1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Trilogia Millennium (2009)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Hugo, 16 Jan 2011.

?

Notas:

  1. 10 (Os homens que não amavam as mulheres)

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    0 voto(s)
    0,0%
  3. 8

    66,7%
  4. 7

    33,3%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1 (Os homens que não amavam as mulheres)

    0 voto(s)
    0,0%
  11. 10 (A menina que brincava com fogo)

    0 voto(s)
    0,0%
  12. 9

    0 voto(s)
    0,0%
  13. 8

    33,3%
  14. 7

    0 voto(s)
    0,0%
  15. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  16. 5

    33,3%
  17. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  18. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  19. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  20. 1 (A menina que brincava com fogo)

    0 voto(s)
    0,0%
  21. 10 (A rainha do castelo de ar)

    0 voto(s)
    0,0%
  22. 9

    0 voto(s)
    0,0%
  23. 8

    33,3%
  24. 7

    33,3%
  25. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  26. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  27. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  28. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  29. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  30. 1 (A rainha do castelo de ar)

    0 voto(s)
    0,0%
São permitidos múltiplos votos.
  1. Hugo

    Hugo Hail to the Thief

    Em 2009 foi lançado na Suécia os 3 filmes da trilogia do escritor Stieg Larsson que vendeu horrores seus livros, pena que o coitado não aproveitou a fama, pois morreu em 2004, logo após entregar as obras. E pra variar, estão refilmando em Hollywood a saga, sendo que o primeiro filme, "The Girl with the Dragon Tattoo" deve estrear já no fim deste ano, com direção do David Fincher (pelo menos jogaram em boas mãos né). Mas vamos ao filmes suecos:

    [size=+2]Os Homens Que Não Amavam As Mulheres[/size] (The Girl with the Dragon Tattoo)

    Diretor: Niels Arden Oplev

    Elenco: Michael Nyqvist, Noomi Rapace, Peter Haber, Lena Endre, Sven-Bertil Taube.

    Sinopse: Harriet Vanger desapareceu 36 anos atrás sem deixar pistas na ilha de Hedeby, um local que é quase propriedade exclusiva da poderosa família Vanger. Apesar da longa investigação policial a jovem de 16 anos nunca foi encontrada. Mesmo depois de tanto tempo seu tio decide continuar as buscas, contratando o jornalista investigativo da revista Millennium, Mikael Blomkvist, que não está em um bom momento de sua vida, enfrenta um processo por calúnia e difamação. Mas, quando o jornalista se junta a Lisbeth Salander, uma investigadora particular nada usual, incontrolável e anti social, a investigação avança muito além do que todos poderiam imaginar. (CinePop)

    Comentário: Só vi este até o momento. Eu gostei muito da história, da atmosfera (me lembrou O ESCRITOR FANTASMA, do Polanski) e o elenco é bom (em especial a Noomi Rapace, que tem uns peitinhos feios, mas dá um caldo). A conclusão eu achei meio apressada, deve ser porque no livro (que não li) tudo é mais detalhado e mais bem explicado, mas também o filme já ficou longo (152 min), então deu para o gasto.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    [size=+2]A Menina que Brincava com Fogo[/size] (The Girl Who Played with Fire)

    Diretor: Daniel Alfredson

    Sinopse: Lisbeth parece uma garota frágil, mas é uma mulher determinada, ardilosa, perita tanto nas artimanhas da ciberpirataria quanto nas táticas do pugilismo. Mikael Blomkvist pode parecer apenas um jornalista em busca de um furo, mas no fundo é um investigador obstinado em desenterrar os crimes obscuros da sociedade sueca, sejam os cometidos por repórteres sensacionalistas, sejam os praticados por magistrados corruptos ou ainda aqueles perpetrados por lobos em pele de cordeiro. Um destes, o tutor de Lisbeth, foi morto a tiros. A arma usada tem as impressões digitais de Lisbeth. Procurada por triplo homicídio, a moça desaparece. (CinePop)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    [size=+2]A Rainha do Castelo do Ar[/size] (The Girl Who Kicked the Hornet's Nest)

    Diretor: Daniel Alfredson

    Sinopse: Neste terceiro e último volume da série, grande parte dos segredos é desvendada, e Lisbeth Salander agora conta com excelentes aliados. O principal é Mikael Blomkvist, jornalista investigativo que já desbaratou esquemas fraudulentos e solucionou crimes escabrosos. No mesmo front estão ainda Annika Giannini, irmã de Mikael, advogada especializada em defender mulheres vítimas de violência, e o inspetor Jan Bublanski, que segue sua própria linha investigativa, na contramão da promotoria. A rainha do castelo de ar enfoca de modo original as mazelas da sociedade atual — da ciranda financeira ao tráfico de mulheres —, conquistando um lugar único na literatura policial contemporânea.(
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    )

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

    Arquivos Anexados:

    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  2. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu to com os 3 encostados há alguns meses. Me recomendaram muito o do Dragon Tatoo e até ganhei os livros em inglês também.
    Sempre fico no dilema se leio os livros antes de ver o filme. Mas o do Dragon Tatoo me falaram que até foi bem fiel.
     
  3. Hobbit Bonzinho

    Hobbit Bonzinho Usuário

    Vi o primeiro filme e achei chaaaaato.
    Mas vejo que o livro possa ser bom, considerando esse tipo de literatura chiclete (vou ler).
     
  4. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Vi os 3, mas sou purista demais pra dar opinião :P
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Finalmente assisti a saga pra poder comparar com a versão do Fincher.
    E, como raras vezes já vi (talvez nunca), achei a versão remake melhor. Não tanto a história pois são bem semelhantes (não li o livro, mas vi comentários que a do Fincher foi até mais fiel ainda do que a versão sueca), mas principalmente a Lizbeth.
    A versão desse filme eu achei um pouco fragilizada. Ela tava com um pé mais no mundo emo revoltada do que num mundo underground total. Não sei se a personagem é assim no livro, mas preferi a versão mais forte e independente do Fincher.

    Os filmes seguintes eu achei que perdeu rumo. Entrou num vicio de coincidencias que não me pareceram convincentes. Mas pelo menos a Lizbeth agora aparenta ser menos menininha emo que foi no primeiro.



    :lol:
    Eu ia comentar algo parecido.
    Mas me direcionaria mais aos suvacos peludos. Paradoxal demais com uma atriz de rosto lindo e delicado (apesar dos piercings), e a baixa estatura da atriz.
     
  6. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Mas a Noomi é perfeita como Lisbeth justamente por causa dos seios! :lol:
     

Compartilhar