• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

The Mentalist

Anica

Usuário
É minha série favorita no momento. Trata-se da história de Patrick Jane, um sujeito que se passava por paranormal mas que na verdade é só um cara *muito* inteligente e extremamente observador. O assassinato da esposa e da filha fazem com que Jane largue mão da farsa e passe a ajudar um grupo de investigadores a resolver crimes complicados.

Sério, muito gente diz que já viram um plot parecido com esse em outras séries, mas o fato é que The Mentalist é MUITO legal. O cuidado que eles têm com todas as personagens (todas são bacanas a sua maneira), as histórias e mesmo Jane, que é um protagonista (quase) tão carismático como o atual queridinho da galera, o House.

Já está passando na Warner, se ainda não viu, corre ver que é muito legal.
 
Eu tbm acho muito boa e, alem do mais, eh facil se apegar pq pelo visto vai ter pelo menos umas 5 temporadas.
Impressionante a capacidade dos americanos criarem personangens deTv tao carismaticos , soh pra citar , Friends, House, Dexter, entre outros.

Ps, Alguem sabe pq todos os episodios tem Red no titulo ? Sera q eh por causa do cara q matou a familia do Patrick?
 
lipecosta_ro disse:
Ps, Alguem sabe pq todos os episodios tem Red no titulo ? Sera q eh por causa do cara q matou a familia do Patrick?

acho que é exatamente por causa disso :sim:
 
Essa semana é o season finale, meu palpite é de que red john voltará a aparecer. :sim:
 
Eu acho que podiam caprichar um pouco mais com os roteiros. Na maioria das vezes eles não fazem jús aos pesonagens. À parte disso, concordo com Anica. O elenco é carismático e simpático, os momentos humorísticos funcionam particularmente bem, pois há uma química legal entre os atores.

E sim, o Red John volta a ser o foco no finale, mas não tenho esperanças que resolvam muita coisa - Burno Heller (i.e o showrunner) já comentou que a sua intenção é que o caso do Red John seja abordado ao longo de toda a série, chegando à uma resolução só no fim da mesma.
 
uia, acabou que eu nem tinha vindo comentar aqui após assistir ao episódio. bão, vou copiar e colar aqui o que eu postei no Hellfire logo que assisti. tem spoilers e talz.

[align=justify]The Mentalist estreou em 2008 e logo conquistou um espaço na lista das séries mais vistas lá fora. A ideia não era exatamente original (como comentei por aqui logo após assistir ao Piloto), mas acaba chamando a atenção especialmente pelas personagens. Não é só o protagonista que é carismático, mas as pessoas que trabalham com ele também. E estava indo tudo muito bom, tudo muito bem até que o fator “um tico de margarina esticada num pão gigante” entrou em ação.

O primeiro ano inicialmente contava com 13 episódios, mas com o sucesso que fez acabou ganhando outros 10. Coincidência ou não, Crimson Casanova (s01e14) é um dos últimos episódios acima da média em toda a temporada. Os demais parecem um “cumprir tabela”, com situações se repetindo e só com as atuações segurando as pontas, digamos assim.

Então, era de se esperar que pelo menos o último episódio da temporada tivesse aquele algo a mais que vimos até o 14º, certo? Afinal, normalmente é aí que o gancho para a próxima temporada é deixado, com várias indagações e aquela vontade de saber o que acontecerá. Mas não foi bem a sensação que tive ao assistir Red John’s Footsteps, que é obviamente sobre a nêmesis de Jane. O problema é que usar o Red John só porque chegamos ao fim da temporada não é o suficiente.

Queremos perguntas. E não as mesmas perguntas do início da temporada, mas algo novo que nos faça querer ver a segunda temporada, pensando que não será apenas uma repetição de tudo que já foi visto antes. Levando em consideração que a série não precisa seguir exatamente uma ordem cronológica (já que a única marca de tempo ali seria o relacionamento entre o Rigsby e a Van Pelt, que nunca dá em nada mesmo), eu teria invertido os episódios e deixado o Red John’s Friends (s01e11) como conclusão. Sim, continuaríamos sem grandes indagações, mas pelo menos foi eletrizante e não dava aquele gosto de já ter visto tudo aquilo antes.

Não sei. Após episódios como esse você fica pensando que se o Jane NUNCA alcançará o Red John e NENHUMA informação nova relevante será apresentada, aí episódios sobre o Red John, que deveriam ser os mais importantes, serão simplesmente sem razão de ser. Vou assistir para que se eu já sei o que NÃO vai acontecer? É quase como ler um livro de mistério já sabendo quem é o assassino. Talvez por isso eu prefira que resolvam de uma vez a questão do Red John e deixem o Jane trabalhando nos demais casos da CBI por pura bondade ou algo que o valha ¬¬’[/align]
 
assisti ao primeiro episódio da segunda temporada hoje e achei bem legal. arrumaram um outro antagonista para jane, o que tira um pouco o foco do red john. desse jeito a série consegue ganhar mais uma temporada sem ser cansativa sobre o "mistério" principal, acho.

edit: meus comentários sobre o episódio aqui -> http://www.anica.com.br/2009/09/26/the-mentalist-s02e01-redemption/
 
Regente disse:
A identidade do Red John foi meio que revelada nesse season finale.

tb acho, ficou mto difícil errar. parece q só o patrick ñ percebeu. ou será q percebeu e tá se fazendo de sonso (dnv)?
 
JLM disse:
Regente disse:
A identidade do Red John foi meio que revelada nesse season finale.

tb acho, ficou mto difícil errar. parece q só o patrick ñ percebeu. ou será q percebeu e tá se fazendo de sonso (dnv)?

Acho que ele percebeu no final. Aquele poema que RJ recitou é do William Blake, que também foi pintor, cujo um dos quadro é entitulado "A Brace of <sobrenome do RJ>".
 
eu confesso que tive que ir fuçar mais a fundo (aka: google) para achar quem seria o red john para a maioria das pessoas que viram o season finale. e se for isso mesmo, bleargh, que sem graça.

e eu acho que o que pesa mais a favor é o fato de que a personagem aparece no episódio piloto e agora novamente. ok, o sobrenome bate com o quadro do blake, mas convenhamos que eles podem fazer o que quiser com essa citação de the tyger

mas ok, pelo menos serviu para deixar a curiosidade sobre a terceira temporada. se eu tivesse parado com o mentalist onde estava (acho que episódio 16), provavelmente já teria abandonado a série.
 
Outra ressuscitação minha: depois de uma terceira temporada boa, que culminou num finale espetaculoso, o premiere da quarta temporada começa meio devagar, mas depois que engata a segunda vai que vai. O Jane sempre dissimulada, e outros tentando dar uma ajuda, quase sempre desnecessária. Série recomendada.
 
caracoles, o epi6 é até agora o melhor da 4ª temporada. jane conseguiu matar 2 coelhos sem nenhuma paulada! mto inteligente, babei qdo ele olhou p a câmera, já sabendo oq ele tava planejando... sinistro!
 
É verdade, o Jane foi muito frio, até mesmo sádico, cruel, enganou direitinho o serial killer, usou ele da maneira que quis.

O promo do episódio de amanhã, tomara que seja tão bom quanto o último:
 
Última edição por um moderador:
Muito bom o episódio da semana passada, em que o Jane tem uma amnésia parcial, voltando à personalidade que ele tinha antes da mulher e filha serem assassinadas e ele ir trabalhar com o CBI. Arrisco até a dizer que foi o melhor episódio dessa quarta temporada, teve humor
(hilária a parte dele bêbado tentando apalpar a bunda da Lisbon :lol: )
e emoção
(quando a Lisbon leva ele pra ver a cara de sangue do Red John na casa e ele lembra da família dele e o que aconteceu com elas é de cortar o coração)
na medida certa.
 
esse epi10 levanta questionamentos filosóficos. sei q a conclusão do epi teve q ser daquele jeito p a série continuar, mas...

...ñ seria + humano deixar jane viver em feliz ignorância, mesmo q sem ser uma pessoa melhor, dq revelar novamente a ele a tragédia q voltará a atormentá-lo pelo resto da vida?

a atitude d lisbon foi + benéfica p ela ou p ele?
 
Por mais ruim e até cruel que possa parecer aquilo que a Lisbon fez, eu penso que ela fez pro bem dele, pensando como amiga. Porque ela sabia que uma hora ele ia recobrar totalmente a memória, e quando isso acontecesse ele ia ficar com raiva, dele por ter desistido de se vingar pela esposa e filha pra levar aquela vida de bon vivant, e também dela, por deixar ele fazer isso, sem tentar nada pra impedí-lo.
 
Até que esse penúltimo episódio da quarta temporada, exibido na quinta passada, foi um pouco mais emocionante e empolgante que o resto. Aquele negócio do Patrick
resolver queimar todos os arquivos que ele tinha do Red John, desiludido depois que o próprio manda aquele recado pra ele no aniversário de 9 anos da morte da esposa e da filha, zombando dele,
foi muito forte e emocionante. E isso deixou ele muito avoado, desconcentrado, tanto que não teve paciência pra encontrar uma maneira calma e contida de pegar o assassino do crime que eles estavam investigando, e resolveu
torturar mesmo o sujeito pra fazer ele confessar, e isso acabou fazendo com que ele fosse despedido do CBI, depois de provocar e insultar o chefe deles.
Mas aquilo que falaram no post sobre o último episódio na página da série,
sobre ele agora se juntar ao Red John, espero que seja só uma tática dele, porque senão isso faria a moral e o caráter dele cair muito.
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.464,79
Termina em:
Back
Topo