1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tudo o que tenho levo comigo (Herta Müller)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Meia Palavra, 19 Mai 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    [align=justify]Leo Auberg é um jovem alemão que vivia na Romênia, mas especificamente na região de Siebenbürgen, à época da Segunda Guerra Mundial. Nada de espetacular nisso- apesar de já existirem os estados nacionais nas Europas Central e Oriental, as pessoas de diversa etnias espalhavam-se independentemente das fronteiras- e nem no fato de sua família idolatrar o líder nazista, Adolf Hitler- era algo comum entre os alemães da época.

    Na verdade o único fato singular da história de Auberg é o fato de ir a encontros sexuais anônimos com outros homens, inclusive um romeno casado. Isso o tornava duplamente criminoso: o fato de relacionar-se sexualmente com outros homens era condenado por lei na Romênia Facista e a lei hitlerista o enquadrava como traidor da raça, por fazer isso com um romeno.[/align]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar