1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sobre o andar dos ents - divergência entre livro e filme

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Haggae, 5 Dez 2016.

Tags:
  1. Haggae

    Haggae Usuário

    Quão rápido pode andar um ent?

    Estou relendo SdA, e uma passagem do capítulo "A estrada para Isengard" me fez pensar que a forma como os ents se locomovem nos filmes (como gigantes desengonçados com suas lentas passadas) pode estar longe do que os livros retratam.

    Na cena, Gandalf leva duas dezenas de cavaleiros para fora do Abismo de Helm e em direção a Isengard, após a grande batalha. Ao passarem pela floresta de Huorns, os cavaleiros veem ents pela primeira vez:

    "Os chamados foram respondidos; voltando-se outra vez, os cavaleiros viram outras criaturas da mesma espécie aproximando-se com largas passadas através da relva. Vinham rapidamente do norte, lembrando garças cruzando sobre as águas no jeito de andar, mas não na mesma velocidade, pois suas pernas, em suas longas passadas, batiam mais rápido que as asas das garças."

    Fiquei surpreso com isso. Bem diferente dos filmes, não é? Alguém do grupo pode colar aqui embaixo algum material de Tolkien ou de algum estudioso da obra que fale sobre a velocidade e o jeito de andar dos ents?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. AGSB

    AGSB Usuário Usuário Premium

    Pode ser a ideia antropomorfica sobre os ents, trazendo a forma bipede como referencia quando possivelmente as varias raizes servem como pernas e possibilitariam movimentos muito mais rapidos.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Haggae

    Haggae Usuário

    Por esse trecho, estou pensando que os ents teriam mais semelhança no jeito de andar com aves do que com homens; e suas passadas seriam mais ágeis do que o filme mostra.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Eu cheguei a ver discussões em outros lugares com relação a representação de Ents. Nelas o grau de exemplos dados por muitos fãs e desenhistas varia do quase humano a traços humanos ocasionais dando uma ideia da dúvida que paira sobre um desenho definitivo na mente dos leitores (talvez até intencional para estimular a imaginação).
    Infelizmente não há muitos detalhes sobre partes específicas da anatomia dos Ents além do que está nos livros. Ajudaria ter um desenho de próprio punho "by Tolkien". Uma parte da inspiração parece vir da própria herança cultural européia, por exemplo, algumas árvores tem "joelhos". As representações mostradas no filme são do tipo do John Howe mesmo. A familiaridade, intimidade e movimentação desses seres com o solo é descrita dessa forma:

    É válido apontar as influências do autor para as formas dos Ents em que Tolkien admite que usa de referencia as árvores animadas apresentadas nos livros do escritor George McDonald, dando a entende que gostava ou pelo menos se interessava em usar a ideia dele. Atualmente eu estou lendo livros do George que estão disponíveis gratuitamente no Project Gutenberg. Dentro da lista, já na primeira busca se encontra o livro "Phantastes" (em inglês) de onde ele teria usado uma parte da ideia:

    "Joelhos" de Árvores:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    posso estar enganada, mas este trecho refere-se não aos ents, mas aos huorns, não? Eles são mais "despertos" que os ents
     
  6. rafaelmello

    rafaelmello Usuário

    No filme, quando os entes conseguem isolar Saruman, aparece um ent com as folhas em chamas. Ele sai correndo e abaixa a cabeça para apagar o fogo na água.
    Quanto à velocidade dos entes de maneira geral o livro diz que até o idioma deles é lento e que eles evitavam conversar par não perder um tempo absurdo numa conversa. Então eles devem andar vagarosamente mas com possibilidade de um sprint de vez em quando.
     
  7. Gerbur Forja-Quente

    Gerbur Forja-Quente Defensor do Povo de Durin

    Eu penso que é uma questão de escala. Eles são lentos na escala deles, usando eles mesmo como referência, mas se termos um homem como referência, por exemplo, por mais lentos que eles sejam nessa comparação eles se tornam rápidos uma vez que 1 passada deles equivale a 5 passadas humanas (por exemplo). Assim, para fugir de um ent nós temos que correr muito porque em 1 passada ele nos alcança já.
     
  8. Eferos Masopias

    Eferos Masopias Senhor dos Pastéis

    @Mireille, acho que nesse caso são Ents mesmo. Na continuação do livro Gandalf diz à Théoden que este acabara de ver os pastores das árvores, e os nomeou como Ents.
    Tenho lembrança de no filme ver um Ent pegando fogo e o danado corre pra apagar nas águas que circundavam Orthanc. Isso alude ao fato de que quando querem eles se movem a uma velocidade maior.
    Apesar da descrição da velocidade das asas das garças, acho difícil imaginar um ser tão gigantesco mover as pernas nessa velocidade.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  9. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    Reli essa parte, e na batalha do Abismo de Helm existem tanto Ents quanto Huorns. Talvez Gandalf tenha se referido a todos como Ents ao explicar a Théoden, mas havia essa distinção. É possível que os que se deslocaram com rapidez maior fossem Huorns mesmo.

