1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tolkien vs. outros escritores

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por SteelosO, 27 Set 2003.

  1. Chester Cubano

    Chester Cubano Chester_Cubano

    Eu gosto dos dois...
    E pra mim nao tem melhor nem pior, os dois sao bons e merecem respeito...
    As duas historias sao inteligentes e tem muita fantasia...
     
  2. NightRaven

    NightRaven Banned

    Exatamente....o povo tem mania de argumentar/ou criticar errado. Mas isso vale pros filmes do SDA também, me lembrei logo de gente que não gostou por que que Frodo e Sam são gays ou pq uma "árvore fala"(Odeio quando falam merda de algo do SDA, se não gosta de fantasia é melhor nem assistir ou ler).

    Isso é argumento?

    Eu não gosto de Harry Potter(não li os livros) por que além de ser meio infantil, não gosto da mistura da realidade e ficção...tipo, eles são da Inglaterra(realidade) e vão atravessando(ficção) uma parede para ir num trem(realidade) e pra ir a escola de magia(ficção)...além do carro que voa e etc...Eu gosto de separar fantasia da realidade! Tipo, aqui é a Terra-Média e aqui pode acontecer de tudo, mesmo que você não goste. Mas isso é gosto meu. Isso não dismerece obra nenhuma.

    É melhor ler algo do que não ler...
     
  3. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    falou tudo!!!!!
    e p/ poder criticar o livro é necessário lê-lo!!!!! :roll: :wink:
     
  4. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Hmmm... Joy joy, preciso que você me esclareça algumas coisas...

    Sabemos que Rowling tem a pretensão de escrever sete volumes (acho), um para cada ano letivo escolar da Inglaterra.

    Sendo uma criança de... deixa ver... dez anos apta a acompanhar o primeiro livro, o último volume teria de vir quando a criança tivesse dezessete anos...

    O que me encuca este tempo todo é que lendo o primeiro volume, ela assume a posição de narrador onisciente, e não a do garoto HPotter. Ou seja, todo mundo que é babaca no primeiro volume vai continuar caracterizado daquele jeito maniqueista daqui a sete anos.

    E vendo por cima alguns dos livros seguintes, o narrador onisciente se mantém... o diferencial é que o número de páginas aumenta.

    Me assusta que pouco antes de entrar para o college um jovem ainda esteja lendo coisas desse nível. :think: (pretensão da escritora e não algo que está sendo utilizado pelo sistema educacional britânico, claro.)
     
  5. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    E você quer que eu esclareça o quê? :eek:
    Eu não concordo que gente com mais de 15 anos venha me falar de boca cheia que leu o último livro do Harry Potter como quem leu Umberto Eco. Tenho ainda a teoria que a obra sofreu um processo de "infantilização" quando foi traduzida aqui no Brasil (a Glorwendel pode falar mais sobre isso :wink: ).

    Mas eu só acho que uma comparação entre Tolkien e Rowling não é viável quando entra na questão de "personagens semelhantes", "plágio", etc. No mais, eu posso dizer que não colocaria um Senhor dos Anéis nas mãos da minha sobrinha de dez anos *ainda*, mas já poderia pensar em colocar O Hobbit. Se estamos falando em autores, ambos de alguma forma escreveram algo mais infantil. A diferença é que Tolkien evolui (amadurece) e a Rowling, como vc apontou, fica estagnada.

    Hum, aqui eu dei minha opinião geral sobre o assunto, depois que vc me explicar o que quer que eu esclareça eu prometo tentar esclarecer :obiggraz:
     
  6. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Mais na parte que uma criança que começa a ler coisas do volume de HPotter dificilmente vai continuar a ler novelinha quando estiver para entrar no college. :wink:

    Ou é...? (já vi uma moça da graduação que acha estórias da Sabrina e Bianca profundas :eek:) Aí que entro em parafuso.

    Como só vi acontecer com fotonovelas, água-com-açúcar e anime-mangá, fico meio em dúvida se o mesmo efeito pode acontecer com HP... :think:

    (desculpa por não fazer a pergunta direito... putz jurava que tinha posto a pergunta no final do post... :eek:)
     
  7. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Eu não duvido que continuem a ler, mesmo porque é só levar em conta que tem uma marmanjada que lê Harry Potter e adora. A única coisa que preocupa (e de verdade mesmo) é que a pessoa com seus 17, 18 anos leia Harry Potter com outro intuito que não o de apenas se divertir. E que quando venha alguém falar que o livro tem a profundidade de um pires, arrume uma discussão inflamada (e normalmente sem bons argumentos) sobre a profundidade dos livros da Rowling (a gente pode ver isso nesse tópico mesmo, não?).
    Profundidade encontramos em Goethe, Dante e afins. Enquanto um leitor não conseguir traçar a diferença entre uma boa história e boa literatura, dá para dizer que ele ainda não é um bom leitor :anjo:
     
  8. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Ditto. HP tem personagens completamente diferentes e uma história ao aveso de SdA. O Caso é que HP foi escrito com um público-alvo diferente dos livros de Tolkien, o que faz com que o estilo de escrita, personagens e coisas do tipo sejam diferentes.

    Exato. Apesar de tudo ser legal, da narrativa ser boa e os personagens carismaticos continua sendo uma obra meia feita superficialmente.
     
  9. Ray

    Ray Lockheart

    O que acontece é que as pessoas que lêem Harry Potter, por causa da já mencionada 'falsa concorrência' ocasionada pelos filmes, vai inevitavelmente ler Senhor dos Anéis. Dentre os que conseguem existem os que preferiram, os que não preferem, os que desgostaram e os que não conseguiram passar do quinto capítulo XD. Como todo livro.

    Mas existem entre esses os que se indignam e resolver colocar as obras juntas. HP é divertido, mas não é uma obra profunda. O que não é um necessáriamente erro, considerando o público-alvo. ^-^
     
  10. Arthon

    Arthon Usuário

    To Say Goodbye To Yesterday...

    Me fez lembrar do meu amigo que adora HP tanto quanto SdA, e que tenta me convencer que ambos são igualmente bons! :x

    Pode até ser no ponto de vista de uma criança de 10 anos, ou alguem que não entende a profundidade de Tolkien.

    O pior é q ele leu HP com 20 anos!! 8O 8O

    Agora imagina ler o ultimo livro da serie com sei la... 25 anos (argh!)
    Não que seja exatamente o que eu penso... do livro ser voltado ao publico infantil... Mas acho q é essa a intençao da autora, de atrair o público jovem começando da primeira série! 8O

    Chega... já vi que isso vai dar polemica pra mais umas 5 paginas nesse tópico! :( :mrgreen:
     
  11. Fory

    Fory Usuário

    Re: To Say Goodbye To Yesterday...

    Pior é que nem leu e fica criticando o que não conhece.

    Mas chega mesmo... HP é infantil... é uma leitura para se divertir... algo lúdico. Não desprezo nenhum livro, não importa o que pensem, não os desprezo, leio todos, assim posso ter opniões sobre o que conheço, e HP é bem escrito, mas repetitivo, e "não há nada de novo sob o céu".
    Para o público infantil, é perfeito! Embora em alguns pontos é meio bobo.
    Mas o que adinanta eu jogar um SdA nas mãos de uma criança de 10 anos? (se bem que O Hobbit com certeza).
    HP? Leitura recomendada, mas de longe nem se compara a Tolkien.

    Realmente é impossível comparar com Tolkien, é impossível comparar QUALQUER coisa com Tolkien. Não que Tolkien seja um semi-deus, mas é único. E uma coisa única não pode ser comparada, pois não há no o que se comparar.
     
  12. Ceblanth

    Ceblanth Usuário

    Re: To Say Goodbye To Yesterday...

    Nessa última parte vou ter que descordar. O Tolkien é único? É, mas pode ser comparado sim.
    Da onde vc acha que ele tirou suas idéias para escrever o Senhor dos Anéis? Surgiu tudo da cabeça dele? Eu acho o professor Tolkien demais, mas vamos ser realistas né? Se vc pegar o Senhor dos Anéis para fazer uma leitura crítica, vai perceber que tem muita coisa de outras obras (assim como com a JK Rôla tem muitas coisas de Tolkien). Entre elas temos a maior referência segundo o próprio professor: Beowulf. E outras não menos importantes: A Ilíada e Odisséia de Homero, a história nórdica de Siegifried (acho que é assim) e muitas outras. Até o nome dos Anões de O Hobbit ele "pegou emprestado".
    Por isso não vamos endeusar o cara, apesar que de vez em quando eu mesmo faço isso. Mas temos que ser realistas.

    Agora, falando de HP, concordo contigo, as histórias são sempre as mesmas, não tem profundidade. Foi como eu disse no meu último post.
    E também temos que ver que HP é para público infantil. Ou vc acham que uma criança de 10 anos iria conseguir (não querer. Conseguir) ler a trilogia. Acho que não.

    É isso.

    Só mais uma coisa, Tolkien detona. :D

    Ceblanth :mrgreen:
     
  13. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Hum. Eu estava fazendo uma pesquisa para colocar um negócio no meu blog, mas essa discussão de vocês é tão interessante que vou criar um tópico para vocês falarem sobre isso :grinlove:

    pronto, uchinhos:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    :kiss:
     
  14. NightRaven

    NightRaven Banned

    Esse negócio de que SDA é pra públicos de 16 pra cima é uma besteira!! conheço muita gente "adulta" q não consegue ler e muitas crianças que conseguem...a linguagem é mais pesada, mas não é direcionada...no livro não existe -> indicado para maiores de 16 anos, nem HP tem -> indicados para menores de 14 anos, simplesmente a linguagem é diferente, e abrangem um público maior!

    Só pra constar, Eu nunca li HP, mas to defendendo :mrgreen:
     
  15. Só uma coisa, pessoal... eu entendo que a maiora gosta mais de Tolkien do que de Rowling (eu sou uma delas), mas tem muita gente usando "profundidade" como motivo crucial e decicivo. Claro que para alguns é um ponto importantíssimo, e é um fato que muitas vezes mostra o quão inteligente o autor é e o nível de esforço requerido pra escrever aquilo, mas não se pode falar por todos. Só porque é mais profundo, não quer dizer necessariamente que seja melhor. :wink: Há muitos outros pontos em Tolkien (que não tem nada a ver com profundidade) que, pra mim, são mais relevantes e no final são o que fazem as obras dele superiores. Mas também há alguns pontos de Rowling que são superiores (o humor, por exemplo), e que pra alguns podem ser de mais relevância do que eu considero melhor em Tolkien, questão de gosto; ou seja, não concordo que é um absurdo alguém maduro gostar mais de Harry Potter do que Senhor dos Anéis. Se isso acontece, não quer dizer que o cara seja um alienado-ignorante-eu-não-sei-ler-direito-whatever. Um pessoa pode entender tudinho que era pra ser passado, e no final não gostar simplesmente porque não faz seu estilo e pronto. Eu, particulamente, gosto mais de Fronteiras do Universo do que Senhor dos Anéis, e olha que a primeira é considerada uma obra infanto-juvenil. No entanto, o que a Joy disse a respeito de alguém na fase adulta ler HP procurando mais que diversão ser preocupante, concordo plenamente.

    É inegável que Tolkien é um excelente escritor, e que ele tem méritos que não podem ser tirados; porém, isso não quer dizer que seus livros sejam os melhores e incomparáveis.
     
  16. THE PASSOLARGO

    THE PASSOLARGO Usuário

    Prefiro Sda mas não odeio Hp, nunca li, minhas amigas e minha namorada até pediram para eu ler, mas num tenho tempo, afinal Já estou lendo 2 livros...Segundo elas é bem legal, mas já fui "conquistado" pelas obras de Tolkien e vai ser difícil mudar isso... :mrgreen: :wink:
     
  17. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Tipow, foi Rowling que me enviou no mundo da literatura, e ela futuramente que me fez me interessar por Tolkien. Li a série HP e depois a de Tolkien. Depois fui ler o HP de novo, e me perguntei "como eu lia isso?". Sei lá, quando li de novo HP pareceu algo tão inferior a SdA. Não infantil, como muitos dizem, mas muito parado, e sem detalhes. É muito leve e assim faz o livro ser chato. Acho SdA um livro muito bom, sem comparação. HP também é legal, mas comparar com SdA? Aí já é demais...
     
  18. White Knight

    White Knight Usuário

    Harry Potter, na minha opinião é um livrinho comercial!
    Livro daqueles que são escritos não por inspiração ou por paixão, estudo e outros motivos, como no caso de J.R.R.Tolkien, e sim livrinhos que são escritos de ano e ano pra venderem e virarem dinheiro! Leitura comercial barata, na minha opinião!

    O Senhor dos anéis foi finalizado na década de 40, se não me engano... e, por ser uma obra já finalizada, nota-se toda a sua grandeza e mesmo hoje a obra possui certa relevância! É um clássico da literatura mundial! Enquanto Harry Potter... humpf... esse aí é só papel em calhamaço... :mrgreen:

    Daki a 3 anos vai lançar: Harry Potter e o Cavalo sem Crina!
    Depois o Harry Potter e a Vassoura Perdida... :lol:

    Que piada! E ainda tem quente que quer comparar... tsc tsc tsc
     
  19. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    qualquer livro lançaado em qualquer época é comercial..... :roll: :wink:

    ah, agora sim, acho q vc esqueceu o "BARATA" na frase anterior....
    sinceramente não sei se isto está certo, acho é inferior a Tolkien (óbvio), mas tem o seu papel na sociedade. E o mais importante é fazer a criança lêr mais livros, mesmo q sejam infantis....

    :o?: :o?: :o?: :o?:
    o q vem a ser calhamaço????

    mesmo entre os autores, qualquer comparação é válida, pois permite observar os pontos positivos e negativos dos livros.... :wink:
     
  20. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    livros lançados são comerciais. histórias, não. não dá para esquecer disso, tem uma diferença entre um e outro e eu entendo bem o que o White Knight quis dizer com o "comercial".

    no caso da Rowling, ficam claras características de "literatura pronta pra beber", digamos assim. ela coloca o que agrada as pessoas, segue a fórmula mágica do best seller e tem, de fato, um best seller.

    já Tolkien.... nha, eu acho que não preciso dizer que o trabalho dele não se resume à fórmulas de sucesso, não? :wink:
     

Compartilhar