1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Os anões quando mataram Elwë e atacaram Doriath levaram o Nauglamír com eles? Se levaram... Pra que voltraram pra matar Dior Elúchil, que veio de Tol Galen para governar Doriath?... Isso quer dizer que Dior Eluchil ficou com o Nauglamír então, não? Como os anões mataram Elwë pelo Nauglamír e foram embora sem ele? Alguém pode esclarecer essa dúvida pra mim por favor? :think:
     
  2. Eldarwen

    Eldarwen Usuário

    Eh, kct, é até dificil de ler o post com tanta pergunta junta. Mas vamos lá.

    Acho que eles mataram Thingol e foram para as minas pegar os tesouros e talz, daí veio Dior para defender Doriath, mas foi morto também. No mesmo dia.

    Ou então existe essa possibilidade : foram os anões que fizeram o colar lá em Doriath, então eles devem ter ficado um tempo lá dando tempo para Dior chegar.

    Tipo, eu tenho certeza que em uma das respostas eu viajei legal. Mas uma delas acho que chega pelo menos bem perto da verdade. :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
     
  3. Láthspell

    Láthspell Usuário

    Quando Thingol foi morto, Melian entregou o Nauglamir para que Mablung o guardasse e enviasse notícias rapidamente para Beren e Lúthien, em Ossiriand. Após isto, desapareceu da Terra-Média, voltando para a terra dos Valar.

    Sem o Cinturão de Melian, Doriath ficou desprotegida, sucumbindo ao exército dos naugrim, que era numeroso e feroz. Mataram Mablung, da Mão Pesada, e levaram o Nauglamir.

    Na batalha junto ao Sam Athrad, Beren lutou e matou o próprio Senhor de Nogrod e de suas mãos arrancon o Colar dos Anões.

    Após isto, quando Dior já havia partido para Menegroth, elfos verdes vieram de Ossiriand para falar com o Rei. Entregaram-lhe um cofre, onde estava o Colar. Soube assim Dior que Beren e Lúthien haviam morrido.

    Após isto, segue a história da queda de Doriath, mas penso que sua dúvida já foi respondida.
     
  4. Sim, as partes que falam do ataque de Celegorm e Curufin eu lembro d boa. Valew
     
  5. Finrod-Felagund

    Finrod-Felagund Usuário

    eu não lembro de mais nada, pode fazer um resuminho pra mim? please, aproveitando ja o assunto do topico.
    nao to em poderes do silmarillion no momento.
     
  6. Seguinte: Beren trouxe um Silmaril de Angband junto com Luthien, pois o pai dela, Elwë Singollo (ou Elu Thingol) exigiu um Silmarillion em troca da mão de sua filha, já que isso era impossível e ele não queria mesmo que um homem desposasse sua filha. Beren trouxe então o Silmaril e deu a Thingol. Ele ficou maravilhado e chamou uns anões que iam lá de vez em quando para fazer jóias, armas etc. E pediu que fizesse a maior obra já feita, encrustar o Silmaril em uma jóia trazida por Húrin de Nargothrond, reino de Finrod Felagund, um colar chamado Nauglamír. Os anões o fizeram, mas se apaixonaram tanto pelo seu labor que quiseram tomar o Nauglamír. Lá nas forjas mesmo eles mataram Elwë.

    Um trecho do Silmarillion:


    " Então, os anões viram o trabalho dos seus antepassados e olharam maravilhados a reluzente pedra de Fëanor; e tomou-os uma grande cobiça de o possuírem e levarem para as suas casas distantes, nas montanhas. Mas ocultaram os seus pensamentos e consentiram em encarregar-se da obra.
    Longo foi o seu labor; e Thingol descia sozinho às suas fundas oficinas de ferreiro e sentava-se entre eles, enquanto trabalhavam. A seu tempo, o seu desejo cumpriu-se e as duas maiores obras de elfos e anões ficaram unidas e tornadas uma só; e sua beleza era muito grande, pois agora as incontáveis pedras preciosas do Nauglamír reflectiam e projectavam em tonalidades maravilhosas a luz do Silmaril, no seu meio.
    Então, Thingol, que estava sozinho entre eles, quis pegar-lhe e pô-lo ao pescoço, mas os anões recusaram-lho naquele momento e exigiram que lho desse, dizendo:

    -Com que direito reclama o rei élfico o Nagulamír, que foi feito pelos nossos antepassados para Finrod Felagund, que morreu? Chegou ao seu poder pela mão de Húrin, o homem de Dor-L;omin, que o tirou, como um ladrão, das trevas de Nargothrond.
    Mas Thingol compreendeu o que tinham no coração e viu bem que, ao desejarem o Silmaril, eles pretendiam apenas um pretexto e uma capa para o seu verdadeiro intento; e na sua ira e orgulho, esqueceu-se do perigo que corria e falou-lhes com desdém, dizendo:

    -Como ousais vós, de raça rude, exigir algo de mim, Elu Thingol, senhor de Beleriand, cuja vida começou junto das águas de Cuiviénen anos incontáveis antes de os pais do povo anão despertarem?

    E, erecto e altivo no meio deles, ordenou-lhes, com palavras que os envergonharam, que partissem de Doriath sem retrubuição.
    Entao, a cobiça dos anões foi transformada em raiva pelas palavras do rei; levantaram-se contra ele, puseram as mãos nele e ali mesmo o mataram. Assim morreu, nas profundezas de Menegroth, Elwë Singollo, rei de Doriath, o único de todos os filhos de Ilúvaatr a unir-se a uma Ainur; e aquele que, único dos elfos abandonados, vira a luz das árvores de Valinor, com o seu último olhar, viu o Silmaril."


    Depois de o matarem, os anões saíram com o Nauglamír e foram pra leste por Region. Mas foram perseguidos até a morte, e o Nauglamír foi recuperado e entregue a Melian, a rainha. Então ela teve presságios e foi embora, para oeste, pra viver com os Valar. O Nauglamír ficou com Mablung <<Mão Pesada>>, o qual caiu diante das portas do tesouro de Doriath em outro ataque feito pelos anões, que sem Melian entraram livremente em Doriath. O Nauglamír foi levado de novo.

    Beren e Luthien e seu filho Dior habitava a ilha de Tol Galen ainda, e receberam a notícia. Foram até Sarn Athrad (a estrada dos anões) com os elfos verdes e os atacaram. Beren pegou o Nauglamír do senhor dos anões, e diz aqui no meu livro que ele jogou o Tesouro de Doriath no rio Ascar mas ficou com o Nauglamír.

    Resumindo o final, Dior saiu então mais tarde de Tol Galen com Nimloth, sua mulher, e o Silmaril. Para lá os filhos de Fëanor Celegorm e Curufin levaram seus exércitos e massacraram Menegroth, pois o seu juramento obrigava-os a reclamar as pedras de seu pai, que lhes foram negadas por Dior. Dior, Curufin e Caranthir, assim como Nimloth, morreram. Elwing levou o Silmarillion para baixo no rio Sirion, e foi habitar com Círdan nas bocas do Sirion. Eärendil a tomou como esposa depois velejou para oeste pra rogar perdão dos Valar. Ela se jogou no mar mas foi salva por Ulmo, que a transformou numa ave. Ela achou Eärendil perdido no seu barco tentando voltar, e eles prenderam o Silmaril na proa do barco, e rumaram para oeste de novo, até chegarem em Valinor... Aí é outra história.

    Respondi sua pergunta? :D
     
  7. O trecho do Silmarillion foi colocado em portugês de portugal, portanto algumas palavras que podem parecer erradas estão corretas, sim. :wink:
     
  8. Heceldamar

    Heceldamar Usuário

    Reflectiam? Projectavam? :lol:

    Me lembra quando eu li "As Aventuras de Tom Bombadil" no português de Portugal. Era mais risada do que leitura. :mrgreen:
     
  9. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    tosco é uma palavra q representa bem esse momento....
    eu tb dei boas risadas, mas a situação era muito tosca.... :eek: :tsc:
     
  10. Eu avisei, é o Silmarillion Europa-América, em português português, não brasileiro., hehe :D
     

Compartilhar