    - “Barbárvore”, disse Gandalf. “Preciso de sua ajuda. Você já fez muito, mas preciso de mais. Tenho que dar conta de cerca de dez mil orcs.” - Então os dois saíram e fizeram uma reunião em algum canto.
    (...)
    - “Os huorns vão ajudar”, disse Barbárvore.
    (...)
    Acho que outras centenas de huorns estavam avançando em direção à batalha.
    (...)
    Mais tarde houve um grande estrondo de trovão ao sul, e clarões e relâmpagos ao longe, sobre Rohan. De tempos em tempos conseguíamos ver os picos das montanhas, a milhas e milhas de distância, penetrando de súbito na escuridão, brancos e pretos, para depois como o dos trovões nas colinas, mas diferentes. Algumas vezes todo o vale ecoava.
    (...)
    A escuridão dos huorns tinha passado, e o trovão se afastara. A lua afundava atrás das montanhas ocidentais.
    (...)
    - “Vim saber como estão passando, meus rapazes”, disse ele [Barbárvore], “e para lhes dar alguma notícia. Os huorns voltaram. Está tudo bem, bem mesmo!”

    (Cap. IX: "Escombros e Destroços", Livro III, As Duas Torres)
    --- Mensagem Dupla Unificada, 7 Fev 2017, Data da Mensagem Original: 7 Fev 2017 ---
    Também é dito sobre os Huorns neste mesmo capítulo:

    "Há um grande poder neles, e parece que têm a capacidade de se ocultar nas sombras: é difícil vê-los se movendo. Mas eles se movem. Podem andar muito rápido, se estiverem furiosos."
     
  10. Eferos Masopias

    Eferos Masopias Senhor dos Pastéis

    Ah sim, claro, pode ser que ele tenha generalizado Ents e Huorns sob a definição de Ent. A enciclopédia de Arda inclusive afirma que Huorns são "aparentemente" Ents que decaíram para a semelhança de árvores:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Ou talvez Huorn e Ents estivessem visíveis, mas Gandalf teria identificado os que dirigiam a marcha, que seriam os Ents.

    No entanto, ao dizer que huorns podem se movimentar rápido, não interpreto como mais rápido que Ents. Interpreto que mesmo sendo tree-like, um aparentemente imóvel pode se movimentar rápido. Esperam que tenham entendido a diferença. Por isso acho que o trecho que citei dois comentários acima ou se agrupa todos sob o termo ENT, ou se refere só aos Ents com exclusão dos Huorns, mas não creio que há como se referir só aos Huorns.
     
  11. Haggae

    Haggae Usuário

    São ents mesmo. Gandalf diz que são pastores no parágrafo seguinte.
    --- Mensagem Dupla Unificada, 8 Fev 2017, Data da Mensagem Original: 8 Fev 2017 ---
    Não foi generalização de Gandalf. No parágrafo seguinte ao trecho que colei Gandalf diz:
    " - Vocês não precisam de armas - disse Gandalf - Estes são apenas pastores. Não são nossos inimigos; na verdade, não estão nem um pouco preocupados conosco."

    E mais adiante ele responde ao Théoden de que eles são pastores: das árvores.
     
  12. Eferos Masopias

    Eferos Masopias Senhor dos Pastéis

    De minha parte concordo com sua interpretação, mas tentando olhar do ponto de vista da Mireille, não creio que nosso ponto de vista (seu e meu) possa ser defendido categoricamente. Se Huorns vieram dos Ents como Hobbits vieram dos homens, Então sob certo aspecto Huorns são Ents, como Hobbits são homens.
    Daí, mesmo que não estejam lá pastoreando muito, ainda poderiam ser agrupados sob o grupo dos pastores...
     
  13. _ Sauron _

    _ Sauron _ Senhor dos Lobisomens

    Meu entendimento é de que a descrição que faz referência às asas de garças se aplica de fato aos Ents. Como o Gerbur, penso que um ent andando dá pasadas muito largas, e, vistas de baixo (como na cena do filme logo após Aragorn, Legolas e Bimli encontrarem Gandalf o Branco pela primeira vez) dão a impressão de lentidao, mas nada mais é do que uma ilusão cinematográfica, cujo objetivo é mostrar o tamanho colossal dos Ents. Eles se movem muito rápido nos filmes. O exemplo apresentado do Ent em chamas é uma prova.
    Outra coisa a se levar em consideração é a ocasião. Na ocasião da batalha ou mesmo nos instantes imediatamente posteriores os pastores de árvores tinham muitos motivos para andarem depressa, com tantos huorns soltos por aí. Em outros momentos, não são tão "agitados" (hasty), muito pelo contrário, são extremamente lentos para os padrões humanos. Talvez possamos dizer que os ents são pacientes, demoram a "esquentar", mas isso não quer dizer que nunca fiquem quentes. A demora do entebate assegura um bom motivo para agir com rapidez, mas de modo sensato, não precipitado.
    Para deixar claro o ponto do tópico, minha opinião é de que não há uma divergência entre livro e filme sobre a velocidae dos ents.
     

Compartilhar