1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tolkien tinha problemas com mulheres?

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Portador do Anel, 14 Dez 2003.

  1. Portador do Anel

    Portador do Anel Usuário

    Tolkien nunca deu muito espaço para personagens femininas em seus livros. Basta ler SdA pra perceber isso. Dois dos adjetivos mais usados por ele para caracterizar as mulheres são bela e terrível, que aparecem juntos pelo menos umas três vezes. Será q Tolkein tinha problemas com mulheres? Será q sua esposa era mandona, "terrível" ou coisa parecida? O lance da aranha gigante pode ser metáfora pra alguma coisa... :lol: Será a imagem feminina lhe causava medo?
     
  2. :lol: :lol: :lol:

    Tolkien não devia ter taaaanto problema assim com mulheres, afinal pelo que me consta... ele escreveu o Senhor dos Anéis (é desse que vc se refere?) num período de guerra e lá não tinha nem mulher e talz.. acho que isso deve ter feito ele meio que "receoso" em relação as mulheres, mas não algo que chegasse a problemas :roll:
     
  3. Tauraherion

    Tauraherion The eyes of truth

    eu acho que é por aí...
    a sociedade e época na qual SDA foi criado era muito machista... então nada mais natural que Tolkien incorporar esses elementos na narrativa...
     
  4. Láthspell

    Láthspell Usuário

    A sociedade da época era machista, sim, mas já começavam a surgir aberturas para a integração das mulheres...

    Penso que o meio onde Tolkien vivia, ou seja, o acadêmico, é que era ainda mais machista. Principalmente em se tratando de Grã-Bretanha...
     
  5. Eldarwen

    Eldarwen Usuário

    Pessoalmente eu sempre o achei um pouco machista. As grandes personagens femininas que ele coloca(que são poucas), quase sempre são vistas como damas belas e terríveis, realmente. Veja Galadriel por exemplo, é a toda poderosa, venerada Rainha dos elfos de Lórien, mas mesmo assim, é delicada e mesmo que seja antiga e sábia seu grande poder vem de nenya(ou é nenia?), que para ressaltar o traço de delicadeza é o anel de diamante que elmbra uma estrela. Ela só é realmente vista como a batalhadora e obstinada no Silma em que se é dito que era a ÚNICA mulher a comparecer na assembléia dos noldor e coisa e tal. Mesmo assim não é realmente uma guerreira que vai lutar com espada e tudo. É obstinada e poderosa, realmente, mas de um modo delicado em que sua beleza é ressaltada, e não podemos esquecer do terrível que sempre a acompanha.

    A única que foge a essa regra mesmo é a Eowyn, que dá uma de Joana D'Arc e se disfarça de homem para ir para a guerra, é aquela que tem as ambições de ser uma rainha e fazer grandes feitos para serem lembrados em canções e lendas, e está sempre disposta a pegar na espada, teme uma gaiola e ficar presa sendo serva de seu povo para substituir os homens quando estes vão para a batalha. Mesmo assim seu povo a ve como uma bela dama digna de ser chamada de rainha, mas não uma guerreira, e as funções que ela realiza nas primeiras páginas que aparece é a mulher dona de casa que cuida de Medulsed e quase enfermeira de Théoden sempre temendo por sua saúde.

    Também podemos lembrar um pouco de Aredhel, que era alta e destemida que era amiga dos filhos de Feanor e ia caça, cavalgava corajosamente e nunca teve medo de Eol naquela floresta sombria. Mesmo assim o título que recebia era a Dama Branca dos noldor, quero dizer, mesmo uma elfa corajosa como ela era vista como frágil e delicada.

    Acho que o fato do Professor ser meio machista, se deve um pouco ao fato de ser católico, não tenho nada contra a religião, mas no inicio a mulher sempre foi vista como a culpada por ter comido o fruto proibido e por isso devia ser submissa ao homem, e na época de Tolkien, embora as coisas estivessem começando a mudar, essa imagem da mulher era muito forte.
     
  6. Ivan_RF

    Ivan_RF Usuário

    De fato falta personagens femininas em quantidade na obra de Tolkien, as que existem são memáveis, mas me parecem mais seres intocáveis, distantes. Isso deve ser por causa da época e da educação que ele teve, onde havia ainda muita repressão e as mulheres eram sempre relegadas para o segundo plano.
     
  7. Elindrah_Gigi

    Elindrah_Gigi Usuário

    eu acredito que isso aconteça, por pelo menos dois motivos:

    1- Como já disseram aqui, na época em que SDA foi escrito, as mulheres estavam começando a conquistar seu espaço, mas ainda enfrentavam algumas dificuldades em uma sociedade machista. E pelo fato de Tolkien ter vivido nessa época, ele deveria pensar mais ou menos assim também.

    2- A história de SDA (e da maioria dos livros de Tolkien) se passa em um ambiente de guerra, lugar onde não encontramos muitas mulheres, há não ser nas enfermarias, cuidando dos doentes.

    Bom, acho que esse "terrivel" significa algo como, ela é muito bela, mas é muito esperta também, mais poderosa que muitos homens e tal. Ah, sei lá. Foi só um palpite.
     
  8. Eldarwen

    Eldarwen Usuário

    Sim, realmente esse terrível é colocado por que ela é mais esperta e poderosa que muitos homens que se acham os machões do pedaço. É por isso que ela é chamada de terrível, esses homens as temem e para alguns ela é quase vista como má, é só reparar no que Boromir e Gimli já ouviram sobre aquela floresta e a feiticeira que vivia nela. Nas entrelinhas se le que se uma mulher é poderosa, sábia e inteligente, ou ela é má ou não existe, é apenas uma lenda.

    Esqueci de falar de Varda, ela é a única que só recebe elogios que eu me lembre, mas é apenas uma, talvez Yavanna também mas não tenho certeza.
     
  9. Proview

    Proview Go

    Além da época em q Tolkien vivia, temos tbm q levar em consideração a época de SdA (pelo menos considerando os humanos), pois se SdA foi o passado da Terra, temos q considerar q a maioria das civilizações do passado tinham todo um preconceito para com as mulheres, em SdA não podia ser diferente neh (se bem q eu não axo q Tolkien tenha pensado nisso, mas quem sabe?!?)!!!

    Não sei se falei besteira, mas é isso q eu axo!!!!
     
  10. E temos q levar em conta o genero de livro q Tolkien queria escrever, um mito de guerra e aventura, um mito parecido parecido com os mitos nordicos. Por isso, numa altura em q o guerreiro era o homem, Tokien faz um livro cheio de homens herois. Mas tambem há algumas mulheres importantes como Varda, Melian, Luthien, Galadriel ou Eowin.
     
  11. É um absurdo analisar um escritor que escreveu na década de 50 com os parâmetros de hoje. A sociedade era patriarcal e as mulheres ainda engatinhavam seus movimentos de igualdade.

    Pelo que me consta, Tolkien era bem casado e adorava sua mulher. No mais, é tudo especulação barata...
     
  12. *¤Lothíriel¤*

    *¤Lothíriel¤* Usuário

    Ou então ele só tinha olhos mesmo (e mente) pra mulher dele! :grinlove:

    hehe, na verdade acho que mulheres não têm muito lugar numa história de Guerra, batalhas... e as poucas que ele coloca já conseguem ser marcantes o bastante.
    Tipo.... qual seria a graça se, por exemplo, todas as mulheres das regiões envolvidas na Guerra do Anel saíssem para a luta??

    Já uma mulher apenas, no caso Éowyn, muda a coisa toda, proporciona à história o conflito de uma personagem específica....

    se a maioria das mulheres lutasse, perderia-se a chace de desenvolver alguma personagem a partir deste fator... além do mais acho ficaria meio fora de lugar...

    acho que em todas as situações onde Tolkien podia 'encaixar' uma mulher na história ele o fez....

    me expressei mal??? :tsc:
     
  13. Fox

    Fox Visitante

    Esse argumento, ao mesmo que é váido, não defende em nada o fato que Tolkien era mesmo machista.

    O fato de que grande maioria dos homens na época tambem o serem não muda em nada isso.

    E não é nada absurdo analisar com os parâmetros de hoje. Seria absurdo analisar a época do Ricardo Coração de Leão com os parâmetros de hoje, isso sim.

    Sim, tanto que ele se referia à sua época de casado como "Idade das Trevas". :grinlove: :lol:
     
  14. Camélia Villas

    Camélia Villas Usuário

    Metáforas? acho que não. ele descreve as elfas como mulheres doces e belas.
     
  15. Anonymous_theOld

    Anonymous_theOld Usuário

    Digamos q sim pois a falta de personagens femininos na narrativa é perceptivel e o descrição para com elas é por ai tb...
     
  16. Nerwen

    Nerwen Usuário

    Considerando a época em que foram escritas as obras do Tolkien, não as vejo como machistas... Há sim, um senso de equilíbrio, mas muitas vezes, as mulheres assumem o comando e tomam conta de situação... Exemplos: Galadriel, ela tem muito mais destaque que Celeborn... Lúthien e Beren recebem a mesma atenção... Éowyn é mais forte e determinada que o Faramir...Uinen é que impede que Sauron influêncie Ossë... Árien é uma das poucas que resiste às mentiras de Melkor... Morwen, na ausência de Húrin, consegue criar a filha sozinha e se defende muito bem...
    Só acho que as mulheres deveriam aparecer mais, no conselho de Elrond não havia nenhuma, assim como na sociedade...anãs, então, não conheço nenhuma...
    :tsc:
     
  17. Fera

    Fera Sóbrio habitual

    Acho q , embora muitas vezes obras refletem convicções, experiencias e opniões de seus autores, elas nao devem ser usadas para analisar o perfil do escritor dizendo se ele era machista, gay, sacana etc.
    Neste caso, da falta de personagens femininas em SDA, isso nao deveria ser feito pois em sua época o espaço da mulher na sociedade era restrito, a concepção q a maioria possuia das mulheres era muito diferente da que temos hj ( mesmo muita coisa nao tendo mudado) , e tem o lado da trama, uma história de guerra e heroísmo como a obra de tolkien nao se adapta muito bem a personagens femininos dentre os principais, embora isso poderia ser feito, bem feito até, mas a história nao iria seguir o rumo pretendido por Tolkien.
     
  18. Knight

    Knight Rider On The Storm

    Não acho q Tolkien tenha sido machista não......a história q ele criou era basicamente sobre guerras, batalhas, lutas.....os personagens característicos desse tipo de trabalho é o homem.....e mesmo assim há várias mulheres importantes em sua obra......e eu acho q ele trata a mulher e as relações amorosas de uma forma muito romântica (não esse romantismo vulgar, mas um romantismo verdadeiro)....
     
  19. Ephemera

    Ephemera Usuário

    Bem gente como já disseram eu tambem nunca vi guerras cheias de mulheres. Nem hoje em dia muito menos na idade media (que seria o estilo de historia do senhor dos aneis )!!! mais vamos ver, o papel da eowyn é fundamental no senhor dos anéis e ela é mulher! E o seu papel so foi fundamental porque ela fingiu ser homem (dernhelm) para poder seguir até a guerra. E isso nao ocorreu porque tolkien tinha preconceito comtra as mulheres mais porque na guerra é assim que as coisas acontecem (infelizmente, talvez) eles acham as mulheres menos capazes que os homens para essas coisas. E a frase : "Ele (o nazgul) nao morrerá pelas maos de um homem" Já dizia tudo o que iria ocorrer . Eu nao considero machista so porque as mulheres nao estao presentes (todo o tempo) . Niniel tambem teve seu papel muito marcante no narn him hurim . Já luthien nem preciso dizer né??? quem nao conhece a historia dele precisa ler correndo o silmarillion pra ver! Agora aquele comentario sobre a laracna prefiro ficar calada ! :lol:
     
  20. Eldarwen

    Eldarwen Usuário

    As anãs foram muito bem lembradas por alguém aí. O próprio Gimli diz que elas são tão parecidas com os anões em aparencia e jeito que passam despercebidas, isso sugere que elas também devam ser guerreiras, e mesmo assim, apenas uma é mencionada e só porque era irmã de Thorin, Dís, a mãe de Fili e Kili.

    PS:Mas deixo avisado que eu sou um pouco feminista...
     

Compartilhar