1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Somos todos separados por cinco pessoas, diz Facebook.

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por ricardo campos, 23 Nov 2011.

  1. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Para teoria anterior, seis conhecidos no máximo separam duas pessoas



    Publicado no
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    em 23/11/2011




    JOHN MARKOFF E SOMINI SENGUPTA
    The New York Times

    Nova York, EUA. O mundo é ainda menor do que você imaginava. Adicionando um novo capítulo à pesquisa que construiu a frase"seis graus de separação" à gramática, cientistas do Facebook e da Universidade de Milão anunciaram, na segunda-feira, que a média de conhecidos que separam quaisquer duas pessoas no mundo não é mais seis, mas apenas 4,74.

    O relatório dos "seis graus", divulgado em 1967 pelo psicólogoStanley Milgram, foi desenvolvido a partir de uma pesquisa realizada com 296 voluntários que foram instruídos a enviar uma mensagem via cartão postal paraamigos, e amigos de amigos, até chegar a uma pessoa específica, nos subúrbios de Boston, nos Estados Unidos.

    A nova pesquisa usa um grupo "levemente" maior: 721 milhões de usuários do Facebook, mais de um décimo da população mundial. Os resultados foram divulgados no Facebook na noite de segunda-feira.

    A experiência levou um mês. Os pesquisadores usaram uma série de algorítimos desenvolvidos na Universidade de Milan para calcular a média de distância entre quaisquer duas pessoas no mundo a partir dos cálculos do número de amostras de caminhos possíveis entre os usuários do Facebook.

    Os pesquisadores descobriram que a média de ligações de uma pessoa selecionada aleatoriamente para outra é de 4,74. Nos Estados Unidos, onde mais da metadedas pessoas acima de 13 anos de idade faz parte da rede, a média é ainda menor,de 4,37.

    "Quando consideramos os usuários mais distantes do Facebook na Sibéria", ou na floresta tropical do Peru", escreveu a empresa no blog oficial, "um amigo de seu amigo provavelmente conhece um amigo daoutra pessoa".

    Apesar de o estudo ter sido, de longe, o maior de seu tipo, cientistas independentes afirmam que o cálculo não é definitivo, e que ele levanta questões sociais como o significado real de "amigo" ou"conhecido".

    Um estudo realizado pela Microsoft em 2008, que usou uma definição mais conservadora de "amigo", descobriu que a média de conhecidos entre quaisquer duas pessoas no mundo girava em torno de 6,6.

    O dado foi obtido em uma pesquisa realizada com 240 milhões de pessoas que trocavam mensagens instantâneas. Eric Horvitz, pesquisador da Microsoft que liderou o estudo em 2008, afirmou que a rede era baseada em pessoas que de fato trocavam mensagens, em vez de aqueles que eram simplesmente identificados como"colegas" no sistema.

    "Há a questão de quantos amigos você realmente tem", afirma o pesquisador. "Mas a rede mudou essa definição", Eric completa, econclui: "A minha própria noção de
    amigo
    evoluiu".

    Para Jon Kleinberg, professor de ciência da computação na Universidade de Cornell, algumas ligações podem ter mais significado que outras. Ele usa oexemplo de um homem que é procurado pela polícia por ter cometido um crime para explicar a situação. "Uma usuária qualquer do Facebook pode descobrir queela, uma vez, fez uma aula com uma pessoa que, uma vez, alugou um apartamento de outra pessoa que cresceu no mesmo prédio que o suspeito. E eles todos podem estar ligados como "amigos" no Facebook".

    De uma forma, estamos próximos de pessoas que não necessariamente nos acham simpáticos, ou têm qualquer coisa em comum conosco, afirma Kleinberg."Mas, na realidade, são os pequenos laços que transformam o mundo em umlugar tão pequeno", completa. Ainda assim, ele nota que tais laços geralmentetêm algum significado.

    "Deveríamos nos perguntar que tipos de coisas se espalham rapidamente pelos laços considerados fracos", disse. "As notícias, por exemplo,se espalham nos laços fracos", afirma.


    História
    "Seis Grausaté Kevin Bacon"
    NovaYork. O conceito dos "seis graus" existe desde 1929, quando, em um conto de Frigyes Karinthy, um escritor húngaro sugeriu que todos estávamos ligados por uma rede de seis conhecidos e seus conhecidos.

    Após psicólogo Stanley Milgram ter publicado seu famoso estudo "O Problema do Pequeno Mundo", em 1967, o escritor e roteirista John Guare tornou o "Os Seis Graus de Separação" o título de uma peça de 1990 que explorava a premissa de Milgram. E foi isso que deu origem ao "Seis Graus até Kevin Bacon", que dizia que as personalidades de Hollywood estavam todas interligadas
    Elvis Presley atuou em "Mudança de Hábito" com Edward Asner, eAsner atuou em "JFK" com Kevin Bacon.

    O relatório divulgado no blog oficial do Facebook, intitulado "Quatro Graus de Separação", destaca que Milgram havia criado uma interpretação tanto otimista quanto pessimista de sua descoberta. Por um lado, é uma noçãoassustadora de que, para alcançar alguém do outro lado do mundo, é necessário apenas passar por um pequeno grupo de pessoas.

    Por outro lado, afirmou Milgram, o resultado também poderia ser interpretado como indício de um distanciamento psicológico: "Indício de que estamos,realmente, a cinco mundos de distância", afirmou. "A partir dessa visão", afirmou o relatório final, "é um alívio pensarmos que estamos a apenas quatro mundos de distância". (JM/SS/NYT)


    Estudo éabrangente, porém questionável
    Nova York. Mathew O. Jackson,economista da Universidade de Stanford que estuda as redes sociais, levantou questões com relação à confiabilidade real da pesquisa, uma vez o estudo tendosido baseado em amostras aleatórias.

    No entanto, o professor confirma o sucesso do Facebook em se tornar o local emque milhões de pessoas se comunicam diariamente.

    "É mais uma prova de que eles foram enormemente bem sucedidos em conectarum grande número de pessoas", destaca o especialista.

    A pesquisa acaba ofuscando o poder emergente das ciências das redes sociais, em que cientistas da psicologia e da sociologia estudam as formas de interaçãoentre as pessoas a partir de amostragens da internet. (JM/SS/NYT)


    Traduzido por Luiza Andrade



    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Liv

    Liv Visitante

    Vou usar meus contatos para chegar até o Orlando Bloom. Um viva para o facebook! :grinlove:
     
  3. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Se isso der certo, vou atrás de todas as minhas musas.Em qualquer lugar do planeta. :p
     
  4. Liv

    Liv Visitante

  5. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Recomendo você ir atrás desses perfis:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  6. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!


    Se John Milton ou os outros puderem me ajudar com a Cameron Diaz. Tá valendo!
     
  7. G.

    G. Ai, que preguiça!

    :uou:
    eles estão certos... vi no facebook que dois amigos meus são tbm amigos de outros amigos meus que conheci há uns tres anos... e nem sabia que eles se conheciam...
    é muito maneiro ficar procurando essas coincidências:dente:
     

Compartilhar