1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Traduções Erradas e Rimas!

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Ravanoc, 18 Nov 2008.

  1. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Em muitos trechos são citados pequenos poemas cantados pelos personagens do mundo fantástico de Tolkien.O exemplo mais claro de um cantor freqüente é Tom Bombadill, com suas canções sobre Fruta D'Ouro, sua esposa, e outras coisas.Não só ele, mas uma série de personagens tem o hábito de cantar, durante trilhas (principalmente).Não só essa questão, mas também a discutida
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , sobre um personagem (Beorn), está má traduzida.Isto é um problema que não só ocorre nos livros de Tolkien; cuja tradução foi feita com atenção especial.Acho que em obras de qualquer autor isto pode acontecer.

    A questão é que, na maioria das vezes, as canções não rimam.Há canções, como a de Eärendill, que rima, e muito bem cantado; por outro lado, sendo um exemplo, temos a tradição élfica.

    Um Anel para todos governar, um Anel para encontrá-los.
    Um Anel para todos trazer e na escuridão aprisioná-los.

    É nítido que há rimas que possuem sentido.Porém, em algumas traduções, as quais não achei nenhum exemplo, existem traduções erradas.O negócio é que Nas obras de Tolkien, a lingua usada foi o inglês, e, nela, as rimas são feitas sem problemas.Ao traduzirmos os poemas ou pequenas canções dos personagens, como a pronúncia das palavras é outra, esta rima fica perdida, sem sentido, sem som.Isso não prejudica a leitura?Fui ler O Senhor dos Anéis, e no que inclui várias partes fiquei sem vontade e motivação para continuar a ler.Tinham muitas frases bonitas, porém com terminações horríveis.Traduzi-as para o inglês e elas soavam perfeitamente em harmonia!Em relação às traduções, o que podemos fazer para empolgar ou melhorá-las?Eu fiquei desapontado em continuar lendo sendo que as informações traduzidas estavam erradas.E senti desânimo ao tentar cantar uma canção dos Anões, quando vi que ela não rimava.




     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Telfor

    Telfor Usuário

    Eu concordo e respeito sua opinião sobre a sonoridade de alguns poemas traduzidos...
    Porem não acredito que quando escreveu tais poemas tolkien tenha tido em mente em especifico a sonoridade...lógico que fez todos os poemas de forma impecável para que soassem harmoniosamente... mas acredito que mais importante que o som está a mensagem que vem dentro dos poemas... através de palavras que talvez não rimem mas que traduzem de foma quase idêntica a moral da '"historia"'...

    Para aqueles que não conseguem fazer musica com os poemas devido a falta de rimas... tentem lê-las em tom de narrativa ( como se contasse uma história)... =)
     
  3. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Acho que vou fazer isso.Tentei cantá-las num tom tavernístico (não sei se existe essa palavra), e deu certo.Porém, fica meio feio, acromático, e não sei se vem a ocasião.Na maioria das vezes isso acontece.Imagine em outras obras!

    Ao menos eu concordo com sua opinião em relação ao sentido das frases; mas acho que o que Tolkien queria era ser inovador, combinar a fantasia com a sonoridade das falas; a engenhosidade com a harmonia; dizer a verdade sobre a idade média e os pensamentos COM rimas.Em relação às traduções erradas, como as do Beorn, não há problemas de canções; mas sim profundamente com o contexto.

    Até hoje, se não fosse por esta comunidade, eu pensaria muitas outras coisas sobre as obras de Tolkien devido à estes defeitos minunsiosos, que como você disse podem ser amargos, prejudiciais.Eu não gosto de coisa mal feita, mas não quero culpar os profissionais que traduziram o trabalho;pois sempre pensei que devia ser difícil e dar dor de cabeça traduzir um livro, assim como o do Senhor dos Anéis :P
     
  4. Thalion

    Thalion Mas que puxa!

    Olha cara, esse lance de traduções já foi discutido até dar calo na língua (no dedo no caso né). O melhor mesmo é ler as versões em inglês. Agora, para nós, meros mortais que não temos acesso aos livros em inglês, o negócio é esperar uma alma boa e caridosa (tipo Tilion, Deriel ou Cisne) que traduzem alguns trechos de vez em quando e a gente percebe o quanto tá mal feita a tradução (ou feita nas coxas, às pressas, pra não pisar tanto nos tradutores).
     
  5. servo de Eru

    servo de Eru Chuck Norris passa vergonha

    realmente esse negócio de tradução é complicado
     
  6. Tilion

    Tilion Administrador

    "Idade média"? Suponho que tu quis dizer "Terra-média" ali, já que não era intenção alguma de Tolkien emular a Idade Média em suas obras (até porque a Idade Média real européia não poderia estar mais longe do que é a Terra-média).

    Quanto à tradução dos poemas, nesses é necessário fazer mais concessões quanto à liberdade do tradutor do que com os trechos em prosa, visto a dificuldade inerente de se traduzir poesia.

    O tradutor tem sempre três saídas possíveis: 1) ou traduzir pelo sentido, em detrimento da sonoridade, 2) ou traduzir pela sonoridade, em detrimento ao sentido, 3) ou tentar fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Desnecessário dizer que a 3 é praticamente impossível e, quando de fato consegue-se realizá-la, há dois fatores que geralmente são constantes: 1) a similaridade das duas línguas (ex: traduzir um poema do espanhol para o português) e 2) a habilidade do tradutor, que não raro é ele mesmo um poeta.

    Muita gente costuma olhar os poemas do SdA e do Hobbit e torcer o nariz para eles, achando que Tolkien não era lá muito bom como poeta. Isso evidencia principalmente duas coisas (hoje estou numerando tudo, hehe): 1) que a pessoa leu apenas a tradução, o que por definição reproduziria a poesia de forma "inferior" e 2) caso a pessoa também tenha lido em inglês, não compreendeu o estilo poético empregado por Tolkien, o que então é uma falha do próprio conhecimento da pessoa, não necessariamente do autor.

    O fato é que Tolkien sabia muito bem o que estava fazendo (de modo bem satisfatório) ao compor os poemas. Há poemas em diversas de suas obras, não só nas principais; é uma forma literária que o atraía muito e na qual procurava se expressar geralmente através de um estilo que por definição não é familiar nem para os próprios falantes nativos do inglês: o da poesia anglo-saxã. O poema anglo-saxão Beowulf foi sua inspiração não só por diversos temas, mas também na própria forma, por seu verso aliterativo. Nessa forma de poesia, não se dá prioridade para rimas no final dos versos, mas para a repetição dos sons no início de cada palavra. Tolkien chegou escrever a própria "Balada dos Filhos de Húrin" nesse modo, mas não concluiu o poema (como de costume). Eis um trecho do poema, versos 57-77, presente no vol. 3 da HoME, The Lays of Beleriand ("As Baladas de Beleriand"):

    Coloquei uns algumas partes em negrito. Percebam como esses sons se repetem dentro dos versos. Há ainda a questão da tônica, mas não vou entrar em mais detalhes aqui, pois a coisa se alongaria interminavelmente, mas recomendo que dêem uma olhada na tradução de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    feita pelo Reinaldo "Imrahil", na qual há justamente uma discussão sobre essa forma poética.

    A tradução dos poemas do SdA e do Hobbit buscou na maior parte das vezes aquela terceira opção que citei ali em cima, a de tentar manter o significado e a sonoridade dos versos - e foi feliz em grande parte. Há poemas que simplesmente imploram para que sejam "recriados" na tradução, como as canções nonsense de Tom Bombadil, e o efeito final dessas é bem satisfatório. Das vezes em que percebi em que não há uma maior preocupação com a sonoridade, há com o sentido do poema, pois tal era de maior relevância para a história no momento.

    Toda tradução sempre será sujeita a críticas, e nenhuma será mais criticada do que a tradução de poesia. Se for para fazer uma comparação entre a tradução da prosa e da poesia do SdA e do Hobbit, a última leva uma clara vantagem, por mais defeitos (naturais) que possa ter.
     
    Última edição: 18 Nov 2008
    • Ótimo Ótimo x 2
  7. Thalion

    Thalion Mas que puxa!

    O melhor mesmo seria uma edição bilíngüe e revisada. Mas é óbvio que a MF não irá fazê-lo.
     
  8. Tilion

    Tilion Administrador

    Versão bilingüe do SdA é algo bem inviável, dado o tamanho da obra. Cada volume ficaria imenso e o preço seria no mínimo o dobro do que já é hoje.
     
  9. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    È interessante esses problemas com tradução, eu tento sempre relevar e pensar que não esta batendo a rima(em qualquer livro) por causa da tradução.
    Uma coisa que eu andei pensando, nos poemas élficos, que no caso seria a lingua em que o poema foi escrito, será que a tradução para o inglês não ficaria estranha tambem?!
     
  10. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Eles foram feitos no élfico e depois passados ao inglês e depois para o português!Puxa!Aí sim estamos enrrascados com as traduções.
    Obrigado pelo post, Tilion.Gostei dele.E parabéns pelo prêmio :joy:
     
  11. Tilion

    Tilion Administrador

    Na verdade, dado o estado de "mutação" e refinamento constantes dos idiomas élficos, o mais lógico seria Tolkien ter como base o poema em inglês e só depois passá-lo para o Quenya ou Sindarin, lapidando a versão conforme ela ia sendo escrita.

    Quanto ao "prêmio", não ganhei nada, só fui indicado pelo ALF. =]
     
  12. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Fica coerente deste modo.De qualquer jeito, será que isso é inevitável da literatura ou problema profissional?Vejam bem, podemos ter um poema facil de se traduzir e um profissional ruim; assim como um profissional experiente e um poema como os de Tolkien, árduos de se trabalhar.
     
  13. Sir Mordrain

    Sir Mordrain (Sããr Mórrdæïn)

    Não creio que seja incompetência profissional não.
    É claro que existe, mas não é esse o caso.

    O problema esta tão somente pelo fato de ser outra língua, e conseqüentemente, outras palavras. Então muitas vezes o tradutor fica em um dilema: Preservar o conteúdo ou a rima? Isso é bem mais complexo do que parece.

    Se vc ler o texto que o Tilion indicou, a tradução que o Reinaldo fez, leia prestando atenção nas notas de tradução. Aí vc terá uma breve idéia de como existem situações em que não é simplesmente pegar o dicionário e traduzir. É preciso levar em conta todo o conjunto da obra.
     
  14. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Entendo, entendo.Deve ser complicado e trabalhoso, com base nas discuções e nos fatos em si e na prática da tradução, ser um tradutor.Somente pelo fato dos povos terem suas respectivas línguas e estas possuirem sonoridades diversificadas.
    Que dor de cabeça!
     
  15. Vilya

    Vilya Pai curuja, marido apaixonado

    Só para reforçar, esse
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    nos leva a um dos materiais mais preciosos disponíveis aqui na Valinor. Quem não salvar o PDF no computador é bobo, feio e nhaquento :mrgreen:

    (É SÉRIO!)
     
    Última edição: 19 Nov 2008
  16. Sir Mordrain

    Sir Mordrain (Sããr Mórrdæïn)

    Ao cubo.
    Quem lê meus posts sabe que eu faço apologia a isso.

    O meu está até impresso organizadamente, separado em partes e etc.
    As vezes dá até vontade de pagar ao Cisne, pq ele merece.
     
  17. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Tive o mesmo problema em traduzir o trecho de motivação em que Aragorn cita para os seus guerreiros nos portões de Mordor e o trecho em que o Rei Theoden fala aos seus guerreiros, citados aqui na Valinor (não é canção ou poema).

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ... mas transmitir para o português com fidelidade a excência do que o autor quis é complicado...tem outra questão entre as pequenas diferenças do inglês britânico e o inglês americano, e vai da interpretação do esquema de revisão das editoras, a dificuldade está em relacionar rima com as palavras em português em seu contexto, não rima, daí as editoras com seus redatores mudam as palavras e acaba acontecendo que muda o sentido do poema ou canção, como já peguei livros de Tolkien de editoras que mudaram a versão quase que por completo do que o autor quis transmitir, não tinha nada a ver com o original. O melhor mesmo é ler em inglês de preferência britânico, puxa até nem me toquei será que não existe uma edição de Tolkien de alguma obra dele em élfico? Complicado...imagina se já sai berrações do inglês para o português, imaginem do élfico para o português ou inglês???!!!
    Parabêns pelo tópico, pela sua observação.
     
  18. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    A essência dos poemas de Tolkien eram a combinação dos artefatos e acontecimentos fantásticos somados à rima, a peculiaridade do som.Já que não é possível fazer a tradução certa do contexto somados à rima, o poema perde seu valor; pena que isto é meio insolúvel, a não ser que equilibrássemos as forças, como dito pelo Tilion.Ou preservamos o contexto ou preservamos a rima.No inglês, os dois são preservados; porém na tradução isto se perde.
     
  19. Tywin Lannister

    Tywin Lannister Já fui Nómin e Baldwin

    Cá em portugal não é assim não...

    Um anel para todos dominar, um anel para os encontrar
    Um anel para a todos prender e nas trevas os reter


    One ring to rule them all, one ring to find them
    One ring to bring them all and in the darkness bind them

    Rima :mrgreen:
     
  20. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    Nome próprio não deve ser traduzido não é?!
    Então, eu estava lendo A Casa Negra, e apareceu Anjos do Inferno, o que seria referente aos Hells Angels, um clube de motoqueiros, um pequeno erro, mas para quem não conhece, iria passar batido.
    (não sei se tem problemas comentar erros de tradução de outros livros aqui :P)
     

Compartilhar