1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Underground, the Comic - Ou, como a pirataria pode ser lucrativa...

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Clown or Minstrel, 11 Nov 2010.

  1. Clown or Minstrel

    Clown or Minstrel desenvolvedor

    Este é um tópico sobre uma comic independente, sobre a questão da pirataria e principalmente, sobre como um autor soubre lidar com ela.

    A HQ se chama Underground, que conta a aventura de policiais florestais tentando impedir que a liderança de uma pequena cidade abra uma antiga caverna para o público, o que poderia destruir a fauna e o ambiente que existem por lá.

    Esta seria a história de uma HQ qualquer, se não escaneassem todas as páginas e a disponibilizassem no 4Chan.
    Lieber viu a sua obra digitalizada. E, ao invés de reclamar no tópico, tudo o que ele disse foi:

    Ao se convencer da nova realidade que a HQ adentrou, ele publicou gratuitamente toda a Comic no seu site, pedindo, caso fosse possível, alguma contribuição. O dinheiro e a fama aumentaram muito mais de quando ela estava sendo vendida da forma tradicional (conforme os gráficos no link).

    Link para a notícia e para a página do autor, onde você pode baixar os 5 PDFs da HQ:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Interessante, espero que abra a mente de muitos outros artistas.
    Não acho que seja o melhor caminho para combater a pirataria, mas mostrando que há caminhos alternativos para lucrar (porque não disponibilizar os pdfs por 2 dólares a edição do quadrinho no site?), mais chance teremos de ter acesso legal aos produtos de artistas.
     

Compartilhar