1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Square e Nintendo- juntas novamente

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Kyo, 20 Jun 2002.

  1. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    Quando a Square anunciou que estava rompendo laços com a Nintendo, em 1996, um banho de água fria frustrou a felicidade dos intusiastas da Big N. Feliz ficou a Sony, que entrava no mercado com o seu Playstation e, ao estender o tapete vermelh para a gigante dos RPGs, prometendo (e cumprindo) mundos e fundos, conquistoua parceria exclusiva da produtora de Final Fantasy. Tal cenário não mudou muito nos últimos anos. Contudo, após a renúncia de Hisashi Suzuki do cargo de presidente da companhia, no final de 2001, e a subseqüente nomeação do diretor de operações Yoichi Wada para o mais alto posto da Square, houve ma mudança de estratégia, que incluía maior aproximação, diplomacia e negociações com a Nintendo.
    Agora é fato: a Square voltou a desenvolver games para a Nintendo! Isso só foi possível graças a um movimento estratégico muito bem planejado. A empresa criou uma divisão chamada provisoriamete de Game Developers Studio com a finalidade de lançar games exclusivamente para consoles da Nintendo. Akitoshi Kawazu, um dos executivos da Square, fpoi nomeado presidente do novo estúdio. Alias, ele é o unico funcionário do GDS, já que todos os games lançados sob o nome dessa subsidiária serão desenvolvidos nos estúdios internos da Square.
    Todas essas manobras foram necessárias para driblar o maior empecilho: A sony, que possui 19% das ações da Square e um grande interesse em manter essa exclusividade. As ações do GDS estão divididas em 49% para a Square e 51% para Akitoshi Kawazu que, como sócio majoritário e presidente, tem maior poder nas decisões, abafando a nfluência da Sony sobre suas operações. Aparentemente, todas as negociações foram feitas sem o pleno conhecimento de Ken Kutaragi, presidente da Sony, uma vez que a notícia foi divulgada publicamente quando ele estava em viagens de negócios.
    Ao retornar para a sede da empresa, Kutaragi, perplexo, convocou imediatamente os executivos da Square, como o presidente Yoichi Wada e o diretor executivo Hisashi Suzuki, para uma reunião. Kutaragi afirma: ´´Ficamos felizes com o fato da Square planejar expandir seus lucros através do suporte ao Game Boy Advance, mas questionamos qualquer plano para desenvolver um título Final Fantasy para o GameCube``.
    Em contrapartida, a Square afirmou estar produzindo quatro a cinco títulos para o portátil da Nintendo, sendo que um deles será lançado ainda neste ano fiscal (até março de 2003), e também um título que vai explorar a conectividade entre o GBA e o GC. Isso porque o nvo estúdio da empresa é também financiado pelo fundo Q, um subsídio criado por Hiroshi Yamauchi, presidente da Nintendo, com o objetivo de incentivar novas produtoras no desenvolvimento de títulos para GBA e GC, impondo-lhes o comprimisso de lançar o primeiro game no período de um ano.
    Especula-se que o primeiro título da Square para o GBA seja uma conversão de Final Fantasy Tactics, sucesso de 1997, do Playstation, e que o game para GameCube com conexão para o portátil seja uma adaptação de Final Fantasy Unlimited, anime de 26 episódios que estreou em outubro de 2001, na TV japonesa. Esse último, se confirmado, iria desagradar em cheio aSony, mas tudo ainda são rumores. As negociações continuam em andamento e nenhum título foi anunciado oficialmente. O que importa é que o fato já se consumou e s fãs da Nintendo estão dando pulos de alegria!
     
  2. Fox

    Fox Visitante

    VIVAAAAAAAAAAAAAAA! Mesmo que eles não planejem de cara voltar a fazer a série FF pra Nintendo, ainda assim é um passo IMPORTATÍSSIMO pros fãs da Nintendo!!!!!!!!!!!! :D
     
  3. Excelente texto.
    Se a Square lançar um game para GameCube, tenho certeza que não vai se arrepender e até repetir a dose. Bem, pior para a Sony...

    Ah, mas olha só... Primeiro foi a Nintendo de ter a Square, depois o Sonystas tiveram o privilégio e agora os Nintendidtas de novo!

    O esquema de relacionamento entre o GameCube e o Game Boy Advance também é algo que chama muito antenção da Square e com certeza é um grande aproveito. Imagina um FF13 (vamos ir pro futuro) para GB e outro para o GBA. Cara, imagina que legal... Armas e intens exclusivos de cada jogo que poderão ser trocados... Novoc personagens, etc.

    Estou torcendo muito para que a Nintendo e a Square voltem...

    Mas saiu um dia desses (mes passado, eu acho) na UOL Jogos uma nota que dizia que a Nintendo começou a ter um novo atrito com a Square... E teve até boatos de uma nova briga (Big N = Cão. Sony = Gato). Isso por causa de um comentario ridículo que a Nintendo fez que eu não to lembrando o que...
    De qualquer maneira não acredito que isso possa provocar um grande atrito.

    NINTENDO + SQUARE
    Incha lah...
     

Compartilhar