• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Usagi Drop (idem, 2005)

Elring

Depending on what you said, I might kick your ass!

Autor: Kanta Kamei / Suguru Kishimoto (anime) e Yumi Unita (mangá)
Gênero: Comédia / Drama / Seinen
Estúdio: Production I.G.
Episódios: 5 episódios anunciados - em andamento
Mangá: 9 volumes

Daikichi regressa à casa para o funeral de seu avô, e para sua surpresa ele encontra uma menina no jardim. Daikichi logo descobre que a garota (Rin) é a filha ilegítima de seu avô. Nenhum de seus parentes querem adotá-la, porque eles estão embaraçados. Sentindo pena para a menina, Daikichi decide cuidar dela. No entanto, Daikichi é solteiro e não tem experiance com crianças. Rin e Daikichi começar sua vida juntos .

Gostei do episódio de estréia sobre a filha iletígima do avô de Daikichi que, aos 79 anos resolveu deixar como lembrança para a família a menina Rin. É um drama suave, sem maiores traumas como a sinopse pode dar a entender. Muito boa a animação e os conflitos familiares lembram um pouco o início de Summer Wars. Vamos ver como o solteirão Daikichi irá se virar para criar sua "tia" e tornar-se um bom pai.

Usagi Drop foi lançado em 2005 em uma revista josei chamada Fell Young, uma das editoras do grupo Shodensha e conta com uma versão live action feita em 2010.
 

Elring

Depending on what you said, I might kick your ass!
Segundo episódio de Usagi Drop e desta vez nada do clima pesado do início. Como é um anime sobre cotidiano, não há necessidade de spoilers :dente:

Daikichi teve como primeiro desafio comprar roupas novas para Rin e perguntou para ela o tamanho que usava :lol: , sorte dele que havia muitos pais comprando roupas para seus filhos. E quando tudo parecia tranquilo, o paizão lembrou que não tinha matriculado a menina na pré-escola e teve de correr atrás de uma, literalmente. A cena onde Rin passa o dia na escola é tocante, não é fácil ser pai nos dias de hoje e cada minuto de atraso é percebido com maior peso pela criança. Mas deu tudo certo.

Recomendo para quem é pai, vai ser pai ou não :joinha:
 

Elring

Depending on what you said, I might kick your ass!
Terceiro episódio e o anime continua muito gostoso de se assistir!

Daikichi retornou para a casa dos pais para uma visita, acompanhado da Rin. Durante a viagem de trem, a menina era pura empolgação, mas ao chegarem lá, ela não desgrudou de Daikichi por um minuto, nem quando este foi ao banheiro. Rin ainda se lembrava das pessoas do velório de seu pai e ficou com uma triste impressão. Foi por iniciativa da mãe de Daikichi que Rin foi se soltando a brincarem com uma cama-de-gato. Foi tocante quando Rin perguntou ao Daikichi, toda envergonhada, se ela poderia retornar. Todos começaram a aceitá-la como parte da família.

Deu uma peninha dela quando levantou-se no meio da noite para trocar o pijama que estava molhado e disse que era suor :lol: , mas deu tudo certo e Daikichi não deu nenhuma bronca. A Rin é muito fofa!

Excelente anime! Continuo a recomendar a todos!
 

Tópicos similares

Respostas
6
Visualizações
6K

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo