1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Vazamentos de Oleo

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Focr_BR, 7 Nov 2019 às 17:53.

  1. Focr_BR

    Focr_BR Usuário Usuário Premium

    Alguem esta acompanhando?

    Aparentemente o ultimo vazamento foi justamente em um dos locais onde estavam sendo feito os leilões.

    E alguns deles aparentemente apresentam densidades diferentes, podendo ser proveninentes não só de um navio.
     
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Esse vazamento tá praticamente acabando com algo que eu faço de forma ininterrupta há 19 anos seguidos: viajar todo final de ano ou começo de outro próximo ao Reveillon pro melhor litoral brasileiro que é o do Nordeste.

    Quanto ao vazamento em si, é extremamente absurdo ele atingir uma extensão quilométrica tão grande e não haver uma mega hiper mobilização pra uma maior e mais rápida contenção do avanço desse vazamento. Se fosse nos EUA, já teriam mobilizado toda a marinha, guarda costeira, exército, aeronautica, FBI, NASA, SWAT, o Rambo, o Chuck Norris, o Exterminador do Futuro ou seja lá o que fosse pra deter custasse o que fosse.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Erendis

    Erendis I'm a motherfucking woman

    Esse dava conta sozinho.
     
    • LOL LOL x 1
  4. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    tenho acompanhado desde o início. desde os primeiros dias de setembro aparecem manchas nas praias do nordeste, inicialmente noticiadas como "manchas misteriosas". dentro do ibama agentes já diziam o óbvio: rolou um vazamento. mas apesar do alerta, o governo trabalhou a política da negação até quanto conseguiu, e quando começou a lidar com o vazamento como um fato, preferiu primeiro transformar em factoide: "foi o greenpeace!!! veio da venezuela!!! vão cobrar do maduro!! cadê a greta?!!", é o que repetiam por aí. e enquanto isso, o óleo atingindo as praias e nada sendo feito. é revoltante. tem um vídeo de um pescador desesperado falando que não adianta treinamento se ele não é colocado em prática. o desespero era esse: de saber o que precisava ser feito mas não ter o apoio do governo para o que precisava ser feito. botam militares para juntar um tanto em algumas praias, como se isso bastasse. é ridículo que dois meses depois nada tenha sido feito de fato, e o quanto o período de negação pode ter custado para o bioma da região.

    é revoltante, mas completando quase um ano de governo, não dá mais para alegar surpresa: a política atual é de tocar o foda-se para questões ambientais mesmo.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Um país minimamente sério e comprometido com o meio ambiente, para começo de conversa não teria política pra reduzir desmatamento e sim promover o reflorestamento.

    Desde que o Brasil começou a ser colonizado, salvo algumas raras exceções muito pontuais, nunca houve uma política de grande porte para garantir proteção ambiental decente para o mar, rios e florestas.

    Nisso governantes serem omissos, fazendo vista grossa e arrumar algum culpado pra desviar o foco sempre será a atitude mais comum, mas quando pensamos que já atingimos o fundo do poço, infelizmente aqui temos sempre que nos prepararmos pra algo ainda pior.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    O pior é que em época de eleições quase ninguém fala sobre problemas ambientais, e quando falam é como se fosse uma coisa de importância secundária. Não são só políticos, a população não cobra porque não está nem aí. Por exemplo, pra todo lugar aonde eu vou tem lixo jogado no chão. Em alguns países fazer uma coisa dessas é algo impensável. Vivemos num país onde alguém chega a te chamar de idiota por você reciclar lixo. E quando tem um problema ambiental grave como esse do óleo, a mentalidade dos ignorólogos não muda instantaneamente, continua sendo a mesma. Em outros países o Brasil é muitíssimo criticado por sua política ambiental ineficiente (e olha que isso é um baita eufemismo), é só aqui que todo mundo é indiferente ou até idolatra um bando de imbecis que não dão a mínima pro próprio país mas se dizem patriotas. Será que amam mesmo o próprio país? Se amassem de verdade já teriam feito alguma coisa. Na verdade sequer teriam deixado um absurdo desses acontecer. Mas aconteceu, e infelizmente não acredito que será a última vez. Hora de acordar. O planeta não é indestrutível e as coisas não são infinitas, então é bom a gente parar de agir como se fossem se quisermos que sobre alguma coisa. Fico muito triste com a forma como o Brasil lida com esses problemas. Ou melhor, não lida, né?
     
  7. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    No Brasil, a coisa que mais vejo dar certo em prol do meio ambiente são mais ações isoladas e pontuais, quando moradores em associações de bairro, comunidades ou um bairro inteiro de uma determinada cidade se empenha em promover coleta seletiva de lixo, plantar árvores, notificar a prefeitura quando uma obra é iniciada e areia de construção é despejada na calçada muito próxima a guias e bueiros sem nenhuma proteção e assim ajudando a prevenir enchentes, denunciar ligações clandestinas e irregulares de esgoto entre outras coisas. São pequenas ações que quando feitas, já fazem uma boa diferença.

    Tudo isso pode parecer muito pouco diante da imensidão gigantesca de problemas que temos num país gigante como o nosso, mas se esse primeiro passo for bem dado, quando um pequeno bairro faz sua parte, o bom exemplo pode se propagar pra toda a cidade e dali seguir adiante. Como infelizmente não podemos esperar essa ação vinda de nossos governantes de cima pra baixo, o melhor caminho ainda é cada um procurar fazer da melhor forma possível a sua parte.
     

Compartilhar