• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

The Batman (idem, 2021)

Nota para o filme:


  • Total de votantes
    16

Omykron

far above
Não achei o batmovel nada demais (podem me chamar de herege...) e engraçado que eu não achei o filme tão escuro assim. Inclusive o filme me pareceu bem sépia, mais do que preto. Mas eu devo ter me enganado nesse ponto.
Eu vi o filme em Imax, não achei escuro, achei a tonalidade adequada. é um filme sombrio, onde a luz também conta uma história (por exemplo, o filme termina num amanhecer (
new moon twilight GIF
))
Foi o fato de que MAGICAMENTE o algoz da vida de basicamente todo mundo era o Falcone. No início, ele era "só" o mafioso mais perigoso da cidade, depois ele era pai da Selina, depois disso a gente descobre que ele foi provavelmente o mandante do assassinato dos Wayne, depois além disso ele ainda matou PESSOALMENTE a mãe da Selina. Caramba, não tinha mais uns capangas, tipo o próprio Pinguim, para diluir a culpa dessas coisas todas? pareceu conveniente demais.
Mas desde a aparição do Falcone no filme eles deixam bem claro que ele é alguém muito perigoso e inescrupuloso. É uma ascendente do histórico de violencia dele. Todo mundo desconfia do Cobblepot (Pinguim), mas nunca do chefe do Pinguim.

Alias
 

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim.
Tô querendo ver também mas não animei de ir ao cinema até agora. Se ainda estiver em cartaz, o que eu duvido, posso reconsiderar... :think:
 

Bartleby

how are you? from 10 to 1?
Para quem estava esperando para ver o filme em casa, agora é a hora. Já está na HBO MAX (e outros serviços nada legais, if you know what I mean)...

Pensando em rever, pra ver se gosto mais...
 
Última edição:

Turgon

Mugiwara no Ichimi
Assisti hoje. Não resisti esperar até o feriado. Gostei bastante do filme. Não estava esperando muito, mas o filme entrega um bom Batman com uma boa história. Não seria contra a uma continuação do filme. Ficou melhor do que eu havia esperado, inclusive o ator.
 

Ilmarinen

Usuário
Lógico que tem horas que eu acho que ele exagera, como, por exemplo, quando malha o Snyder da maneira que o faz. Mas há que se reconhecer que ele o faz com propriedade.


Não é a toa que uma das coisas que o canal dele não aborda de jeito nenhum, pelo jeito, é J.RR. Tolkien, C.S. Lewis e o suposto, (ou será que não?) ranço fascista da literatura de Alta fantasia.

https://www.reddit.com/r/DC_Cinematic/comments/7rr7ja
https://www.reddit.com/r/BreadTube/comments/kdlroo
https://www.reddit.com/r/DC_Cinematic/comments/nh5uvy






Além de, pelo jeito, passar pano em cima do racismo howardiano na criação do Conan. Apesar de depreendermos algo disso no vídeo sobre Conan e a diversidade.
 
Última edição:

Mercúcio

Usuário
Vi o filme. Gostei bastante e gostei especialmente do Charada como vilão, que pra mim está num nível próximo do Coringa do segundo filme da trilogia do Cavaleiro das Trevas.
Ali pelo final do filme, eu já tava lutando contra o sono e talvez tenha deixado passar alguma coisa. Então deixa eu perguntar por aqui...

No fim das contas, o Charada ganhou a parada, não? Ele fez tudo o que ele queria fazer... ou não? :think:
 

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim.
Respondendo ao seu spoiler:
Sim, o "maior detetive do mundo" foi incompetente demais para interromper o Charada, que só foi pego porque isso fazia parte do seu próprio plano. A única coisa que ele não conseguiu foi, de fato, matar o Bruce Wayne (por motivos óbvios rs). Mas ele "perdeu" a parada no sentido de que não conseguiu criar os laços pretendidos com o Batman, cujas motivações ele julgava ter compreendido.
 

Mercúcio

Usuário
Respondendo ao seu spoiler:
Sim, o "maior detetive do mundo" foi incompetente demais para interromper o Charada, que só foi pego porque isso fazia parte do seu próprio plano. A única coisa que ele não conseguiu foi, de fato, matar o Bruce Wayne (por motivos óbvios rs). Mas ele "perdeu" a parada no sentido de que não conseguiu criar os laços pretendidos com o Batman, cujas motivações ele julgava ter compreendido.

Valeu, @Béla van Tesma !!
 

Omykron

far above
Isso também fez a forma que o Bruce ve Gotham e o apoio que Gotham precisa de maneira diferente.
Wednesday, November 6th. The city is under the water. The national guard is coming. Martial law is in effect, but the criminal element never sleeps. Looting and lawlessness will be rampant... in the parts of the city, no one can get to. I can already see things will get worse... before they get better. And some will seize the chance to grab everything they can. I'm starting to see now I have had an effect here... But not the one I intended. Vengeance, won’t change the past. Mine… or anyone else’s. I have to become more. People need hope. To know someone’s out there for them. This city's angry, scarred. Like me. Our scars can destroy us. even after the physical wounds have healed. But if we can survive them... They can transform us. They can give us the power. To Endure... And the strength to fight.
 

Haran

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
No diálogo entre Coringa e Charada no final do filme, a mensagem que fica é que o Charada foi derrotado. Interpreto que isso se deu porque Batman primeiramente (1) impediu a chacina armada, o que poupou a prefeita e impediu ou diminuiu a notoriedade do grupo do Charada, mas principalmente porque (2) Batman serviu como um farol de esperança no meio da tragédia toda, papel que assumiu a partir dali em Gotham. Inclusive ele assumiu esse papel justamente ao perceber que seu papel anterior, de vingança, serviu pra inspirar Charada. Daí que Charada teria sido derrotado em seus intentos.

O filme é bom, mas sinto que é um filme dispensável. Uma coisa é a mensagem do filme como mais ou menos delineada acima, outra coisa é o Batman de fato inspirar o espectador (com esperança ou seja qual lá for o sentimento), e não me pareceu ocorrer isso. Diferentemente do Batman de The Dark Knight, por exemplo, e até do de Batman Begins. É essencialmente uma mera história de detetive, a jornada propriamente de herói é resolvida às pressas no ato final do filme. Pode ser fiel aos quadrinhos, mas como não sou fã dos quadrinhos, não conto isso por si só como ponto positivo. Aliás, ato final que, com Charada preso, é entediante - já vimos um punhado de vezes Gotham ser destruída ou quase destruída, e já no terceiro filme do Nolan isso me pareceu saturado...[1] Poderiam ter ido por outro caminho - Charada meramente querer matar o Batman, por exemplo, justamente com o papo de ele ser um bilionário privilegiado e tudo mais.... Enfim, o filme foi uma boa experiência, mas não me vejo revendo o filme, por exemplo.
 

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim.
Um filme nota 7/10. Foi o que eu marquei na enquete. :hihihi: Também não veria de novo, como 90% dos filmes, pelo menos.
 

Bruce Torres

Let's be alone together.
Como filme, achei meh. Como forma de repensar a imagem do Batman, achei interessante.
Eu não morro de amores pela era Nolan, acho que há vários problemas técnicos ali, mas sempre há algo interessante a extrair ali em termos de simbolismo, e esse filme do Reeves não foi diferente, e todos já mencionaram qual é nos spoilers. Isso foi ousado numa era de heróis edgy.
Acho que o único ponto que realmente curti foi a trilha sonora e o trabalho de som. Mesmo o Colin Farrell, eu comentei com o @Bartleby na saída do filme — ele no Rio, eu em SP — que foi uma boa imitação de Robert De Niro.
 

Bartleby

how are you? from 10 to 1?
Como filme, achei meh. Como forma de repensar a imagem do Batman, achei interessante.
Eu não morro de amores pela era Nolan, acho que há vários problemas técnicos ali, mas sempre há algo interessante a extrair ali em termos de simbolismo, e esse filme do Reeves não foi diferente, e todos já mencionaram qual é nos spoilers. Isso foi ousado numa era de heróis edgy.
Acho que o único ponto que realmente curti foi a trilha sonora e o trabalho de som. Mesmo o Colin Farrell, eu comentei com o @Bartleby na saída do filme — ele no Rio, eu em SP — que foi uma boa imitação de Robert De Niro.
Interessante você mencionar essa questão do som, porque hoje saiu esse vídeo, de um canal que gosto muito, tratando justamente desse tema.

 

Ana Lovejoy

Administrador
achei o filme ok. o triste é que ele começa muito bem, e tinha potencial, mas aí vai se esculhambando aos poucos até chegar no fim, que deu uma preguiça enorme. e a preguiça nem é pelo tamanho, mas é porque toda a novidade do início vai derretendo da metade para frente o filme é só mais do mesmo - nada que justifique o enésimo filme do batman dos últimos anos. põe pra rodar, tem mais personagem, sabe.

como já comentado em posts anteriores, o tema principal tem umas notas que lembram muito a marcha imperial. toda vez que o pattinson aparecia como batman caminhando sozinho, a tela dominada por luzes de tons vermelhos e fumaça, eu pensava naquela cena do corredor de rogue one. AQUELA. e é muito doido pq naquela cena nem toca a marcha imperial. enfim. fiquei com saudades de rogue one, acho que vou rever.

para terminar:

1652097861702.png
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$950,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo