1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tolkien era Machista??????

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Barlach, 26 Nov 2001.

  1. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Mesmo se não houvesse nenhumazinha personagem feminina nas obras significa que Tolkien era machista? Claro que não. Significa que ele prefere trabalhar nas suas obras com homens.

    Não gosto desse negócio 'politicamente correto': em todo livro tem que ter uma mulher, um negro, um não-sei-o-que...
     
  2. Velho Ateu

    Velho Ateu Usuário

    Se o novato aqui puder opinar, digo que Tolkien era machista e preconceituoso mesmo, e como se disse também, não tão preocupado com o politicamente correto. Porque, afinal de contas, ou se faz uma boa obra, ou se faz uma obra correta - a autenticidade nunca é unânime.

    Porém, além do feito de Eowyn, temos que Galadriel é a única dentre todos os Eldar e Edain que habitou a Túna e viveu as três Eras da Terra Média.

    Citaram aí a Goldberry e a reverência de Bombadil por ela, mas quando começa o papo sério ela logo sai da sala.

    Pelo que pensei, as mulheres mais autênticas e também as de história mais trágica são Nienor Níniel e Aredhel - do Silmarillion, é verdade.
     
  3. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    Um cara que cria personagens como Éowyn, Galadriel, Arwen e Lúthien, cada qual com sua força e importância, além de extremamente femininas, jamais poderá ser considerado machista.
     
  4. Lalaith.

    Lalaith. Usuário

    Como pode ser chamado de machista um homem que cria personagens como Éowyn, Galadriel, Níniel-Nienor, Morwen, Melian, Lúthien... mulheres com personalidades fortes e marcantes que em algum momento da história mostraram sua coragem, importância e provaram seu valor?
     
  5. Yullia_

    Yullia_ Miss Gabriela Vanessa

    Exato maninha!
    E ainda vou mais afundo.
    Como pode ser machista um homem que valorizava a mulher em todas as suas historias?
    Fruta D'Ouro, maior exemplo de como Tolkien valorizava as mulheres.
    Nao significa que porque elas nao tiveram participaçao em MASSA nas guerras, que elas nao tiveram a participaçao.
    Afinal, ate hoje voce nao ve mulheres na frente dos campos de batalha segurando uma espada e sedenta por sangue.
    E outra, se nao houve participaçao das mulheres, as Valiers eram o que?
    Travecos?
    Entao.
    Tolkien era preconceituoso ? NAO!
    Era machista ? NAO!
     
  6. Gui.

    Gui. Usuário

    NOSSA!

    Essa ressucitada foi foda.

    Claro que não. Queriam que botasse a Sociedade feita só de mulheres, ou etc? Tem poucas mulheres na obra, mas as que existem, têm um papel importantíssimo.
     
  7. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e

    Ele escreveu mulheres fortes. Se tivesse escrito apenas heroinas romanticas que esperam na torre mais alta do castelo mais distante eu acharia machista.

    Mesmo as figuras femininas mais românticas não são mero adorno. E nada contra heroinas românticas, contando que elas não sejam a ÚNICA visão do feminino.
     
  8. §Sarah§

    §Sarah§ A Lua que encobre a noite...

    Pode até ser...se for ver bem no Hobbit, mas em se dizer pelo Silmarillion, creio que de para dizer que, embora não fossem muitas elas tiveram digamos...mais presença, e não ficando somente de "enfeite"...tiveram seus feitos de certa forma, que também influenciaram outros...ao menos eu acho =/
     
  9. Nacil_Turon

    Nacil_Turon Sou um hobbit de pés peludos

    Pra mim é o mesmo papo que "tolkien era racista"?
    é sem lógica afirmar isso, e explico.
    Parto do ponto que a historia de tolkien, apesar de complexa e ultramente foda...se passa em uma "europa medieval mitica" que remete a dragoes, senhores do escuro e cavaleiros...se formos montar uma comparacao nao lembro de por exemplo, no livro do rei arthur outra mulher se nao Guinevere, e ela ainda enfia um par de chifre no arthur com o lancelot...o Cornwell era machista? Em o dracula de strokes Mina fica de certa forma "apagada" pelo proprio draculo, van helsin e o Harker, e nem por isso o Stroker seria machista, creio eu....temos que analisar a epoca e as analogias que o escritor queria fzr.
    Por isso o comparativo com "tolkien racista" no inicio do post...do jeito que algumas coisas estao sendo levadas a serio, daqui a pouco tambem se criará cotas literarias @[email protected]
     
  10. 'Melwen

    'Melwen Usuário

    Concordo.
    Com exceção da Arwen, que na minha humilde opinião, é uma princesinha de contos de fadas que fica esperando na torre mais alta do castelo mais distante pelo príncipe encantado montado em seu cavalo branco. As mulheres nas obras de Tolkien têm sim presença significativa, elas podem não ser a maioria, mas elas estavam lá, dando sua contribuição para a história da Terra-Média.

    Bem lembrado Yullia_. Isso prova que a figura feminina está presente em TODAS as obras de Tolkien... inclusive em O Hobbit, onde foram representadas pelas Valiers.
     
  11. luuh_cancian

    luuh_cancian Oliver Sykes é um

    Não acredito nesse machismo dele, as mulheres de seus contos tem papéis importantissimos no desenrolar da historia. Mas é relevante levar em consideração a época em que a historia foi escrita.
    Naquele tempo não tinhamos a mesma liberdade com as mulheres tal qual temos hoje.
     
  12. Lola la Gitana

    Lola la Gitana Usuário

    Essa é uma questão que já havia pensado, mas não sei se utilizaria a palavra "machista" para definir o papel das mulheres nas obras de Tolkien.
    Talvez ele não tenha igualado as funções dos homens e mulheres, porque tinha necessidade de ressaltar outros pontos mais característicos das personagens femininas. Mas, também pode haver a questão da visão cristã sobre a mulher na sociedade em geral.
    Acredito que nas obras a relevância nos papéis femininos não está na "força" ou "atos heróicos" que competem aos homens; esse espírito de luta está oculto, e isso não quer dizer que ele não vá existir em uma mulher, depende da forma como ele é expressado.
     
  13. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Ainda continuo sem saber onde as pessoas enxergam o machismo na obra.
    Só porque foi Frodo e Froda quem destruiu o Um?

    Então Tolkein também era homofóbico. Porque não existe um gayzinho se quer na obra.
     
  14. Velho Ateu

    Velho Ateu Usuário

    Ah, vai dizer que aqueles hobbits não eram meio efeminados?

    Brincadeiras a parte... tudo bem então, Tolkien não era machista por causa de Elbereth, Morwen, Aredhel, Nienor, Galadriel etc., mas essas personagens são quase sempre sublimadas.

    De modo geral, a história gira em torno dos homens e as mulheres só aparecem para realizar feitos memoráveis, o "cotidiano da obra" é movido pelos homens, as mulheres não vivem o mal-estar da mesmice, elas só são retratadas vivendo o apogeu ou perigeu do épico.

    Isso não é isolá-las um pouco?
     
  15. Hexenkönig von Angmar

    Hexenkönig von Angmar Adora torturar um

    Tolkien não era machista,pelo contrário.
    As figuras femininas em sua obra sempre são exaltadas,deificadas até.
    Basta lembrar que,excetuando Thúrigwethil,não é feita nenhuma refêrencia a qualquer mulher(eldar,hobbit,anã???,mortal) que esteja sequer relacionada com Morgoth ou Sauron.
    Se em suas Obras os homens(eldar,anões,hobbits,edain) têm maior destaque é porque ficaria muito estranho em um contexto medieval apresentar mulheres gorvernando ou indo à guerra(as atividades mais importantes da época,depois da Igreja).
    E mesmo nesse ponto o Bom Professor demonstra que não é nenhum misógino ao apresentar a Donzela Éowyn(que vai à guerra,contestando assim seu suposto "papel na sociedade"),as Rainhas-Governantes de Númenor e,aquela que é a maior dentre os Exilados na Terceira Era,a grande Galadriel.
    Acho que isso demonstra que Tolkien não era nem um pouco machista e sim um profundo admirador das mulheres.
     
