1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

(Um sobre lascas)

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Haleth, 28 Out 2010.

  1. Haleth

    Haleth There's no such a thing as a mere mortal

    Às vezes o coração dói como se estivesse
    Sendo lapidado,
    Mas meu coração não é

    Nem duro,
    Nem bruto,
    Nem puro
    Como um diamante.

    É tão somente
    Um coração
    Que sente

    E dirá,
    Pelas lascas
    Que deixei,

    Que não foi com diamante
    Mas com sangue
    Que te amei.
     
  2. Rodovalho

    Rodovalho Usuário

    Diamantes de sangue então. Ou com sangue de barata. A dureza de um diamante é tanta que só pode ser lapidado por outro. E a moleza do coração pulsante, tão propício ao enfarte, à solidariedade, autopiedade e amor... a um poema.
     
  3. Tayana

    Tayana Usuário

    Coração bombeador de sangue...rsrs
    =}

    Mas, foi com sangue que você se apaixonou e não com coração pq ele só bombeia sangue o cérebro esse sim mistura as 5 "inas" e sai de baixo que lá vem o amor...rsrsrs

    Lindo gostei...
     
  4. Rachel

    Rachel Usuário

    Muito linda sua poesia. O coração que ama é assim... mole, sentido, propício a muitos sentimentos, mas mesmo sangrando nunca se arrepende de amar. Já os diamantes não amam... são amados.
     
  5. Rachel

    Rachel Usuário

    Uma pedra diamante, não nasce diamante, primeiro é carbono. É sob muita pressão (dor?) q se torna um diamante.
    O coração é um orgão q tbm é lapidado sob pressões : coragem, perda, amor, ódio, mêdo, desejo, etc...
     

Compartilhar