízes pelo chão, e invisíveis galhos-dedos no ar, até ter sob seu domínio quase todas as árvores da Floresta até as Colinas Tumulares."

    Essa descrição e seu contexto torna claro que o Grande Salgueiro era originalmente uma árvore, a pesar de sua evidente sentiência e poderes maliciosos.



    "There was a malice in Old Man Willow that may have begun to form during the Great Darkness that spread through Middle-earth in the age of Morgoth, the Dark Enemy. Old Man Willow was an ancient tree, from a time when forests covered much of Middle-earth. When people began to take over the land and cut into the forests, some trees like Old Man Willow became angry and resentful.

    Old Man Willow was able to exert his power to a certain extent throughout the Withywindle Valley. Most of the trees in the Old Forest were under his sway, and he could manipulate the winds around him. Although he could not walk, Old Man Willow could lure unwary travelers to him with his song."



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Havia uma malícia no Velho Salguerio Homem que talvez tenha começado a se formar durante a Grande Escuridão que se espalhou pela Terra-média na era de Morgoth, o Inimigo Escuro. Velho Salgueiro Homem era uma árvore antiga, de um tempo em que as florestas cobriam muito da Terra-média. Quando as pessoas começaram a tomar posse das terras e derrubar as florestas, algumas árvores como o Velho Salgueiro Homem se tornaram enfurecidas e ressentidas.

    O Velho Salgueiro Homem era capaz de exercer seu porte até uma certa extençao através do Vale do Água. Muitas das árvores na Velha Floresta estavam sob seu domínio, e ele podia manipular os ventos ao seu redor. Embora ele não pudesse falar, o Velho Salgueiro Homem podia atrair incautos viajantes para ele com sua canção.
     
    Última edição: 16 Set 2008
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 2
  18. Gerbur Forja-Quente

    Gerbur Forja-Quente Defensor do Povo de Durin

    "Irch! Árvores estranhas... Demônios da floresta! Eu pagaria ouro puro para que me tirassem de lá se por acaso estivesse perdido! Quem sabe que tipo de maldades se passam nessas antigas mentes arborescas... posso adivinhar seus pensamentos, só falam em matar e sufocar e odeiam tudo o que andam sobre duas pernas!"

    Haha, essa minha fala foi muito anã! Eu me baseie mais ou menos num trecho de uma conversa entre Gimli e Légolas em Fangorn, mas agora estou sem tempo, quando estiver mais tranquilo posto melhor sobre isso. Ai-oi!
     
  19. Glaunir

    Glaunir Usuário

    Adorei a tua fala Gerbur!

    Digamos que as florestas eram muito antigas e, tal como o próprio Tom falava, muitas lembranças e memórias circulavam por entre aquelas árvores. Quanto ao espírito que se apossou do velho salgueiro, bem que poderia ser uma vendetta contra o desmatamento nos dias de hoje.
    Imagina, o lenhador vai lá e o espírito que habita na árvore desperta e o engole. Adormece-o e então, ele vira comidinha!!!
    Que o espírito de Yavanna se revolte e encha as árvores do planeta de força!!!
     
  20. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Necromante de Tópicos detected!

    Andei lendo alguns tópicos e encontrei este aqui... No começo eu acreditava se tratar de espíritos que haviam "possuído" o salgueiro, mas analisando melhor e contando com o Post do ALF mais acima, acredito que o Salgueiro Homem simplesmente era VIVO.

    Tá, ficou idiota, mas explico... não dizem em diversos contos extra-Tolkien que árvores, flores, plantas em geral são seres vivos dotados de sentimentos e capacidades desconhecidas? nunca ouviram suas mães ou avós dizerem que conversar com plantas é bom pois elas escutam e as flores reconhecem sua voz e florescem, bem como murcham quando sentem a inveja ou algo ruim sobre elas?
    Pois bem, por mais bobo que possa parecer, quem sabe Tolkien apenas não se baseou em algumas lendas ou contos pra chegar a conclusão de que o Velho Salgueiro era anteriormente uma simples e bela árvore?

    Era uma boa arvore como muitas outras e teria permanecido assim se não tivesse vivido tempo suficiente pelas eras pra ver todo mal feito aos seus iguais, ouvido e testemunhado, sentido e sofrido como negritado nos posts acima, diversas maldades? Então posso chegar a conclusão de que era um ser vivo, Tolkien usa até a palavra CORAÇÃO, talvez não como órgão latente dentro de um corpo físico, mas acredito que como um "local' de onde emana sentimentos e onde se guarda os mesmos... e no caso do Salgueiro, durante muitas eras ele deve ter guardado apenas sentimentos ruins de ter sofrido e ter visto tanto sofrimento.
    Me arrisco a dizer que a raiva de ver tudo o que julgava ser seu e dos seus iguais ("Senhores das vastas regiões do mundo") ser tomado como dos outros seres que agora ali habitavam.

    O Rancor o possuiu... então este seria o "espírito"... rancor, ódio, agonia, raiva guardada e remoída dentro de um ser vivo por muitos anos que poderia sim ter tomado "forma" dentro dele a ponto de ele conseguir exalar essa maldade de alguma forma e atrair "vítimas" para se aliviar ou se vingar.

    Aqui a única conclusão que posso chegar é que embora não falasse, conseguia fazer com que sua maldade acumulada ou seu espírito (dele mesmo, analisando como ser vivo = possui alma/espírito) emanasse algum tipo de som para atrair quem quem e o que ele quisesse.

    Resumo: Pra mim o Salgueiro era um ser vivo com alma e tudo, (tomando base o tanto de coisa "mágica/encantada" nos contos de Tolkien isso não seria improvável), dotado de uma força malígna muito grande e trabalhada durante eras que usava de seu espírito para emitir ondas semelhantes a sons para atrair suas vítimas, a quem fazia mal por vingança ou por prazer pra descontar a raiva de tudo que ele mesmo e que seus iguais sofreram pelas eras desde sua criação.
     
    Última edição: 19 Fev 2009
    • Ótimo Ótimo x 1

Compartilhar