1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia (Bring Me the Head of Alfredo Garcia, EUA/México, 1974)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 26 Jul 2014.

?

Sua nota para o filme:

  1. 10

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    0 voto(s)
    0,0%
  3. 8

    0 voto(s)
    0,0%
  4. 7

    100,0%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Sinopse: Alfredo Garcia engravida a filha de El Jefe (Emilio Fernández), um latifundiário mexicano, que, indignado, oferece um milhão de dólares pela sua cabeça. Bennie (Warren Oates), um fracassado pianista norte-americano, acaba conseguindo a cabeça com a ajuda de Elita (Isela Vega). O problema agora é escapar dos outros caçadores de recompensa e finalmente entregar a "encomenda" a El Jefe.

    Direção: Sam Peckinpah

    Elenco: Warren Oates, Isela Vega, Gig Young, Emilio Fernández, Kris Kristofferson

    Trailer
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Curiosidades:

    - Banido na época de seu lançamento na Argentina, Suécia e Alemanha.

    - Warren Oates inspirou-se em Sam Peckinpah para compor seu personagem. O ator inclusive pegou emprestado os óculos escuros do diretor.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Aí alguém pensaria: quais são os limites temporais para um filme de faroeste? Você tinha "Sua Última Façanha" e "Caçada Humana" que se passavam na época em que foram feitos, 1960, com os elementos sociais de então. A figura do xerife reforçada na série "Dirty Harry", o estranho que faz justiça numa terra sem lei em "Conspiração do Silêncio", o estranho que busca resgatar o equilíbrio em "Onde os Fracos Não Têm Vez", o estranho que precisa se posicionar moralmente em "Busca Sangrenta" e "El Mariachi", o fascínio quase hagiográfico pelos criminosos em "Os Implacáveis"... Peckinpah conseguia fazer essa ligação entre o Western do passado, onde o posicionamento moral era "escrito na pedra" - aliás, seu primeiro trabalho, "O Homem que eu Devia Odiar", é um dos que representam a marca do revisionismo histórico do gênero - com o presente - "Alfredo García", "Comboio", "Elite de Assassinos" não existiriam sem o niilismo que marca o século XX.

    BTW, Morfs, valeu por esse post. Acho que vou fazer uma maratona de Peckinpah em casa. :D
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1

Compartilhar