1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Troca de Nacionalidades em Seleções

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fingolfin, 4 Jun 2009.

  1. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Está cada vez mais comum ver jogadores jogando em outros países, principalmente jogadores brasileiros e africanos.

    A seleção brasileira com certeza seria mais forte se pudesse contar com o Marcos Senna no lugar do Gilberto Silva e o Deco no banco. Grandes nomes que não tiveram projeção nacional ou ainda jogadores médios com destaque em países com futebol limitados sempre aparecem como opções para a seleção local.

    Na copa, é comum ver no meio de alguns Stoikovics, Molowski, Lee e Xu alguns Da Silva, Costa ou Guerreiro.

    A regra atual dizia que um jogador pode jogar por outro time que tenha nacionalidade desde que:

    1 - Não tenha jogado pela seleção do país de origem
    2 - Tenha jogado na seleção apenas nas categorias de Base E faça a escolha pelo novo país com menos de 21 anos (ainda que não seja convocado por ele)
    3 - Tenha jogado por um país extinto (exemplo os jogadores da Iugoslávia)

    Ontem, em um congresso da FIFA eles resolveram banir
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Agora, se o jogador jogou nas categorias de base não conta(não sei se eles consideram seleção olimpica como de base).

    Eu particularmente sou contra afrouxar as regras. Pelo contrário, eu aumentaria a limitação. Para mim só poderia jogar em outros países jogadores que tenham acendência direta com um nativo(filho de estrangeiro), ou que tenha se mudado para o país com menos de 16 anos ou ainda com mais de 10 anos de residencia no país.

    Aí acaba com isso acaba mercenário de seleção. Se o jogador foi pra lá com 16 anos e mora lá até os 26 acho bem aceitável que ele jogue por lá. Agora, tem que morar mesmo. Não pode ser como os gemeos do Manchester que tem passaporte europeu e o Queiroz já quer que eles joguem pela seleção portuguesa sem nunca ter passado lá nem pra fazer escala pra Inglaterra.

    No entanto, não sei por que, a FIFA resolve afrouxar ainda mais as regras. Daqui a pouco as seleções estarão como os clubes, cheio de estrangeiro. Teremos mais casos como o Camoranesi, argentino que joga pela itália que ao ser questionado sobre o hino da Itália respondeu que não sabia cantar direito nem o hino do país dele, quanto mais o da Itália.

    Queria a opinião de vocês, principalmente dos Portugueses que são dos mais beneficiados por esta legislação. Já tem Deco e Pepe na seleção e tão querendo mais.
     
  2. Wilzterman

    Wilzterman Banned

    Se mexeram no item 2... então pra que ter torneios de base? Porque fica mais prático pra alguns paises fazer um trabalho de assedio nos melhores jogadores sulamericanos e africanos. Não é toa que é raro seleções européias ganharem os torneios de base da FIFA. A qualidade do trabalho de base europeia vem caindo cada vez mais..
     
  3. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    É verdade e acho que isso pode ser visto na seleção italiana por exemplo, que apesar de campeã do mundo é, atualmente a pior seleção da itália que eu já vi jogar (e eu acompanho desde 90). Não tem nenhum jogador criativo. Ninguém para suprir as ausencias de Totti e Del Piero.
     
  4. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Esse tipo de decisão beneficia sobretudo as seleções européias. É fácil ver o lobby aí.


    Pois é.
     
  5. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Bem, eu não sou grande entendido de futebol, mas compreendo que essa medida afectaria bastante Portugal! Tenho consciência que jogadores como Deco e Pepe são bastante importantes para a nossa selecção, mas ainda assim, concordo em quase tudo o que disseste!

    Acho que a selecção de um país deve significar mais que uma equipa normal, deve ser uma forma de levar o orgulho nacional! Sendo assim, quem transporta a nossa "bandeira" deve, no mínimo, preencher certos requisitos!

    Eu concordo, excepto com a idade máxima de 16. Acho que simplesmente o tempo de residência no país seria suficiente! A carreira de um jogador nunca (ou raramente, penso) passa dos 40 anos! Para jogar na selecção do país, teria de se ter mudado aos 30! Eu acho que não tem muito a ver com a idade com que se muda, mas o tempo que se vive lá, se confraterniza e conhece o país!
     
  6. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    A questão dos 16 é que o garoto que foi pra lá com 13 não precisaria esperar até os 23. Afinal com 13 anos ninguém é contratado como craque. O cara poderia então já ir participando da seleção de base local com 17 e tal.

    O limite de 16 é que esta é a idade minima para se inscrever um jogador estipulada pela FIFA
     
  7. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Ah, então foi falta de compreensão da minha parte porque pensei que querias que a idade mínima para ser escolhido para uma selecção jogadores com 26 (16 + 10) mas da forma que explicaste agora, creio que compreendi e concordo!

    Um jogador de 13 anos não deve precisar de atingir os 23 pra entrar pra selecção!
     
  8. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Na minha opinião, só deveriam ser autorizados casos como o de Kevin Kuranyi ou similares.

    Não vejo muito sentido em casos como os de Deco, Francileudo, Marcos Assunção, entre outros... A impressão que eles passam é que aceitam esse tipo de coisa por mera vaidade ou por interesses financeiros, relacionados com a propaganda gerada por um jogo internacional.

    Em qualquer um dos casos, a esência da disputa entre seleções se perde!
     
  9. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    E quanto a treinadores?
     
  10. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Treinadores não entram em campo, então por mim whatever
     
  11. Numenorean

    Numenorean Usuário

    Eu acho que jogadores de seleção deveriam ter nascido no país, ou pelo menos ter pais ou avós desse país!

    Apesar de Deco fazer falta (muita) a Portugal, não concordo com a sua nacionalização!
     
  12. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Poutz eu já acho que a única proibição deveria ser jogar por apenas UMA seleção em toda a vida e que cada seleção tivesse um nº limite de "nacionalizados"... independente de idade, parentesco, etc, etc...

    Na boa... o MUNDO seria um lugar mais alegre se o Weah tivesse jogado pela Italia, se muitos caras BONS de bola ams que não tem chance em seleções fossem pra outras a cosia seria muito mais legal em Copas do Mundo.

    Imaginem uma Espanha da vida tendo Djalminha no meio de campo? Ou ainda a Italia com Crespo no ataque?

    Muitos países poderiam ter 1 jogador "estrangeiro" sem limite de idade... Pô a Italia pegaria um meia argentino ou brasileiro e teriamos uma Copa do Mundo 10 vezes mais interessante!
     
  13. Wilzterman

    Wilzterman Banned

    Se é pra ter uma copa do mundo assim igual é a de futsal atualmente.. então melhor nem ter..
     
  14. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Não preciso imaginar. O Marcos Senna joga na Espanha, o Pepe e o Deco em Portugal, o Roger Guerreiro na Polonia, o Mehmet Aurélio (tb conhecido como Marcos Aurélio) na Turquia, Eduardo Silva na Croácia, Camoranesi na Itália, Paulo Rink na Alemanha, etc etc etc
     
  15. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Mas ganham jogos.



    Interessante.
    Ter um limite de uns 2jogadores no plantel, tipo como é nos clubes (só que sem valer a questão do jogador comunitário).
    Isso não feriria nenhum direito trabalhista, certo?
     
  16. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Treinador não é jogador. É meio q mentor. Seria exagero demais. Nenhum esporte limita isso.
     
  17. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu sei que não.
    Tento entender o porquê.
    Já que hoje em dia treinador é tão importante quanto um jogador.
     
  18. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    é pq oq é feito fora de campo é tudo ganho marginal, não é direto.
     
  19. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Pode ser.
    Mas, por exemplo, gols em jogadas ensaiadas é mais mérito do treinador do que dos jogadores ao meu ver.
     
  20. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    É, mas dizer oq fazer é muito mais fácil doq de fato fazer.
     

Compartilhar