1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Textos em Sindarin

Tópico em 'Idiomas Tolkienianos' iniciado por Thorondil, 18 Abr 2004.

  1. Thorondil

    Thorondil Usuário

    Estou abrindo esse tópico para que eu e todos vocês possam postar suas traduções, especificamente em Sindarin, aqui no fórum. Não pstei no Textos em Quenya pois o Tilion avisou que textos em outra língua seriam apagados imediatamente.
    Moderadores: Peço que cuidem da maneira necessária desse tópico. Podem movê-lo pro lugar certo, se preciso.

    Abaixo segue uma tradução minha do poema Túmulos de Mundburg, que se encontra na última página do capítulo "A Batalha dos Campos de Pelennor"

    OBS: Não traduzi os nomes próprios.

    =====

    I Choedh o Minas Tirith
    Os Túmulos de Mundburg

    I "o, a"(s); pl. haudh "túmulo" (Ety/363-7); o "de".

    Lastannem uin rym ned lóm en emyn,
    i meigol hílar erin Harad-arnad.
    Rych evyrn avodir nored nan Dôr 'Onden
    sui sûl erin aur. Auth thiant thoniel.


    1) Nós ouvimos das trompas no eco das colinas,
    2) as espadas brilhando no Reino do Sul.
    3) Rápidos cavalos foram correndo à Terra de Pedra
    4) como vento na manhã. [A] guerra parecia flamejante.

    1) pret. 1ªp pl. Lasta- "ouvir"; o "de" + in "os, as", uin "das"; pl. rom "trompa" (Ety/384); ned "em"; lóm "eco", en "da(s)", pl. amon "colina, montanha";
    2) In "os, as" mutado; pl. magl; pres. 3ªp pl. síla- "brilhar" mutado; erin (or + in) "no"; Harad "Sul", arnad "reinado";
    3) pl. roch "cavalo", pl. avorn "rápido" (DS); pret. 3ªp pl. bad- "ir"; ger. nor- "correr"; nan (na + in) "ao, à"; dôr "terra", gonden "de pedra" mutado;
    4) sui "como"; sûl "vento"; erin (or + in) "na"; aur "dia, manhã". auth "guerra"; pret. 3ªp sing. thia- "parecer, aparentar"; thoniel "flamejante".

    Ennas Théoden dhannant, Thenglion veleg,
    ath thaim velthin dîn a nedhrais gelin
    Erin bairth feredrin allú ethelitha,
    Hîr arod uin hoth. Harding a Guthláf,


    5) Lá Théoden tombou, forte Thengling,
    6) para [os] seus salões dourados e verdes pastagens
    7) nos campos setentrionais nunca retornará,
    8) nobre senhor do exército. Harding e Guthláf,

    5) ennas "lá"; pret. 3ªp sing. danna- "cair" mutado; beleg "forte" mutado;
    6) An mutado; pl. tham "salão"; pl. melthen "dourado" mutado; dîn "seu(s)" 3ªp; a "e"; pl. nadhras "pastagem"; pl. calen mutado;
    7) erin (or + in ) "nos"; pl. parth "campo" mutado; pl. forodrin "setentrional, do norte"; allú (al- + lú) "nunca" (T); fut. 3ªp sing. athol- (at- + tul-) "retornar" (T);
    8) arod "nobre"; hîr "senhor"; uin (o + in) "do, da"; hoth "hoste, exército"; a "e".

    Dúnhere a Déorwine, Grimbold 'ornui,
    Herefara a Herubrand, Horn a Fastred,
    maethanner a danner ennas or dhôr chae:
    Ne Choedh o Minas Tirith nu chwaind caedar
    Gwa vellyn dîn, hírath Gondor.


    9) Dúnhere e Déorwine, bravo Grimbold,
    10) Herefara e Herubrand, Horn e Fastred,
    11) Lutaram e tombaram [lá] em uma terra distante:
    12) Nos Túmulos de Mundburg sob fungos eles dormem
    13) Junto de seus amigos, senhores [de] Gondor.

    9) a "e"; gornui "bravo" (T) mutado;
    10) a "e";
    11) pret. 3ªp pl. maetha- "lutar"; pret. 3ªp pl. danna- "cair"; ennas "lá"; or; dôr "terra" mutado; hae mutado;
    12) ned "em" mutado; pl. haudh, en "de"(o, a) mutado; nu "sob"; pl. hwand; pres. 3ª pl. caeda- "dormir";
    13) gwa "junto de"; pl. mellon "amigo" mutado; dîn "seu(s)" 3ªp;

    Ú Hirluin, i Vain, nan emyn gwa i aear,
    ú Forlong, ir Iaur, uin imlyth
    allú, an Arnach, an ngarn dôr dîn
    abodir ne gell; ú bengryn dynd,
    Derufin a Duilin, an nîn vyrn dîn,
    aelin o Morthond di 'waith o eryd.


    14) Não Hirluin, o Belo, às colinas junto ao mar,
    15) nem Forlong, o Velho, dos vales florecidos
    16) nunca, para Arnach, para sua própria terra
    17) retornaram em triunfo; nem [os] altos arqueiros,
    18) Derufin e Duilin, às suas águas escuras,
    19) lagos de Morthond sob [as] sombras das montanhas.

    14) ú "não"; i "o, a"; bain "belo, lindo" mutado; nan (na + in) "ao, à"(s); pl. amon "colina"; gwa- "junto, com"; i "o, a"(s); aear "mar";
    15) ú "não"; i "o, a"; iaur "velho"; uin (o + in) "do, da"(s); pl. imloth "vale florecido";
    16) allú (al- + lû) "nunca" (T); an "para"; garn "próprio(a)" (Ety/360) mutado; dôr "terra" mutado; dîn "seu, sua"(s) 3ªp;
    17) pret. 3ªp pl. abad- "retornar"; ned "em" mutado; gell "triunfo" (Ety/359); ú- "não, nem"; pl. pengron "arqueiro" (T) mutado; pl. tond "alto" mutado;
    18) a "e"; an "para"; pl. nen "água"; pl. morn "escuro" mutado; dîn "próprio(a)";
    19) pl. ael "lago"; o "de"; di "sob"; gwath "sombra" mutado; o "de"; pl. orod "montanha";

    Gurth erin aur a di vethed-en-arad
    mabant chírath a dhírath faeg. Si anann lostar
    di thâr ne Gondor gwa i Dhuin Dhaer.
    Si mith sui nîr, sílad celebren,
    abdollen norn caran, nen vrui:


    20) Morte na manhã e no fim do dia
    21) levou senhores e pobres homens. Agora há muito eles dormem
    22) sob grama em Gondor junto ao Grande Rio.
    23) Agora cinza como lágrimas, brilhando prateada,
    24) depois correu vermelha, água barulhenta:

    20) gurth "morte"; erin (or + in) "na"; aur "dia, manhã"; a "e"; di "sob"; methed "fim" mutado; en "do, da(s)"; arad "dia";
    21) pret. 3ªp sing. maba- "levar, pegar"; pl. hîr "senhor"; a "e"; pl. dîr "homem"; faeg "pobre(s)"; si "agora"; anann "por um longo tempo"; pres. 3ªp pl. losta- "dormir" (DS);
    22) di "sob"; thâr "grama"; ned "em" mutado; gwa "junto"; i "o, a"; duin "rio" mutado; daer "grande" mutado;
    23) si "agora"; mith "cinza"; sui "como"; nîr "lágrima(s)" (Ety/376); ger. síla- "brilhar"; celebren "prateado";
    24) abdollen "depois" (DS); pret. 3ªp sing. nor- "correr"; nen "água"; brui "barulhento" mutado;

    Falf agarwaen lachol di annûn;
    Sui nerthain eryd lachanner di thin;
    Dannant caran i vîdh ned Rammas Echor.


    25) Espuma cor de sangue flamejante sob [o] pôr-do-sol;
    26) Como faróis, montanhas queimavam sob [o] anoitecer;
    27) Caiu vermelho o orvalho em Rammas Echor.

    25) falf "espuma"; agarwaen "pintado de sangue"; part. at. lacha- "flamejar"; di "sob"; annûn "oeste, por-do-sol";
    26) sui "como": pl. narthan "farol"; pl. orod "montanha"; pret. 3ªp pl. lacha- "flamejar"; di "sob"; poet. thin "anoitecer";
    27) pret. 3ªp sing. danna- "cair"; caran "vermelho"; i "o, a"; mîdh "orvalho" (Ety/373) mutado; ned "em".

    Editado
    PS: Fiz uma revisão geral junto com o Lingwilóke e concertei os erros. Abração ae velho.
     
  2. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    putz cara ficou muito bom a tradução.....
     
  3. Thorondil

    Thorondil Usuário

    Ae, eu esqueci de dizer uma coisa. Essa tradução eu fiz direto da versão original do poema, ou seja, em inglês. Então, o que está em português seria como uma tradução do que eu traduzi.

    Cuio mae!
     
  4. Bingo Fossador

    Bingo Fossador Usuário

    Mando muito bem véi. Continue assim! :)
     
  5. Thorondil

    Thorondil Usuário

    Nobres senhores e senhoras de Valinor, estou postando mais uma tradução minha para o Sindarin. Esse poema é de autoria de Eöl, membro do Fórum da Ordem de Eä. Um belo poema!

    Tiro!

    ========================

    A Dama-branca
    I Nî-Nglân

    Ar-Feiniel fora chamada
    Ar-Feiniel estanner dîn
    (lit. "Ar-Feiniel eles a nomeavam")
    Pois a Luz de Aman que se apagou
    An Gail Aman i thinnant
    Das belezas a mais louvada
    Uin benith i aglarebwain
    Em seu semblante perdurou.
    Narthant or nîf în.

    benith “belezas”, pl. de baneth (T); aglarebwain "mais louvado(a)", egleria- "louvar", suf. sup. -wain;

    Princesa entre os eldar,
    Gwenn min edhil,
    (lit. "Donzela entre os elfos")
    Na nobre casa de Finwë nasceu.
    Min adab arth Finu onnen.
    (lit. "Na nobre casa de Finwë nasceu([was] born)")
    Valorosos irmãos possui
    Muindyr gernui gâr
    A um Pai que só Morgoth abateu.
    Ah adar i na-erui Morgoth nanc.

    gernui "valorosos", pl. de gornui, gorn "valor" (T); na-erui “somente” (RD);

    Exilada foi do Reino dos Valar
    Edledhiant uin Arnad-i-Melain
    (lit. "Partiu em exílio do Reino dos Valar")
    Com seu povo partiu viajante
    Gwavod gwaith în núriel
    A procura de terras onde reinar
    Na athired nýr ias torthad
    (lit. "para procurar terras onde reinar")
    Atravessou o Gelo Atritante
    Athradant Chelcharaes

    athired “procurar”, ger. de athir- “procurar” (an + tir-)(T);

    Pela liberdade sempre ansiava
    Al laneth anírant banlú
    Fugindo de Ondolindë cavalgou
    Dregant o Gondolin ah onur
    (lit. "Fugiu de Gondolin e cavalgou")
    Com um só lugar não se contentava
    Er-sad ú-far
    (lit. "Um lugar não [era] suficiente")
    E por fim Nan Elmoth encontrou.
    Ah erin methed hirn Nan Elmoth.
    (lit. "E no fim encontrou Nan Elmoth")

    *laneth "liberdade" (lan + -eth), lain "livre"; banlú "sempre", len. de pân "todo, tudo" + "tempo";

    Triste fim ela conheceu
    Vethed dhem gevant
    por seu filho se sacrificou
    An ion în annant guil în
    (lit. "Por seu filho deu sua vida")
    Na Branca Gondolin pereceu
    Mi 'Ondolin Nglân gwannant
    Seu Fëa em paz ao Oeste retornou.
    Faer în atholl nedh chîdh nan Annûn.

    ======================
    Poema completo:


    I Nî-Nglân

    Ar-Feiniel estanner dîn
    An Gail Aman i thinnant
    Uin benith i aglarebwain
    Narthant or nîf în.

    Gwenn min edhil,
    Min adab arth Finu onnen.
    Muindyr gernui gâr
    Ah adar i na-erui Morgoth nanc.

    Edledhiant uin Arnad-i-Melain
    Gwavod gwaith în núriel
    Na athired nýr ias torthad
    Athradant Chelcharaes

    Al laneth anírant banlú
    Dregant o Gondolin ah onur
    Er-sad ú-far
    Ah erin methed hirn Nan Elmoth.

    Vethed dhem gevant
    An ion în annant guil în
    Mi 'Ondolin Nglân gwannant
    Faer în atholl nedh chîdh nan Annûn.
     
  6. Thorondil

    Thorondil Usuário

    Suilad mellyn nîn!

    Este mês, no Fórum Ordem de Eä, celebramos Yavanna. Em homenagem a ela, resolvi traduzir este trecho de descrição da mesma, tirado diretamente d'O Silmarillion. Quero avisar que fiz a tradução direto da versão original, ou seja, em inglês. Não pude fazer uma análise palavra-por-palavra pois meu tempo está escasso.
    E, como sempre, quero que se sintam livres para fazer qualquer tipo de crítica, elogio, opinião, seja lá o que for.

    ==============================================

    Ivanneth

    Ivanneth i vereth Gaul, i Oneth Iaif. Se melethril naid bain i
    ngalar min amar, ar se 'âr gaint ben-nediol dîn phain ned ind în,
    uin gelaidh sui beraid ne thewair io anann nan 'wand am hairn egor
    am i naid nibin a thyrin ned i dalaf. Oh Ivanneth adel Elbereth midh
    Rísath e-Belain. Ne chant bess se tonn, a hammen galen; dan ned lui
    rim se bresta na gaint vinai. Pin i chennir hen darthad sui galadh
    nu menel, rîn na Anor; ar o gylf dîn phain mîdh valthen peliant erin
    gef beniaf, a sa 'alant calen na iau; dan i thynd e-galadh
    darthanner ned i nîn Guiar, ah i suil Súlchir pennir nedh laiss dîn.
    Cevendorien, Rîs en Amar, eneth dadui dîn ned i lam Eldarin.


    ---------------------------------------------------------------------------------

    Texto original:
    The spouse of Aulë is Yavanna, the Giver of Fruits. She is the lover
    of all things that grow in the earth, and all their countless forms
    she holds in her mind, from the trees like towers in forests long ago
    to the moss upon stones or the small and secret things in the mould.
    In reverence Yavanna is next to Varda among the Queens of the Valar.
    In the form of a woman she is tall, and robed in green; but at times
    she takes other shapes. Some there are who have seen her standing
    like a tree under heaven, crowned with the Sun; and form all its
    branches there spilled a golden dew upon the barren earth, and it
    grew green with corn; but the roots of the tree were in the waters
    of Ulmo, and the winds of Manwë spoke in its leaves. Kementári,
    Queen of the Earth, she is surnamed in the Eldarin tounge.

    O texto em português vocês podem conferir n'O Silmarillion, página 18, Martins Fontes.

    Cuio vae!
     
  7. Sir Mordrain

    Sir Mordrain (Sããr Mórrdæïn)

    Re: Dúvidas de Sindarin AQUI!

    Interessante, pena que o tópico é para Quenya, e não Sindarin.

    Então aqui está:

    1 - Tiriel arad ala mor minnon i dhu...
    Having watched the day grow dark I go into the night...

    2 - Ir El elin sila.
    The Star of star shines.

    3 - Aniron Undomiel:
    I desire Evenstar:

    4 - I'lir uin el luitha guren
    The song of stars enchants my heart

    5 - I lacha en naur e-chun sila, eria, bronia...
    The flame of the the fire of the heart shines, rises, endures...

    6 - Ely siriar:
    Dreams flow:

    7 - Aniron Undomiel!
    I desire Evenstar!


    O que gostaria de saber então é:
    1º: Se a tradução está correta.
    2º: Se há algum erro gramatical ou ortográfico.
     
    Última edição: 20 Jan 2007
  8. Sir Mordrain

    Sir Mordrain (Sããr Mórrdæïn)

    Re: Dúvidas de Sindarin AQUI!

    Acabo de reparar que existem letras conflitantes.
    Mesmo no site da Enya podemos ver duas versões de Aniron. Estranho.
    Me baseei pela que se encontra na "Library", não em "discography".
    Só para esclarecer
     
  9. Slicer

    Slicer Não estava vivo no Dilúvio, mas pisei na lama.

    Re: Dúvidas de Sindarin AQUI!

    Há um tópico para Sindarin também. Você não deve ter percebido. Se o Gabriel puder fazer split e merge dos tópicos eu acho que seria bom. ;)

    Aqui vai a minha tentativa:

    1. Tíriel arad 'ala doll minnon i dhû
    2. I Êl or-elin síla
    3. Aníron Undómiel

    4. I 'lîr en elin luitha 'uren
    5. I lach en-naur en ind [e-gûr, e-hûn], eria, bronia...
    6. Ely siriar: Aníron Undómiel

    Respondendo às suas perguntas:

    Você cometeu vários erros de grafia durante o texto. Nenhuma das palavras que deveriam ser acentuadas as foram. Se o seu teclado tem algum defeito ou não possui os acentos, sugiro que você consulte
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ou ao menos escreva as vogais duas vezes para o acento agudo (á > aa) ou três vezes para acento circunflexo (ŷ > yyy). Outra opção é usar o mapa de caracteres no Windows XP (em outras versões não há o ŷ).

    Seu uso da apóstrofe em lenições também foi inconsistente. Gala > 'ala não recebeu a apóstrofe e glîr > 'lîr ficou grudado no artigo. A apóstrofe não é necessária, claro, mas é um elemento que facilita a leitura e compreensão por nós, meros mortais. ;)

    Gramática
    Linha 1: Substituiria môr por doll, pois o primeiro é um substantivo e o segundo um adjetivo. Segundo a versão que você seguiu, o dia escurecia. Môr é utilizado na versão do cinema pois "da Escuridão eu compreendo a noite" (ver msg. 16933 da Elfling), ou seja, "escuridão" é um substantivo.

    Linha 2: Ir "quando" não é consistente com a frase que você está tentando traduzir. Sugiro acima "A Estrela sobre [todas as] estrelas brilha", ou seja, "The Star [above all] stars shines".

    Linha 3: Como disse, Unúviel seria, segundo David Salo, a versão em S. de Undómiel, mas eu também gosto mais do nome em Q.

    Linha 4: "A canção da estrela" ou "a canção das estrelas"? Se for no singular, mude em minha tradução elin por êl. Também "of" ou "of the"? Se a primeira, usa-se o. Se a segunda, usa-se en (atestado no SdA) ou uin (atestado somente no rascunho do Epílogo do SdA). Outra observação é que um objeto direto sofre lenição, ou seja, luitha 'uren ao invés de luitha guren!

    Linha 5: Lacha é o verbo no presente. O substantivo "chama" é lach. Como en é utilizado muitas vezes, é importante lembrar que ele desencadeia a mutação mista, não a nasal ou suave! Portanto e-hûn ao invés de **e-chûn. E com relação à palavra "coração", se você não quer utilizar gûr novamente, pode utilizar ind.

    Linhas 6 e 7: Nada a modificar.


    Tenn' enomentielva!
     
  10. Tilion

    Tilion Administrador

    Re: Dúvidas de Sindarin AQUI!

    Vou mover os posts daqui para o tópico apropriado, que eu já havia indicado no tópico de Textos em Quenya.

    Já pedi mais de uma vez que tu poste nos tópicos apropriados, Mordrain, e tu já tem consciência disso mas continua fazendo o contrário. Se insistir nisso, vou ter que pedir que os Administradores tomem alguma providência.
     
  11. Sir Mordrain

    Sir Mordrain (Sããr Mórrdæïn)

    Obrigado por essas observações. Mas os problemas de grafia não são meus, peguei como estava no site.

    E obrigado mesmo pelas correções na parte gramatical!

    Ir El elin silar antalianar (acho que é isso...)
     
  12. drst85

    drst85 Usuário

    Galu! Eu decidi traduzir o hino nacional para sindarin, se alguém puder/quisser ajudar e dar sugestões que seja muito bem vindo!
    Até agora ficou assim:

    Bârlaer
    Canção da Pátria

    In hebaid sídhui en duin Neirunîn lastanner
    As margens calmas do rio Ipiranga ouviram
    caun vrui en rim aglareb
    [um] brado alto de [um] povo glorioso
    ah Anor leithor lachui
    e [o] Sol libertador flamejante
    sílant ned venel Bâr ne lû
    brilhou no céu da pátria na ocasião

    Ae i nad i echedi edain a dî sui min gwaith
    Se o "pendor" que faz homens e mulheres como um povo
    Gerim tûr na ranc bell
    Temos vitória com braço forte
    Nedh gûr lîn, Ai! Leithanneth
    Em teu coração, ô Liberdade
    Bertha gûr mîn an gwanathem!
    Desafia nosso coração à nossa morte!

    Ai! Bâr en mîlem
    Ó, Pátria do nosso amor
    Êl mîn!
    Estrela nossa!
    Le Suilam! Le Suilam!
    Nós a saudamos! Nós a saudamos!

    Brasil, ôl uireb o mîl ah estel,
    Brasil, [um] sonho eterno de amor e de esperança,
    agar cuileb an amar tolil
    [um] raio de glória cheio de vida, à Terra vens
    Ned venel bain a lalaitheb lîn
    Em teu céu belo e cheio de riso
    Gîl heredrin sílar aen
    [As] estrelas do sul talvez brilhem

    Bâr beleg eneth lîn aen
    Grandiosa Pátria devia ser teu nome
    Le bain, le bell, Ai! Noroth Uireb
    És belo, és forte, ó Gigante Eterno
    Aen gwaew peliar aglar lîn
    Que [os] ventos espalhem tua grória

    Bâr en ôlem
    Terra dos sonhos nossos
    na Brasil im lae
    é [o] Brasil entre várias
    Ai! Bâr en mîlem
    Ó, Pátria do nosso amor
    Le emel en ionnath sen dôr
    És mãe dos descendentes dessa terra

    obs.: 1) Ipiranga em tupí-guaraní significa "Rio Vermelho", daí naru(=vermelho; plural:neiru) e nen(=água; plural:nîn). Portanto, Neirunîn = Águas Vermelhas; Ipiranga = Rio Vermelho
    2) Sídh significa paz. A partir daí, criei o adjetivo sídhui, que significaria algo como pacífico; de paz.
    3) Tentei recriar liberdade a partir de "leith-", libertar.
     
  13. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Re: Pedidos de tradução para élfico

    drst85, se isso estiver certo, bote fé que eu só vou cantar o hino assim agora. :yep: :lol:
     
  14. Eruannon Alcarin

    Eruannon Alcarin Fugue Master

    Aqui está uma tradução que eu fiz para o sindarin do poema sobre Gil-galad d'O Senhor dos anéis. Ainda estou aprendendo, por favor me corrijam se tiver algum erro.

    Gil-galad

    Gil-galad was an Elven-king.
    Of him the harpers sadly sing:
    The last whose realm was fair and free
    Between the mountains and the sea.

    His sword was long, his lance was keen.
    His shining helm afar was seen.
    The countless stars of heaven's field
    Were mirrored in his silver shield.

    But long ago he rode away,
    And where he dwelleth none can say.
    For into darkness fell his star;
    In Mordor, where the shadows are.

    _____________________________________

    Gil-galad

    Gil-galad nant Edhel-aran.
    I thelegaint ’lirir nûr oh în:
    Aranarth în nant i vedui no fael a lain
    Mîn in ered ah aear.

    Magol în nant and, ech în nant laeg.
    Thôl gelair în palannant genen.
    I elin erenedid e menel
    Nanner genin bo amath geleb.

    Dan enaur and io,
    A ú-istar ias dortha.
    An êl în dannant na vôr;
    Mi Vordor, ias i nae nar.



    Tradução literal:
    Gil galad foi um Elfo-rei.
    Os harpistas cantam tristemente sobre ele:
    Seu reino foi o último a ser justo e livre
    Entre as montanhas e o mar.

    Sua espada era longa, sua lança era afiada.
    Seu elmo brilhante de longe era visto.
    As estrelas incontáveis do céu
    Eram vistas sobre seu escudo prateado.

    Mas ele se foi há muito tempo,
    E [eles] não sabem onde ele mora.
    Pois sua estrela caiu nas trevas;
    Em Mordor onde as sombras estão.



    Tradução: Matheus Sampaio
     
    Última edição: 18 Dez 2012
  15. Eruannon Alcarin

    Eruannon Alcarin Fugue Master

    Minha tradução do verso do Anél:

    Three Rings for the Elven-kings under the sky,
    Seven for the Dwarf-lords in their halls of stone,
    Nine for Mortal Men doomed to die,
    One for the Dark Lord on his dark throne
    In the Land of Mordor where the Shadows lie.
    One Ring to rule them all. One Ring to find them,
    One Ring to bring them all and in the darkness bind them
    In the Land of Mordor where the Shadows lie.

    _____________________________

    Neled cyrf ’nin Edhelerain nu venel,
    Odog ’nin Noeg-chîr mi rynd ’ondren dîn,
    Neder ’nin Firiath veraid ’wannad,
    Min ’nin Morchir bo morarcham în
    Mi dhôr en Mordor ias i nae gaedar.
    Min cyrf an ertheri hainath. Min cyrf a chiri hain,
    Min cyrf a thegi hainath a gwedhi hain mi dhû
    Mi dhôr en Mordor ias i nae gaedar.




    Tradução: Matheus Sampaio "Eruannon Alcarin"

    Fontes:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 11 Dez 2012
  16. Eruannon Alcarin

    Eruannon Alcarin Fugue Master

    Minha versão em Sindarin do capítulo: "De Thingol e Melian", do Silmarillion.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Fontes:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar