1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Vampiros X D&D

Tópico em 'RPG' iniciado por Diegosz, 1 Jun 2004.

  1. Diegosz

    Diegosz Usuário

    :x Qual a vantagem es a desvantagens de cada sistema? :lily:

    Quero ver quem tera melhor argumento para defender o seu predileto!
     
  2. Spellbinder

    Spellbinder Usuário

    Vampiro: É jogado no ótimo sistema Storyteller, criado para dar ênfase a interpretação. Ainda mais por causa que é um mundo a parte com base no mundo de hoje em dia. Mas é falho na realidade dos atos, como nas batalhas, porque deixa muito a cargo do narrador.

    D&D: Só joguei o 3.0, e é o meu sistema favorito. É o sistema mais realista em batalhas e testes que eu conheço (conheço poucos também :roll: ), e o mestre não tem muito trabalho nas hora das batalhas, já que D&D é um sistema voltado para batalhas, muito embora possa ter interpretações tão boas quanto a do Storyteller.
     
  3. iraneon

    iraneon Usuário

    a desvantagem de vampiro é por exemplo o combate, se eu tenho 5 em destreza e 5 em armas brancas eu terei que jogar 10 dados pra ver se consigo acertar,
    e tambem o dano, cada dado que agente joga é um nivel de vitalidade , isso é um saco.

    eu adoro o sitema d20, é rapido e facil!
     
  4. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    o sistema do vampiro pode ser pior (eu naum acho q seja tanto assim, o D20 tbm tem seus problemas) mas vampiro ganha no cenário..... Mesmo pq D&D naum tem um cenário..... Vc compra 3 livros caros pra caramba e ainda assim não dá pra começar a jogar pq naum vem com cenário.......

    Já o cenário de Vampiro, apesar do complicado metaplot, pode ser usado sem muito esforço pq ele é basicamento o nosso mundo com monstros.......
     
  5. Spellbinder

    Spellbinder Usuário

    Mas eu ainda prefiro o mundo sem cenário. Por exemplo, eu jogo com um mundo criado pelo meu mestre, e é muito bom. Claro, que se você não gostaria de ter que fazer um cenário do nada, teria qeu comprar o FR por exemplo, seria mais uma grana, mas ainda acho que D&D é melhor.
     
  6. Lathenor

    Lathenor Usuário

    Eu tenho ultimamente jogado muito D&D, mas creio que para mim Vampiro é melhor.
    Porque jogando D&D facilmente o jogador e levado a criar personagens com habilidades voltadas para o combate, o que normalmente gera em jogadores inexperietes a falta de interpretação que pode leva-lo a se tornar um advogado de regras, nada contra advogados de regras, mas sim eu tenho horror de jogador APELÃO ou overpower ou pintador de bolinhas, ... :x :evil:, os jogadores apelões "nascem'' dos advogados de regras que passa a jogar para si mesmo, querendo se mostrar melhor que os outros jogadores.
    Então isso me leva a preferir o Storyteller que facilita a interpretação, mesmo que em certos pontos as regras para o combate do sistema Storyteller deixem a desejar, se bem utilizadas podem ser tão uteis quanto as de D&D.
    P.S.1:não que em D&D não tenha boa interpretação so é mais dificil consegui-la pois é um sistema voltado ao combate, por isso tambem jogo ele para provar para mim mesmo que posso interpretar em outros sistemas.
    P.S.2:O oposto tambem é verdadeiro porque vampiro tem que ter muita interpretação? ja vi varios jogos bem feitos de vampiro cheio de ação, mas tambem vi partidas de D&D em que nenhuma espada foi desembainhada, igualmente iradas.
    Conclusão:Depende do ponto de vista e do que é necessario.
    O importante é se divertir

    "Como a neblina se dispersa
    eu tambem vou
    sendo guiado pelo tempo
    e pela canção."
     
