1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Sony] Castle (1ª ~ 5ª temporada)

Tópico em 'TV' iniciado por Lothnen, 16 Abr 2013.

  1. Lothnen

    Lothnen Always...

    Eu estou num momento de absoluto vício com essa série. Vim correndo aqui ver se tinha mais alguém assistindo, mas nem tem tópico. Snif. :cry:

    Então vamos apresentá-la devidamente.

    Castle poderia ser mais uma série tendo como foco/fundo a temática criminal como tantas outras (ótimas) séries que temos por aí, como CSI, Criminal Minds ou Bones. Mas não, ela é diferente.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    "Por que, tia Lothnen?" Você me perguntaria.

    E eu respondo.

    Castle é uma grande mescla de drama / policial / humor / romance / suspense. Num mesmo episódio você pode ter tudo isso. Ou alguns desses elementos, quase sempre muito bem trabalhados.

    Tudo tem início quando um assassino começa a imitar as mortes descritas em alguns dos livros de Richard Castle. Ele é um famoso escritor de best sellers policiais, e, entediado e em meio a um bloqueio criativo, resolve matar o principal personagem da sua última série de livros, Derrick Storm. Seria algo como Agatha Christie matar Hercule Poirot (guardadas as devidas proporções).

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    (adoro o olhar da Kate nesse cartaz! :amor:)

    Responsável pelas investigações, a Det. Kate Beckett - uma séria e durona policial de homicídios da 12ª NYPD (ela me lembra a Kate Mahoney) - procura o autor para interrogá-lo. Em pouco tempo ela se torna a nova musa do escritor - sendo transformada em personagem principal dos seus livros: Nikki Heat. Tem início então uma parceria inusitada e que, a princípio, tem tudo pra dar errado. Castle é o extremo oposto de Beckett: Debochado, egocêntrico, brincalhão, tende a não levar as coisas a sério. Kate é absolutamente dedicada ao trabalho, extremamente séria e conscienciosa de suas obrigações. Caxias mesmo. É no mínimo explosiva essa mistura.

    Completando a equipe, temos os detetives Javier Esposito e Kevin Ryan; Esposito, um ex militar das forças especiais, atirador de elite, tem todo o traquejo dos negros da periferia de Nova Iorque (embora num primeiro momento possa não parecer). Ryan, um irlandês com cara de ingênuo (e muitas vezes também atitudes), tem um passado levemente nebuloso da época em que trabalhava no setor de narcóticos. Na verdade nessa série todos são mais do que aparentam. E uma coisa que ao longo das temporadas fica muito claro também é a lealdade que cerca essa equipe. Eles são capazes de fazer qualquer coisa pra proteger uns aos outros. Mesmo.

    Os episódios podem tratar de terrorismo, CIA, bombas, vampiros, sequestros, tramas políticas, zumbis ou pés-grandes - a variedade e a criatividade dos autores é imensa. Num episódio você fica com o coração na mão de tensão (vi alguns episódios que me deixaram elétrica por mais umas duas horas DEPOIS de terminar de assisti-los), em outro você vai gargalhar do início ao fim - embora a trama central invariavelmente gire em torno ou tem início com um assassinato.

    A série está terminando a quinta temporada nos EUA, pelo canal ABC (às segundas, 22h de lá, 23h daqui), vai começar essa mesma temporada no segundo semestre aqui no Brasil na Sony (boatos dizem que deixará de ser às quartas às 21h e passará para quintas às 22h, mas ainda não há a confirmação oficial do canal), e a segunda temporada está sendo transmitida pela Globo no ridículo horário "depois do Jô", às quintas-feiras. :fire:


    Curiosidades:
    - Nathan Fillion (Castle) atuou em uma antiga série chamada Firefly, e num posterior filme inspirado na série, chamado Serenity. Há inúmeras referências a eles durante as temporadas, inclusive com participações especiais de alguns atores. Nathan fará o deus Hermes no próximo filme da franquia Percy Jackson.
    - Os livros de Richard Castle existem mesmo, e podem ser comprados, tanto os da série Derrick Storm quanto o da série Nikki Heat (infelizmente, por enquanto, só em inglês. E os primeiros da Nikki Heat em francês ou espanhol). Eles são escritos por um ghost writer que ninguém sabe ao certo quem é - e o autor inclusive tem um twitter certificado como autêntico!
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. Liv

    Liv Visitante

    O primeiro episódio da primeira temporada é mágico. E eu bem que estava estranhando a ausência de posts da Loth aqui sobre Castle. :lol:
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  3. Alassë

    Alassë Pasteleira

    Só tenho a dizer que Nathan Fillion é nerd e lindo.

    E me recuso a ver na tv aberta dublado alguém estragando a voz dele.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Lothnen

    Lothnen Always...

    Caaaalma que eu tô voltando! :dente:



    Concordo. Ele faz umas caretas às vezes que ficam meio estranhas, mas que corpo minhanossasenhoradochuveiroelétrico! E é um nerdzinho charmoso que eu super toparia adotar. :amor:

    Eu conheci a série pela Globo. Assisti aos primeiros episódios dublados, daí conforme fui apaixonando fui perdendo a paciência com a espera e comecei a baixar. Agora que já vi todos, vejo online na segunda mesmo. :iei:
     
  5. Bilbo Bolseiro

    Bilbo Bolseiro Bread and butter

    Legal que abriram um tópico pra essa série aqui, também gosto, é muito boa.
    Eu comecei a assistir na curiosidade, vi um banner da série em um site e despertou meu interesse, e até agora não me arrependi. O Castle é muito simpático, carismático, aquele típico "bon vivant" que leva a vida numa boa, mas nem por isso é esnobe, arrogante ou insensível.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar