1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tolkien e a Inglaterra

Tópico em 'Influências, Seguidores e Recomendações' iniciado por Rogério Magno, 2 Set 2007.

  1. Rogério Magno

    Rogério Magno Guarda da Cidadela

    É evidente que o fato de Tolkien ter vivido na Inglaterra influenciou-o de uma maneira imensa, mas a em que pontos e em que nível? Como o estilo britanico de vida enfluenciou as obras de Tolkien, em que lugar de suas obras isso é mais visível?
    Como a Inglaterra influenciou Tolkien pessoal?
     
  2. elfah

    elfah Usuário

    A geografia da TM é bem parecida com a Europeia. Também tem monarquia, gente branquela e chá na história toda :lol:
     
  3. Saphyra Horyon

    Saphyra Horyon кαιsεяιи dεs ωαssεяs

    Que eu saiba, Tolkien fez o Condado bem parecido com a Inglaterra, assim como fez Mordor bem parecida com o lugar que ele morou quando era criança, acho que era na África, não lembro...
    Bem, talvez os hobbits sejam os mais fáceis de se dizer que eram ingleses...
     
  4. ruims

    ruims "Mais uma cerveja!" diz o

    Nós, os Europeus, sabemos disso.
    Mas não precisa ter inveja não. Já nascemos assim, cheios de genes de cultura. :mrgreen: :cerva:
    Não é bem isso, creio eu.
    Os Hobbits retratam talvez a parte campestre das Ilhas Britânicas, muito verde, fértil e com o seu quê de bucólico. Mesmo os ingleses que vivem nos campos têm um modo mais engraçado de falar, com sotaques muito curiosos.
    A parte mais urbana de Inglaterra, isso aí mais se pareceria com Bree, com o seu quê de sujidade e muitas casas em pouco espaço. Na era em que Tolkien viveu, as cidades inglesas eram muito cinzentas, com demasiados bairros operários sem condições.
    Mordor, provavelmente seriam os campos de trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Ou pelos menos as imagens que lhe ficaram desse tempo, daquilo em que o mundo se podia tornar.

    Tolkien adorava o campo. Mas viveu sempre nesse dilema: se pudesse escolher, não saberia escolher entre ser um elfo ou um hobbit. Mas por uma boa cachimbada, uma bela sesta no prado e uma boa comida, aí estou em cerer que ele optaria pela "bela vida do campo" dos hobbits. :joy: :mrgreen: :cerva: :slow: :zzz:
     
    Última edição: 4 Set 2007
  5. Katrina

    Katrina Usuário

    Com esta comparação não estaríamos de certa forma a dizer que as obras de Tokien são alegóricas? Sendo o modo de retratar os hobbits, elfos, reinados meras alegorias da sociedade londrina na qual estava incrustado?
    Acho que este
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    responde muita coisa...:yep:
     
  6. Elminster

    Elminster Usuário

    Algo que pode ter influenciado Tolkien na descrição de Mordor foi a história que sucedeu o pós primeira guerra.

    Antes da guerra a situação de euforia das sociedades européias era grande, muitos queriam se alistar para combater os inimigos do "império" além de o clima xenofóbico proporcionado pela era do imperialismo ser bem expressivo. Tão pouco se passou uns três ou dois anos de guerra o povo conheceu os horrores que a guerra moderna proporcionava com armas de destruição massiva e técnicas de assassinato mais cruéis e estranhas.

    Essa imagem com certeza ficou pregada na mente de muitos britânicos, como Tolkien, sendo este usado disso para criar Mordor.
     
  7. HildaGamgi

    HildaGamgi Usuário

    É, como muitos ja disseram a Terra-Média é a Europa. O nome Middle-earth em inglês deriva do termo Middel-erthe que era o nome pelo qual os europeus chamavam sua região a centenas de anos atrás.
    Até onde eu sei, a vila dos Hobbits se localiza perto do lar de Tolkien em Oxford. Gondor está aproximadamente onde hoje encontramos a Itália, apesar de poder se estender até a Turquia.
    Antigamente, no mundo real, quando se saía da Grã-Bretanha para o sul, chegava-se a grandes impérios. Grécia, Roma, Bizâncio. E isso acontece no SdA. Os grandes reinos (Gondor, por exemplo) fica ao sul da vila dos Hobbits. O sul é onde ficam as civilizações, a política. O norte da Europa é o lugar associado a morte. Um lugar frio de noites eternas. Então a região de "frio" eterno, é o lar do líder dos cavaleiros negros.
    Já o Oeste para os europeus, é a direção do mistério, pois o Atlântico interpunha à exploração. Na Europa surgiram lendas de terras mágicas além do mar. A lenda da ilha perdida de Atlântida, uma inspiração para Tolkien, surgiu por causa disso. Tolkien se baseou nisso para explicar mais ou menos como certos humanos chegaram a Gondor. E com certeza, também se baseou nessas lendas de terras mágicas além do mar, para escrever sobre as Terras Imortais. E por fim... o leste. Para os Hobbits, assim como para os europeus ocidentais na vida real, o leste passou a significar perigos porque era ali onde os inimigos e exércitos estrangeiros viviam. Então o leste, e Mordor.

    acho que é mais ou menos isso... perdoem qualquer engano e me digam se eu estiver errada. ;)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Duilin

    Duilin Eruhín Alcarohtar

    Artigo mais recente que o início da discussão.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  9. Acho que mesmo não querendo, os autores acabam usando certos aspectos de sua própria história de vida em suas criações. Concordo com a idéia de que Tolkien se 'inspirou' naquele quadro desesperador pós Guerra, principalmente em relação a Mordor. Acho sensata a comparação que Valanice fez. Realmente é de se comparar, Londres sendo o símbolo da industrialização e progresso 'desumano' e sem preocupação com o ambiente, desde a Revolução Industrial. O fato de Tolkien citar a fraqueza (principalmente) do ser humano em relação ao poder, a ambição, sempre me remete a idéia das guerras e também aquele intuito de lucro, a semente do capitalismo desenfreado, problemas que afligiram a população na época.
     
