1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Stephen Hawking: Homem terá que colonizar espaço para sobreviver

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 10 Ago 2010.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    A raça humana terá que colonizar o espaço nos próximos 200 anos se não quiser desaparecer, advertiu esta segunda-feira o astrofísico britânico Stephen Hawking, em entrevista publicada no site 'Big think'.
    PUBLICIDADE

    "Penso que o futuro a longo prazo da raça humana está no espaço. Será difícil evitar uma catástrofe no planeta Terra nos próximos cem anos, sem falar dos próximos mil anos ou dos próximos milhões de anos", declarou o cientista no site na internet que se apresenta como um "fórum mundial que relaciona pessoas e ideias".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. HFR

    HFR Clone

    Concordo com ele. Na verdade, acho que devemos usar a Lua como uma base militar cheia de canhões, e Marte como uma forja pra nossos robôs gigantes.

    Em 200 anos, o Sistema Solar, em 10,000, a Galáxia!
     
  3. Roderick

    Roderick Banned

    Eu quero mais é que se fo** a terra daqui 200 ou mais sei lá quantos anos, eu não vou estar mais nela mesmo...:roll:
    Quem sabe "em outras vidas futuras" eu comesse a me preocupar com isso...
     
  4. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    :lol:

    Quanta viagem. Mas não posso falar mal de Stephen Hawking, tem muitos fãs pela internet.

    Infelizmente não estarei vivo daqui a 200 anos, mas duvido que isso aconteça. O investimento, a tecnologia e o tempo gasto para cada missão tripulada já é alto demais, imaginem missões de colonização espacial.
     
  5. Finwë

    Finwë Alto Oficial de Erebor

    Sou fã de Hawking, mas discordo, em parte, dele. Parece longo comparado a uma vida humana mas 200 anos é muito pouco para sair por ai instalando bases em outros corpos celestes. Mas essa colonização é inevitável, pela necessidade de moradia e produção de bens/alimentos diretamente proporcional ao crescimento populacional (Claro que pode haver, no futuro, um período em que não haja crescimento populacional, ou este seja de tal forma que não necessite de mudanças no modo de produção). Por hora, acho que viagens e possíveis colonizações espaciais serão apenas de caráter "explorativo" não afetando, por si só, a nossa maneira de viver. Obviamente eu apenas considerei as necessidades para uma sobrevivência humana num ambiente normal; não considerei catástrofes ou a estupidez do ser humano (aliás se for por essa última...).
     
  6. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Bem, daqui a 200 anso eu não estarei aqui, portanto para mim tanto faz, meus tataranetos é que estarão. A não ser numa reencarnação e eu voltar em outra vida kkkkkkk, isso se eu não já ter alcançado o objetivo de uma alma segundo a doutrina espirita. Nesse caso não tem mais como eu reencarnar e só voltarei numn suposto juizo final. XD

    Mas esse cara é o cara em termos de estudos astrofisicos quem sabe num futuro, suas teorias realmente ocorram!
     
  7. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Só espero que todo mundo que esteja comentando tão despreocupado e dizendo que não estará mais vivo daqui a 200 anos, esteja apenas brincando.

    Biologicamente falando, nossa ÚNICA função como seres vivos é passar adiante os nossos genes. Nada mais. Se a raça humana não mais existir daqui a 200 anos, então nossa passagem por aqui foi totalmente em vão.

    Socialmente falando, aprendam a olhar pra trás, antes de olhar pra frente. Qualquer um de nós só está vivo hoje, porque atrás de nós existe uma História gigantesca, de milhares de anos. Se você respeita essa História hoje, então respeite também o futuro. Pois daqui a 200 anos também respeitarão nossos atos. Portanto que nossos atos sejam dignos desse respeito!

    Você tem um filho, Neithan. Daqui 20 ou 30 anos, terá um neto. Seu neto terá a sua idade, mais ou menos por volta de 2060. E a essa época você ainda estará aqui vendo o que seu neto e seu filho estão passando. Como você quer que seja a juventude deles?

    E quanto ao que disse o Hawking, eu concordo com ele. Não sei será possível ou necessário colonizar em tão pouco tempo, mas concordo que isso acontecerá. Vários escritores previram o mesmo em suas ficções e, como dizem por aí, a vida imita a arte!
     
    • Gostei! Gostei! x 4
  8. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Acho pouco provável que a humanidade (diga-se astronautas chineses e americanos) iniciem algum tipo de terraformação nos próximos duzentos anos. Mesmo que haja tecnologia, ainda sim, o fator limitador será, além da baixa expectativa de vida, sobreviver ao longo confinamento em naves autônomas em espaços com pouco mais de dois metros quadrados, a radiação espacial e a produção de alimentos fora do planeta Terra.

    Esqueçam Star Trek e Battle Star Galactica. Viver no espaço ainda é e será ficção por muitos séculos.
     
  9. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Eu não disse o contrário. Só disse que tecnologicamente, duvido que seja possível colonizar um outro planeta.
     
  10. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu acho meio complicado prever o que acontecerá daqui a 200 anos. Como exercício de imaginação voltemos 200 anos no passado: nada de aviões, motores de combustão interna, telefones, energia elétrica, televisão, energia nuclear. Isso pra falar só em tecnologia, pois se formos falar de Medicina teremos dois mundos completamente distintos: uma na idade das trevas e o nosso.

    Em termos sociais também as mudnaças foram absurdas: em 1810 a escravidão era comum, aceitável e legalizada em muitos lugares, as mulheres eram quase objetos e os cidadãos tinham direitos políticos proporcionais à renda.

    O que irá acontecer daqui a 200 anos? Sei lá... se atingirmos a Singularidade o infinito é o limite. Talvez já tenhamos nos destruído. Podemos dizer mais ou menos o que acontecerá em dez ou vinte anos, mas em 200 é chutômetro.

    Eu tento mais a ser otimista e achar que estarão em 2200 olhando pra gente da mesma forma como estamos olhando 1800: "como eles podiam viver naquela época?"
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Tonho Hammond

    Tonho Hammond Molusco

    eu falo isso há pelo menos 20 anos e esse cara que é um gênio?
     
  12. Deriel

    Deriel Administrador

    É que vc não tem voz de robô. :g:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Admito, duzentos anos é chutar o balde. A não ser que nesse meio tempo a tecnologia chegue a um paradigma que faça a sociedade voltar os olhos e o dindin para o espaço, a tendência é de reduzir os custos da exploração espacial a naves não tripuladas e sondas de prospecção.

    Antes do anúncio de cortes anunciado pelo Governo Obama ao projeto Constallation da NASA, eu era otimista. Agora...
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Por culpa da corrida espacial os filmes de ficção científica do seculo XX (décadas de 1960 e 1970) se empolgaram muito e criaram a nós uma imensa expectativa que hoje viveríamos como os Jetsons pilotando navinhas espaciais no lugar de automóveis e viajando para planetas vizinhos como se fosse ir de avião a Europa, Ásia ou Oceania.

    O homem posou na Lua há pouco mais de 40 anos e vê o que aconteceu depois disso? Continua lá quietinha com uma bandeirinha escrota dos EUA espetada lá naquela areia seca e mais nada.

    Tudo porque não há atmosfera e nem água numa quantidade que fosse apreciável e viável pra se tentar decompor extrair oxigênio e tentar montar uma base semelhante as que tem na Antártida e assim permitir o inicio de uma vida permanente lá. Se tivesse talvez a história fosse diferente.

    Então se não há visitas tripuladas regulares nem pro nosso satélite natural mais próximo do que dizer os outros planetas?

    Eu vejo isso um sonho bem mais distante do que 200 anos. Considerando como ponto de partida a chegada a Lua em 1969, já se passaram 41 anos e no que diz respeito a longas viagens tripuladas no espaço o avanço foi ínfimamente pequeno.
     
    Última edição: 10 Ago 2010
  15. gray_angel

    gray_angel Inferno Interno, Inverno.

    O mundo não vai durar 200 anos, hawking é muito otimista.

    O mundo tem que mudar drasticamente pra durar mais cem anos, quem dira 200.

    Acho que ao inves de se preocupar em pular fora daqui, deveriam investir o dinheiro em pesquisas para melhorar nosso mundo atualmente, tanto em questão nergetica quanto em produção de alimento.

    Crescimento demografico vai ser dificil, é um problema sem solução humana. vai nascer muita gente ainda, e isso só aumenta a quantidade de futuros nascimentos ainda mais e por ai vai, como pede a logica.
     
  16. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    A singularidade, para mim, é algo que demorará muito mais para acontecer que a colonização espacial. Sobre a última já há pistas de como se fazer, da inteligência artificial mais básica, nem sinal.
     
  17. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu por exemplo acho que é infinitamente muito mais prioritário desenvolver meios financeiramente mais viáveis para aprimorar o processo de purificação da água dos nossos oceanos (que felizmente ainda temos em grande quantidade) do que torrar bilhões de dólares pra se tentar achar resquícios de água potável em outros planetas.

    E a dessalinização dá agua do mar é um processo muito caro e enquanto não houver outras soluções, a humanidade vai continuar sofrendo com a escassez crescente do seu bem mais precioso.
     
    Última edição: 11 Ago 2010
  18. dermeister

    dermeister Ent cara-de-pau

    Eu fico (mais) chato quando o assunto chega nessa questão das prioridades. Estas áreas não são mutuamente excludentes e, diga-se de passagem, a pesquisa espacial é uma grande geradora de boas soluções aplicáveis aqui no chão,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ...
     
  19. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Uma coisa é aplicar isso pra um pequeno grupo de pessoas que viverá algum tempo isolado no espaço e o custo disso continua sendo elevado, outra é resolver o problema da escassez de água pra bilhões de pessoas a um custo mais em conta possivel.

    É inquestionável que devemos várias tecnologias importantes, graças a corrida espacial, numa época que superpotências priorizavam enormemente isso e não davam a mínima pros problemas ambientais, pois tinha-se a ilusão que o nosso mundo é totalmente invulnerável. Podíamos poluir a vontade já que uma vez conquistado a Lua, iríamos em pouco tempo conquistar outros mundos e se aqui não prestasse mais era só mudar. Passaram-se 41 anos e não é bem assim.

    Só que agora a realidade atual é bem diferente. Temos problemas ambientais em todos cantos do planeta, não há outro semelhante ao nosso tão perto e se a humanidade não cuidar da sua própria "casa" jamais sobreviverá pra tentar morar em outra em condições ainda mais inferiores que a nossa.
     
    Última edição: 11 Ago 2010
  20. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Problema é que mesmo que o ser humano cuidasse do planeta o melhor possível em toda a sua história, a Terra já tem seus dias contados. E muito antes dela qualquer vida na superfície terrestre já tem seus dias contados.
     

Compartilhar