• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Sou uma 'jovem escritora' e preciso saber o que vocês estão lendo ultimamente!!

Oropher

Hmm... oi?
Já tentou não pensar no que "o povo" quer e escrever aquilo que você gostaria de ver eternizado em um livro?
Se fizer isso eu compro e indico, sem ler...

Era o que eu ia dizer. Não se prenda no que os outros querem, mas naquilo que você gosta, aquilo que você mais se sente à vontade para escrever. Deixe o "vender" pra depois.
 

gothicje

Usuário
bem amiga, eu tambem acho que vc deve escrever aquilo de que sua alma foi feita para escrever, percebe que nem todo escritor e tao fantastico em manipular diversas obras de categorias diferentes, ou seja, seria muito dificl convencer Edgar Alan Poe a escrever historias como de monteiro lobato.. nao pelas diferencias e sim que cada escritor busca sua propria obra e ela e inseparavel.,

eu tambem estou escrevendo uma novelinha baseada no mundo de tolkien, mas sou muito mais inexperiente que vc, vou colocar um trecho aqui e gostaria que vc desse sua opiniao.. e quem sabe a gente possa trocar experiencias...
 

gothicje

Usuário
3 CAPITULO Os Imortais de Osgiliath

xxxxxx 7 CENA Um Rei para à todos Amaldiçoar xx

Soldados saltam de tras de seus esconderijos,gritando com euforia e bravura,seus escudos são levantados,suas armaduras brilham e suas espadas gritam por sangue,Kashimir puxa sua espada e se coloca a frente dos elfos,Pearl desembainha sua adaga e rapidamente se coloca ao lado se preparando para franquiar o primeiro soldado,e Feanor do alto puxa uma flecha e já atira contra os soldados,a flecha viaja muito rapido e logo atinge o primeiro soldado que vinha a frente,mas para o seu espanto e de todos ali, a flecha transpassa o soldado sem causar algum ferimento nele,e nesse momento,quando todos estão tentando entender o que aconteceu,os gondorianos atacam gritando com muita força e odio com espadas e lanças Kashimir coloca sua espada a frente tentando se defender,Pearl se prepara para pular ao lado e os elfos e o resto da comitiva coloca as mãos a frente do rosto,mas no momento do golpe certeiro, no momento que todas as espadas já se encontravam com seus alvos como num passe de magica e como num piscar de olhos, todos os soldados somem,desaparecem,sem deixar vestigios de sua presença ali,o vento se acalma,e os gritos somem,e o silencio paira novamente no lugar,Kashimir antes mesmo de todos se apavorarem olha para eles.
(Kashimir)--- São espiritos dos guerreiros que lutaram aqui,são espiritos amaldiçoados,certamente esses que apareceram para nós agora foram os gondorianos que foram enviados pelo antigo regente de gondor Denethor,sua loucura fez com que eles acreditassem que poderiam vencer a morte,e eles estão aqui lutando.
(Feanor)-- Que horrivel,foram fadados à lutar eternamente,eles não sabem que a guerra já acabou.
(Pearl)-- Eles pensam que estão vivos.
Kashimir olha para o lado e nota uma torre de vigila maior que todas as outras,caminha até ela e escala ela até o topo dela enquanto os outros fitam ele imaginando o que ele pretende fazer, assim que chega ao topo ele olha por toda a cidade e ve ela toda destruida,sua cidade patriarca abandonada.

3 CAPITULO Os Imortais de Osgiliath

xxxx 8 CENA Um Rei para à todos Amaldiçoar xx
Kashimir retira de sua bolsa,um pano dobrado,amarra o pano numa haste que havia em cima da torre, ele pega sua corneta e toca ele, o som quebra os lencio e som com tombores no vazio,seu som é como de mil homens marchando para a guerra, o vento sopra e sacude o pano que se abre e revela a uma bandeira cujo brasão é de uma arvore prateada cujas folhas sao estrelas radiantes,a bandeira de gondor,e todos da comitiva olham para ela maravilhados,e percebem tambem apresença de alguem ao lado de cada um deles e quando olharam notam que são espiritos gondorianos parados ali,inumeros deles, um verdadeiro exercito como se no momento da guerra abaixassem suas espadas,olhando todos eles para a figura de Kashimir tocando a corneta e da bandeira de gondor no alto da torre epor um momento paira a paz em Osgiliath.Um barulho de lamina cortando o ar,mais rapido que uma flecha,uma cimitarra corta o céu e atinge a haste da bandeira que cai logo em seguida,Kashimir para de tocar a corneta surpreso,e o vento fica quieto novamente,os espiritos somem todos num piscar de olhos,e todos os olham para a direçao que veio a cimitarra.No meio da rua um Humanoide de cerca de 10 metros,um manto negro cobre seu corpo por inteiro,um volume em sua cabeça da a impressão de ser chifres de bode,em seus pés brotam fogo,que vazam por debaixo do manto e suas labaredas circundam ele,imuninando ele.

(?????)---NÃO HÁ HONRA EM MINHA CIDADE, NINGUÉM IRÁ SALVAR MEUS ESCRAVOS DA TORMENTA ETERNA, PERECERAM PELA IDIOTICE DE PISAREM AQUI.
Sua voz soa roca e tenebrosa,o vento foge de medo de sua presença, e a nuvens surgem ao céu, negras e malignas e relampagos arrebatam gritando de terror.A criatura gira seu manto,e todos percebem que não se tratava de ummanto e sim de um par de asas negras como carvão que se abre numa envergadura que domina a rua principal, revelando a criatura cujo corpo é revestido pelo fogo,de tamanho imenso,de face demoniaca com chifres circulares,fogo expele de suas narinas.
 

Maranwë

Usuário
Nossa! Quantos comentários! E são as mais variadas opiniões. Seriam muitas citações, então vou fazer um apanhado geral.

Com relação aos personagens, é exatamente isso que eu pretendo fazer ao criar um personagem! Eu gosto muito de desenvolvê-los, e fico tecendo com o maior cuidado todas as suas características. Meus personagens me encantam, e é isso que eu busco, quero que aos leitores possam amá-los e odiá-los!
Quero poder dividir os meus 'mundos fantásticos' com as pessoas.

Quanto ao Eragon, concordo que o Christopher Paolini precisa de umas aulinhas de redação. A história em si é incrível! Da vontade de vivê-la, mas o modo como ele a conta não tem muito ritmo (minha opinião).

Estava pensando em criar um Blog, mas ainda não tive chance, mas assim que eu criar eu psto aqui na Valinor, pos o público que eu quero atingir é exatamente esse! Nem penso tanto no 'sucesso', mas queria muito ver minhas histórias se tornando "reais".

OUTRA DÚVIDA: Como divulgar as obras?
 

Maranwë

Usuário
Gothicje,

Seria uma enorme petulância da minha parte achar que sou mais experiente! hehehe
eu li o que você escreveu e é como se fosse 'atos', não é? Foi essa a estrutura que você quis dar à história?
 

Wamba

Usuário
Olá,

Prefacialmente gostaria de consignar que admiro muito a tua iniciativa, e, também, que desejo muito sucesso. Tomo a liberdade para indagar que há um grande problema em escrever e fazer sucesso. Acho que tudo que é de qualidade, que temos acesso, passou por um período de maturação. Pelo que vejo vc é uma jovem, cheia de potencial, o ponto chave não é o que escrever, mas sim como escrever? Te asseguro, qualquer coisa, desde que, bem escrita é passível de sucesso. Um outro problema é ter a experiência de vida para transpirar os fatos e narrá-los, através de uma construção única.

Apoio a tua idéia. Mas, não deixe se abalar por crítica ferrenha que pode te distanciar desse mundo.

Felicidades.
 

Elring

Depending on what you said, I might kick your ass!
Usuário Premium
Poxa... ficção-científica antiquada:geek:? Agora me derrubou.


To brincando, é hoje em dia não tá nada fácil colocar um livro de sci-fi numa Saraiva da vida. Em blogs e sites virtuais, os brazucas vão em dobra 7. Fantasia é um termo muito abragente, se você disser o tipo de mundo e personagens que está pensando em fazer, vai facilitar muito a compreenção da sua estória.

O negócio é escrever e reescrever. Ler alguns livros que te inspirem e revistas. E a boa e velha enciclopédia é uma mão na roda na hora de pesquisar nomes e locais. Vai fundo!
 

Reggie

"Linda Bolseiro"
OUTRA DÚVIDA: Como divulgar as obras?

Essa é a dureza. Tenho um livejournal onde resolvi postar meus livros. É uma boa opção, e às vezes temos gratas surpresas. :yep:

Recomendo que frequente comunidades sobre literatura e faça um pouquinho de marketing por ai. É sempre bom ouvir opiniões de pessoas diferentes de seu círculo de amizade e atingir um público mais variado. Tenho algumas no Orkut frequentadas por autores e amadores.

Desejo muito e de todo o coração: Boa Sorte! :kiss:
 

Lyvio

Usuário
3 CAPITULO Os Imortais de Osgiliath

xxxxxx 7 CENA Um Rei para à todos Amaldiçoar xx

Soldados saltam de tras de seus esconderijos,gritando com euforia e bravura,seus escudos são levantados,suas armaduras brilham e suas espadas gritam por sangue,Kashimir puxa sua espada e se coloca a frente dos elfos,Pearl desembainha sua adaga e rapidamente se coloca ao lado se preparando para franquiar o primeiro soldado,e Feanor do alto puxa uma flecha e já atira contra os soldados,a flecha viaja muito rapido e logo atinge o primeiro soldado que vinha a frente,mas para o seu espanto e de todos ali, a flecha transpassa o soldado sem causar algum ferimento nele,e nesse momento,quando todos estão tentando entender o que aconteceu,os gondorianos atacam gritando com muita força e odio com espadas e lanças Kashimir coloca sua espada a frente tentando se defender,Pearl se prepara para pular ao lado e os elfos e o resto da comitiva coloca as mãos a frente do rosto,mas no momento do golpe certeiro, no momento que todas as espadas já se encontravam com seus alvos como num passe de magica e como num piscar de olhos, todos os soldados somem,desaparecem,sem deixar vestigios de sua presença ali,o vento se acalma,e os gritos somem,e o silencio paira novamente no lugar,Kashimir antes mesmo de todos se apavorarem olha para eles.
(Kashimir)--- São espiritos dos guerreiros que lutaram aqui,são espiritos amaldiçoados,certamente esses que apareceram para nós agora foram os gondorianos que foram enviados pelo antigo regente de gondor Denethor,sua loucura fez com que eles acreditassem que poderiam vencer a morte,e eles estão aqui lutando.
(Feanor)-- Que horrivel,foram fadados à lutar eternamente,eles não sabem que a guerra já acabou.
(Pearl)-- Eles pensam que estão vivos.
Kashimir olha para o lado e nota uma torre de vigila maior que todas as outras,caminha até ela e escala ela até o topo dela enquanto os outros fitam ele imaginando o que ele pretende fazer, assim que chega ao topo ele olha por toda a cidade e ve ela toda destruida,sua cidade patriarca abandonada.

