1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tiroteio em Universidade dos EUA

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Alialath, 16 Abr 2007.

  1. Alialath

    Alialath Peter Griffin

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Trinta e três pessoas foram mortas a tiros nesta segunda-feira (16), incluindo o suspeito de ser o autor dos ataques, em um tiroteio na Universidade Virginia Tech, disse o reitor da instituição, Charles Steger. Em coletiva de imprensa, ele afirmou que 15 pessoas ficaram feridas e que o atirador ainda não havia sido identificado.

    O ataque foi o pior em um campus na história dos Estados Unidos.

    O chefe de polícia do campus afirmou que policiais viram disparos em uma área do campus na manhã desta segunda-feira como um incidente isolado e, por isso, a escola não foi fechada. Mais tarde, houve mais disparos.

    Ele acrescentou ainda que o atirador se matou.

    As autoridades ainda não têm certeza se dois tiroteios estão ligados. O primeiro ataque foi num dormitório e deixou 2 mortos. O segundo foi em salas de aula e resultou em 31 mortes, incluindo o atirador. Os policiais admitiram, entretanto, não estarem buscando mais nenhum envolvido nos ataques.

    De acordo com as autoridades americanas, um homem armado teria começado a atirar num dormitório estudantil e, horas depois, numa sala de aulas. A identidade do atirador ainda não foi revelada pela polícia, que não informou se ele era um estudante na universidade ou qual seria o motivo dos ataques. O FBI, polícia federal dos Estados Unidos, disse não haver indícios de relações com o terrorismo.

    O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse ter ficado "horrorizado" com o tiroteio. O governo federal estava monitorando a situação e, apesar de autoridades locais e estaduais estarem investigando, forças federais ficarão disponíveis se a Virginia as requisitar, disse a porta-voz do governo, Dana Perino.

    A Câmara de Representantes dos Estados Unidos fez um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do tiroteio. A Presidente da Câmara, a democrata Nancy Pelosi, disse que a Casa presta solidariedade às famílias das vítimas e estudantes da Virginia Tech.


    Testemunhas brasileiras


    Não se sabe ainda se há cidadãos brasileiros entre as vítimas. Um estudante brasileiro, Francisco Müller, que estava a cerca de 200 metros do local do tiroteio contou em entrevista ao G1 que ouviu vários disparos.

    O professor da universidade e também brasileiro, Luiz Antonio Silva, afirmou que está "em choque" com o que aconteceu. Ele não estava no campus no momento da matança.

    Outra brasileira que estuda na mesma universidade, Deise Galan, de 19 anos, contou que estava em um prédio ao lado do que foi atacado pelo atirador. "Foi desesperador", ela contou em entrevista ao G1.

    A polícia encontrou duas pistolas automáticas de 9 milímetros no local, mas, devido ao alto número de mortos e feridos, especula-se que pode ter sido usado armamento mais pesado ainda não encontrado.

    As circunstâncias do incidente ainda são muito confusas. Primeiramente foi informado que havia apenas um morto e dois atiradores. Pouco tempo depois chegou a notícia de que um atirador envolvido em dois tiroteios teria sido responsável por pelo menos 22 mortes, só mais tarde foram confirmadas as 33 mortes.

    As autoridades pediram aos estudantes que permanecessem em áreas seguras, seja nos dormitórios ou nos edifícios da universidade, e que não se aproximem das janelas.

    A universidade relatou tiroteios em pontos opostos do campus, a partir das 8h15 da manhã (horário de Brasília). Primeiramente no prédio de dormitórios West Ambler Johnston, que é um dos maiores do campus, com 895 moradores, e duas horas depois no Hall Norris, um prédio de engenharia a cerca de um quilômetro do dormitório.

    Segundo a polícia, o primeiro tiroteio estava sendo investigado quando o segundo aconteceu.
    Um estudante foi morto no dormitório e os outros em sala de aula, segundo Chief W.R. Flinchum, chefe da polícia local. A Virginia Tech tem 25.000 estudantes.


    O pior ataque

    Um estudante que conversou com a rede de televisão "CNN" indicou que a situação no campus era de verdadeiro "caos".

    Como conseqüência do ataque, a universidade suspendeu todas as aulas destas segunda e terça-feira, e deve reunir os estudantes na terça (17) para oferecer apoio psicológico e discutir a forma como a universidade vai lidar com o tiroteio.

    No próximo dia 20, sexta-feira, faz oito anos que estudantes armados mataram 13 pessoas numa escola em Littleton, no Colorado, no que ficou conhecido como o massacre de Columbine.

    Até esta segunda-feira, o pior massacre já acontecido em uma universidade dos EUA tinha deixado 17 mortos no Texas, em 1996. Charles Whitman subiu numa torre de observação no 28º andar da Universidade do Texas, em Austin e atirou contra 16 pessoas antes de ser morto pela polícia.

    “Hoje a universidade foi atingida por uma tragédia de proporções monumentais”, declarou o reitor da Virginia Tech, Charles Steger. “Estamos chocados e horrorizados.”

    As autoridades iniciaram o processo de identificação das vítimas e informaram que pelo menos um dos agressores foi morto.

    Os feridos foram levados a diversos hospitais da região, e as autoridades preparam sessões de atendimento psicológico para os sobreviventes, segundo Steger.

    "Estamos fazendo planos para começar o processo de cura desta terrível tragédia", ressaltou Steger, acrescentando que agentes da Polícia local, estadual e federal (FBI) começaram a investigar o incidente.

    Esta foi a segunda vez em menos de um ano que a universidade precisou ser fechada por causa de tiroteios dentro do campus. Em agosto de 2006, um presidiário fugitivo teria se escondido no local. Um xerife que fazia buscas pelo fugitivo foi morto na saída do campus.
     
  2. Cad

    Cad The punishment is loneliness.

    Já vi esse filme antes.
    Go go go Uncle Sam!
    Roger That!
     
  3. Vikingaälva

    Vikingaälva Samson came to my bed

    É... existem vários casos parecidos com este, principalmente em escolas de Ensino Fundamental e Médio. Acho que normalmente são pessoas com alguuns problemas na vida, tanto é que acabam suicidando-se, e o que é pior, machucando pessoas que nada têm a ver com isso.
     
  4. Shazan

    Shazan siscapuliu

    (?) GodLike has been ended by (?) for 750 gold.
     
  5. Elminster

    Elminster Usuário

    é por isso que eu tenho medo de nerds americanos, nunca quero ir para uma dessas universidades 8-O
     
  6. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Ainda bem que ja tou em portugal...
    Olha se fosse na minha no ano passado?
    Ficariam sem Gaara...:lol:

    So de pensar que em Maio vou regressar...
    AAAIIIIIIIII
    *yams*
     
  7. Cad

    Cad The punishment is loneliness.

    :eek: Não tinha pensado nisso. Vou procurar pós na Europa mesmo :disgusti:
     
  8. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Só tem maluco naquele país. Por isso gostam tanto de se meter emguerras.
     
  9. Calimbadil Thálion

    Calimbadil Thálion We eat the wounded ones

    Não sabe o que te espera né?:devil:
     
  10. Hobbit Bonzinho

    Hobbit Bonzinho Usuário

    Os americanos são psicopatas por natureza, até mesmo o atirador é sul-coreano.
     
  11. Thor_theOld

    Thor_theOld Banned

    Vai ver os americanos o enlouqueceram, hein... :lol:
     
  12. Bellcross

    Bellcross Ei, Ó o Auê aí ó !

    Bem... pelos dados que ví no
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    nas ultimas 3 decadas já foram mais de 16 massacres no país.

    Pelomenos o caso reabriu a discussão sobre a facilidade de se comprar armas nos EUA. No caso de Columbine os meninos compraram fuzis pela internet e receberam em casa pelo correio como se fosse um cd!

    Existe também uma teoria dizendo que os jovens americanos de atualmente estão viciados em violencia e assuntos do genero.

    Mas sabemos que vão ser feitas vistas grossas novamente né?!
    Fazer o quê... eles que se matem até aprenderem!
     
  13. Elminster

    Elminster Usuário

    a pressão ideológica americana, aliado ao fato de eles serem os "tops" do mundo cria em alguns jovens o desenvolvimento psicológico falho, a temida "experiência falha" do desenvolvimento americano de viver. E os resultados estão aí, não tem como evitar os futuros incidentes, sempre vai existir estes tipos de jovens.
     
  14. A Arlequina

    A Arlequina Sumida e inconstante


    Concordo.Eu jurava que não iria acontecer de novo por lá,seria muita m#$%& p/ um país só!!Mas ai lembrei:São os EUA.De lá se espera tudo....
     
  15. Rustu Pai

    Rustu Pai Usuário

    Eu estava vendo CNN e apareceu o dono da loja e vendedor da arma para o assassino. Ele disse simplesmente que checou a habilitação de motorista, viu que o endereço declarado batia, checou a ficha policial e vendeu.

    Acredito que nesse caso um teste psicológico resolveria :think

    Na CNN tava mostrando também peças teatrais que ele escrevia. Nas duas que foram mostradas personagens tinham vontade de matar alguém. Em uma delas era um professor que chamava Mr.Brownstone.
     
  16. Finrod

    Finrod Visitante

    Pois eh.. Isso foi uma das paradas que me deixou perplexo.
    Aqui eh muito facil comprar armas. So chegar na loja, ter dinheiro e ficha limpa. Ou seja, com 16 anos vc consegue comprar uma arma, jah que foi so checar a carteira de motorista.

    E provavelmente o assassino era aluno, porque ele entrou com tanta facilidade na universidade...
     
  17. Shazan

    Shazan siscapuliu

    Eu fiz um relato sobre isso no diário do CdA =p

    Breaking News
     
  18. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Bom, ao que parece foi um sul-coreano, que já vinha apresentando comportamentos violentos nos últimos tempos, tendo inclusive incendiado um dormitório. Em qualquer colégio aqui isso dava direito a expulsão, e olhe que os colégios portugueses nem são muito exigentes. Mas lá, pelos vistos, acharam a coisa mais normal.

    Enfim, encontraram uma carta em casa do sujeito, em que culpava os colegas ricos por o obrigarem a fazer aquilo.

    Enfim, acho que houve muita negligência no caso. Quem incendeia um dormitório propositadamente e demonstra durante vários dias comportamento violento para com os colegas devia ter direito a um bilhetinho automático para a prisão. E continuo abismado com a facilidade com que qualquer um consegue uma arma nesse país, mesmo depois de todos esses incidentes.
     
  19. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Outro dia no jornal falou-se a respeito de um estudo no qual mostrava que nos últimos 20 anos no Brasil morreram mais pessoas vítimas de violência do que em 200 anos de guerras nos EUA (incluindo vietnã).
    De fato aqui morrem assassinados por ano quase 5 vezes mais do que lá.
     
  20. Shazan

    Shazan siscapuliu

Compartilhar