• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

[SPOILERS] Detalhes legais que não percebi na primeira lida...

leoff

They will bend the knee or I will destroy them.
Essa teoria eu acho maluca demais. O tal dragão que o Bran vê pelos olhos do Verão deve ser o cometa vermelho.
 

Felagund

Usuário
Eu já pensei também que os filhos de Elia Martell são na verdade do Oberyn.
Ambos eram muito intimos. Em certa parte do livro, Oberyn conta a Tiryon que eram tão intimos quanto Cersei e Jaime e Tiryon até reflete pensando "Não tão intimos, espero" ou coisa do tipo.

A fuga de Rhaegar com Lyanna pode ter se dado por causa disso. Ele pode ter descoberto a traição da esposa que nunca amou e aproveitou para fugir com a sua verdadeira paixão.
Para poupar a vida dos seus "filhos" e da sua esposa da ira do rei louco, ele pode ter assumido que fugiria com uma amante e que tal amante foi raptada, mantendo assim a honra na casa Stark (que, afinal, tinha prometido Lyanna a Robert e o ato dela de fugir poderia ser mal interpretado) e assumindo toda a responsabilidade para si.

Pelo que falam nos livros, Rhaegar era uma pessoa muito decente, não duvido que ele fosse capaz de aglutinar todos os erros daqueles a sua volta para poupa-los do pior (no caso uma desonra tanto para Lyanna quanto para Elia).

O que acham?

Opa, acabo de lembrar de mais uma das minhas teorias mirabolantes :lol:

Quando Eddard está preso, ele lembra de ter executado a Lady e se pergunta o que aquilo poderia significar.
Pode ser que Catelyn, após ver Ned com um bastardo, tenha se amargurado e foi procurar pelo Mindinho, que pode ter acabado por engravidar a mulher do nosso querido Eddard.
Mindinho varias vezes afirma que dormiu com ambas as irmãs, e Catelyn tem se mostrado muito menos nobre do que Eddard, tanto no tratamento com Jon quanto na sua "ingratidão" com Brienne. Até mesmo no momento que ela solta o Jaime e começa a fuder com toda a guerra do Robb.

Isso ajudaria a explicar esse trecho do Ned se perguntando sobre a execução da Lady. Afinal, tal pensamento parece que não se desenvolveu mais nos outros livros e pode está a espera de mais conclusões posteriores.

Novamente, o que acham? :mrgreen:
 
Última edição:

Bel

Moderador
Usuário Premium
Cat é bem enfática quando diz que nunca pegou o Littlefinger.
 

Knolex

Well-Known Member
In Memoriam
Sim, e no fim do Tormenta fica claro que na noite que o Mindinho acha que pegou a Cat no passado, era na verdade a Lysa.
 

Bel

Moderador
Usuário Premium
Eu já pensei também que os filhos de Elia Martell são na verdade do Oberyn. [...]

Mas e o sobrinho de Daenerys que está vivo? Ele tem as características comuns aos Targaryen (olhos roxos, cabelos prateados).
MAS existe a teoria de que ele é um impostor tbm...

Anyway, prefiro acreditar que ele é o filho do Rhaegar mesmo...
 

leoff

They will bend the knee or I will destroy them.
Elia morava em Porto Real quando teve os filhos, Oberyn sempre ficou em Dorne. Não vejo como ele pudesse ser o pai.
 

Felagund

Usuário
Elia morava em Porto Real quando teve os filhos, Oberyn sempre ficou em Dorne. Não vejo como ele pudesse ser o pai.

Mas Oberyn pode ter ido para Porto Real, ou não?
Sei lá, eu achei todo aquele dialogo do Oberyn com o Tiryon muito esquisito. Parece que ele e Elia eram tão próximos quanto os irmão do anão, parece que existia até mais que amor entre eles.
E não seria de se choqar.. Não só pq o GRRM adora um incesto mas também pq Oberyn tinha um apetite sexual bem diversificado....

Cat é bem enfática quando diz que nunca pegou o Littlefinger.

Assim ocmo o Mindinho também é bastante enfático em dizer que a Sansa é filah dele (e SÓ a Sansa).
Não sei também, eu nem tentei montar toda uma teoria, com citações do livro, frases selecionadas nem nada, foi só uma impressão mesmo :mrgreen:

Mas e quanto ao simbolismo em volta da morte da Lady por Ned? Ele se questiona isso nos calabouços e depois disso nada mais é dito, alguém tem alguma teoria?
 

Knolex

Well-Known Member
In Memoriam
O Mindinho é tarado na Sansa, porque ela parece muito a mãe. Ele não quer ser o pai dela, só quer pegar forte. Essa farsa no Vale atualmente é só pra preparar o campo pra crescer no reino e depois investir na garota.
 
Felagund, sobre os filhos da Elia serem também de Oberyn, acho que não é verdade, porque o Aegon é branco não? Sendo Elia e Oberyn morenos, ele não seria branco. Tá, sei que esse Aegon que estão vendo "verdadeiro" pode ser falso. Mas para vendê-lo como verdadeiro, sendo este branco dos olhos violeta como os Targaryen, o verdadeiro bebê teria que ser assim também, senão quem conhecesse o bebê verdadeiro não se deixaria enganar pelo Aegon adolescente.
 

Indu

Resistance is futile
Achei muito interessante as teorias a respeito dos irmãos Lannister feita nesse blog.
 
Última edição por um moderador:
  • Curtir
Reactions: Bel

Knolex

Well-Known Member
In Memoriam
Não necessariamente. Nessa teoria, as 3 cabeças podem ser Daenerys, Jon e Tyrion. O pequeno Aegon pode acabar morrendo antes ou sendo fake.
 

Chava Tinuviel

Usuário
Daenerys,Tyrion e Jon....As três cabeças do dragão.:think:
Força,Manipulação e Honra.:think:
Acho que já sei quem reinará em Westeros....:roll:
 

Gui.

Usuário
PÔ, fiquei sabendo desse detalhe agora e embora não seja de muita importância pro enredo e tals achei muito legal.


- O gato preto de um olho só que aparece várias vezes na Fortaleza Vermelha pelos livros ( A Arya caçando ele, ele arrumando briga com os gatinhos de Tommen, etc ) é quase que com certeza o gatinho preto da Rhaenys ( a filha de Rhaegar ) que ela deu o nome Balerion, e que Varys disse que "sempre se perguntou o que aconteceu com ele" após o assassinato da Rhaenys!
 
Última edição:

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
Aproveitando o tópico para perguntar: Vocês acham que Edric Storm e Gendry não tem mais o que acrescentar na história?
 

Haran

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Seguindo a proposta do tópico:

Balon Greyjoy foi assassinado por um Faceless Man, conforme fica claro nas profecias que Arya ouve de uma Filha da Floresta em A Storm of Swords:

“The old gods stir and will not let me sleep,” she heard the woman say. “I dreamt I saw a shadow with a burning heart butchering a golden stag, aye. I dreamt of a man without a face, waiting on a bridge that swayed and swung. On his shoulder perched a drowned crow with seaweed hanging from his wings. I dreamt of a roaring river and a woman that was a fish. Dead she drifted, with red tears on her cheeks, but when her eyes did open, oh, I woke from terror. All this I dreamt, and more. Do you have gifts for me, to pay me for my dreams?”
O que explica como Euron chegou em momento oportuno.

Jaqen está disfarçado de Pate, e está na Cidadela. Apesar do artigo dizer 'teoria', está mais para fato mesmo, dada a descrição dos rostos:

[Rosto de Jaquen no momento que deixa Arya] Jaqen passed a hand down his face from forehead to chin, and where it went he changed. His cheeks grew fuller, his eyes closer; his nose hooked, a scar appeared on his right cheek where no scar had been before. And when he shook his head, his long straight hair, half red and half white, dissolved away to reveal a cap of tight black curls.

[Rosto do sujeito que compra de Pate uma chave] He was just a man, and his face was just a face. A young man’s face, ordinary, with full cheeks and the shadow of a beard. A scar showed faintly on his right cheek. He had a hooked nose, and a mat of dense black hair that curled tightly around his ears. It was not a face Pate recognized. “I do not know you.”​

Assim Jaqen tem em mãos uma chave que facilita o acesso de locais fechados na Cidadela (supostamente abre todas portas na cidadela). Ele também é o Pate que se encontra com Sam ao final do livro - para além da descrição bem clara de Pate passando mal ao final da sua negociação com Jaqen, como se prestes a morrer por algum veneno ou algo do tipo, temos mais cedo Pate pensando consigo e expressando desgosto por seu nome ser associado a um tal 'pig boy':

Spotted Pate the pig boy was the hero of a thousand ribald stories: a good-hearted, empty-headed lout who always managed to best the fat lordlings, haughty knights, and pompous septons who beset him. Somehow his stupidity would turn out to have been a sort of uncouth cunning; the tales always ended with Spotted Pate sitting on a lord’s high seat or bedding some knight’s daughter. But those were stories. In the real world pig boys never fared so well. Pate sometimes thought his mother must have hated him to have named him as she did.
Mas mais tarde, o Pate que se apresenta a Sam diz: “I’m Pate (...) like the pig boy.”

