• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Teoria viajada sobre os Troca-Peles e Númenor.

Al-Glatiálukem

Nois prefere cru e ainda se mexendo!
Eu estava lendo a Natureza da Terra-Média e acabei chegando no capítulo que fala a respeito da ilha de Núnemor. Ele de início fala sobre a fauna e flora da ilha.
E acabei ficando surpreso ao ler que os urso e os homens de Númenor eram "melhores amigos". Só eram considerados animais perigosos na época de acasalamento e na juventude dos filhotes (isso se eles fossem perturbados), e frequentemente faziam visitas amigáveis aos homens. E mais interessante de tudo: os ursos ocasionalmente faziam apresentações de dança paras os numenoreanos, sendo a mais famosa a ruxöalë (a Grande Dança-dos-Ursos) que era apresentado todo ano, no outono. O texto também dizia que os movimentos dessas danças eram lentos (mas respeitáveis) e também "espantosos e cômicos", mas ninguém dava risada pois os ursos não gostavam do som do riso.
Ok, até ai tudo bem e "normal"... Mas então eu lembrei que em O Hobbit há duas passagens bem interessantes; a primeira, uma fala de Gadalf logo após chegarem à casa de Beorn, diz "Diria que havia ursos pequenos, ursos grandes, ursos comuns e ursos gigantescos, todos dançando lá fora desde o cair da noite até o nascer do dia", e a segunda, uma descrição do sonho que Bilbo teve na casa de Beorn, diz "[...] sonhou com centenas de ursos negros dançando danças lentas e pesadas, rodando, rodando no pátio à luz do lua." (atenção para "danças lentas").
Então eu fiquei pensando e cheguei numa conclusão: e se os Troca-Peles são descendentes dos ursos de Númenor que possuíam alguma magia para assumir a forma humana? Ou (eu devo ter enlouquecido de vez para dizer isso) e se a amizade entre os numenoreanos e os ursos tivesse sido mais "colorida" do que imaginamos?C1j0ISu.gif
 
Última edição:

Haran

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Hahaha... A associação entre esses ursos numenorianos e os ursos de O Hobbit é uma boa, só isso mesmo pra tentar imbuir algum sentido nessa viagem toda. Vai ver os ursos de Númenor eram ursos inteligentes como Huan, e os numenorianos tenham aprendido alguma técnica para se transformar em ursos, do mesmo jeito que Beren se transformou em lobo em O Silmarillion. Mas os beornings, apesar de descendentes do povo de Hador, não eram numenorianos. Entao, sei lá, conjecturando... vai ver a casa de Beorn eram de estrangeiros, seja de estirpe numenoriana, ou seja de gente que teve contato com a cultura numenoriana - do mesmo jeito que os reis das Florestas das Trevas e de Lórien também não descendiam dos locais, mas dos sindar.

Ou talvez eles não se transformavam como Beren, mas sei lá, tinham alguma magia envolvendo ursos, daí Radagast foi lá e deu um upgrade no baguio....
 
Última edição:

Al-Glatiálukem

Nois prefere cru e ainda se mexendo!
Vai ver os ursos de Númenor eram ursos inteligentes como Huan
Não sei, não. No Silmarillion esta dito que Huan foi feito pelos Valar; isso colocaria ele num nível acima dos outros animais, quase um Maia.

os numenorianos tenham aprendido alguma técnica para se transformar em ursos, do mesmo jeito que Beren se transformou em lobo
Quando eu leio as passagens que descrevem a transformação de Beren, tenho a noção de que a coisa toda não é exatamente uma "transformações", mas sim uma "caracterização" com a pele de Draugluin, aperfeiçoada com magia (como uma fantasia que pode ser tirar para se guardada). O que me faz pensar assim é que antes de Beren se transformar no lobo, Huan estava transformado nesse mesmo lobo e então entregou a pele de Draugluin para ele.
Logo, eu suponho, para os homens de Númenor poderem se transformarem em ursos, precisariam das peles desses, e é difícil imaginar isso tendo em vista as relação deles.


Mas os beornings, apesar de descendentes do povo de Hador, não eram numenorianos
E aqui toda a minha teoria maluca via por água abaixo (igual Númenor ;-; )
Alias, onde eu posso ler a respeito dessa informação?

Enfim, mas isso tudo é só uma teoria da conspiração, e teorias da conspiração não devem ser levadas a sério!
 

Haran

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
O corpo das criaturas (vampiro e lobisomem) parecem ser usados mesmo, mas é dito que "Beren tornou-se sob todos os aspectos semelhante a um lobisomem". Parece haver uma literal transformação sim. E inclusive essa é a interpretação do John Howe,[1] sendo que o título que ele dá ao desenho é justamente "Transformed".

Daí resta a pergunta: será que eles literalmente retiraram as peles, vestiram-nas, e depois deram um "retoque mágico"?

