1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tolkien, contra ou a favor da tecnologia?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por kytarkiton-eru, 26 Ago 2007.

  1. kytarkiton-eru

    kytarkiton-eru Usuário

    Não sei já existe este tópico, mas achei intereçante comentá-lo.

    Tolkien seria contra ou a favor a tecnologia?? pq veja só: Nas cartas e no Sobre Contos de Fadas (e até mesmo nos seus romances podemos ver "chaminés" e máquinas de guerra sendo usado pelos inimigos), Tolkien repete várias vezes que o uso da tecnologia retira o Livre-Arbitrio do homem, e até mesmo sua capacidade de imaginar, largando assim, seu espirito subcriativo. Mas, se olharmos por outro lado podemos notar que os elfos tbm possuem tecnologia, ora levando por bons caminhos (luz de Earendil, Vingilot, Orcrist) ora para o mal (Silmarils)... isto não é simplesmente magia, mas podemos perceber que é uma forma de tecnologia conforme a fala de galadriel sobre o seu Espelho Mágico em a Sociedade do Anel.
    Tolkien seria contra a tecnologia (conforme mostra sendo usada por Morgoth e conforme ele escreve em suas cartas) ou é a favor (seguindo a hipotese de que, para os elfos, aquela "magia" seria nossa tecnologia)??
     
  2. Saphyra Horyon

    Saphyra Horyon кαιsεяιи dεs ωαssεяs

    Bem, não sei a opinião de Tolkien acerca deste assunto, mais me lembro que ele criou os hobbits como uma raça que não gosta da tecnologia, prefere a maneira simples de viver, levando em conta que ele fez o Condado como se fosse a Inglaterra que ele sonhava, talvez os habitantes dele sejam aqueles que ele acharia melhores que existissem...
    E ele transformou a tecnologia usada por Morgoth em uma coisa ruim, devida ao fato de ela ser usada para fins contra as raças... bem, eu não sei ao certo qual a opinião dele...
     
  3. grlopez

    grlopez Usuário

    Ele é a favor da tecnologia "sustentável". Afinal, querendo ou não, construir tocas, fortalezas ou belas cidades no seio de florestas é usar de tecnologia. Os Alvos Barcos dos teleri, por exemplo, são um belíssimo exemplo de tecnologia.
    Tolkien, ao meu ver, não gostava da tecnologia que depredasse principalmente o meio ambiente, ou que fosse usada tão somente para destruição. Um belo exemplo é a espécie de pólvora que Saruman usa, ou o maquinário orc.

    Valeu
     
  4. NACIL ERUNTALON

    NACIL ERUNTALON Cavaleiro de Rohan

    talvez o que tolkien queria com as suas obras era mostrar que se pode viver bem em um mundo , em uma sociedade, utilizando os meios mais simples da tecnologia "sustentável" ,já comentada acima.
     
  5. Saphyra Horyon

    Saphyra Horyon кαιsεяιи dεs ωαssεяs

    Concordo com os dois, e para complementar o post do NACIL, talvez ele acreditasse que por meio de suas obras mostrasse que as tecnologias que destroem o meio ambiente só irão trazer ruina para as raças... mais vamos admitir que um pouco mais de tecnologia ajuda todo mundo...
     
  6. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Na minha opinião, o problema de Tolkien não era propriamente com a tecnologia, mas sim com a sobreposição desta à Natureza, ou por outras palavras, ao uso que lhe é dado. A verdade é que a tecnologia por si só não é nociva, pelo contrário, é um sinal de desenvolvimento; muitas vezes na obra as raças mais desenvolvidas e, de certo modo, superiores, tinham um maior desenvolvimento tecnológico, não deixando no entanto de viver em harmonia com o mundo natural em que nasceram. É o caso da maior parte dos povos Élficos e dos Numenorianos (antes da sua queda).

    É também preciso, ao abordar esta questão, ter cuidado com aquilo que se entende por tecnologia. Tecnologia não significa apenas grandes fábricas fumegantes e produção em massa; tecnologia é, no fundo, o estudo sobre quaisquer procedimentos, instrumentos e objectos próprios de qualquer técnica, arte ou ofício. É por terem uma ideia algo distorcida do que é tecnologia, condicionada pela maneira como é usada para actividades danosas no nosso dia-a-dia, que as pessoas muitas vezes a associam exclusivamente com Morgoth ou Sauron, quando na realidade esta está representado em várias outras coisas: os edifícios dos Elfos, a construção de barcos de Círdan ou dos Numenorianos, o fabrico de objectos ornamentais por parte de qualquer raça, entre muitos outros exemplos.

    Até os próprios Hobbits tinham tecnologia. É dito que eles a evitavam, o que não é uma ideia inteiramente correcta, ou pelo menos é uma interpretação algo limitada - eles evitavam sim aquela que ultrapassasse a sua vida simples no campo, não só aquilo que entendemos como "tecnologia má" como outros tipos de tecnologia relacionados com ciências mais grandiosas ou complexas. Tolkien procurava exaltar esta vida no campo, tipicamente inglesa, mas que se vinha perdendo já na altura em que ele escreveu nos livros; mas isto não quer dizer de forma alguma que ele era contra a tecnologia, apenas que discordava da forma como esta era usada nos tempos modernos e posta acima das tradições do país por um número cada vez maior de pessoas.

    Outra coisa em que é preciso ter atenção: muita gente diz que Tolkien critica a tecnologia quando retrata as actividades de Sauron, a forma como este destruía as florestas e criava no seu lugar grandes fábricas, onde trabalhavam orcs e outras criaturas negras. Mas o que ele na realidade aqui critica é a indústria moderna, aquela que põe completamente de lado a Natureza, a destrói e corrompe, aquela que era cada vez mais comum e, como provavelmente era opinião dele, tornava o mundo um lugar pior e as pessoas menos boas.
     
    Última edição: 26 Ago 2007
  7. Ulmo- o grande

    Ulmo- o grande Não quero + passear com esse

    A definiçao de tecnologia é :qualquer aparato ou aparelho que facilite um procedimento. Logo, moinhos, casas, rodas, tudo isso é tecnologia, e nao só chips de computadores ou grandes industrias de produçao em massa como disse o 10°...
    E relacionar a tecnologia unicamente com destruiçao e corrupçao nao é de nenhuma maneira correto....

    Tendo isso em mente, eu acho que Tolkien era a favor da tecnologia, e como muitos ja disseram aqui, ele era contra a maneira como ela era administrada.


    Só um fato curioso. Certa vez, Tolkien exorcisou um gravador antes de dar uma enrevista. Ele nao era mesmo muito fã de novidades^^


    Abraços a todos, e sejam felizes...
     
  8. Saphyra Horyon

    Saphyra Horyon кαιsεяιи dεs ωαssεяs

    Bem, Tolkien critica em sua obra muitas outras coisas presentes no nosso mundo, mais estamos falando sobre a tecnologia... como o kitarkiton-eru citou "Tolkien repete várias vezes que o uso da tecnologia retira o Livre-Arbitrio do homem, e até mesmo sua capacidade de imaginar, largando assim, seu espirito subcriativo", posso assim dizer que Tolkien gostava sim da tecnologia, mais daquele que não retira a capacidade das raças de pensarem, serem criativos, os elfos utilizam uma tecnologia que não agride nem sua capacidade, nem o meio ambiente, é usada para o bem deles... ao contrário de Morgoth(é só um exemplo, nada contra)... essa descrição que o 10º fez é muito esclarecedora, agora falta o dono do tópico aparecer e dar sua opinião...
    PERAI! Tolkien era padre??? Como ele pode exorcisar um gravador????
     
    Última edição: 26 Ago 2007
  9. Melimë Úndomiel

    Melimë Úndomiel Just freak out, let it go!!!


    Concordo plenamente.......Acho que Tolkien quis realmente criticar os homens que usam a tecnologia de uma forma completamente errada, desmatando, tirando vidas e etc......os elfos usavam sem fazer nada disso e ainda de modo que conseguiam suprir suas necessidades!
     
  10. Radagasth

    Radagasth Banned

    Receio que Tolkei nera contra a tecnologia, pois em um livro entitulado 100 Pergunas sobre O Senhor dos Anéis revelam que ele não gostavam muito de industras que se situavam aos aredores de sua casa.
    E como já dito Tolkien representava a tecnologia em seus livros a favor do mau.
    E uma história hilariante aconteceu quando um jornalista deu a Tolkien um garavador para ele ler alguns trechos de O Senhor dos Anéis, Tolkien vendo a máquina ligada ele exorcizou ela com um Pai-Nosso em Gótico. Penso eu que Tokien não era muito adpito a máquinas.:think:
     
  11. kytarkiton-eru

    kytarkiton-eru Usuário

    Concordo com estes pensamentos... não creio que Tolkien era contra o avanço tecnológico útil e harmonico com a natureza, mas sim contra a cinzenta e sombria tecnologia usada em guerras e na destruição de vidas humanas!!!um dos filhos de Tolkien era padre.
     
  12. Saphyra Horyon

    Saphyra Horyon кαιsεяιи dεs ωαssεяs

    Imagina se uma equipe inteira de filmagem aparecesse na casa dele, ele ia ficar o dia todo exorcizando o equipamento... hehe... mais, voltando ao assunto...
    Creio tudo que já foi dito explica muita coisa(até informação sobre ele exorcisar um gravador...), mais, caro kitarkiton eru, se tiver mais alguma duvida, estamos ai...
     
  13. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Tolkien tende a ir contra as idéias que Comte desencadeou anos antes, ele está sentindo as primeiras marcas depressiativas do "positivismo" que tende ao "progresso", do paradigma galileano, onde a tecnologia não vê limites, e em nome de "ciência" pode-se destruir o que quer que seja, a transposição do "natural" pelo "novo", pelo progresso, que é representado por essas máquinas que ele aponta como sendo do Inimigo.

    Vejam só:

    "Possui diversas oportunidades para "Queda". Pode tornar-se possessivo, agarrando-se às coisas feitas como sendo "suas próprias", o subcriador deseja ser o Senhor e Deus de sua criação particular. Rebela-se contra as leis do Criador – em especial contra a mortalidade. Essas duas coisas (isoladas ou juntas) conduzem ao desejo do Poder, para mais depressa tornar a vontade eficaz – e desse modo à Máquina (ou Magia). Com este último termo quero expressar todos os usos de planos ou estratagemas (aparelhos) externos ao invés do desenvolvimento dos poderes ou talentos interiores inerentes – ou mesmo do uso de tais poderes com o motivo corrupto da dominação: atropelar o mundo real ou constranger outras vontades. A Máquina é nossa forma moderna mais óbvia, apesar de estar relacionada mais intimamente com a Magia do que se costuma reconhecer".

    É um trecho simplista, apenas para ilustrar as idéias já colocadas acima pelos colegas.
     
  14. Katrina

    Katrina Usuário

    Tolkien era ambientalista em sua essência :D
    e creio que como tal não era contra a tecnologia e só a maneira como a mesma é administrada, como já bem exemplificado pelos colegas aqui ;)
     
  15. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    Acho que sua posição seria neutra porque as coisa que ele pois não era nada extravagante tudo ja tinha sido inventado antes e era bem simples.
     
  16. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Não creio que Tolkien fosse contra a tecnologia, assim como vários colegas. Creio que ele apenas via com maus olhos a maneira que aquela tecnologia estava sendo usada desrespeitosamente para sufocar e destruir outros povos, além do meio ambiente.

    Abraços.
     
  17. Melanor

    Melanor Mago Aprendiz

    ele passou pelo período da 1ª e 2ª Guerra Mundial...
    a bomba atômica matou milhares de pessoas... pode-se facilmente entender pq ele era contra a tecnologia voltada para a guerra...

    ... uma pedra é só uma pedra, porém se eu usá-la para "martelar" algo, isso já passa a ser tecnologia, e quanto a esse tipo de tecnologia, adredito que tolkien não seria contra
    XD
     
  18. Lew Morias

    Lew Morias Luck is highly overrated

    Apoio a idéia de que Tolkien não era contra a tecnologia. Ele apenas não se dava muito bem com novos aparatos (como no caso do exorcismo do gravador) e repudiava aquelas invenções que usávamos para guerrear e destruir.
     
  19. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Não acho que ele era contra a tecnologia, até por que ele era culto e inteligente, sabia que tecnologia é sinonimo de desenvolvimento e desenvolvimento é algo positivo, calro com algum preçço as vezes nocivos, o que tolkien quieria dizer é que devemos sim usar da tecnologia, mas para o bem, para a melhoria da sociedade, pois ele viu que muitas das tecnologias, as "máquinas", estavam ocupando o lugar dos homens, talvez ele pensasse que mais a frente a mão de obra humana seria extinta em prol das máquinas, dentre uma série de outras coisas, querendo ou não tecnologia muitas vezes é uma faca de dois gumes.
     
  20. madalena

    madalena Uma Rosa Para

    concordo com vc é uma ótima resposta...
     

Compartilhar