1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Uma Verdade Inconveniente (An Inconvenient Truth, 2006)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Finrod, 8 Nov 2006.

  1. Finrod

    Finrod Visitante

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)




    Documentário realizado por Al Gore que trata uma questão de extrema importância e que as pessoas parecem não estar ligando muito; o aquecimento global.

    Enfim, não sei muito sobre o filme, mas parece ser muito bom. E já está em cartaz nos cinemas brasileiros, ou seja, quem já viu pode comentar!

    Depois eu vou ver o filme, daí vo entender tudinho, e então eu posto aqui.


    Flw
     
    Última edição por um moderador: 9 Nov 2006
  2. V

    V Saloon Keeper

    Re: An Inconvenient Truth (2006)

    50.
     
  3. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Re: An Inconvenient Truth (2006)

    Eu acabei dando 51 pra ele.

    Quer dizer, acho que ter visto o trailer me tirou um pouco o impacto, ele praticamente já fala/mostra tudo o que será impactante no documentário.

    Além disso, o Al Gore aproveita e insere historinhas dele meio deslocadas, pra dar um ar mais dramático e aproveita e faz um ótimo cartaz pros democratas, inclusive voltando na velha questão das eleições que ele perdeu. "Vocês precisam se arrepender!".

    O legal é que uma das filhas dele era roteirista do Futurama e ele usa uma animação do desenho :grinlove:
     
  4. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Re: An Inconvenient Truth (2006)

    Sem contar que apelava para o dramalhão em alguns momentos (tipo "história da irmã que morreu de câncer do pulmão para ilustrar como demoramos para nos tocar de certas coisas" ). No mais, é interessante e fica nisso.
     
  5. Deriel

    Deriel Administrador

    Ciência politizada perde credibilidade (e foi o caso) mas política "cientizada" ganha credibilidade (e também foi o caso). É um documentário científico sofrível, mas deve ter servido aos própósitos políticos dele.
     
  6. TGA

    TGA Usuário

    Blablabla...

    Então o fato da pessoa que conduz o filme ser Al Gore tira tanto crédito assim da obra? Sim, ele inseriu bastante dramalhoes alí desnecessarios, o óbvio objetivo político, etc... Mas o resultado final foi fantástico a meu ver, e só isso interessa.
    Se fosse um cientísta etíope desconhecido assinando o mesmo filme, estariam voces com notas 70+, tenho certeza.
    A importancia da mensagem está acima de todos esses julgamento.
    E eu sinceramente nao percebi a intençao de ser um "documentário científico". É apenas baseado em certos dados cientificos
     
  7. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Eu sei que você está se referindo sobretudo ao comentário do Deriel, mas enfim, devo dizer que não tem nada a ver, até porque eu, por exemplo, gosto do Al Gore. O problema aqui é que, como filme (e bem, se estamos na área 'cinema', acho que é sobre isso que estamos falando), ele é mediano, ESPECIALMENTE por causa da forma como o "drama pessoal" foi inserido.

    Existiam formas de colocar aquele festival de pieguice tal que não fosse tão explícito, ou desonexo, até porque o Michael Moore nos documentários dele também recorre ao dramalhão: a diferença básica é saber a dosagem e principalmente, saber QUANDO colocar.

    Ali, algumas idéias ficavam simplesmente desconectadas. "Estamos falando do aquecimento global, agora um pequeno momento sobre minha infância na fazenda". Não funcionou, só isso - e independe do nome do Gore ali, poderia ser o seu "cientista etíope desconhecido" e daria na mesma: as parte piegas seriam extremamente piegas e sim, afetariam a qualidade do filme. Até porque um trecho não conversa com outro. Ele dava saltos do pessoal para o mundial como quem salta de Malhação para David Lynch, sem qualquer coisa que atasse uma idéia à outra. Torna-se apenas panfletário, um "veja como sempre fui bonzinho e votem em mim da próxima vez", quando o propósito era alertar sobre o aquecimento global.
     
  8. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    :rofl:

    Eu acho que a Ana explicou um pouco do que eu senti também: ficou deveras piegas algumas partes e estas, desconexas do resto.

    E outra, independente das coisas que achei sobre o documentário, a importância da mensagem foi passada sim.
     
  9. V

    V Saloon Keeper

    Sem contar que quando o filme tentava ser engraçado o resultado era quase sempre constrangedor (excetuando-se o trecho de Futurama, que btw não foi feito pro filme vocês sabiam disso pois é).
     

Compartilhar