Euron comenta a Victarion ter possuído um ovo de dragão, mas tê-lo jogado no mar por irritação:

“Woe.” The Crow’s Eye sipped from his silver cup. “I once held a dragon’s egg in this hand, brother. This Myrish wizard swore he could hatch it if I gave him a year and all the gold that he required. When I grew bored with his excuses, I slew him. As he watched his entrails sliding
through his fingers he said, ‘But it has not been a year.’” He laughed.
(...)
Victarion shuddered. “Show me this dragon’s egg.”
“I threw it in the sea during one of my dark moods.”​

Especulando: é plausível que esse assassino de Euron tenha sido Jaqen e Jaqen que tenha recebido como pagamento esse ovo - afinal a história de jogar ao mar um ovo de dragão, objeto raro e valioso, não parece plausível. Estando na Cidadela, com a chave e disfarçado de Pate, pode ter acesso a muitas informações envolvendo magia e dragões, além também de um instrumento em si (o ovo).

É possível também que a sexta temporada coloque Arya para fazer esse papel de matar Balon e lidar com Euron. :-P

É muito provável que Quaithe esteja usando uma glass candle para tratar com Daenerys:

Contato de Quaithe e Daenerys no livro 3:
Someone was in the cabin with her.
“Irri? Jhiqui? Where are you?” Her handmaids did not respond. It was too black to see, but she could hear them breathing. “Jorah, is that you?”
“They sleep,” a woman said. “They all sleep.” The voice was very close. “Even dragons must sleep.”
She is standing over me. “Who’s there?” Dany peered into the darkness. She thought she could see a shadow, the faintest outline of a shape. “What do you want of me?”
“Remember. To go north, you must journey south. To reach the west, you must go east. To go forward you must go back, and to touch the light you must pass beneath the shadow.”
“Quaithe?” Dany sprung from the bed and threw open the door. Pale yellow lantern light flooded the cabin, and Irri and Jhiqui sat up sleepily. “Khaleesi?” murmured Jhiqui, rubbing her eyes. Viserion woke and opened his jaws, and a puff of flame brightened even the darkest comers. There was no sign of a woman in a red lacquer mask. “Khaleesi, are you unwell?” asked Jhiqui.
“A dream.” Dany shook her head. “I dreamed a dream, no more. Go back to sleep. All of us, go back to sleep.” Yet try as she might, sleep would not come again.​

Contato de Quaithe e Daenerys no livro 4:
A soft rustle made her open them again. She sat up with a soft splash. “Missandei?” she called.
“Irri? Jhiqui?”
“They sleep,” came the answer.
A woman stood under the persimmon tree, clad in a hooded robe that brushed the grass.
Beneath the hood, her face seemed hard and shiny. She is wearing a mask, Dany knew, a wooden mask finished in dark red lacquer. “Quaithe? Am I dreaming?” She pinched her ear and winced at the pain. “I dreamt of you on Balerion, when first we came to Astapor.”
“You did not dream. Then or now.”
“What are you doing here? How did you get past my guards?”
“I came another way. Your guards never saw me.”
“If I call out, they will kill you.”
“They will swear to you that I am not here.”
“Are you here?”
“No. Hear me, Daenerys Targaryen. The glass candles are burning. Soon comes the pale mare, and after her the others. Kraken and dark flame, lion and griffin, the sun’s son and the mummer’s dragon. Trust none of them. Remember the Undying. Beware the perfumed seneschal.”

Explanação sobre as glass candles (Marwyn para Sam no livro 4):
“What feeds a dragon’s fire?” Marwyn seated himself upon a stool. “All Valyrian sorcery was rooted in blood or fire. The sorcerers of the Freehold could see across mountains, seas, and deserts with one of these glass candles. They could enter a man’s dreams and give him visions, and speak to one another half a world apart, seated before their candles. Do you think that might be useful, Slayer?”

De quebra temos a menção de um "mummer's dragon", uma possível dica de que Aegon VI (@Olórin of Lórien) não seja Targaryen.
 
Última edição:

Valinor 2021

Total arrecadado
R$950,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo