1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tailor Diniz

Tópico em 'Autores Nacionais' iniciado por Izze., 11 Jul 2010.

  1. Izze.

    Izze. What? o.O

    Tailor Diniz mora em Porto Alegre, é jornalista, roteirista de cinema e televisão e, claro, escritor, com 11 livros publicados. Ele é conhecido na literatura principalmente pelos seus livros policiais, que puxam mais para a comédia do que o suspense em si. Como escritor, recebeu os prêmios de Destaque em Narrativa Longa do Prêmio Açorianos de Literatura com o livro O Assassino Usava Batom, em 1998, Melhor Livro de Contos com Transversais do Tempo em 2007, que também foi considerado melhor livro de contos no Prêmio da Associação Gaúcha de Escritores. Como roteirista, foi premiado com Terra Prometida, melhor curta de 2006 no Festival de Gramado e também no Festival de Brasília.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Seu personagem mais famoso é o detetive Walter Jacquet, cujo primeiro livro que protagoniza é O Assassino Usava Batom. Jacquet aparece em vários outros livros, como em seu último lançamento, Crime na Feira do Livro. Primeiramente, ele era um personagem estrangeiro, mas Tailor trabalhou na sua origem, revelada no livro A Confraria do Quibe, ainda não publicado.

    Dos livros que já li do autor, posso dizer que ele procura caracterizar suas personagens através de seus diálogos, e também dá bastante atenção ao local onde as histórias se passam. Ele procura familiarizar o leitor com o espaço, narrando de forma convincente os lugares onde se passam suas histórias, seja em cidades pequenas do interior gaúcho ou na capital do estado. Seus livros são curtos, com histórias cômicas e agradáveis de se ler.

    Dele, já li, e tenho resenhado, os livros
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Na minha lista ainda está o livro de contos Transversais do Tempo, que foge da temática policial.

    Dos escritores atuais, e daqui do Rio Grande do Sul, eu recomendo por criar tramas simples e envolventes.
     
  2. Katrina

    Katrina Usuário

    Eu fui uma das que fiquei esperando a resenha de Crime na Feira do Livro e nem comentei né... :timido:

    Me interessei muito pelas obras do Tailor, Crime na Feira do Livro já entrou para a minha lista de futuras leituras. :sim:
     
  3. Izze.

    Izze. What? o.O

    Eu e duas colegas entrevistamos ele para a aula de rádio da Unisinos.

    A entrevista será transmitida na Rádio Unisinos no dia 26 de setembro. Dá pra ouvir online
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    E, sinceramente, ficou bem legal xD
    Ele falou sobre como nasceu Crime na Feira do Livro, a personagem principal, um pouquinho da história dele... ficou bem bacanudo (sem falar que ele é bem querido xD).
     

Compartilhar