1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Trecho] Fora e ao Lado Dela

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por imported_Alan, 6 Abr 2010.

  1. imported_Alan

    imported_Alan Usuário

    Estou Postando esse trecho de um conto que estou fazendo e tenho dúvidas se esta faltando alguma coisa no meu texto e se cometi algum erro, por isso gostaria de algumas opiniões a respeito.

    "Nesse dia naquela praça, só estavam os dois ele a ler um livro e ela a estudar para uma prova de matemática. Ele com seu All Star preto, calça jeans e uma camiseta cinza, barba mal feita, cabelos ondulados soltos ao vento, pele morena e olhos castanho-claros. Ela de sandálias, uma calça preta que vinha até perto de suas canelas, um cinto de rebite, uma camiseta rosa, cabelos presos por uma “piranha” e sem maquiagem. Ele começa a ouvir rock e então ela pergunta:
    - O que você esta ouvindo?
    - Love Song do AC/DC. Diz ele tirando um dos fones de ouvido.
    - Posso ouvir também? Pergunta ela com uma voz calma.
    - Ok, me deixa voltar do começo.Diz ele tirando o aparelho do bolso.
    Ele então passa um dos fones pra ela e os dois ficam ali de rosto colado ouvindo aquela música romântica, até em que certo momento os olhares se encontram, o que é acompanhado pelas mãos que inconscientemente se juntam, os rostos ficam mais perto “... and I know what you want me to do...” até que os lábios se encontram, os olhos se fecham e se inicia um momento intenso que é conhecido como o primeiro beijo, momento esse que faz alguns segundos parecerem uma eternidade, até que num sobressalto os dois se separam com seus corações disparados.
    - Me desculpe Anna, eu não sei o que me deu, perdão. Disse ele um pouco ofegante.
    - Nada não, a culpa foi minha também, nós apenas nos deixamos levar. Concluiu ela."
     
  2. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    além da pontuação?
     
  3. imported_Alan

    imported_Alan Usuário

    É, obrigado pela observação, corrigi alguns pontos, o que mais além disso?
     
  4. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    bem, vc pediu, então agora aguenta...

    1º, ainda na pontuação:
    Nesse dia, naquela praça, só estavam os dois: ele a ler um livro e ela a estudar para uma prova de matemática.
    ...
    - Love Song do AC/DC - diz ele tirando um dos fones de ouvido.
    - Posso ouvir também? - pergunta ela com uma voz calma.
    - Ok, me deixa voltar do começo - diz ele tirando o aparelho do bolso.
    ...
    - Me desculpe, Anna, eu não sei o que me deu, perdão - disse ele um pouco ofegante.
    - Nada não, a culpa foi minha também, nós apenas nos deixamos levar - concluiu ela.

    2º, há mta repetição de pronomes, oq particularmente atrapalha na fluidez e ritmo. tente contar qtos ele, ela, seu, sua, seus etc. aparecem apenas neste trecho. imagina então em uma página, um livro! isso torna o texto cansativo. vc pode dizer q isso é o coração do seu texto, mas há alternativas menos repetitivas.
     
  5. Vail Martins

    Vail Martins Usuário

    Olá...

    Verdade... o JLM está certo... tem muito pronome, o que quebra um pouco o ritmo e dá um ar meio distraido ao conto.
    Tente para evitar o uso repetitivo de pronomes deixar ele implicito. É fácil de fazer isso principalmente quando há um verbo ali por perto na pessoa que você precisa usar.

    Às vezes, também, num diálogo, quando está bem claro quem está falando o quê, pode-se omitir o nome ou o pronome.

    Se seus personagens já tiverem um nome, tente usá-lo de vez em quando também. Isso te poupa alguns pronomes e ainda (acho) ressalta e vai marcando a personagem na mente do leitor como uma pessoa/personalidade real.

    O JLM também está certo quanto a pontuação.
    Quando você pegar o jeito e ver como uma pontuação bem feita é uma ferramenta das boas vai poder brincar com todas as possibilidades delas e usá-las para ressaltar seu texto.
    Eu pessoalmente acho que a maneira que se lidar com a pontuação, principlamente esses sinais de pausa tipo virgula, pontos e tudo o mais podem fazer parte de um modo bem pessoal de escrever que pode até fazer parte de seu estilo particular.

    Espero ter ajudado.
    Quando estiver completo seu conto poste por aqui.
     
  6. imported_Alan

    imported_Alan Usuário

    Obrigado, por suas analises críticas, me ajudam muito a melhorar os meus poucos escritos, isso pra mim é importante por que sou um amador nessa arte.
     
  7. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    todos somos amadores, alan. mas ñ impede de trocarmos figurinhas, ñ?

    qto ao uso das virgulas, principalmente em diálogos, procure decorar oq são aposto e vocativo. geralmente é onde se peca +.
     

Compartilhar