1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

The Minority Report and Other Classic Stories (Philip K. Dick)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Tataran, 23 Fev 2011.

  1. Tataran

    Tataran Usuário

    [align=justify]Bem, seguindo com minha sequência de leituras de Philip K. Dick, tive a oportunidade de conhecer uma sua coletânea de contos, que li diretamente do inglês, The Minority Report and Ohter Classic Stories:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Se instado a definir brevemente a natureza dos contos de Philip Dick, optaria por ressaltar a constante discussão entre aquilo que é real e aquilo que é sonhado/inventado/imaginado. Se não todos, a grande maioria dos contos poderia trata desse tema tão caro ao escritor.

    Para dar uma noção do tipo de história que se pode encontrar neste livro, selecionei umas poucas para apresentar seu argumento básico.

    Captive Market: No início do conto, somos apresentados a Edna Berthelson, uma viúva de meia-idade que, descobriremos aos poucos, obtém excelente renda através da compra e venda de artigos diversos. Para onde e para quem elas os vende, com tão boas margens de lucro, é um mistério até para seus parentes.

    Em sequência, Philip Dick expõe ao leitor a trágica situação daquelas pessoas a quem Edna vende seus produtos, a preços abusivos. Isolados em uma parte do planeta devastada e contaminada por radiotividade, eles buscam desesperadamente contruir e equipar uma nave que os permita emigrar ao planeta Vênus. Para isso, eles dependem exclusivamente de Edna.

    Durante uma de suas viagens,, para vender seus artigos, um dos netos de Edna resolve descobrir quem são seus clientes e oculta-se junto às mercadorias acomodadas no veículo. Seu intento é frustrado, contudo, quando, durante o percurso, o veículo e sua avó desaparecem totalmente debaixo dele, fazendo com que caia sobre a rodovia.

    Passamos a compreender, então, que a relação de Edna com seus clientes exige um tipo de travessia entre planos de realidades diferentes.

    The Minority Report: Quanto ao conto que dá nome à coleção, The Minority Report, tendo em vista o filme de grande sucesso nele baseado, seu argumento básico deve ser de conhecimento de todos: em um mundo futurista, uma unidade policial, conhecida como Precrime, utiliza-se da capacidade de três pessoas, conhecidas como pre-coqs, de enxergar o futuro para prender potenciais criminosos antes que o crime efetivamente aconteça. Já no começo do conto, Anderton, um dos policiais que trabalham nesta agência, obtém em primeiro mão um informe segundo o qual ele irá assassinar uma pessoa que nem sequer conhece.

    A partir dái, todavia, o conto original e a sua adaptação para o cinema divergem totalmente, o que tornará a leitura do texto de Philip K. Dick interessante até mesmo a quem viu o filme. Em especial, o conto parece, ao final, lidar com o seguinte aspecto, não mencionado na adaptação de Steven Spielberg: ao realizarem uma premonição e a passarem aos agentes do Precrime, os pre-coqs não terminam por mudar o próprio futuro por eles narrado?

    Waterspider: Em um ambiente ficcional futuro, um grupo de cientistas governamentais encontra-se tentando resolver um problema técnico que permita a re-entrada segura de uma nave espacial conduzindo convictos ao sistema de Proxima Centauri. Neste impasse, surge-lhes a ideia de tentar voltar no tempo, por volta de 1950, e trazer um pre-cog que houvesse antevisto satisfatoriamente o problema por eles enfrentado. Através da consulta aos bancos de dados, identificam um “artigo”, publicado em uma “revista científica”, de autoria de Anderson Poul, no qual se antecipa o futuro por eles vivido e o problema técnico por eles enfrentado. Utilizando-se, então, de uma máquina para voltar no tempo, os cientistas resolvem recolher Anderson Poul durante uma conferência de pre-coqs.

    Contudo, ao narrar a chegada dos cientistas à convenção, Philip Dick revela que, entre os pre-coqs participantes, encontram-se grandes nomes da ficção científica do Séc. XX, como Isaac Asimov e Ray Bradbury. Aparentemente, há algo de muito estranho no futuro de onde vêm os cientistas, e as suas interações com Anderson Poul terminam por ganhar outra dimensão.

    Além destes três, há outros contos bem interessantes. Em What The Dead Men Say, vemos os mesmos elementos nos quais é baseado Ubik: a possibilidade de que pessoas falecidas tenham preservadas suas faculdades cerebrais, alcançando um tipo de meia-vida. Já The Days of The Perky Pat traz como mote os colonizadores humanos em Marte, em um ambiente de isolamento e depressão, fazendo uso de um tipo de brincadeira com bonecos para fugir daquela realidade para outra que lhes fosse mais agradável. A idéia deste conto foi posteriormente melhor desenvolvida pelo próprio Philip Dick no livro Os Três Estigmas de Palmer Eldritch.

    Em Orpheus with Clay Feet, vemos um tipo de história circular em que o próprio conto figura dentro de si mesmo, em um tipo de auto-referência.

    Enfim, não acho que essa coletânea seja um livro que eu recomendaria a quem não teve nenhum contato prévio com Philip K. Dick, mas, certamente, deverá agradar aqueles que, já tendo lido algumas de suas obras mais conhecidas, desejam conhecer um pouco mais de seu trabalho.

    Por fim, por meio de pesquisa na internet, detectei que há uma coletânea de contos do autor, traduzida para o português, e editada pela Record, com o título de Minority Report, mas não consegui determinar se constam dela as mesmas histórias desta edição americana.[/align]
     

Compartilhar