  7. Dyeison

    Dyeison Usuário

    Eu sou um Advogado de regras assumido. MAs nem por isso que eu vo esquecer a interpretação entende?
    Eu prefiro um sstema com regras diertidas e complexas (Leia-se CODA, D&D, GURPS), mas que podem dar boas interpretações.
    EU acredito que TODO sistema pode dar boas interpretações, desde o primeiro D&D a Vampiro.
    A interpretação não esta no sistema, esta em você.
     
  8. iraneon

    iraneon Usuário

    o caso do cenário devemos dar um desconto pois adevir e a wisars são maquinas de arrancar dinheiro...
     
  9. Dyeison

    Dyeison Usuário

    Mas a White tambem é uma casaniqueis desgraçada.
    Eu acho que cada editora deve ganhar o seu, mas A Wizard e a White, ganham de todas as outras juntas.
     
  10. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    D&D:
    Tipo, adoro D&D pq é um jogo bem legal q pode se jogar qualquer hora. "Rapidinhas" de D&D costumam ser muito divertidas. D&D tb tem aquela coisa q vc pode fazer um personagem "rapidamente", sem precisar pensar muito. Pode serum persona pensado ou não. Ele tem muitos suplementos bons, possibilitando sempre ter algo novo e divertido em mão quando vc cansou de tal coisa. Falhas: Não procure realismo aki. Mesmo q tenha um ótimo sistema de batalhas, é tudo meio irreal: Meu meio-orc de força 20 usando um machado grande de decisivo x3 acerta uma fada (ou qualquer bixo de tamanho miudo..) e só parto akela coisa de 30cm ao meio se ela tiverpoko pv... esse negocio de pv é estranho de tentar visualizar quando o pc tem nivel bem alto... ("ah, eu sou um monge de 1000 pv, vc pode takar a bomba atomica em mim ou um cometa q eu sobrevivo, além do mais eu tenho evasão.... "). Outra coisa: vc sempre é um MERDA inicialmente. Seu pc de 1º nivel é sempre um lixo e sempre fraco comparado a alguem de alguns niveis a mais.

    Vampiro (StoryTeller em geral)
    Vampiro é um jogo bem legal, pq tem um sistema simples (é sério) e mais adulto, embora o outro tb possa ser adulto. A coisa de "horror pessoal" é muito interessante, principalmente nesse sistema. Seu cenário é excelente e se usado da forma maneira é bem envolvente... e é bem real seu sistema. Além do mais, vc pode terum personagem realmente BOM de inicio... mas claro, nem tudo é perfeito, sempretendo um furo de regra aki e ali, mas coisa normal, assim como outro. Ah, seu sistema de vitalidade tb é bem realista, embora torne os pc facilmente faceis de matar (tá, nem tanto assim)

    Os dois sistemas e jogo são muito bons, desde q os usem de forma correta.
     
  11. Bom, ninguém comentou que um cara que atinge um golpe em Storyteller com TODOS os dados com sucesso pode, ainda, não causar dano ALGUM, dependendo do resultado nos dados de dano...

    A questão é: os dois sistemas funcionam bem com a abordagem à qual estão voltados. PONTO

    D&D funciona MUITO melhor com aventuras épicas, não só medievais (Star Wars é um ÓTIMO exemplo).
    Storyteller é bem prático para criação de personagens e, a meu ver, SÓ isso.
    Joguei por muitos anos (mais Street Fighter: The Storytelling Game do que Vampire e afins), mas só aproveitando o cenário praticamente, nós mudávamos TUDO nas regras!

    Considero D&D melhor, no final das contas. A OGL salvou o sistema (e as editoras pequenas) apesar de, neste ponto, de jogo aberto o nacional Daemon ganha.
     
  12. iraneon

    iraneon Usuário

    regra de ouro no storyteller:

    "O MESTRE DITA AS REGRAS"
     
  13. iraneon

    iraneon Usuário

    o unico problema com o sistema storyteller é o sistema! :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
     
  14. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Definitivamente não é ótimo... Mundos a parte com base no mundo em que vivemos temos melhores... Shadowrun, Cthulu, Top Secret, Paranóia...


    Não é o mais realista que existe. É o mais dinâmico, mas permite tosqueiras como o cara tomar 30 flechadas se for de nível elevado e continuar empolgado...


    D&D tem vários cenários. Mas todos eles vem, cada um, em um suplemento caro e passível de atualizações mais caras ainda... Cambada de mercenário!



    Sim, é um cenário interessante... mas o sistema desanima qualquer um...



    Você só deve ter jogado com gente ruim... Eu já participei de jogos primorosos de D&D sem overpower nenhum. E jogador assim se encontra em qualquer sistema. São uma praga.



    Úteis quaisquer regras são num sistema de jogo. Mas se são práticas é outro papo.


    O sistema é dinâmico e ágil. Só. Se vai ser usado só pro combate é outro papo.


    O que mais me incomoda em Vampiro é a capacidade que esse sistema tem pra atrair posers e viados de modinha. =/




    :lol:

    :clap:

    E viva o MERP, né, Sky?
     
  15. iraneon

    iraneon Usuário

    realmente isso é um saco... :disgusti: :disgusti:
     
  16. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Storyteller: É um sistema que serve ao seu propósito. O Mago tem o melhor sistema de magias do universo. O combate é meio lento, mas a evolução do Storyteller, o chamado Storytelling, disponível no World of Darkness 2.0, é muito melhor. O sistema está longe de ser complexo ou complicado, é bem simples até. Fora o combate, que, como eu disse, é um saco.

    d20: The top of the crop. É disparado o melhor sistema que eu já vi. É ágil, é simples, e, acima de tudo, é o sistema mais customizável do mercado. O Barlach falou: "Ah, o ruim é que tu compra três livros caros e ainda assim não tem como jogar porque não vem cenário!" Claro que tem como jogar! Oras! Quem não consegue criar uma vila, uma floresta e uma dungeon com um necromante malvado? :mrgreen:

    O Sir Togo Bolseiro mencionou o esquema do dano... concordo plenamente, ó cavaleiro Hobbit! E te trago uma boa nova! Este aborto da natureza foi corrigido no WoD 2.0!

    E quanto às 30 flechas do Eru: o D&D é um jogo de heróis. Vê se tu consegue fazer isso no Cthulhu d20?

    E, ainda no Eru: Mantenha suas perversões sado-masoquistas fora daqui! :mrgreen:
     
  17. iraneon

    iraneon Usuário

    ?????????????????????????????????????????????
    que isso???????????????
     
  18. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    MERP!:puke:
     
  19. Nob

    Nob Usuário

    Isso é bastante válido em qualquer sistema. Aliás, imprescindível.

    Por isso é que é possível modificá-lo, para tornar tudo mais fácil para cada grupo diferente.

    Porque ele realmente não foi feito para ser realista. Se fosse, existiriam muitas complicações que afastariam os jogadores e sua dinâmica. E isso não daria certo em sua proposta como sistema.

    Isso só é válido se a pessoa só procura ter poder em RPG. O que se deve ter em D&D não é poder, e sim equilíbrio nas batalhas que o personagem irá enfrentar. E isso, o sistema faz bem.

    Não acho. Dependendo da situação, ele se torna menos real que D&D.

    Idem.

    Vocês reclamam demais das deficiências dos sistemas. Só que eles são feitas para que cada mestre utilize o que achar melhor, não simplesmente jogar tudo dos livros na campanha. Nunca haverá um sistema perfeito, em que não precisemos alterar nada para tornar o jogo mais aproveitável possível.
     
  20. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Existe uma grande diferença entre criar uma vila, uma dungeoun ou até uma cidade e criar um mundo de campanha...... Claro q um jogador experiente pode jogar meses só em uma cidade q ele criou sem precisar de uma mundo de campanha mas essa não é a reação instintiva de um jogador novato........ Ainda mais um jogador q não está familiarizado com o estilo (p ex, nunca leu SdA.....)..... Para ele é muito mais fácil imaginar o canário de Vampiro do q o de D&D....

    As regras do Street Fighter são consideravelmente diferentes das de Vampiro...... E ainda assim são estranhas por serem derivadas de um sistema cujo maior defeito são as regras de combate........
     

Compartilhar