1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

The Oscars 2016

Tópico em 'Cinema' iniciado por G., 14 Jan 2016.

  1. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Os indicados desse ano:

    Melhor filme
    "A grande aposta"
    "Ponte dos espiões"
    "Brooklyn"
    "Mad Max"
    "Perdido em Marte"
    "O regresso"
    "O quarto de Jack"
    "Spotlight"

    Melhor ator
    Bryan Cranston ("Trumbo")
    Matt Damon ("Perdido em marte")
    Leonardo DiCaprio ("O regresso")
    Michael Fassbender ("Steve Jobs")
    Eddie Redmayne ("A garota dinamarquesa")

    Melhor atriz
    Cate Blanchett ("Carol")
    Brie Larson ("O quarto de Jack")
    Jennifer Lawrence (“Joy”)
    Charlotte Rampling (“45 anos”)
    Saoirse Ronan ("Brooklyn")

    Melhor diretor
    Alejandro G. Iñarritu ("O regresso")
    Tom McCarthy ("Spotlight")
    George Miller ("Mad Max: A estrada da fúria")
    Adam McKay ("A grande aposta")
    Lenny Abrahamson ("O quarto de Jack")

    Melhor animação
    "Anomalisa"
    "O menino e o mundo"
    "Divertida mente"
    "Shaun, o carneiro"
    "Quando estou com Marnie"

    Melhor filme estrangeiro
    "Embrace of the Serpent" (Colômbia)
    "Cinco graças" (França)
    "O filho de Saul" (Hungria)
    "Theeb" (Jordânia)
    "A war" (Dinamarca)

    Melhor trilha sonora
    "Ponte dos espiões"
    "Carol"
    "Os 8 odiados"
    "Sicario"
    "Star Wars"

    Melhor roteiro Original
    "Ponte dos espiões"
    "Ex Machina"
    "Divertida mente"
    "Spotlight"
    "Straight Outta Compton"

    Melhor roteiro Adaptado
    "A grande aposta"
    "Brooklyn"
    "Carol"
    "Perdido em Marte"
    "O quarto de Jack"

    Melhor design de produção
    "Ponte dos espiões"
    "A garota dinamarquesa"
    "Mad Max"
    "Perdido em Marte"
    "O regresso"

    Melhor fotografia
    "Carol"
    "Os oito odiados"
    "Mad Max"
    "O regresso"
    "Sicario"

    Melhor figurino
    "Carol"
    "Cinderela"
    "A garota dinamarquesa"
    "Mad Max"
    "O regresso"

    Melhores efeitos visuais
    "Ex Machina"
    "Mad Max"
    "Perdido em Marte"
    "O regresso"
    "Star Wars"

    Melhor montagem
    "A grande aposta"
    "Mad Max"
    "O regresso"
    "Spotlight"
    "Star Wars"

    Melhor atriz coadjuvante
    Jennifer Jason Leigh ("Os Oito Odiados")
    Rooney Mara ("Carol")
    Rachel McAdams ("Spotlight")
    Alicia Vikander ("A Garota Dinamarquesa")
    Kate Winslet ("Steve Jobs")

    Melhor ator coadjuvante
    Christian Bale ("A Grande Aposta")
    Tom Hardy ("O Regresso")
    Mark Ruffalo ("Spotlight")
    Mark Rylance ("Ponte dos Espiões")
    Sylvester Stallone ("Creed")

    Melhor edição de som
    "Mad Max"
    "Perdido em Marte"
    "O regresso"
    "Sicario"
    "Star Wars"

    Melhor mixagem de som
    "Ponte dos espiões"
    "Mad Max"
    "Perdido em Marte"
    "O regresso"
    "Star Wars"

    Melhor curta de animação
    "Bear Story"
    "Prologue"
    "Sanjay's Super Team"
    "We can't live without Cosmos"
    "World of tomorrow"

    Melhor curta de live action
    "Ave Maria"
    "Day one"
    "Everything will be okay (Alles Wird Gut)"
    "Shok"
    "Stutterer"

    Melhor cabelo e maquiagem
    "Mad Max"
    "The 100-year-old man who climbed out the window and disappeared"
    "O regresso"

    Melhor documentário
    "Amy"
    "Cartel Land"
    "The look of silence"
    "What happened, Miss Simone?"
    "Winter on fire: Ukraine's Fight for Freedom"

    Melhor documentário de curta-metragem
    "Body team 12"
    "Chau, beyond the lines"
    "Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah"
    "A Girl in the River: The Price of forgiveness"
    "Last day of freedom"

    Melhor canção original
    "Earned it" ("Cinquenta tons de cinza")
    "Manta Ray" ("Racing extinction")
    "Simple song #3" ("Youth")
    "Writing's on the wall" ("007 contra Spectre")
    "Til it happens to you" ("The hunting ground")

    ________________________

    Surpresas: melhor filme pra Brooklyn (<3), Mad Max e Room (tenho que ver esse ainda); Melhor atriz pra Charlotte Rampling.

    Decepções: não teve nem melhor filme nem roteiro pra Steve Jobs; nada pro Tarantino :/ ; melhor filme pra Ponte dos espiões; nada de Carol pra filme e direção :'(
     
    Última edição: 14 Jan 2016
    • Ótimo Ótimo x 4
  2. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    O Menino e o Mundo ganhou uma indicação! :joy:

    Mas Carol ficou de fora de melhor filme e direção. :disgusti:

    Hmm, não esperava que Tom Hardy conseguisse a indicação.

    E pelo jeito a disputa pelo maior número de prêmios pode ser mesmo entre O Regresso e Mad Max, o primeiro com 12 indicações e o segundo com 10. Como Birdman ganhou ano passado e Mad Max é filme de gênero, Spotlight pode acabar sendo escolhido como melhor filme (já que foi indicado para as principais categorias também). Resta acompanhar as guilds para saber para onde vai a disputa.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    to pegando birra com a jlaw meio que na mesma vibe do bradley cooper? não vi joy ainda, mas será que valia a indicação mesmo ou foi puxada pelo nome? porque pelas críticas que andei lendo joy é um filme meio na média (e geral não aceitou muito bem jlaw interpretando uma mulher mais velha do que ela é). tanta guria que nunca foi indicada e poderia entrar. sei lá.
     
  4. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    No ponto em que estávamos, era provável que Mad Max ganhasse a indicação. De qualquer modo, é bom ver que é um dos filmes com mais indicações este ano.

    Melhor fime para Steve Jobs seria uma surpresa para mim, mas realmente achei que entraria em roteiro. Ditto para Tarantino. Já Ponte dos Espiões era outro que muitos achavam que entraria mesmo. BTW, não vi ainda nenhum desses 3 filmes, mas todos eles estão aguardando na fila. =B



    Gosto da JLaw, mas entendo bem esse sentimento. Também não vi Joy ainda (e nem sei se pretendo) e compartilho da opinião de que poderiam ter escolhido outra atriz para a vaga. Do que eu vi, outras opções seriam: Kristen Stewart (Acima das Nuvens), Anne Dorval ou Suzanne Clément (Mommy), Sidse Babett Knudsen ou Chiara D'Anna (O Duque de Burgundy), Julianne Côté (Tu dors Nicole). Obviamente, nenhuma dessas opções tem a cara da Academia e a JLaw é basicamente a maior estrela de Hollywood no momento, portanto o nome dela tende a aparecer mesmo. :-|
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  5. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Só sei que esse ano eu erro feio no bolão (se tiver - quem é o menino que organiza mesmo?). Achei bem mais diversa e imprevisível a lista, comparando com ano passado...
     
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    o problema talvez seja esse, as mulheres estão ganhando bons papeis mais no cinema independente. no mainstream os melhores papeis ainda são dos homens, aí quando chega na hora de fechar a lista com as cinco protagonistas aparece jlaw no lugar que poderia ser de outras.

    ***

    impressão minha ou na hora em que anunciaram os nomes o pessoal não parecia tão empolgado com as indicações para the revenant?

    o tisf =] ele já vai abrir ^^
     
  7. G.

    G. Ai, que preguiça!

    No lugar dela, cairia bem uma indicação para Cotillard em Macbeth (que, por sinal, não teve nada...).

    Ou Charlize Theron...

    OU, melhor ainda (como esqueci de mencionar?) - Emily Blunt em Sicario! que tbm só teve indicações - merecidíssimas - para fotografia, edição de som e trilha. Cadê pro Del Toro? E mesmo filme, roteiro e diretor? :'(
     
    Última edição: 14 Jan 2016
  8. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Olha eu esperava... tá sendo um padrão ultimamente isso. Um ator ou atriz forte pra categoria principal acaba "puxando" o coadjuvante do filme. Foi assim com a Maggie Gyllenhaal com o Crazy Heart (ela nem foi indicada pra SAG nem Globo de Ouro), com a Sally Hawkins (de fora do SAG), até com o Jonah Hill pelo Lobo de Wall Street (sem SAG nem Globo de Ouro também)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  9. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Carol should have nominations for best director and best picture this morning.

    Though Carol scored a good number of nominations this morning—for its two actresses, forPhyllis Nagy’s screenplay, for cinematography, costume, and score—one of the year’s best films failed to net a best-director nomination for Todd Haynes and, more disappointing, best picture. What the Harge happened??

    Maybe it’s that, yep, Carol is too gay. The film chronicles the beginnings and early stumbles of a lesbian relationship in repressed 1950s New York, and though its broader themes of passion and heartache may be universal, this is a film written by a gay woman (based on a book by a gay woman), directed by a gay man, that speaks in a vernacular that, I’d guess, only queer people are fully fluent in. Perhaps that was just too narrow, too restricting, too limited in scope for the Academy.

    Which, well, would be rather silly, considering that probably almost nobody voting for the Oscars has been attacked by a bear, let alone sought revenge across a snowy wilderness while badly injured. Nor have, hopefully, many of them been locked in a shed for seven years, or been stranded on Mars. Is it possible that gay stuff is just a bridge too far? This is the Academy that gave best picture to Crash instead ofBrokeback Mountain, after all, and Brokeback at least had the decency to be a tragic gay love story. Even in 2016, it might just be that Carol’s complex, intimate study of gay connection—with a hopeful, ambiguous end—was just too, y’know, that way for certain members of the voting body. Lesbian dramedyThe Kids Are All Right and AIDS drama Dallas Buyers Club have been nominated for best picture sinceBrokeback Mountain’s infamous loss, but two films in 10 years is not a great track record. (And, anyway, the lead character in D.B.C. is straight.)

    But let’s give the Academy the benefit of the doubt and assume that it’s not that. (It’s that.) Why else might Carol have been shut out of best picture? It may be that the film is just
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    for enough Academy voters to really grab a hold of; Carol is no gushing melodrama. Which has certainly been an issue for other also-rans in previous years. Remember when Gladiator beat Traffic for best picture, or when A Beautiful Mind beat In the Bedroom? And just look at the
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Crash also beat in its year. Loud and insisting tends to triumph over quiet and introspective, which is maybe just the way of the world. But at least those films mentioned above were nominated! Carol wasn’t even allowed a seat the table, while decidedly shallower fare was let in—rather tellingly, fare that featured men being tough (the pinnacle of all cinema) or women in peril (where women in movies belong, ideally).

    O.K., O.K., this morning is not meant to be about bitterness. It’s about celebration! So let’s cheer for Nagy, and for Cate Blanchett and Rooney Mara. For Carter Burwell and Edward Lachman, for Sandy Powell. That’s all very good news, even if Haynes and the film overall were shut out. Yes, we could scratch our heads and wonder how a film with some of the best acting, writing, and design of the yearwasn’t one of the best pictures of the year, but let’s not go down that path this morning. Carol did well today. Even if it should have—like really, really should have—done better.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 3
  10. fcm

    fcm Visitante

    Torcendo pro Leonardo di Caprio finalmente levar a estatueta.
    E essa Jennifer Lawrence se fizer um Vai que da certo 3 capaz que consegue ser indicada. Queridinha do Oscar, né possível.
     
  11. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Novamente é outro ano em que o Di Caprio está num filme com um número expressivo de indicações. Uma hora acaba levando.
     
  12. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    Pelo menos parece que alguns blockbusters estão começando a mudar esse panorama, vide Daisy Ridley em Star Wars e Charlize Theron em Mad Max (trocaria qualquer uma das duas pela JLaw, aliás).

    Difícil de dizer, os aplausos foram comedidos, só houve alguma surpresa na indicação do Hardy. O que ficou bem claro para mim é que muitos estavam torcendo por Mad Max. Fora isso, as maiores reações parecem ter sido com as indicações do Stallone e de Straight Outta Compton.

    Talvez a má fama do Iñárritu tenha algo a ver também. Li um tweet engraçado outro dia:
    "Someone who worked w/both said this to me: 'Yeah, Inarritu's an asshole but if you want Ron Howard, all you get are Ron Howard movies.'"

    Sobre Carol, ouvi dizer que muitos votantes sequer demonstraram interesse em assistir o filme. E realmente não é um dramalhão nem espetaculoso. Imagino certos comentários: "nada acontece", "não tem nada de mais", "ambíguo", etc. Filmes desse tipo sempre têm mais dificuldade em serem apreciados, e não só dentro da Academia.



    Hmm, bem pensado. Realmente é um padrão atual. Não vou perder isso de vista da próxima vez.



    Já assistiu?

    Até onde eu saiba, Sicario não teve muita campanha. Del Toro está magnífico, mas Emily Blunt nem tanto, principalmente porque acho o papel dela um tanto quanto limitado. Não ficaria triste se ela levasse uma indicação, não obstante. =)



    Este ano acho que ele tem enorme chance de ganhar o Oscar. Só a campanha dele ou do filme não exagerarem demais, principalmente agora.
     
    Última edição: 14 Jan 2016
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. G.

    G. Ai, que preguiça!

    @Quickbeam , assisti a Macbeth, sim. É ótimo, mas acho que pecou um pouco no preciosismo demais com as palavras de shakespeare - assim, é que o filme é bem atmosférico mas ao mesmo tempo falado demais - e na linguagem mesmo de época, e tudo dito com pompa extrema... Daí que achei que teria sido melhor se o diretor confiasse mais no poder das imagens. Ele quis fazer duas coisas ao mesmo tempo (ser fiel ao texto e se comunicar visualmente) e pareceu tudo um tanto sobrecarregado... Mas talvez seja uma boa ver de novo (depois de decoradas e digeridas as falas pra não se cansar enquanto assiste :dente: ). Ah, e as atuações principais são espetaculares! Fassbender e Cotillard - cada vez mais amor por eles :amor:

    No mais, quero ver essa estréia do Kurzel, Snowtown, um filme de um garoto assassino psicopata (parece ser bom :3 ) e estou confiante de que esse Assassin's creed seja mais do que um filme de video game.
     
    Última edição: 14 Jan 2016
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Não é por nada não, mas tô achando que o Mad Max vai arregaçar nas premiações técnicas. Sinceramente, em todas as premiações técnicas, eu acho que o Mad Max é muito superior aos concorrentes. Pra mim, as chances de ganhar cada uma dessas premiações técnicas são essas:

    Design de Produção: 90% (Brincadeira de criança, né? Um dos melhores designs que já vi no cinema)
    Fotografia: 80%
    Figurino: 75%
    Efeitos Visuais: 99% (Star Wars, que foi maravilhoso - muito melhor do que Gravidade e Avengers juntos -, pra mim não chega nem perto)
    Montagem: 70% (Edição flawless, na minha opinião, dando um rítmo excelente ao filme)
    Edição de Som: 95% (Os sons de motores V-8 rugindo ficaram perfeitos, justamente porque cada um daqueles carros no filme foi contruído daquela forma. O War Rig que vimos na tela realmente foi construído com 2 motores V-8 na vida real!)
    Mixagem de Som: ?? (não entendo sobre mixagem de som)
    Cabelo e maquiagem: 60% (Há muito tempo não víamos esse visual de distopia punk pós-apocalíptica tão bem representado no cinema)

    Eu acho um absurdo não darem o prêmio de Direção para o George Miller. O cara simplesmente foi para o meio do deserto com 100 dublês, e entregou as melhores cenas de ação que o cinema já viu até os dias de hoje. (Depois de Raiders of the Lost Ark, Die Hard e Matrix, finalmente chegou o filme que estabelece um novo marco para os filmes de ação que virão no futuro: Mad Max: Fury Road).

    Para melhor filme, não assisti ainda nenhum dos outros filmes que estão concorrendo ao Óscar, então aqui minha opinião é muito menos válida. Mas eu não vejo um filme tão bom quanto Fury Road desde o Gladiador (que, por acaso, é o meu filme favorito). Então, se depender do meu gosto, Fury Road leva pelo menos 9 oscars esse ano.
     
    Última edição: 14 Jan 2016
  15. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    • LOL LOL x 2
  16. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    E tem brasileiro entre os indicados. Se por um lado houve muito barulho para "Que horas ela volta" fosse indicado por outro lado silenciosamente "O menino e o mundo" está presente na categoria Animação.

    Confesso que não vi nem ela e nenhuma das outras quatro indicadas, então não sei qual o potencial que a brasileira tem em relação as demais, mas quem sabe sem aquele patriotismo forçado, o primeiro Oscar brasileiro venha justamente quando a mídia daqui fez menos alarde.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  17. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Animação já tem dono, é Divertida mente.
     
  18. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    também aposto em inside out, mas anomalisa pode surpreender. para o brasileiro no final das contas a indicação já foi o prêmio, nenhuma chance de ganhar.
     
  19. Atyarwen

    Atyarwen A Hobbit-size Elf Usuário Premium

    Star Wars com várias indicações! os outros filmes tiveram estatuetas ou indicações ao Oscar? Nunca li a respeito.
     
  20. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Já estou me preparando psicologicamente pra ver Anomalisa perder pra inside out. Tendo disney/pixar na categoria, a vitória desta é garantida...

    Mudando de assunto, vi Carol hj, mas me deu uma raiva de estar sonolento na hora do filme, como sempre minha mente, neste estado, bloqueia qualquer capacidade de sentir emoções, de criar empatia, só funciona, e mal tbm, uma analise mais fria (mas não tive vontade de dormir em nenhum momento, nem estive impaciente)... Não aproveitei bem a sessão :mad: Anyway, tudo isso pra falar que foi quase como se não tivesse visto. Amanhã pego um screener e revejo. Mas o que deu pra pegar foi que: As atuações das duas estavam excelentes, principalmente da Rooney Mara, em sua melhor performance que já vi; ela se deixa totalmente derreter dentro da personagem, a gente consegue vê-la (a Therese) com vida própria, perceber como ela vai com a maré, quase não tomando decisões por si na vida. Maravilhosa também a fotografia, sempre capturando os personagens cortados ao meio, escondidos, pelo cenário, atrás de janelas, grades, sempre enclausurados... Agora para analisar o todo tenho que ver de novo mesmo, do jeito que estava, achei tudo meio instável, amador, mas é certamente por eu ter estado sonolento, como falei...
     
    Última edição: 15 Jan 2016

Compartilhar