3 CAPITULO Os Imortais de Osgiliath

xxxx 8 CENA Um Rei para à todos Amaldiçoar xx
Kashimir retira de sua bolsa,um pano dobrado,amarra o pano numa haste que havia em cima da torre, ele pega sua corneta e toca ele, o som quebra os lencio e som com tombores no vazio,seu som é como de mil homens marchando para a guerra, o vento sopra e sacude o pano que se abre e revela a uma bandeira cujo brasão é de uma arvore prateada cujas folhas sao estrelas radiantes,a bandeira de gondor,e todos da comitiva olham para ela maravilhados,e percebem tambem apresença de alguem ao lado de cada um deles e quando olharam notam que são espiritos gondorianos parados ali,inumeros deles, um verdadeiro exercito como se no momento da guerra abaixassem suas espadas,olhando todos eles para a figura de Kashimir tocando a corneta e da bandeira de gondor no alto da torre epor um momento paira a paz em Osgiliath.Um barulho de lamina cortando o ar,mais rapido que uma flecha,uma cimitarra corta o céu e atinge a haste da bandeira que cai logo em seguida,Kashimir para de tocar a corneta surpreso,e o vento fica quieto novamente,os espiritos somem todos num piscar de olhos,e todos os olham para a direçao que veio a cimitarra.No meio da rua um Humanoide de cerca de 10 metros,um manto negro cobre seu corpo por inteiro,um volume em sua cabeça da a impressão de ser chifres de bode,em seus pés brotam fogo,que vazam por debaixo do manto e suas labaredas circundam ele,imuninando ele.

(?????)---NÃO HÁ HONRA EM MINHA CIDADE, NINGUÉM IRÁ SALVAR MEUS ESCRAVOS DA TORMENTA ETERNA, PERECERAM PELA IDIOTICE DE PISAREM AQUI.
Sua voz soa roca e tenebrosa,o vento foge de medo de sua presença, e a nuvens surgem ao céu, negras e malignas e relampagos arrebatam gritando de terror.A criatura gira seu manto,e todos percebem que não se tratava de ummanto e sim de um par de asas negras como carvão que se abre numa envergadura que domina a rua principal, revelando a criatura cujo corpo é revestido pelo fogo,de tamanho imenso,de face demoniaca com chifres circulares,fogo expele de suas narinas.


Eu gostei muito da história, gothicje se vc publicar aqui no valinor todos os caps e dela vc vai ganhar muitos pontos de colaboração e premios, além de elogios de pessoas que vão ler e gostar e essa é a melhor parte, eu to fazendo uma fanfic, boazinha baseada em tolkien e já vai no cap 11, publiquei na valinor e venho recebendo elogios ta lá no clube dos bardos quem quiser ver é : "Um Antigo e Mais novo Inimigo da terra-Média."

Quanto a nossa escritora autora do topico:

Eu não sou escritor apenas escrevo essa fanfic quando não tenho nada para fazer e tenho tempo, mas vc se seguir realmente o que a galera aqui disse e seu sentimento, sobre o que quer empregar no seu livro tenho certeza que vai fazer sucesso.:yep:

Abraços.:abraco:
 

Artanis Léralondë

Ano de vestibular dA
Poxa... ficção-científica antiquada:geek:? Agora me derrubou.


To brincando, é hoje em dia não tá nada fácil colocar um livro de sci-fi numa Saraiva da vida. Em blogs e sites virtuais, os brazucas vão em dobra 7. Fantasia é um termo muito abragente, se você disser o tipo de mundo e personagens que está pensando em fazer, vai facilitar muito a compreenção da sua estória.

O negócio é escrever e reescrever. Ler alguns livros que te inspirem e revistas. E a boa e velha enciclopédia é uma mão na roda na hora de pesquisar nomes e locais. Vai fundo!

Puxa é verdade, e sci-fi é bem legal também..:yep:

Bem, estou lendo suspense-fantasia-sci-fi no momento...
Mas, como muitos disseram aqui, escreva o que tu gostas e vai fundo...
Teve uma coisa que o Isaac Asimov disse que achei super legal, é mais ou menos assim, que se ele fosse parar para pensar no que os outros queriam que ele escrevesse, ele acabaria não tendo idéias...ou seja, ele escreveu o que ele mais gostava que era sci-fi,coisas sobre o universo,física e tal..e fez muito sucesso :mrgreen:
E ele estava igual a ti, queria vender livros!
Tipo, não fez sucesso logo...quebrou muito a cara, mas todo o esforço valeu a pena ^^

Boa sorte guria :cerva:
 

Guilherme Thorikan

Eu?? Eu não sou um
Querida Amigo, isso depende muito de sua intenção ao escrever um livro.
Realização Financeira ou Pessoal?

Para sua realização Financeira escreva histórias bobinhas, irritantes e mediocres. Que não tenham nada com nada e que não passem algo de bom pra ninguem, algo sem história e formação.

Mas se a seu intuito é se realizar pessoalmente, escreva primeiramente algo que tenha um Bom alicerce. Uma base muito bem planejada e sólida, para que, depois, não ocorra um "Desmoronamento" literário.

Os protagonistas precisam ser bem formulados e já com sua trajetória meio que, traçada. Faça personagens cativantes e de variados modos de pensar e agir, enfim, personagens diferentes.

Usa uma linguagem boa, não cheia de frescurinhas com palavras dificeis e dificil pronunciamento, mas também não esculache.

Enfim, mas o principal de tudo isso, é o seu desejo, escreva algo que você goste, que faça seu estilo.

Desejo muita sorte nessa sua iniciativa.
Boa escrita.
Abraços!:bamf:

Ps: Quero um Exemplar AUTOGRAFADO!...kkk:D
 

Duilin

Eruhín Alcarohtar
O que tem que ter uma obra?

Como disse o Sr. Menegroth, faça aquilo que gostaria de eternizar em um livro.
Escreva para você - Escreva a história mais fantástica que você gostaria de ler.

E depois, tome alguns cuidados com as regras da língua.

Um exemplo, a Flávia Bujor (França) escreveu um livro chamado "A profecia das Pedras" aos 13 anos, lançou ele aos 14 e vendeu muito.

Eu li o livro e achei muito interessante. ë puro entretenimento, não tem pesquisa, todo ele é ficção, mas é muito bacana. Ela criou um mundo bem legal.

--

Então, boa sorte ;)
 

Vikingaälva

Samson came to my bed
Meranwë, você tem algo seu no Clube dos Bardos? Se não tivesse, que tal colocar? Acho que assim fica mais fácil para o pessoal te dar dicas, etc.
 

Elmarien

Mighty Mane Thorin
Maranwë, é uma ótima iniciativa sua fazer isso. Tem meu voto =^.^=

Também estou escrevendo uma história (desde os 11 anos, para ser sincera) e está crescendo cada vez mais.

Só para exemplificar: eu comecei uma história paralela na página 19 do meu caderno, estou na página 58 e acho que só terminaria lá pela página 90 ou depois...
 

Raphael S

Desperto
bom acredito que tenhamos bons escritores brasileiros também.

Eu adoro a magia de Harry Potter, e também os centrados na aventura medieval, mas quando eu era pequeno eu lia mais mesmo os mistérios policiais. Livros de autores como a Agatha Cristie me fascinavam.

Te digo que não é uma boa você apenas adotar o estilo que os jovens mais estão lendo, mas sim o que você é boa. Se você escrever bem e direcionado a eles, os jovens vão ler seu livro sendo ele uma história medieval, um romance, ou mesmo um livro sobre a vida cotidiana.

O que você vai precisar mesmo é de um material muito bem estruturado, e conhecer as pessoas certas para tornar isso realidade. Sem esquecer a coisa mais importante que todas as outras, acreditar no que você escreveu.

Eu estou reescrevendo um livro, postei aqui no fórum mas não fui muito feliz pois ninguém opinou nem ao menos para jogar tomates em mim... De qualquer maneira acredito muito no meu livro, ele levou anos e é uma parte de mim.

Escrever um pouco num lugar público usando a mesma essência do livro pode ser um caminho pra você ver como se sai. Tente prender a atenção das pessoas.


By Raphael S
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo