1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Transexualidade - BBB, SUS, cotidiano, etc.

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Castiel, 11 Jan 2011.

  1. Castiel

    Castiel Angel of the Lord

    Às vésperas da entrada de um homem transexual no Big Brother Brasil, a rede pública de São Paulo informa que mulheres transexuais poderão fazer cirurgia para retirada do útero pelo SUS. A resolução é aprovada pelo Conselho Federal de Medicina. (O Globo)

    Trago algumas propostas de discussão em cima disso...
    A sociedade brasileira, que lida com dificuldade com a homosexualidade, está preparada para ter um transexual em um programa de grande audiência e alcance? A produção já informou que os participantes não serão avisados sobre a condição da participante transexual, Ariadna. E se rolar envolvimento dela com algum dos participantes? É falta de respeito à individualidade? É uma boa iniciativa?

    E quanto à operação? Serviria como incentivo à mudança de sexo? E no caso de arrependimentos?

    Enfim... qualquer discussão para pensarmos o tema socialmente é bem vinda!
     
  2. deurost

    deurost Usuário

    um tema difícil de ser abordado com certeza, ainda mais que hoje se confunde uma opinião contraria com preconceito, acho a meu ver que não trarar lá grandes reflexões para a sociedade brasileira.
     
  3. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    mas que iria ser engraçado um cara pegando uma transexual em rede nacional sem saber que bebe fanta na garrafa de coca
    isso iria
    iasuhiashuasuihaisuhauihauihaiuhasi

    caberia até mesmo um processo sobre danos morais pra cima da globo que não avisou dos "perigos" que ali se escondiam

    kkkkkkkk
     
  4. Castiel

    Castiel Angel of the Lord

    Mas ali não se esconde mais nada, beorzenni. hehehe
     
  5. CaiÒ.ó

    CaiÒ.ó Usuário

    caberia até mesmo um processo sobre danos morais pra cima da globo que não avisou dos "perigos" que ali se escondiam

    kkkkkkkk

    /euri '-' saUSHAushaushaUH



    Mas mesmo que ali não se esconda nada, já foi um homem, e acho que por se tratar de algo público, como um programa de Tv, os participantes deveriam saber...

    Acho que a Globo deve ter criado contratos muito bem elaborados para os participantes, pois eles com certeza esperam os processos rsrs. Mas sei lá, isso se for tudo verdade mesmo ( eu sou um dos que acham que BBB é tudo combinado rsrs, mas como nada foi provado, irei me calar sobre isso =X)

    Acho que vai ser interessante. O Brasil realmente é um país EXTREMAMENTE preconceituoso, isso ninguem pode negar '-', seja contra os homosexuais, por estilos de música ( emos, etc), pelo estilo de vida da pessoa ( rockeiros, pagodeiros, góticos, otakus), seja pela condição fisica da pessoa ( gordos, magros, altos e baixos), etc... Ver um transexual ganhando 2 milhões ( é esse o prêmio???), seria interessante hahaha xD


    Tenken :lily:
     
    Última edição: 11 Jan 2011
  6. Oakenshield

    Oakenshield Usuário

    Se o "cara" não tem mais o orgão masculino, e sabemos que a transexualidade tem muito a ver com o psicológico do indivíduo, sei la eu até que ponto é certo dizer que ainda é um "homem" o_O

    Não estou sendo hipócrita ao dizer que não tenho nenhum tipo de preconceito, muito pelo contrário..

    Mas não acho que esse tópico continue sério e sem piadinhas por muito tempo rs
     
  7. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Vamos deixar o tópico pra discussão séria e evitar piadinhas, né, macacada? :g: Pras piadinhas criem um tópico "Humor à SBT" :hanhan:

    Depois da edição do BBB eu volto aqui pra dar minha opinião.
     
    Última edição: 11 Jan 2011
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    ai meu Deus...
     
  9. Amanda Lee Liu

    Amanda Lee Liu Bééééhh

    Sinceramente não acho que a Globo tenha qquer obrigação de informar os participantes sobre a orientação sexual da Ariadna... Afinal é direito DELA permanecer nessa condição.

    Se ela resolver ficar com algum homem dentro da casa, a decisão ainda é dela de contar ou não, e se não contar, o desrespeito seria dela e não da emissora... afinal se numa balada vc (homem) ficasse com uma transsexual sem saber, processaria o estabelecimento? :think: Acho que nada haver né hehehe

    Achei bem legal a iniciativa da globo de colocar participantes de todos os tipos, mistura de religiões, raças, etnias, culturas e orientação sexual tb, pq não? Sem dúvida o Brasil ainda é um lugar rodeado de preconceito em relação ao grupo GLBTT, de todos os níveis, mas acho que quanto mais isso for divulgado como algo "normal" e não uma "doença ou desfunção biológica/psicológica" mais fácil será acabar com todo esse preconceito ridículo. :yep:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Preparada a sociedade nunca está, né, e a graça toda é essa: por mais que teorizemos, não dá pra prepararmo-nos pra maioria das situações que enfrentamos, como indivíduos ou sociedade. É muito válida a intenção do programa, mesmo que indireta, em dar visibilidade aos tipos "diferentes", mas que são facilmente encontrados em qualquer ambiente, seja ele numeroso ou não. Desse jeito tira-se o véu da noiva e acaba-se com o mistério acerca dessas pessoas, que são tão distintas e, ao mesmo tempo, tão "nós".

    Vejo essa situação como trabalhar com metal. O ferro, por si, é rígido e bruto, cheio de pontas e arestas que podem machucar ao toque; então vem o BBB, catapulta temas polêmicos e age como uma fornalha, deixando o metal ardente e maleável. Então entramos nós, os artífices, que através do debate ou do silêncio fazemos o que quisermos com nosso pedaço de ferro... Podemos martelá-lo até ele virar uma bela escultura (e tiramos seu ar neandertal), uma espada (e com ela ferimos quem ameaçar nossa integridade ou dignidade) ou ficamos inertes, deixamo-lo esfriar como veio e saímos os mesmos de brasas modificadoras (a pior opção).

    Enfim, é muito válido sim, tira da sombra algo que está lá, sempre esteve cá e que só assusta porque vemo-lo deturpado pelo receio. :yep:

    Esse argumento é furadíssimo. Seria um incentivo àqueles que sentem a necessidade de mudar de sexo e nunca tiveram condições de fazê-lo. A cada 30 mil garotos nascidos 1 é transexual Male to Female (tipo a Ariadna) e entre 100 mil garotas nascidas 1 é transexual Female to Male (não tenho um exemplo brasileiro agora... Mas é homem que nasce no corpo de mulher), então se tu tiver nessas estatísticas a resolução do SUS vai te estimular à busca da felicidade e realização; se não, será indiferente pra ti.

    Não é porque o SUS faz gratuitamente cirurgia de vesícula, por exemplo, que vou lá tirar a minha. Só tiraria se tivesse problema, se minha vesícula precisasse ser removida, e o mesmo se aplica à "mudança de sexo".

    É, vocês não acharam mesmo a Ariadna uma mulher passável... :lol:

    Seguindo sua lógica, se o BBB não fosse público ela poderia manter oculto este segredo sem maiores percalços? Se você estivesse na casa, como agiria com Ariadna sabendo que ela foi transexual? Tenha em mente que ali, pelo ambiente pequeno, blá blá, as pessoas TEM que conviver, e hora ou outra vocês TERIAM que interagir...

    Agora se põe no lugar dela ao ter que conviver com pessoas que possivelmente a chamariam de traveco e outras coisas ainda menos educadas se soubessem de sua história, mesmo contigo se sentindo mulher desde que nasceu e tendo feito, enfim, a cirurgia de readequação... Você contaria e correria o risco de ser estigmatizado de algo que nunca foi, e que muito menos agora é? Que homem se aproximaria de ti sabendo que tu nasceu com piru e agora tem vagina?

    Não acha melhor eles verem a guria como a mulher que ela lutou tanto pra ser para, quando saírem da casa e souberem do histórico da menina, decidirem se deixarão se levar pelo preconceito enraizado ou se conseguirão suplantar isso e continuarão a ver a guria como ela realmente é? Qual opção seria mais mentalmente saudável?

    E, sinceramente? Eu não julgaria nenhum cara por ficar com uma guria que passou pelo processo de mudança de sexo. Ele se atraiu pelo feminino dela, como todo cara heterossexual se atrai pelo feminino de suas parceiras, então ele continua a ser hetero. A diferença entre uma trans e eu, por exemplo, é a idade que nos tornamos mulheres. Tem muita moça bem mais andrógena que qualquer uma dessas trans que apareceram na TV... :think:

    Este é meu <3 nolyon <3, super eloquente e sincero! Concordo contigo, Pimzinho, se a pessoa pensa como mulher, operou, trocou de sexo na certidão de nascimento, é mulher, fim. Rotular como "homem" seria o ato de extremo preconceito e fadaria a pessoa aos danos morais, prejudicaria na hora de procurar emprego, ou seja, fod*ria com a vida de quem só quer ser uma pessoa comum.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  11. Amelie

    Amelie Usuário

    Concordo com tudo o que você disse.

    Não gosto de assistir BBB, mas eu espero que esse sirva para ajudar as pessoas a entederem que Transexual não é o mesmo que homossexual. E por ser um assunto que vai ser bastante comentado quem sabe as pessoas diminuam um pouco o preconceito. (não custa sonhar)
     
  12. Oakenshield

    Oakenshield Usuário

    Lindas e sábias palavras ^^

    Alguém se considerar homem ou mulher tem mais a ver com o que essa pessoa sente dentro de si.. E não com características físicas apenas.. =T
    Se uma pessoa se apaixonar por alguém do mesmo sexo, o importante é amar verdadeiramente, o resto é bullshit. ^^
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Castiel

    Castiel Angel of the Lord

    O programa, por mais que digam ser armado, também é um bom termômetro da sociedade. Acho que, no tom certo, pode ajudar a desmistificar muita coisa, não só sobre sexualidade. Óbvio que ninguém também assiste BBB numa vibe Mamãe Ganso, querendo tirar moral da história... hehehe Mas acho que alguns conceitos podem ser trabalhados subjetivamente sim! :)


    Concordo totalmente. Meu questionamento foi hipotético até.
    Mas você não acha que em alguns casos pessoas sem o "transtorno de identidade", homossexuais "comuns", poderiam arriscar a cirurgia? Às vezes não é o caso de se sentir mulher e o ser desde o nascimento (psicologicamente), mas tão somente o querer ser. Principalmente no que tange ao sexo. Pode acontecer?

    Pelo que vi hoje ela tá querendo abrir pro Igor.
    Sinceramente... acho que quando descobrirem a coisa vai ser braba. E dependendo, ela vai ficar super arrasada. Não creio que os brucutus da casa vão levar numa boa terem dançado com ela, tratado-a como mulher e depois saber que ela foi homem biologicamente.

    Acho também que tem o fato de sabermos a condição dela. Duvido muito mesmo que se ela entrasse no programa super anonimamente (sem fotos pipocando) alguém sacaria que ela é transexual.
     
  14. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Claro que poderiam, Cast, porém elas não passariam pela triagem.

    Antes de fazer a cirurgia a pessoa tem que fazer 2 anos de psicoterapia justamente para afastar outras possíveis causas do desejo pela operação, como depressão, busca de uma vida "mais fácil" de um homem homossexual, travestismo ou seja lá o que mais for diagnóstico diferencial pra transexualidade. :lol:
     
  15. Respondendo à Pim no tópico anterior.
    Loiras pra mim só servem pra amigas, e PONTO.
    E Transsexo é homem ainda e PONTO.
    Convivo com eles numa boa, até chamo pelo nominho de mulher, viro amigo íntimo, mas nunca, JAMAIS, vou me envolver com um. Se for pra pegar ex-homem, pego um HOMÃO BOMBADO MUSCULOSO!
     
  16. Maria Pretinha

    Maria Pretinha Usuário

    :shock:

    Que preconceituoso!!!!

    Uma coisa é você não querer pegar, outra coisa é negar que eles viraram sim, mulheres. Talvez um tipo de mulher que não te atrai, mas ainda assim uma mulher.

    Não é "nominho de mulher" é nome com registro civil, carteira de identidade e tudo. Ela não tem útero, mas também não tem mais próstata. E fisiologia para definir sexo já morreu. Mesmo falando-se fisiologicamente, já é aceito pela medicina que, dependendo dos hormônios aos quais os fetos são submetidos durante a gestação, é possível que a criança nasça com o corpo masculino e um cérebro feminino. Fisiologicamente feminino. E aí o quê? O cérebro é de mulher corta o pinto, faz uma vagina, e ela não é mulher?

    Uma mulher que tem o útero retirado por algum motivo não é mais mulher?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  17. Já disse que não é preconceito, simplesmente não me atrai.
    Não sou machista, muito menos homofóbico, tanto que tenho amigos gays, amigos muito íntimos por sinal, e também amigos travestis e transsexo.
    No entanto minha opinião não muda.
    Acho que não se deve ir contra a natureza, é só isso... Tipo, cada um tem direito de fazer o que quiser, ter a opinião que quiser... Assim como acho que transsexo ainda é homem, não gosto de loiras como namoradas, ficantes ou casuais.

    Simplesmente acho que sim, podem ser mulheres no psicológico, mas se nasceram com a carga masculina, é porque algo, ou alguém quis assim (leia-se Deus, diabo, Odin, Budda, Força superior), e não sou religioso, mas acho que ir contra isso, é ir contra o destino.
     
  18. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Mas se você for nesse de 'ir contra a natureza', você vai ter que ser anti-homossexual, que não me parece ser o caso. Você teria que dizer de que 'natureza' você está falando.
     
  19. Maria Pretinha

    Maria Pretinha Usuário

    Ok, vamos por partes.

    O preconceito se manifesta de inúmeras formas. Não é porque você aceita e os inclui no seu convívio que você não tem preconceito. Um exemplo da minha vida: tenho um grande círculo de amigos, nos conhecemos desde quando cada um tinha por volta de 15 anos, viramos amigos antes de as orientações sexuais serem definidas. Um dos meus amigos, doravante denominado H. (hihi), já tinha se descoberto gay quando tínhamos por volta dos 16 anos, mas ele só se assumiui completamente gay por volta dos 20 anos. Muitas pessoas não gostaram. Ninguém deixou de ser amigo dele, mas as coisas mudaram. Muitos dos preconceituosos optaram por ignorar a parte gay do H. Eles continuaram saindo com ele, conversando com ele, mas se acontecia dele ir contar sobre um cara que ele estava ficando eles saíam de perto ou mudavam de assunto.

    A ausência do preconceito passa também pelo respeito, pela comprensão, pela aceitação e não julgamento. A partir do momento que você diminui o modo como eles constroem sua identidade (com o "chamo pelo nominho de mulher") você está, sim, sendo preconceituoso.


    Claro que você tem o direito de não se interessar e de nunca considerar como uma opção de relacionamento para você, como eu já disse lá em cima. Você tem o direito de não gostar de loiras, assim como tem o direito de não gostar de transexuais. Agora, este argumento de ir contra a natureza é a maior falácia do universo. Fazer um tratamento de fertilidade é ir contra a natureza? Pintar o cabelo? Fazer uma tatuagem? Fazer uma cirurgia de silicone ou corretora de orelhas de abano? Outra, já foi discutido aqui no forum, homossexualidade já foi comprovada em várias óutras espécies de mamíferos. Ela é sim uma coisa natural.

    Claro, o transexualismo é uma coisa muito maior e que extrapola tudo, mas pra mim, o natural do ser humano, é que o gênero é mais uma construção do que uma questão biológica. Grande parte do que define hoje um homem ou uma mulher são questões sociais e comportamentos muitas vezes ditados pelo pensamento racional, controlado pelo cérebro. Pra mim, o que é natural é o que faz sentido pra você. E, se seu cérebro é feminino, um pinto não faz sentido. E a natureza não é perfeita, a natureza erra. Existem sim mulheres que nasceram "presas" em corpos de homens.

    Recomendo ver este vídeo, que fala sobre crianças transgêneras. Aí dá pra ver mais claramente que, às vezes, não é uma escolha, e, para essas crianças, é sim natural.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Agora, falar em determinismo divino ou é covardia ou é ignorância.
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  20. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Bom, não acredito em determinismo divino, mas na racionalidade da natureza, portanto, creio sim em uma anti-naturalidade do ato sexual sem fins procriativos. Daí resulta indiretamente a antinaturalidade do homossexualismo pra mim, mas isso não quer dizer que eu tenha preconceito contra gays. Tenho vários amigos gays e eu respeito sua opção assim como eles respeitam minha opinião.

    Mas isso já muito off-topic.
     

Compartilhar