  16. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Não!
    Essa é a sua visão. Nela os feitos das mulheres são mínimos. <?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p>
    Ma minha visão, todas as vezes que existe uma mulher na trama é algo que, na história e para a história, é de suma importância. <o:p></o:p>
    <o:p></o:p>
    Volto a dizer que, na minha visão, cada uma das mulher formam até mesmo uma grande corrente de veneração por parte de Tolkien. <o:p></o:p>

    Lembrando que a história é ambientada na idade medieval. Você pode procurar que vai achar muito pouco sobre molher cuidando da casa ou da comida e tudo mais. É sempre uma mulher em uma posição alta perante todos e sempre fazendo parte de um grande feito na história. E por várias vezes sendo a principal personagem do feito.

    Se isso é ser machista...:D
     
  17. Tuor

    Tuor Usuário

    Bem, se Tolkien quis retratar uma época remota da Terra como se ela tivesse existido, em que as características culturais eram mais medievais, considero normal Fruta D'Ouro sair da sala para não interromper os homens que conversam nela, como foi dito aqui sobre ela se retirar. Isso não diz nada sobre Tolkien ser machista ou não.

    Na minha opinião acho que nada em suas obras diz se ele era ou não assim. Ele poderia ter colocado uma heroína e não deixar os feitos apenas nas mãos dos homens por achar que as mulheres têm seu valor e podem realizar coisas importantes, apesar de viverem numa sociedade em que homens vão à guerra enquanto mulheres cuidam dos filhos e da casa. Se ele era machista totalmente, acredito que não. Se era um pingo disso por viver numa outra sociedade com outras concepções, como vou saber? Alguém lhe perguntou? Independente disso, nas obras não vejo nada de anormal e que declare nada sobre o que ele era intimamente.
     
    Última edição: 7 Abr 2010
  18. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Falar que ele era um produto do seu tempo não o elimina como machista, racista etc, se ele era um produto do seu tempo e o seu tempo era racista, machista etc então ele era machista, racista etc.
     
  19. Tuor

    Tuor Usuário

    Acho que tem gente com poderes de conversarem com os mortos para alegarem essas coisas. Ou acham que têm.

    As mulheres do meio do século XX que não tinham voz eram todas elas, ou exceções existiam? Não existissem exceções, como as mulheres protestariam e ganhariam direito ao voto e a outras coisas mais? Viveríamos naquela mesma concepção. E na época em que os negros eram hostilizados nos EUA? Todos os brancos, sem exceções, hostilizavam? Por isso é ridículo dizer se Tolkien era ou não assim ou assado. A não ser que eu esteja enganado e realmente conseguem interrogar os mortos.
     
  20. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Realmente, são duas questões independentes. Tolkien, sendo machista ou não tem o contexto do autor e o contexto da história. Ambos os contextos tinham influência de seu tempo na obra final.

    Para Tolkien havia a influência de seus círculos sociais, já para a história que ele queria contar, também havia.

    Quando consideramos a antigüidade, a tendência é que a situação de direitos fique sempre pior a medida que se volta no tempo em todas as culturas. Apesar dos picos civilizacionais, todas elas sempre pioram quando vemos sua infância da perspectiva atual.

    Nesse caso, a situação se torna cada vez mais aguda para crianças e mulheres no passado, e quando falamos dos filhos mais novos de Eru ela se encontra dentro do que poderia acontecer, principalmente porque se trata de um trabalho que privilegia a ficção e o passado.
     

Compartilhar