(...) e dali tirou os apavorantes adereços de lobo de Draugluin e a pele de morcego de Thuringwethil. Ela era mensageira de Sauron e costumava voar sob a forma de vampiro até Angband; e suas enormes asas providas de dedos eram guarnecidas na extremidade de cada articulação com uma garra de ferro. Trajando esses terríveis disfarces, Huan e Lúthien atravessaram a Taur-nu-Fuin, e tudo fugia diante deles. Beren, ao ver sua aproximação, ficou aflito; e intrigado, pois ouvira a voz de Tinúviel, e agora acreditava que fosse um espectro para o atrair. Contudo, os dois pararam, puseram de lado os disfarces, e Lúthien correu na sua direção. (...)​

(...)​

Percebeu, então Beren que Lúthien não podia ser apartada do fardo que cabia a eles dois; e parou de tentar dissuadi-la. Por recomendação de Huan e pela magia de Lúthien, passou a usar a forma de Draugluin, e ela, a pele alada de Thunngwethil. Beren tornou-se sob todos os aspectos semelhante a um lobisomem, só que em seus olhos brilhava um espírito cruel, de fato, mas limpo. E havia horror em seu olhar quando ele viu em seu flanco uma criatura igual a um morcego, que se agarrava a ele com as asas recolhidas. E então, uivando para a lua, desceu a colina aos saltos, enquanto o morcego dava voltas e esvoaçava acima dele.​

Thuringwethil é descrita como contendo "enormes asas providas" com articulações com "garra de ferro". Terá Lúthien vestido esse trambolho, bancando, portanto, a Batwoman? Sei lá, não parece bem isso, mas sim uma magia bem bizarra em que o corpo principal se funde com um segundo corpo, assumindo completamente sua aparência material.... Tanto é que Beren se põe a uivar, tipo cachorrão...

Daí que acho que isso pode ser uma possibilidade para explicar os beornings.... Talvez uma técnica passada de geração em geração...

Radagast is, of course, a worthy wizard, a master of shapes and changes of hue; and he has much lore of herbs and beasts, and birds are especially his friends. (A Sociedade do Anel)​
(sobre os magos azuis) I suspect they were founders or beginners of secret cults and 'magic' traditions that outlasted the fall of Sauron. (Letter #211)​

Do mesmo jeito que os magos azuis podem ter começado "tradições mágicas" no Leste, Radagast, um "mestre das formas e mudanças de tonalidade",(?) poderia ter começado uma tradição mágica entre os beornings.

Nessa conjectura a correlação com os ursos de Númenor parece dispensável, mas bem, poderia explicar a afinidade entre beornings e ursos. Por exemplo, em um texto de Contos Inacabados, Tolkien faz com que os druédain estejam em Númenor, mas saiam da ilha, pois teriam previsto sua destruição. Bem pode ser que um ancestral da casa dos beornings tenha saído da ilha também, acompanhado de ursos... Ou os ursos de Númenor e os ursos dos beornings tenham origem em comum... Enfim, as possibilidades são inúmeras.....

Quanto à comparação com Huan, foi somente com relação a ambos serem animais inteligentes. Aliás, lembro que também havia animais inteligentes na casa de Beorn, fazendo até uma cena um tanto quanto absurda na qual serviam a mesa...
 
Última edição:

Neoghoster Akira

Brandebuque
Bem, há muito pouca coisa sobre isso. Em uma última carta não enviada de Tolkien, e ainda assim em dúvida sobre o assunto, ele não deixava claro sobre o que o autor tinha de definitivo sobre magia em relação aos homens, incluindo o uso de magia por eles. Ou seja, ele nunca completou o desenvolvimento dos livros.

Nós temos passagens como a de Gandalf dizendo que se lembrava de muitos feitiços em línguas de elfos e homens dando a entender que homens faziam uso de encantamentos. Os Druédain contavam, segundo se fala no texto dos povos da terra-média, habilidades de cura, premonição e de controle mágico de pedras.

Desse controle de juntar uma coisa na outra para conseguir uma terceira coisa há, por exemplo, um trecho da batalha de Lúthien contra Sauron em que ela declara seu poder sobre a Ilha dos Lobisomens e foi quebrado "o encantamento que unia uma pedra a outra" e as paredes se abriram (os prisioneiros saem de lá de dentro).

No que uma das hipóteses é a de que Beorn pudesse estar sob um encantamento (como maldições de lobisomens em noites específicas de lua). Os Ainur, trazidos ao mundo justamente para ajudar os Valar a darem forma aos elementos concediam conhecimentos e dons em certas ocasiões. Um exemplo disso seria Elwing que adquire a forma de um pássaro marinho sendo elevada das águas por Ulmo. E Tolkien parece dizer que Beorn de fato era homem, entretanto o temperamento dele era um tanto quanto feroz demais até para um simples homem primitivo (algo que combina mais com uma sina de feitiço que o força a se comportar periodicamente como um bicho).

Em Beorn há o ainda mais misterioso fato dos animais inteligentes que o serviam, que pareciam sofisticados demais para um dia terem sido treinados pelo impaciente urso. Porém, se ele estivesse sob encantamento isso facilitaria o entendimento dele com as feras e animais comuns sem necessidade de elaboração ou procedimentos indiretos.

 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$950,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo