1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Valentino Rossi vence e fatura seu quarto título de MotoGP

Tópico em 'Esportes' iniciado por Ecthelion, 17 Out 2004.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    17/10/2004 - 09h33
    Valentino Rossi vence e fatura seu quarto título de MotoGP
    Das agências internacionais
    Em Phillip Island (Austrália)

    O espanhol Sete Gibernau bem que tentou: largou na pole e se manteve na luta pela liderança até a última volta, lutando para adiar a decisão do título do Mundial de MotoGP para a próxima prova. Mas o italiano Valentino Rossi acabou levando sua oitava vitória no ano e sacramentou a conquista -pela quarta vez consecutiva- do título da mais importante categoria do motociclismo mundial.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Valentino Rossi comemora quarto título consecutivo no Mundial de MotoGP
    Rossi ultrapassou Gibernau no último giro para terminar a primeira colocação a prova. Foi sua quinta vitória na Austrália, a terceira consecutiva. "Foi um fim fantástico para uma temporada fantástica", afirmou Rossi. "Consegui passar por pouco na última volta, espero que os fãs tenham gostado", completou o tetracampeão.

    O italiano terminou a prova em 41min25s819, menos de um décimo de segundo à frente de Gibernau. O também italiano Loris Capirossi foi o terceiro colocado e completou o pódio. O brasileiro Alex Barros, que andou boa parte do tempo no terceiro posto, fechou o dia apenas na quinta colocação.

    Agora, Rossi aumenta seu currículo como um dos maiores vencedores da modalidade. O "Schumacher das motos" levou o último título da extinta categoria 500 cilindradas em 2001 e, desde então, não permitiu a nenhum outro piloto provar o status de campeão de MotoGP. Neste ano, Rossi foi para a Yamaha, deixando a tranquilidade de Honda para desenvolver uma nova máquina.

    Foi a segunda vez na história que um piloto faturou títulos consecutivos com equipes diferentes.

    Depois de cruzar a linha de chegada, Rossi ergueu o punho esquerdo e fez o "número um" com o dedo indicador. Depois, tentando acreditar na conquista do título, o italiano bateu com as duas mãos no capacete.

    Gibernau era o único que poderia tirar o título de Rossi na temporada, mas precisaria vencer as duas últimas provas do ano e deixar Rossi marcar no máximo 20 pontos. Com uma segunda colocação na Austrália, a fatura estaria liquidada para o italiano.

    "Foi frustrante porque não consegui andar do jeito que eu queria durante todo o fim de semana. Aconteceu alguma coisa (com a moto/que me deixou sem confiança nela", afirmou Gibernau. "Eu tinha uma boa velocidade nas curvas, mas não conseguia acelerar pra valer nas retas", completou.

    Nas 250 cilindradas, o espanhol Daniel Pedrosa chegou na quarta colocação e faturou o título também por antecipação. Sebastian Porto, da Argentina, venceu na Austrália. Andrea Dovizioso, que já havia conquistado o mundial das 125 cilindradas no último fim de semana, conquistou mais uma vitória.

    Confira a classificação final do GP da Austrália:
    1. Valentino Rossi (ITA/Yamaha), em 41min25s819
    2. Sete Gibernau (ESP/Honda), 41min25s916
    3. Loris Capirossi (ITA/Ducati), 41min36s305
    4. Colin Edwards (EUA/Honda), 41min36s636
    5. Alex Barros (BRA/Honda), 41min36s670
    6. Nicky Hayden (EUA/Honda), 41min38s029
    7. Max Biaggi (ITA/Honda), 41min38s666
    8. Makoto Tamada (JAP/Honda), 41min38s784
    9. Troy Bayliss (AUS/Ducati), 41min44s426
    10. Carlos Checa (ESP/Yamaha), 41min47s064
    11. Ruben Xaus (ESP/Ducati), 41min48s992
    12. Shinya Nakano (JAP/Kawasaki), 41min51s537
    13. Alex Hofmann (ALE/Kawasaki), 42min00s956
    14. Jeremy McWilliams (GBR/Aprilia), 42min10s974
    15. John Hopkins (EUA/Suzuki), 42min11s016
    16. Gregorio Lavilla (ESP/Suzuki), 42min18s024
    17. Norick Abe (JAP/Yamaha), 42min18s484
    18. Neil Hodgson (GBR/Ducati), 42min37s213
    19. Nobuatsu Aoki (JAP/Proton KR), a 1 volta
    20. James Haydon (GBR/Proton KR), a 1 volta
    21. Youichi Ui (JAP/Harris WCM), a 1 volta
    22. James Ellison (GBR/Harris WCM), a 3 voltas
    23. Marco Melandri (ITA/Yamaha), não completou
    24. Garry McCoy (AUS/Aprilia), não completou

    ....................................................................................................
    Fantástico! Realmente impressionante!!!

    Eu vi essa corrida na madrugada, mesmo sendo campeão com a segunda colocação, o Valentino partiu pra cima do Sete Gibernau e conseguiu a ultrapassagem (aliás, foram várias ultrapassagens dos 2 na última volta, eles estavam se revezando) na última curva.

    ISSO sim é piloto de verdade!!!
     
  2. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Caramba esse cara sempre consegue o titulo, vence todas...... nao assisti a corrida por começar muito tarde ou muito cedo como preferir...
    Realmente esse cara pilota muito
     
  3. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Ele é exatamente o Schumacher da motovelocidade... tanto que mudou para uma moto pior esse ano e ganhou novamente o título... Parabéns!
     
  4. Coiote

    Coiote Fallin´

    O talento do Rossi é inquestionável.Ele é como o Schumaccer da Moto GP.Q coincidência dois gênios do motor na msma época!!!Bom pra nós.
    Foda q o Brasil naum tem uma boa base de motociclismo pq o Alex ainda naum ganhou nada.Em esporte é assim,ESPECIALMENTE no Brasil,uma modalidade precisa de ídolos pra ir pra frente.
     

Compartilhar