  10. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Tolkien viveu num período entre guerras, um período marcado por delimitações territoriais e complicadas questões envolvendo isso (as colônias européias na Ásia e na África pipocavam em independências). Período de formação de identidades nacionais. Os nacionalismo estavam muito em voga na época, em que buscavam-se motivos ou características que abarcassem um povo como contituinte de um país-nação.

    Sendo assim e partindo da máxima de que "o homem é produto de seu tempo", acho natural e bem provável que Tolkien tenha transposto alguns aspectos ingleses, ainda que comportamentais (ridicularizados ou não), nos heróis de sua obra. Notem que são relações sutis, que lembram, mas que não fazem uma relação objetiva.

    Uma questão importante e bem salientado pelas gurias é a preocupação do Tolkien com a degradação ambiental e social provocadas pela tecnologia e a produção desenfreada. A apologia ao "hobbit way of life" e a importância dos hobbits na história tem essa função de, certa forma, criticar o avanço tecnológico.
     
  11. Vikingaälva

    Vikingaälva Samson came to my bed



    Algumas descrições ao decorrer de O Senhor dos Anéis me lembra claramente as Highlands Escocesas e uma parte da Irlanda litorânea. Acho que o Condado tem muito em comum com algumas partes da Irlanda principalmente por St. Patrick's day ser um tanto parecido com a festa de 111 anos do Bilbo.



    Vejam só esse vídeo:



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)






    Sempre as descrições de Mordor me levaram a pensar em um campo de concentração, mas interessante, nunca tinha pensado em uma trincheira.



    Siiiiiim Com certeza o Mestre representou muitas figuras ao longo dos livros... Vou dar uma passada nesse tópico depois e expressar minha opinião de uma melhor maneira.
     
  12. Herr Löffel

    Herr Löffel Usuário

    Tive a oportunidade de visitar Oxford esse ano. Passeando pela cidade fica fácil notar como tudo ao redor serve de inspiração. É realmente surpreendente. Construções medievais feitas inteiramente de pedra. Castelos, torres, jardins, parques, canais e árvores... principalmente as árvores! Você encontra um Ent em todo canto que olha! É um local muito rico para se inspirar.
     
  13. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    sim, sim...
    como os colegas já disseram, a terra-média é a europa sim.
    não acredito nunca que tolkien tenha dado vida, digamos assim, às localidades imaginando que um lugar fosse parecido com a inglaterra, ou que os elfos pareciam os franceses...
    acredito que a um nível inconsciente, todas as histórias são concebidas de acordo com o ambiente em que se vive.
    mas alegorias em tolkien não existem.
     
  14. Tywin Lannister

    Tywin Lannister Já fui Nómin e Baldwin

    Na terra media apenas o shire tem influencias da cultura britanica. e da europa so roahn com influencias vikings. De resto a grandeza das historias, toda aquela coisa de Eru e dos maiar tem a ver com os celtas. Não se pode dizer que a terra media é a Europa.
     
  15. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    nómin, estávamos falando que a terra média é a europa no sentido geográfico. ou melhor: lembra e muito!
    leia acima.
    e apesar das influência britânica e viking nas histórias do professor, creio que nem o condado nem mesmo rohan tenham alegorias referentes aos celtas, ingleses ou vikings...
    são somente, como eu disse, frutos da vivência e meios em que tolkien vivia.
     
  16. Tywin Lannister

    Tywin Lannister Já fui Nómin e Baldwin

    Eu moro na europa, e tenho familia espalhada por toda europa --' para alem disso a influencia britanica e GIGANTESCA no tolkien...

    Chazinho, scones. Toda a cultura britanica está brutalmente marcada no shire e nos hobits... so ha duas caracteristicas tipicas da inglaterra que o shire não possui: o imperialismo e individualismo
     
  17. osilmarillion

    osilmarillion Usuário

    Se tem um país que pode inspirar um autor esse é a Inglaterra, aliás o Reino Unido por completo, porque não há nada tão inspirador quanto aqueles campos irlandeses e escocêses,os castelos, a própria história, as lendas e mitos que circundam aquela região, a cultura européia e os nórdicos que são vizinhos... os monumentos históricos maravilhosos, a frieza também é um belo convite a ficar em casa escrevendo, é um ambiente tão diferente do qual somos acostumados que até aquela monarquia fajuta
    ajuda na composição...
    A inglaterra é um país de literatura e música brilhantes, e isso não é nada recente é desde os antigos mesmos...
     
  18. servo de Eru

    servo de Eru Chuck Norris passa vergonha

    acredito que seja a literatura e a mitologia
    a literatura inglesa tem como caracteristica o Sobrenatural
    algo muito influnte em Tolkien,o rei da literatura fantastica
     
  19. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Fora a influência galesa, quase tão forte quanto a mitologia nórdica na obra dele. Não esqueçamos que ele morou bem próximo do País de gales quando jovem...
    E o sindarin é influenciado em vocabulário pelo galês, e toda sua gramática é igual à galesa.
     
  20. Tilion

    Tilion Administrador

    A influência galesa em Tolkien se limita ao Sindarin, não à cultura e mitologia, visto que Tolkien nem sequer morria de amores pela mitologia celta ou coisas celtas, já que sentia por elas

    (Carta 19)
     

Compartilhar